RedeGN - Sempre ligado.

Foram encontrados 289 registros para a palavra: Caso Beatriz

AO VIVO: Assista a entrevista de Lucinha e Sandro sobre o caso Beatriz Angélica

A RedeGN conversa com Lucinha Mota e Sandro Romilton, pais de Beatriz, falando sobre o desdobramento dos fatos que ganharam notoriedade nacional e seguem surpreendendo a cada instante, seja por uma notícia nova, seja pelas declarações de autoridades policias, especialistas, peritos criminais, advogados do caso, da família e muito mais.

Nesta sexta-feira, 21 de Janeiro, Lucinha Mota e Sandro Romilton vão conversar com nossos jornalistas, através das redes sócias da RedeGN, oportunidade em que fatos anteriores e os mais recentes serão abordados e esclarecidos...

Assembleia Legislativa de PE antecipa audiência pública sobre Caso Beatriz para fevereiro

A audiência pública sobre o Caso Beatriz na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) foi antecipada para o 9 de fevereiro. A audiência é fruto da solicitação da deputada estadual Dulci Amorim (PT), que encaminhou o pedido em dezembro de 2021, já que a parlamentar integra a Comissão de Cidadania, Direito Humanos e Participação Popular.

O presidente da Alepe, Eriberto Medeiros, confirmou nesta sexta-feira (21) que a solicitação foi acatada. A deputada Dulci usou as redes sociais para anunciar a realização da audiência...

Live: Últimos fatos e os desdobramentos do Caso Beatriz com a presença de Lucinha Mota e Sandro Romilton: Hoje às 19h na RedeGN

O Mês de dezembro foi de muita informação e desdobramentos sobre o caso Beatriz, e, como faz desde 2015, quando aconteceu a tragédia na família de Sandro e Lucinha Mota, com o assassinato da garota Beatriz Angélica, de apenas 7 anos, numa escola particular de Petrolina, a RedeGN sempre esteve atuando forte para que o caso não fosse esquecido, dando voz à família e buscando respostas nos órgão de segurança pública de Pernambuco.

Mais recentemente estivemos muito presente na caminhada de protesto feito por Lucinha Mota e Sandro Romilton, que viajaram mais de 700 Km, de Petrolina a Recife, para pedir agilidade no caso. Acompanhamos o dia a dia, cada passo, cada trecho percorrido, desde a saída, dando a divulgação necessária para que o justo protesto e os pedidos dos pais fossem alcançado por mais pessoas, em todos os recanto do Brasil...

Pernambuco: Líder do governo pede a aliados que não assinem CPI para investigar caso Beatriz

O deputado estadual Isaltino Nascimento, do PSB, líder do governo Paulo Câmara na Alepe, fez nesta ontem quinta (20)  um apelo e uma orientação à bancada de situação na casa para que não assinasse o pedido de CPI para investigar o caso Beatriz.

"O governo já fez o que era para ser feito, a pessoa responsável já foi presa, e a Justiça vai acompanhar. A sugestão então é não assinar e pode alegar que só assina se o líder do governo assinar", afirmou, na argumentação aos colegas deputados...

Caso Beatriz: OAB investiga conduta de advogado que apresentou carta em que suspeito teria dito ser inocente

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) em Pernambuco informou, nesta quinta (20), que investiga a conduta do advogado Rafael Nunes, envolvido na defesa de Marcelo da Silva, suspeito de assassinar a facadas a menina Beatriz Angélica Mota, de 7 anos, em Petrolina, no Sertão.

A advogada que estava na defesa antes, Niedja Mônica da Silva, entrou com uma representação na entidade alegando que o cliente foi "coagido" a destituí-la do caso...

Onze deputados aderem à criação da CPI do Caso Beatriz. O requerimento precisa de 17 assinaturas

Romero Albuquerque, Clarissa Tércio e Joel da Harpa estão empenhados em levar as investigações do Caso Beatriz para a Assembleia legislativa de Pernambucop. Líder do movimento, Albuquerque criou um site (casobeatriz.com.br) para que a população acompanhe e solicite o apoio dos deputados. 

Até agora, além dos autores do pedido de criação da Comissão Parlamentar de Inquérito, somente Cleiton Collins, Álvaro Porto, Gustavo Gouveia, Alberto Feitosa, Wanderson Florêncio,  Antônio Coelho, Priscila Krause e Romero Sales Filho aderiram à iniciativa. ..

Ex- advogada de suspeito de matar Beatriz entra com representação na OAB contra atual advogado, que 'tomou' cliente dela

O Caso Beatriz segue ganhando novos enredos. Só que dessa vez, do lado de Marcelo da Silva, que de acordo com a Secretaria de Defesa Social (SDS) de Pernambuco confessou ter assassinado, a golpes de faca, a garota em um colégio particular de Petrolina em 2015. Agora, o centro das atenções se volta para a defesa do suspeito: é que a antiga advogada e o atual, estão travando uma verdadeira batalha.

De acordo com informações do JC, na última segunda-feira (17), a advogada Niedja Mônica da Silva, que havia sido chamada para defender o suspeito, entrou com uma representação na OAB, em Paulista, contra o também advogado Rafael Luis Nunes da Silva, que se apresentou como novo advogado do homem indiciado pela SDS. Na representação, a defensora pede providências e diz que o colega de profissão foi, na última sexta-feira (14), ao presídio de Igarassu-PE, "assediar o cliente" e que "o próprio suspeito havia informado que já havia advogado no caso"...

Caso Beatriz: "Temos uma mãe e um pai que têm o direito de saber toda a verdade. Temos a Polícia Civil, que precisa dar esclarecimentos a essa família e a toda sociedade", diz deputado

Após o Governo ter apontado Marcelo da Silva como assassino da menina Beatriz Angélica e o suspeito ter negado a autoria do crime através de uma carta divulgada pelo seu advogado, o deputado estadual Romero Albuquerque (PP) decidiu que o episódio exige participação mais efetiva do legislativo estadual.

Ele anunciou que pedirá uma CPI para investigar o que, de fato, aconteceu em Petrolina naquela noite, há seis anos...

Homem apontado como autor da morte de Beatriz Mota escreve carta negando crime e afirmando que foi pressionado, diz emissora de TV

Marcelo da Silva, que de acordo com a Secretaria de Defesa Social (SDS) de Pernambuco confessou ter assassinado, a golpes de faca, a garota Beatriz Angélica em um colégio particular de Petrolina em 2015, teria escrito uma carta negando a autoria do crime e disse ter sido pressionado.

A informação foi divulgada no programa Cidade Alerta, da TV Guararapes, filiada da TV Record em Recife, que disse ter tido acesso à carta com exclusividade, na noite de hoje (18)...

Caso Beatriz: "existem pessoas que estão sendo protegidas”, diz Lúcia Mota ao pedir apoio da sociedade para que o MPF seja pela federalização

A mãe da menina Beatriz, Lucia Mota, disse não ter mais dúvidas de que Marcelo da Silva é o assassino da sua filha. Entretanto, essa mesma certeza ela tem de que ele não agiu sozinho e de que existem outras pessoas envolvidas no caso. 

Por isso, vai insistir na federalização das investigações. “Diante de tudo que foi dito e dos autos do processo, não tenho dúvidas de que foi ele quem matou a minha filha. Mas eu quero saber a verdadeira motivação e quem ajudou ele. Existem outras pessoas envolvidas “, afirmou ela, durante live com o jornalista Ricardo Antunes, na noite de ontem segunda (17)...

Caso Beatriz: família realiza live hoje (17) para comentar últimas notícias envolvendo o crime, após prisão de suspeito

A família de Beatriz Angélica vai realizar uma nova live na noite desta segunda-feira (17), a partir das 20h, no Instagram @Caso_Beatriz. De acordo com publicação divulgada nas redes sociais, o intuito é fazer uma atualização das últimas notícias que envolvem o caso.

O Caso Beatriz voltou a ganhar destaque em dezembro, quando a família e membros da comitiva que acompanham o inquérito decidiram caminhar cerca de 720 km em busca de justiça. Ele saíram de Petrolina no dia 5 de dezembro, passando por diversas cidades, até chegarem em Recife-PE, dia 28 de dezembro, onde, após muita insistência, conseguiram uma conversa com o governador Paulo Câmara e demais membros do governo. Desde então, o caso vem ganhando novos capítulos...

CASO BEATRIZ ANGÉLICA: "a caminhada deu frutos, começamos a ter justiça", afirma Grupo Todos por Beatriz

A coordenadora do Grupo Todos por Beatriz, a empresária Deniliria Cavalcante, postou em suas redes sociais "que os frutos da caminhada começam a ser colhidos e a justiça por Beatriz começa a ser feita". Ela se refere a prisão do acusado de ter matado a menina Beatriz Angélica no dia 10 de dezembro de 2015.

Deniliria é membro e coordenadora do Movimento Todos por Beatriz e participou da caminhada, os mais de 700 km, entre Petrolina e a Recife, protesto que fo ficou conhecido nacionalmente como a Caminhada justiça por Beatriz...

Lucinha Mota diz em live que, pelas provas técnicas, acredita que Marcelo da Silva é o assassino de Beatriz 

Lucinha Mota, mãe da garota Beatriz Angélica, assassinada em 2015, disse em uma live esta semana que já existem provas para comprovar a autoria do crime que chocou o Vale do São Francisco, quando sua filha, de apenas 7 anos, foi esfaqueada durante a festa de formatura da irmã mais velha nas dependências da escola onde os filhos estudavam e o pai, Sandro Romilton, era professor.

Na live, transmitida pelo Portal de Notícias e compartilhada pela mãe em suas redes sociais, Lucinha Mota disse que, com base nas provas técnicas, acredita que Marcelo da Silva, apontado pela Secretaria de Segurança Pública de Pernambuco como o autor, é realmente o assassino...

CASO BEATRIZ: "Para aliviar coração da mãe" homem teria confessado o crime, diz advogada

A advogada que representa o homem suspeito de ter matado a facadas a menina Beatriz Angélica, numa escola particular em Petrolina, em 2015, afirmou que o cliente se arrepende do crime. Segundo a Polícia Civil, Marcelo da Silva confessou ter matado a menina depois que a Polícia Científica confirmou que o DNA dele era o mesmo que estava na faca deixada no tórax da criança.

Em entrevista exclusiva à Globo, neste sábado (15), a defensora Niedja Mônica da Silva afirmou que o cliente chora ao falar do caso e que quer pagar pelo que fez...

Colégio Maria Auxiliadora se manifesta sobre prisão de suspeito de matar Beatriz: "Rogamos pela continuidade das apurações"

O Colégio Maria Auxiliadora de Petrolina, através da Rede Salesiana Brasil, se manifestou sobre a prisão do homem apontado como autor do crime que matou a garota Beatriz Angélica, em dezembro de 2015, na referida unidade escolar, durante uma festa de formatura. O DNA encontrado na faca, segundo o laudo pericial, é de Marcelo da Silva de 40 anos, que está preso por outros crimes. Na última terça (11), após ser ouvido por delegados, ele foi indiciado.

Em nota enviada a imprensa, o colégio disse as informações repassadas pelo secretário de Defesa Social de Estado de Pernambuco "trazem alento a toda a comunidade Salesiana, que tanto busca pela solução deste caso", e disse reafirmar que se solidariza com os pais e familiares de Beatriz Mota. "...continuamos colaborando, irrestritamente, com as investigações sempre que somos acionados. Rogamos pela continuidade das apurações confiando plenamente na Justiça, Polícia Civil do Estado-PE e Ministério Público-PE para a solução do caso", encerra a nota...

Caso Beatriz: Sandro Romilton define como "humilhante" o tratamento recebido pelo Governo de Pernambuco. "Essa coletiva deixou mais dúvidas"

O professor Sandro Romilton define como "humilhante" o tratamento recebido pelo Governo de Pernambuco. Ele e a esposa, a dona de casa Lúcia Mota, saíram de Petrolina e chegaram ao Recife, na manhã de hoje, para acompanhar a coletiva de imprensa da Secretaria de Defesa Social, que prometeu detalhar a identificação do suspeito de assassinar a facadas uma das filhas do casal, a garota Beatriz Angélica Mota, em dezembro de 2015.

Sandro e Lucia foram impedidos de assistir à coletiva. Na tentativa de entrar no prédio da SDS, foram barrados. Após protestos, a mãe de Beatriz foi recebida pelo secretário Humberto Freire. "É humilhante você ser tratado dessa forma. Nós sempre colocamos à disposição dos delegados nossos telefones. Nessa hora importante, precisávamos ter um contato inicial, mas na verdade ficamos sabendo de tudo pela imprensa. É constrangedor e uma falta de respeito muito grande e até desumano", desabafa Sandro...

Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco divulga nota sobre o Caso Beatriz

Após a Secretaria de Defesa Social (SDS) informar na última terça-feira (11) a descoberta do assassino da menina Beatriz, morta a facadas em Petrolina no ano de 2015, o Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco (SINPOL) se pronunciou sobre o caso em nota nesta quarta-feira.

A nota parabeniza o trabalho feito na investigação, mas reafirma que os obstáculos enfrentados ao longo dos anos estão relacionados às condições que a Polícia Civil enfrenta diariamente...

Caso Beatriz: após prisão de suspeito, MPPE requisita providências imediatas e solicita perícias complementares à Polícia Civil

Logo após ser comunicado pela Polícia Civil de Pernambuco sobre a identificação de um suspeito de matar a menina Beatriz Mota com base em testes genéticos, o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) requisitou providências imediatas para assegurar a ouvida do suspeito, a proteção à sua integridade física e a realização de novas perícias complementares. As informações foram detalhadas durante coletiva realizada na manhã desta quarta-feira (12), na sede da Secretaria Estadual de Defesa Social (SDS).

"Assim que tivemos conhecimento de que um suspeito havia sido identificado pelo perfil genético, que é uma prova técnica relevante, entramos em contato com os delegados responsáveis pela investigação. Ainda ontem (11) delegados gravaram o depoimento do homem, ao qual já tivemos acesso. O Ministério Público está devolvendo o inquérito à Polícia Civil, para que sejam juntadas mais informações. Sabemos que a Polícia fará o trabalho requisitado de forma responsável, com foco na apuração dos fatos. E ao receber o relatório final da investigação, o MPPE vai analisar o inquérito e apresentar, no tempo devido, a sua manifestação", destacou a promotora de Justiça Ângela Cruz, coordenadora do Grupo de Atuação Conjunta Especial (GACE) e do Centro de Apoio Operacional Criminal (CAO Criminal)...

Caso Beatriz: " Não acredito ainda nesta investigação nem na propositura das provas, muito menos na confissão", diz advogado

O advogado e jornalista, Cláudio Soares, acusou através de texto que na sua " ótica criminalista, não acredita ainda nesta investigação nem na propositura das provas, muito menos na confissão", apresentada hoje pela Secretaria de Defesa Social, sobre o Caso Beatriz. A polícia disse que prendeu o assassino da menina Beatriz.

Confira texto:..

Caso Beatriz: Secretário Defesa Social durante coletiva imprensa diz que motivação do crime "foi a Beatriz ter se assustado com abordagem"

Apesar da expectativa pelos mínimos detalhes sobre a motivação e como agiu o acusado de matar a menina Beatriz Angélica, 7 anos, em 2015, no Colégio Nossa Senhora Auxiliadora, localizando no centro de Petrolina, a Secretaria de Defesa Social, frustrou a imprensa ao apresentar "poucos fatos sobre o Caso Beatriz"

Nas redes sociais diversas mensagens criticam a investigação, "considerando muito simplórias e sem detalhes diante de tanta violência contra uma criança". Ouvidos pela REDEGN dois advogados consideraram "muito simples os argumentos das autoridade de segurança pública e que esperavam mais detalhes sobre o crime"...