RedeGN - Espaço do Leitor

Outros Destaques

Especial Coronavírus

Acompanhe o mapa do COVID-19 em tempo real em nossa página especial.

Espaço do Leitor

Artigo: Francisco de Roma, Francisco de Assis e a Laudato Si’: um brado pela "nossa irmã, a mãe Terra"

Em nossos dias quando se fala de ecologia e de cuidado como meio ambiente a figura de São Francisco é sempre lembrada e acenada. Mas é sempre bom ressaltar que a ação ecológica que se inspira no Irmão de Assis precisa ir além de atividades pontuais como reciclar materiais, plantar árvores e flores, bem como lutar pela preservação de determinadas espécies ameaçadas.

É preciso mudar o jeito de viver e con-viver, de olhar e de se relacionar. Urge denunciar um modelo econômico e social que privilegia poucos em detrimento de graves impactos sociais e ecológicos...

Leitor cobra melhorias no bairro São Geraldo em Juazeiro (BA)

O leitor Thialisson Miranda enviou novo e-mail ao Blog reiterando cobranças a administração municipal. Confira:

“Bom dia Geraldo venho aqui novamente fazer duas denúncias em seu blog. Primeira denúncia é sobre um poste no qual o setor de iluminação da prefeitura nunca veio arrumar. Já tem cinco meses (última denúncia foi feita dia 08/12/2019 aqui no seu blog) e nenhuma solução ligo para lá e ninguém atende o telefone. Pagamos alta taxas de contribuição de iluminação pública para eles e nada de vir ajeitar. A luz acesa o tempo todo é no poste da rua 27 de Agosto, perto do Curtume Campelo, bairro São Geraldo...

Artigo - Com juros e correção monetária: o Brasil paga caro pela falta de concorrência entre os Bancos

*Adriano Camargo Gomes

A pandemia do novo coronavírus e a crise que estamos presenciando deixam muito claro como as decisões do presente têm um impacto enorme em nosso futuro. A afirmação é evidente. Contudo, essa evidência esconde uma complexa e importante relação entre a realidade e os modelos científicos que usamos para tentar explicá-la e compreendê-la...

Artigo - Pandemia: Receita por Decreto?

Nada mais dramático e doloroso quanto ouvir o pranto de dor de centenas ou até milhares de pessoas, em portas de Hospitais, clamando pela morte de seus entes queridos acometidos do coronavírus, às vezes pela falta de atendimento por indisponibilidade de espaços nas Unidades, fato que atormenta aos bravos médicos e enfermeiros por se sentirem impotentes para socorrer a todos.

E o que é mais trágico em todo esse cenário, é ver alguns morrerem sobre as macas nos corredores de espera dos Hospitais, assim como é desumano os familiares apenas receberem a informação das mortes nas UTIs, sem qualquer possibilidade de acesso para uma última visão e identificação do corpo inerte!..

Artigo - Reformulando a forma de ensinar durante a pandemia

Muito tem se falado em tempos de pandemia do coronavírus, dos profissionais essenciais da área da saúde como os médicos, enfermeiros, farmacêuticos, entre outros. Eles são importantes para a sociedade e estão diariamente colocando suas vidas em risco pelas nossas. Porém, há uma classe de profissionais não tão comentada neste momento, e que também precisa ser enaltecida: a dos professores.

Muitos deles também são profissionais da saúde e estão em outro tipo de linha de frente nesse momento. Estão trabalhando de suas casas, reaprendendo diariamente a arte de ensinar para conseguir continuar formando novos profissionais da saúde que estarão aptos para atuar em outros tempos...

Artigo - O Impacto da Quarentena nos Preços da Manga no Vale do São Francisco

Fernanda Birolo -

Por João Ricardo F. de Lima – Doutor em Economia Aplicada, Pesquisador da Embrapa Semiárido

O Vale do São Francisco é conhecido nacional e internacionalmente pela produção irrigada de frutas, utilizando águas do Rio São Francisco. Dentre as frutas produzidas, a manga é a que apresenta maior importância econômica e social...

Artigo publicado pelo NEMA orienta novas áreas de coleta para a espécie de planta aquática exclusiva da Caatinga Anamaria heterophylla

O reconhecimento de áreas ambientalmente adequadas à sobrevivência e reprodução de espécies endêmicas, raras e ameaçadas de extinção é fundamental para a ampliação do conhecimento sobre a história natural desses taxons, podendo ter implicações sobre a conservação da biodiversidade.

Nesse contexto, o Núcleo de Ecologia e Monitoramento Ambiental (NEMA) da Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF) tem promovido estudos voltados à avaliação da distribuição geográfica dessas espécies da Caatinga...

Ascom Karen Lima

Espaço do Leitor: Live do surpreender, ultrapassar e alcançar

Um Projeto de várias Igrejas Evangélicas da nossa Região, que consiste em ajudar as causas sociais dentre elas a Casa de Apoio à Criança – Tribo de Gade (Petrolina) e AME – Amor, Missões e Evangelismo (Juazeiro), vai acontecer no próximo dia 25 (segunda-feira), a partir das 20:00 h, onde todos poderão assistir através do link https://www.youtube.com/channel/UCV-g3wJudQrVylv-WE_gllA.

Como o próprio nome já diz o Projeto OVERTAKE possui um cunho profético que traduzido para o português significa: alcançar, ultrapassar, surpreender, atingir, à frente... E esse será o objetivo de todos os organizadores desse momento espiritual voltado para o social, visando quem mais precisa...

Casos do Covid-19 no Vale crescem e é necessário aumentar as medidas de isolamento

Por Lorena Cardoso/Agência MultiCiência

No dia 26 de fevereiro, o Brasil confirmou o primeiro caso da Covid-19. Ao longo dos últimos três meses, já são mais de 17 mil vítimas da doença. A Região Nordeste não ficou imune a este quadro, a curva de crescimento do contágio pelo vírus na região se encontra em ascensão, ocupando o segundo lugar no índice de infectados, com destaque para os estados do Ceará e Pernambuco...

Artigo - Tobias, o coveiro bíblico de Bolsonaro

Roberto Malvezzi (Gogó)

O livro de Tobias, que está na Bíblia Católica, retrata a vida de um jovem temente a Deus, que pratica sua fé no cotidiano, ajudando os mais necessitados, pagando seu dízimo, visitando os deportados e enterrando os mortos, mostrando um profundo respeito pelo ser humano também na hora da morte...

Artigo - O Povo exige Transparência!

O Governo de Juazeiro usa a sua Autoridade sem ouvir às Comunidades. Outras Cidades o fazem! Aqui se impõem Decretos que conflitam com dados oficiais divulgados que não justificam o endurecimento do momento na Cidade. Há uma pergunta: E os milhões recebidos, estão gastando como? Queremos maior transparência nisso.

Os Decretos Federais sobre a Covid-19 descumprem. Mas exigem que o Povo respeite os Decretos Municipais e ameaçam com punições. A instância menor ignora à superior e exige que a respeitem...

Espaço do leitor: O monturo a que chegou a minha cidade

O propósito do texto que ora é abordado, creio ser este, um memorial, por demais conhecido de todos aqueles que, ou nasceram as margens direita do Rio São Francisco, ou que vivem, viveram e estão acompanhando uma realidade (nua e crua) em que nós juazeirenses, estamos cansados do convívio nefasto ou até mesmo pernicioso, diante de uma tamanha desfaçatez, por que não, degradação, deterioração, ruína proporcionando-nos um estado de caos aos nossos olhares sem podermos fazer nada quando tristemente observamos para a situação de destruição em que vem se acumulando na nossa Juazeiro.

Sei perfeitamente, que alguns muitos descuidados,  talvez poucos cuidadosos,  vão manifestar-se a respeito, contudo acredito ser salutar tais manifestações, no momento em que as nossas vistas estão  ofuscadas por uma patologia,  não sei se miopia ou hipermetropia, requerendo uma intervenção cirúrgica de urgência para, verificar se  for o caso, buscar um especialista de renome  nos próximos sufrágios, uma vez que A PACIENTE encontra-se  internada há algumas décadas na “UTI URBANA”. afim de que sejam retirados dos nossos olhos o MONTURO que vem se instalando na Capital das Muriçocas...

Espaço do Leitor: Moradores de Itamotinga não esperam pelo governo municipal e resolvem fazer ações na comunidade

Moradores da rua Manoel Dantas estão podando árvores da praça Serafim Nunes em Itamotinga, um dos cartões postais do distrito. Devido a pandemia, o protocolo de segurança foi realizado.

Lembrando, que esse mesmo grupo é responsável por diversas ações na comunidade, a exemplo da limpeza da margem ribeirinha e remoção das ervas daninhas que se encontravam no curso do Rio, limpeza do cais, entre outras...

Moradora cobra explicações sobre ritmo de obra em praça do bairro Santo Antônio

A leitora Isabella Cadnna enviou e-mail a RedeGN cobrando explicações a respeito do andamento da obra de reforma de uma praça no bairro Santo Antônio. Veja:

“Estou enviando algumas fotos da reforma da praça 1º de maio, no bairro Santo Antônio em Juazeiro - BA, para mostrar o descaso. A obra iniciou no dia 07/05 e até hoje é levada à passos curtos. Os funcionários vêm para o local e passam praticamente o dia todo sentados ou deitados nos bancos da praça juntamente com o fiscal de obra. A verba veio para a reforma completa da praça e estão apenas trocando parte do piso” cobrou...

Artigo – “Nada do que foi será”!

Procurava o tema para a crônica semanal, e a primeira percepção direcionava para uma breve reflexão sobre o que será da humanidade na fase pós COVID-19. Coincidentemente, chega um e-mail de um amigo no qual usava como assunto: ”Em Tempos de Pandemia”. E com muita felicidade reproduzia a bela composição musical de Lulu Santos e Nelson Motta, sob o título “Como Uma Onda”, tão oportuno quanto quase profético diante da realidade atual: “Nada do que foi será; de novo do jeito que já foi um dia”.

Pode parecer um devaneio fantasioso, que em meio a uma calamidade na plenitude de sua ação devastadora e morticida, cuja trajetória ainda tem um final desconhecido pela ciência, e a mente das pessoas está não somente angustiada com tantas mortes e sofrimento do presente, como já perplexa com o futuro a médio e longo prazo...

Artigo - Pandemia x Pandemônio

Ricardo Viveiros*

Interessante observar como os humanos se comportam nas crises, como agora na COVID-19. Em razão das Mídias Sociais, ficou ainda mais fácil observar o fenômeno da busca de explicações para o que atinge a todos, sem exceções...

Artigo - Superar sem ser superado

A realidade pandêmica, que ressurge ao longo da nossa história, desperta na sociedade o sentimento de aflição, angústia e medo. Diante do desespero social que se instala, os profissionais da linha de frente - valorosos combatentes do inimigo invisível - tem de manter a equanimidade temperada pela ciência, habilidade técnica e pela presteza de tomar difíceis decisões perante um incerto cenário de saúde.

Cabe aos médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, farmacêuticos, psicólogos e tantos outros profissionais, cumprir o milenar papel hipocrático de valorizar a vida. E cuidar daqueles que ficam doentes - neste caso, pelo Covid-19 que se apresenta altamente contagioso e potencialmente letal sobretudo às camadas mais frágeis da sociedade...

Espaço do Leitor: Um aviso aos navegantes, o que é do rio é do rio.

No ano de 1979 aconteceu uma enchente no velho chico que obrigou os moradores de Juazeiro da Bahia a colocar sacos de areia na parte superior do cais para evitar a  inundação da cidade.

Nessa oportunidade, eu David Lima de Sousa trabalhava como armador na barragem de Sobradinho e vi com os meus próprios olhos o vexame que causou a altura das águas à jusante da barragem, grande volume de água ameaçava as engrenagens e os parâmentos da grande barragem...

Artigo - Os acordos individuais durante a pandemia

Agora na pandemia há uma voz corrente e ameaçadora de que os acordos individuais para redução de jornada e redução do salário estariam sob implacável nulidade e que, além de agredir a Constituição Federal, em seu artigo 7º, VI, XIII e XXVI, que homenageia a participação sindical obrigatória quando se tratar de negociações coletivas.

Além disso, outros atribuem a esta possibilidade que a denominação de "acordo" seria meramente retórica porque ao empregado não restaria outra alternativa que sua aceitação diante da "imposição" do empregador. O ponto de partida de todos os questionamentos deve levar em consideração as circunstâncias da vida, o valor protegido, e do momento em que se torna aplicável...

E DAÍ...? TUDO ESTÁ FAZENDO MUITA FALTA...

Ao contrário daquele Mandatário, que disse que tudo pode e tudo manda, vamos tentar aqui, contradizer aquelas palavras mal colocadas vindas de quem é pago e muito bem pago por todos nós...

Mas, como não devemos dar importância àquilo que nada acrescenta, vamos tentar lembrar hoje de TUDO QUE ESTÁ FAZENDO MUITA FALTA... E mesmo que eu queira, não conseguirei lembrar de TUDO, mas, se vocês quiserem, podem acrescentar através dos comentários que, inclusive, serão muito úteis para mim.....