RedeGN - Sempre ligado.

Foram encontrados 196 registros para a palavra: Edson Duarte

Ex-Ministro do Meio Ambiente, Edson Duarte, ressalta que o ato de soltura das Ararinhas Azuis representa um planejamento repleto de muitos sonhos e esperanças

Neste sábado, 11 de junho de 2022 é o dia que o primeiro grupo das Ararinhas Azuis vai voltar a voar no céu dos sertões de Curaçá, Bahia. A soltura das Ararinhas é um momento de grande expectativa para a região Norte da Bahia, Vale do São Francisco e Nordeste, Brasil, em especial, devido o enorme sentimento de riqueza ambiental que representa o retorno da Ararinha Azul ao céu do sertões.

O juazeirens, fundador do Partido Verde no município,  ex-ministro do Meio Ambiente Edson Duarte, faz parte desta história em defesa da ecologia e da reintrodução da Ararinha Azul aos céus dos sertões...

Ex-Ministro do Meio Ambiente, Edson Duarte, comemora data da soltura das ararinhas azuis no céu dos sertões

Dia 11 de junho de 2022. Este é o dia que o primeiro grupo das Ararinhas Azuis vão voltar a voar no céu dos sertões de Curaçá, Bahia. A REDEGN obteve com exclusividade informação, oficialmente,  da data da soltura, um sábado, 11 de junho.

A soltura das Ararinhas é um momento de grande expectativa para a região Norte da Bahia, Vale do São Francisco e Nordeste, Brasil, em especial, devido o enorme sentimento de riqueza ambiental que representa o retorno da Ararinha Azul ao céu do sertões...

Edson Duarte e mais 8 ex-ministros do Meio Ambiente tem encontro nesta tarde com Presidente do STF, Luiz Fux 

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, receberá nesta quarta-feira (23) nove ex-ministros do Meio Ambiente para tratar de uma extensa lista de processos de interesse ambiental que tramitam no STF, sete deles sobre a condução de “boiadas”, como ficaram conhecidas as decisões antiambientais do governo Bolsonaro, que tem julgamento marcado para o próximo dia 30.

O descumprimento das metas climáticas do Acordo de Paris e do programa de combate ao desmatamento da Amazônia (ADPF 760), retirada de autonomia do Ibama na Operação Verde Brasil 2 (ADPF 735), exclusão da sociedade civil do conselho do Fundo Nacional de Meio Ambiente (ADPF 651), omissão no combate ao desmatamento (ADO 54), paralisação do Fundo Amazônia (ADO 59), alteração nos padrões de qualidade do ar feita por resolução do Conama (ADI 6148) e a concessão automática de licenciamento ambiental, feita por medida provisória (ADI 6808), são as principais. ..

Grupo de Jovens aciona justiça para anulação da meta climática brasileira no Acordo de París

Com o apoio de oito ex-ministros do Meio Ambiente, Carlos Minc, Gustavo Krause, Izabella Teixeira, José Carlos Carvalho, Marina Silva, Rubens Ricupero, Sarney Filho e do baiano Edson Duarte, um grupo de seis jovens entrou com uma ação popular na justiça de São Paulo contra o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, e o ex-ministro das Relações Exteriores Ernesto Araújo, nesta terça-feira (13). 

O motivo é a "pedalada" climática do governo cometida em dezembro ao não apresentar uma nova meta ao acordo de París, que fez o País regredir no seu compromisso dediminuir os gases do efeito estufa...

Salvador ganhou um quadro excelente para gerir sustentabilidade, diz ex-Ministro do Meio Ambiente, Edson Duarte

O ex-ministro do Meio Ambiente, Edson Duarte, em nota, parabenizou a conterrânea Edna França, de juazeiro, pela sua atuação destacada na gestão pública em Salvador, que resultou na sua ascensão ao cargo de Secretária de Sustentabilidade na Prefeitura de Salvador.

“Edna tem uma trajetória extraordinária e muito conhecimento nas causas que envolvem a sustentabilidade, a gestão ambiental, as políticas públicas em defesa de minorias, principalmente das mulheres, causa que abraçou desde muito cedo e é motivo de muita alegria ver que essa luta ganhou o reconhecimento numa das grandes cidades do Brasil”, disse...

Ex-Ministro Edson Duarte lamenta com pesar morte de José Carlos Tanuri

O ex-deputado e ex-ministro do Meio Ambiente, Edson Duarte, em contato agora a pouco com a redação da redeGN, manifestou pesar e tristeza pelo falecimento de José Carlos Tanuri.

“Estou muito triste nesse dia, um dia importante para o Brasil, dia de eleições, mas a notícia da morte de Zé Carlos Tanuri, uma referência na política de juazeiro. Quando cheguei à Câmara ele também foi eleito vereador e durante esse tempo todo tivemos, apesar de divergências  políticas, mas mantendo sempre o respeito. Eu cultivei meu respeito por ele, a boa relação com ele e com toda a família e nesse dia, dia de eleição, é um dia que choque para todos, de todos os lados, com essa morte de um homem de muito conhecimento, muita experiência e que muito tinha ainda a colaborar com para as atividades públicas em Juazeiro. É um momento de tristeza e me solidarizo neste momento com seus familiares, seus filhos, todos os amigos, todos aqueles que acompanharam politicamente Zé Carlos, que lamentavelmente nos deixa no dia de hoje”, disse...

Ex-ministros do Meio Ambiente, inclusive Edson Duarte, pedem à PGR que investigue Ricardo Salles por crimes de responsabilidade

Nove ex-ministros do Meio Ambiente brasileiros pedem, em carta, para que a PGR (Procuradoria-Geral da República) investigue o atual ministro da pasta, Ricardo Salles, por crimes de responsabilidade. Os ex-ministros formalizaram o pedido por meio do Fórum de Ex Ministros do Meio Ambiente do Brasil em Defesa da Democracia & Sustentabilidade.

"Responsáveis durante décadas pela política ambiental desde a redemocratização do país, criamos este Fórum para demonstrar que a polarização e radicalização promovidas pelo governo podem e devem ser respondidas com a união e colaboração entre pessoas de partidos e orientações diferentes fiéis aos valores e princípios da Constituição", diz a carta...

Exclusiva: Ararinhas Azuis já começam a atrair investimentos para Curaçá

A chegada das Ararinhas Azuis em Curaçá, prevista para o próximo dia 3, tem mais importância do que se imagina, já que as ações de sustentabilidade tem forte impacto em países ricos e podem gerar apoios financeiros importantes para a região, principalmente para Curaçá, que recebe as aves com a missão de reintroduzi-las na natureza.

Informações que acabam de chegar ao redeGN dão conta que o Governo do Catar, através da sua autoridade cultural, estaria anunciando que irá bancar o material escolar de toda rede escolar do município de Curaçá, em função do esforço do município numa causa que é considerada nobre pelo País. O Catar tem participado do esforço mundial para reintroduzir a Ararinha no seu hábitat natural...

Juazeirense, ex-ministro do Meio Ambiente, Edson Duarte assina carta que denuncia os retrocessos ambientais no Brasil

O ano legislativo brasileiro começou esta semana e ao menos três projetos de lei sobre licenciamento ambiental já estavam previstos para votação. Para que sejam apreciados em fevereiro. Em carta conjunta, ex-ministros do Meio Ambiente pedem que Congresso não paute o texto. 

Publicada no jornal Folha de S.Paulo, a carta é também assinada pelo juazeirense Edson Duarte, ex-ministro do Meio Ambiente. No artigo assinado em conjunto, oito ex-ministros do Meio Ambiente, incluindo a ex-senadora Marina Silva, apontaram “retrocessos” na proposta que altera partes da Lei Geral de Licenciamento Ambiental (PL 3729/04), relatada pelo deputado federal, Kim Kataguiri (DEM-SP), e apelaram aos presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), para que rechacem a proposta...

Ex-Ministros do Meio Ambiente tem encontro com parlamento brasileiro hoje à tarde

Ex-ministros do Meio Ambiente entregam nesta quarta-feira (28), ao Presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, documento propondo que o Parlamento atue como moderador diante da crise ambiental envolvendo as queimadas na região amazônica. 

No encontro, previsto para as 15h30, os ex-ministros José Goldemberg, Rubens Ricupero, Gustavo Krause, Izabella Teixeira, José Sarney Filho, José Carlos Carvalho, Marina Silva, Carlos Minc e Edson Duarte, protocolam oficialmente o documento e conversam com o presidente Maia. O encontro com Alcolumbre ainda está sendo confirmado, mas a previsão é que seja ainda hoje. “O Parlamento brasileiro tem o dever histórico de moderar essa questão e reverter essa crise histórica e assustadora”, disse o baiano Edson Duarte, último ministro do Meio Ambiente brasileiro, antes do governo Bolsonaro...

EX-MINISTRO DO MEIO AMBIENTE EDSON DUARTE DIZ QUE GOVERNO BOLSONARO ESTÁ DESMONTANDO AS PROTEÇÕES AMBIENTAIS DO BRASIL

O ex-ministro do Meio Ambiente, Edson Duarte, que atualmente preside o Instituto Brasília Ambiental (Ibram) concedeu entrevista exclusiva ao Programa Geraldo José (Transrio FM) na tarde desta sexta-feira, 23 de agosto, quando externou preocupação em relação à posição do Governo Bolsonaro e as queimadas na região da Amazônia.

Segundo Edson, o atual governo está desmontando as proteções ambientais do país. “Estão garantindo a impunidade. Quando se ataca o fiscal e não o criminoso como foi feito na campanha eleitoral, pós-campanha eleitoral e pós a posse, que é o que nós assistimos pelo atual governo, isso é uma sinalização grave” pontuou Edson Duarte...

Ex-ministro Edson Duarte, principal interlocutor para Climate Week em Salvador, é aplaudido na abertura do evento

-Esforço de Edson Duarte durante a COP 24, na Polônia, resultou na realização da Semana do Clima em Salvador-

Foi iniciada nesta segunda-feira, em Salvador, a conferência Climate Week, Semana Climática da América Latina e Caribe, realizada pela agência de mudanças climáticas da ONU em parceria com o governo brasileiro. A mesa de abertura do evento, em que pese ser uma parceria com o governo brasileiro, não contou com a presença de nenhum representante da esfera federal e foi composta pelo prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), o secretário municipal de sustentabilidade, André Fraga, o embaixador da Holanda, Kees van Rij, o primeiro-secretário da embaixada da Alemanha, Lutz Morgenstern e o diretor agência de mudanças climáticas da ONU, James Grabert.

Na abertura do evento o prefeito de Salvador defendeu que é necessário superar discussões ideológicas e partidárias já que o tema interessa a todos: "Precisamos superar as discussões ideológicas e partidárias porque esse é um tema que interessa a todos", discursou o anfitrião. Um dos presentes mais aplaudidos na abertura do evento foi o ex-ministro do Meio Ambiente, baiano Edson Duarte, um dos principais interlocutores para que a conferência acontecesse no Brasil e na Bahia.

O trabalho do então ministro, durante a COP 24, na Polônia, em dezembro do ano passado, foi fundamental para a escolha de Salvador como cidade sede da Conferência do Clima. Na abertura do evento, nesta segunda-feira (19), o prefeito de Salvador, ACM Neto fez questão de reconhecer publicamente esse esforço e o baiano, de Juazeiro, recebeu efusivos aplausos da plateia composta por representantes de diversas nações...

Ex-ministro do Meio Ambiente, Edson Duarte, celebra avanços para salvar ararinha-azul 

- O então ministro do Meio Ambiente, Edson Duarte, na ONG alemã, que reproduz ararinhas para reintrodução no sertão da Bahia -

O ex-ministro do Meio Ambiente, Edson Duarte, comemorou, nesta sexta-feira (7),os avanços no acordo entre o Instituto Chico Mendes de Biodiversidade (ICMBio) e a ONG alemã, Association for the Conservation of Threatend Parrots (ACTP) para repatriação de 50 ararinhas-azuis da Alemanha para o Sertão de Curaçá e Juazeiro, ambos na Bahia.

Baiano de Juazeiro, depois de ter convivido com o tema quando ainda era um jovem ambientalista, coube ao então Ministro do Meio Ambiente Edson Duarte, no ano passado, as primeiras tratativas e assinatura do acordo que deve inserir 50 aves da espécie no sertão baiano, local onde as últimas espécies foram vistas, antes de desaparecer em definitivo.

O ex-ministro visitou os cativeiros onde as espécies estão sendo reproduzidas, na Alemanha e Bélgica, ano passado, conheceu de perto todo processo de reprodução e encaminhou toda tratativa para investimentos na estruturação dos locais para onde as aves serão transferidas, antes de serem devolvidas à natureza...

Ex-Ministro Edson Duarte diz que Plano para Conservar a Ararinha Azul está ameaçado com o Governo Bolsonaro

O ex-ministro do Meio Ambiente, Edson Duarte, durante entrevista na Rádio Rural Fm, Programa Bodega do Brocoió, disse que o Projeto de Conservação da Ararinha Azul está ameaçado neste Governo Bolsonaro. O Plano de Ação Nacional para a Conservação da Ararinha-azul – PAN Ararinha-azul, tem como objetivo "o aumento da população manejada em cativeiro e a recuperação e conservação de hábitat de ocorrência histórica da espécie, visando o início de reintrodução até 2021."

Atualmente, existem em torno de 150 exemplares da espécie Ararinha Azul em cativeiros no Brasil e exterior. De acordo com Edson Duarte, ano passado no Dia Mundial do Meio Ambiente, as ararinhas-azuis, espécie mais ameaçadas de extinção no mundo, ganharam duas unidades de conservação na Bahia. Na oportunidade o presidente da República, Michel Temer, assinou a criação da Área de Proteção Ambiental (APA) da Ararinha-Azul e o Refúgio de Vida Silvestre (Revis) da Ararinha-Azul e mais a Reserva Extrativista Baixo Rio Branco-Jauaperi localizada na Amazônia. Com isso, o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) passou a cuidar de 335 unidades de conservação no país...

EX-MINISTRO DO MEIO AMBIENTE EDSON DUARTE E AMIGOS LAMENTAM FALECIMENTO DO PROFESSOR NEGÃO DO EDSON

Na página do Blog GJ Notícias o ex-deputado federal e ex-Ministro do Meio Ambiente, o Juazeirense Edson Duarte, que atualmente reside e trabalha em Brasília-DF como titular do Instituto Brasília Ambiental (Ibram), lamentou o falecimento do professor José Raimundo dos Santos (Negão do Edson):

EDSON DUARTE..

Ex-Ministro Edson Duarte considerou acertada a manutenção do evento do Clima em Salvador

O Ex-Ministro do Meio Ambiente, Edson Duarte, um dos principais articuladores para a realização da Conferência do Clima da América Latina e do Caribe, em Salvador, comemorou esta semana a decisão do Governo Federal, de rever a posição contrária a realização do evento na capital baiana.

O atual ministro da pasta, Ricardo Salles, que na última terça-feira (14) havia afirmado que o governo Bolsonaro decidira cancelar o evento promovido pela ONU, voltou atrás, depois te ter afirmado que não manteria “um encontro que vai preparar um outro, que não vai acontecer mais no Brasil, por quê? Não faz o menor sentido, vai para o Chile! Vou fazer uma reunião para a turma ter oportunidade de fazer turismo em Salvador? Comer acarajé?", afirmara...

Ex-Ministro Edson Duarte lamenta cancelamento da Climate Week Latin America, na Bahia

Há pouco mais de 3 meses para a realização da Climate Week Latin America, um evento regional da Convenção do Clima da ONU, que aconteceria de 19 a 23 de agosto em Salvador, o Ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles (Novo-SP), comunicou a desistência do evento. Organizadores do lado da ONU lamentaram a decisão, afirmando em comunicado interno que estão “explorando opções” de uma cidade que tope sediá-lo. A escolha de Salvador ocorreu no ano passado, por interferencia do baiano Edson Duarte, que era o titular do Ministério do Meio Ambiente.

O ex-ministro lamentou a decisão, destacando que o evento não tem nenhuma relação com a COP e seria realizado a custo zero: “Diferente do que tem se propagado, a realização desse evento não está relacionado à realização da Conferencia Mundial do Clima, que acontece em Santiago. Esse é um encontro técnico que só traria benefícios para a Bahia e o Brasil, já que inclusive os custos da realização são todos bancados pela ONU”, informou. ..

Edson Duarte: 'A governança socioambiental do Brasil está sendo desmontada, em afronta à Constituição'

Ex-ministros do Meio Ambiente se reúnem nesta quarta-feira (8) na Universidade de São Paulo (USP), na capital paulista, para avaliar a política ambiental brasileira. Rubens Ricupero, José Carlos Carvalho, Marina Silva, Carlos Minc, Izabella Teixeira, José Sarney Filho e Edson Duarte fazem parte da reunião. Os ministros divulgaram um comunicado de três páginas. No documento eles alertam que "a governança socioambiental do Brasil está sendo desmontada, em afronta à Constituição". O texto é assinado pelos ministros que estavam presentes à reunião e também por Gustavo Krause (veja lista abaixo).

"Estamos assistindo a uma série de ações, sem precedentes, que esvaziam a sua capacidade de formulação e implementação de políticas públicas do Ministério do Meio Ambiente, entre elas, a perda da Agência Nacional de Águas, a transferência do Serviço Florestal Brasileiro para o Ministério da Agricultura, a extinção da secretaria de mudanças climáticas e, agora, a ameaça de descriação de áreas protegidas, apequenamento do Conselho Nacional do Meio Ambiente e de extinção do Instituto Chico Mendes", diz o documento...

Encontro inédito de ex-ministros do Meio Ambiente, para avaliação da atual política ambiental no país, terá participação de Edson Duarte

Edson Duarte participa nesta quarta de inedito encontro de ex-ministros do Meio Ambiente no Brasil

Uma reunião inédita acontecerá na USP, nesta quarta-feira, quando oito ex-Ministros do Meio Ambiente, de forma inédita, se reúnem para avaliar a atual política ambiental brasileira. José Goldemberg, Rubens Ricupero, José Carlos Carvalho, Marina Silva, Carlos Minc, Izabella Teixeira, Sarney Filho e o baiano, de juazeiro, Edson Duarte, avaliarão a atual política ambiental brasileira e divulgarão um posicionamento. 

De acordo com o jornalista André trigueiros, do G1, que passou a informação em primeira mão, os ex-ministros se reunirão a portas fechadas e após o encontro darão uma coletiva à imprensa. De acordo com a publicação do G1, “É uma regra, não escrita, que um grupo como esse não deve se posicionar em relação a um “colega” em exercício, mas na situação atual, esta regra será posta de lado” anotou. A reunião está agendada para às 10h da manhã desta quarta-feira (8) no Instituto de Estudos Avançados da USP, em São Paulo. ..

Edson Duarte transmite cargo ao novo ministro do Meio Ambiente

O novo ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, assumiu ontem quarta-feira (2/1) em Brasília, após cerimônia de transmissão de cargo com o antecessor, Edson Duarte. Salles afirmou que dará continuidade ao trabalho que vem sendo feito e pretende contar com o apoio dos setores produtivos, governamentais e não governamentais, além da academia. “Estamos aqui para construir algo pelo Brasil, imbuídos de um espírito comum, em prol do povo brasileiro”, destacou.

“Parceria. Acho que é uma grande palavra que nós temos aqui. Uma parceria entre todos os diversos segmentos que querem um meio ambiente saudável e um país sustentável, que se desenvolva economicamente. Não há desenvolvimento na área ambiental sem que haja, também, sustentação econômica”, disse Salles. ..