RedeGN - Sempre ligado.

Foram encontrados 289 registros para a palavra: Caso Beatriz

Prefeita de Caruaru-Pe, Raquel Lyra, acolheu Lucinha Mota com carinho. Mãe de Beatriz já seguiu para Bezerros

A prefeita de Caruaru-Pe, Raquel Lyra (PSDB), recepcionou com muito carinho e com gestos de solidariedade, ontem (22), a mãe da garota Beatriz Angélica, Lucinha Mota, que realiza uma caminhada de protesto de Petrolina a Recife.

De acordo com o jornalista Mário Flávio, do Blog que leva seu nome, Raquel Lyra “ofereceu solidariedade a mãe da menina Beatriz e percorreu um trecho da BR-232 ao lado de apoiadores e curiosamente políticos do PSOL, que acompanham Lucinha, já que ela é filiada o partido e foi a mais votada na eleição para vereadora em Petrolina, mas não assumiu o mandato devido ao coeficiente eleitoral”, escreveu...

Mãe de Miguel, morto em Recife, se une a Lucinha Mota, mãe de Beatriz, no trecho final da caminhada por Justiça. Veja o vídeo

Mirtes Renata Souza, mãe de Miguel Otávio, um garoto de 5 anos que morreu ao cair de um prédio de luxo, em Recife, vai somar com Lucinha Mota, Mãe da garota Beatriz Angélica, assassinada numa escola particular de Petrolina, em 2015, e juntas farão o último trecho do percurso até o Palácio das Princesas, sede do governo pernambucano.

Em junho de 2020 o menino estava aos cuidados da patroa de Mirtes, caiu do nono andar do prédio após ser deixado após ter sido deixado negligentemente num elevador pela patroa de Mirtes...

CASO BEATRIZ ANGÉLICA: Secretário de Defesa Social comenta investigação sobre morte da menina Beatriz

Seis anos após a morte de Beatriz Angélica, o caso segue sem resolução. A vítima foi encontrada com 42 marcas de facadas em um colégio particular de Petrolina, no Sertão de Pernambuco, aos sete anos de idade. Sua mãe traça uma caminhada de mais de 700 km, de Petrolina ao Recife, em busca de respostas.

Era esperado que houvesse, na manhã desta terça-feira (21), um encontro entre Lúcia Mota, a mãe, e o governador de Pernambuco, Paulo Câmara. A reunião não ocorreu pela inconclusão da caminhada, e o não dado pela família que atualmente está passando pelo município de Belo Jardim, no Agreste. ..

Caso Beatriz: Moradores de Belo Jardim preparam ato de apoio a Caminhada por Justiça

Em contato com a imprensa do município de Belo Jardim, a REDEGN obteve a informação que nesta terça-feira (21), a população vai receber,  "abraçar" e apoiar a Caminhada Justiça por Beatriz. Belo Jardim é mais um trecho da caminhada de Lúcia Mota e Sandro Romildo que pedem justiça pela filha assassinada há 6 anos em Petrolina.

O ato de apoio vai acontecer na BR 232, a partir das 10hs. D forma voluntária a cada passo moradores vão com cartazes e abraços para incentivar a caminhada e apoio. Hoje Lúcia postou declarando que já "são mais de 500 km e que continuará a luta na busca de Justiça pela filha"...

Após Corregedoria pedir demissão, Lucinha Mota quer prisão de perito do Caso Beatriz: "Sabotou todo o inquérito"

Lucinha Mota, mãe da garota Beatriz, voltou a se manifestar sobre a manifestação da Corregedoria da Secretaria de Defesa Social (SDS), que solicitou ao Governo de Pernambuco, a demissão do perito criminal Diego Leonel Costa, que atuou nas investigações do assassinato da menina. A mãe da garota agora pede a prisão de Diego e de outros funcionários públicos que atuaram para "sabotar" o inquérido de Beatriz, disse Lucinha.

"Nós denunciamos ele em 2019. Ele sabotou todo o inquérito de Beatriz junto com sua quadrilha. Nós denunciamos mais agentes públicos, e a gente espera que não pare na demissão, e que eles recebam a punição devida, que é a prisão. O Diego Leonel não trabalhou sozinho. Eles tiraram de Beatriz o direito de ter um inquérito justo. Uma semana após o crime eles já começaram a se articularem para sabotar o inquérito. Eu espero o mínimo da Polícia Civil, que prenda também Diego Leonel, porque ele merece ser preso pelo crime que cometeu contra minha princesa", disse Lucinha em novo vídeo que circula nas redes sociais...

Caso Beatriz: SDS pede demissão de perito denunciado por pais de menina morta em Petrolina

Após quase dois anos e meio de uma denúncia feita pelos pais da menina Beatriz Angélica Mota, de 7 anos, a Corregedoria da Secretaria de Defesa Social (SDS) se manifesta. Portaria assinada pelo secretário Humberto Freire, publicada sábado (18), pede ao governo de Pernambuco a demissão do perito criminal Diego Leonel Costa, que atuou na perícia sobre o assassinato da menina, no colégio Nossa Senhora Auxiliadora, em Petrolina, no Sertão do Estado. O caso, sem solução, completou seis anos no último dia 10.

De acordo com as investigações da Corregedoria, Diego participou da criação de um plano de segurança para o colégio, na condição de sócio cotista da Empresa Master Vision. No dia 14 de janeiro de 2016, ou seja, um mês após a morte de Beatriz, ele esteve na instituição de ensino e fez filmagens e fotografias por meio de um drone. Mesmo assim, segundo a Corregedoria, o mesmo perito fez parte, posteriormente, da equipe de trabalho de investigação responsável pela apuração do homicídio...

Caminhada por Justiça: Protesto de Lucinha Mota repercute em grande veículo nacional

A caminhada por Justiça que vem sendo realizada Lucinha Mota, mãe da garota Beatriz Angélica, assassinada a facadas numa escola participar de Petrolina, em 2015, ganha repercussão e grandes veículos já começam a desdtacar o tema.
Neste domingo o UOL repercutiu o protesto de Lucinha Mota numa matéria de destaque. Confira: 

“O dia ainda nem tinha nascido quando Lúcia Mota, 41, apertou os cadarços do tênis para encarar o desafio de concluir uma caminhada de 712 km. O esforço é em memória da filha Beatriz Angélica, assassinada aos 7 anos de idade, em 2015. 
Em mais uma tentativa desesperada de ser ouvida pelo governador, Lucinha, como é chamada carinhosamente por todos na região, saiu de Petrolina -- cidade cenário do crime -- no último dia 5, com destino ao Recife. A missão é ir a pé até o Palácio das Princesas, sede do governo do estado, para pedir justiça por Beatriz...

Pais da Garota Beatriz Angélica negam ter encontro agendado com governador Paulo Câmara

Os pais de Beatriz Angélica, Sandro Romilton e Lucinha Mota, negaram nesta tarde informação que teriam sido contactados pelo Governo de Pernambuco e que uma agenda já estaria marcada para o início da próxima semana.

Em contato com a redação da redeGN, a assessoria de Lucinha Mota, que está em uma caminhada de protesto de Petrolina a Recife, negou que qualquer conversa no sentido de interromper a caminhada antes de cumprir a meta dos 700 Km previstos e planejados...

Ibimirim recebe Lucinha com carinho e piscina para abrandar calor

Depois de percorrer uma distância de pouco mais de 370 Km, numa caminhada que tem como destino Recife, Lucinha Mota, mãe da garota Beatriz Angélica, assassinada covardemente dentro de uma escola particular de Petrolina, em dezembro2015, foi recepcionada com muito carinho pela população local.

Com o forte calor e o cansaço uma pequena piscina foi providenciada para ela se refrescar na chegada à cidade. Em cada cidade que chega uma forte comoção toma conta de todos, solidários com a dor da mãe que busca justiça...

Caminhando por Justiça: um corredor humano, em Belém do São Francisco, marca a passagem de Lucinha Mota. Veja o vídeo

A cada Km percorrido e uma cidade alcançada, aumenta o nível de emoção e solidariedade à causa de Lucinha Mota, mãe da garota Beatriz Angélica, assassinada violentamente numa escola particular de Petrolina, em dezembro de 2015.

Há seis anos os pais de Beatriz Angélica, Sandro Romilton e Lucinha Mota, lutam para ver o caso esclarecido e o, ou os criminosos, presos, mas a medida que o tempo passa a Justiça em Pernambuco tem dado menos esperanças que isso possa acontecer, para desespero dos familiares, que não desistem e buscam as mais diversas formas de chamar a atenção para o brutal crime. "enquanto vida ei tiver, lutarei", repete Lucinha Mota, a cada dia que passa"...

Caminhando por Justiça: Uma multidão solidária recepcionou Lucinha Mota em Cabrobó. veja o vídeo

Uma multidão mobilizada e muita emoção marcaram a passagem da Mãe de Beatriz Angélica por Cabrobó, a 182 Km de Petrolina e de onde ela iniciou uma caminhada de protesto contra a lentidão na apuração da morte da sua filha, Há exatos 6 anos, numa escola particular.

Lucinha Mota saiu na madrugada do dia 5  de Petrolina e já se aproxima da marca de 200 Km de caminhada, passando por cidades como Lagoa Grande, Santa Maria da Boa Vista e Orocó, sempre recebendo o carinho e o apoio na sua luta por justiça...

Lucinha Mota segue caminhando por justiça e deve ultrapassar os 150 KM de caminhada nesta quinta (9)

A mãe de Beatriz Angélica, Lucinha Mota, iniciou nesta manhã de quinta-feira (9) mais um trecho do percursos entre Petrolina e Recife, na busca por justiça no caso da sua filha, assassinada violentamente em dezembro de 2015 no interior de uma escola particular.

Depois de ser recepcionada por moradores de Santa da Maria da Boa Vista e pernoitar na cidade, Lucinha Mota, acompanhada por um grupo de pessoas da cidade que simbolicamente a acompanharam na saída, iniciou nesta madrugada (9) sua caminhada por justiça, seguindo para Orocó...

Juazeiro: Vice-presidente da OAB-BA pede apoio para federalizar caso Beatriz

O caso da morte da garota Beatriz Mota está próximo de completar seis anos. Nesse tempo, ainda não foi encontrado o autor do crime. Como forma de pressionar para solução do ato criminoso, a vice-presidente da Ordem dos Advogados do Brasil seção Bahia (OAB-BA), Ana Patrícia Dantas, usou as redes sociais para pedir a federalização do caso.

A via já foi cobrada pelos pais da menina, Lúcia Mota e Sandro Ferreira da Silva. Os dois já procuraram o Ministério Público Federal (MPF), pedindo apoio. Segundo Dantas, nos já seis anos passados, a Secretaria de Segurança de Pernambuco não chegou ao autor do crime. O crime ocorreu durante uma festa de formatura em um colégio de Petrolina, cidade vizinha a Juazeiro, no Sertão do São Francisco, onde a garota morava com os pais...

OAB Juazeiro apoia caminhada de Sandro e Lucinha Mota e defende federalização do caso Beatriz; Polícia Civil de Pernambuco se manifesta

Informações do advogado Jaime Badeca dão conta de que a OAB JUAZEIRO vem prestigiando, acompanhando e participando da Caminhada por Justiça liderada pelos pais da menina Beatriz, professor Sandro e Lucinha Mota e integrada por membros do movimento Somos Todos Beatriz.

No primeiro trecho de 37 km, de Petrolina ao povoado de Nova Descoberta, o advogado Jaime Badeca percorreu o trajeto com o grupo e na segunda etapa da peregrinação, acompanhado do advogado Clebernilton Rosas, também membro da Comissão Especial Beatriz Mota da OAB, e do professor Robério Arraes, fizeram uma visita de solidariedade ao grupo de peregrinos em hotel na cidade de Lagoa Grande-Pe...

Caminhando por Justiça: Lucinha Mota larga nesta manhã rumo aos primeiros 100 Km da jornada até Recife

Depois de caminhar cerca de 55 Km entre Petrolina e Lagoa Grande, onde pernoitou na noite de ontem (6), Lucinha Mota, mãe da garota Beatriz Angélica, assassinada em dezembro de 2015 dentro de uma escola particular, em Petrolina, reiniciou às 4h da manhã desta terça-feira (7), sua caminhada rumo a Recife, num protesto em que pede a federalização do caso e a permissão do Governo de Pernambuco para que peritos americanos possam participar da investigações.

O próximo trecho da caminhada de Lucinha Mota, de cerca de 25 Km, foi iniciado esta manhã (7) e tem como meta uma fazenda, onde descansa e larga na manhã desta quarta (8) com a meta de completar amanhã os primeiros 100 KM de jornada, em Santa Maria da Boa Vista...

Sanfoneiro presta homenagem a Caminhada Justiça por Beatriz

No próximo dia 10 deste mês, o assassinato da menina Beatriz Angélica Mota completa seis anos. A criança, de 7 anos, foi encontrada morta dentro de um colégio Maria Auxiliadora de Petrolina, com 42 marcas de facada no corpo. O crime segue sem ser solucionado. Em busca de respostas, a mãe de Beatriz, Lúcia Mota, iniciou no último domingo (5) uma caminhada de mais de 700 km, até Recife.

"Resolvi caminhar por amor a Beatriz. Para chamar a atenção do estado para a solução do caso de Beatriz. O estado ele tem obrigação de solucionar o inquérito de Beatriz, como também ele pode nos ajudar a federalizar o inquérito, porque já existe o pedido tramitando no Ministério Público Federal, ou ele pode aceitar a colaboração dos americanos", afirma Lúcia...

Izacolandia: Apoio às margens da BR emociona Lucinha Mota na sua caminhada por Justiça. Veja o vídeo

Lucinha Mota segue numa jornada que começou neste domingo (5) em Petrolina, com destino a Recife, num protesto que busca respostas para a morte da sua filha, Beatriz Angélica, assassinada em 10 de dezembro de 2015 numa escola particular de Petrolina.

No primeiro trecho da caminhada, Lucinha foi acompanhada simbolicamente por um grupo de amigos, familiares e integrantes do grupo Somos Todos Beatriz...

Caminhando por Justiça! Lucinha Mota inicia caminhada rumo a Recife, nesta manhã (5)

Lucinha Mota, mãe da garota Beatriz Angélica, assassinada em 10 de dezembro de 2015 numa escola particular de Petrolina, iniciou, nesta manhã de domingo (5), uma caminhada rumo a Recife, num protesto que busca respostas para a morte da sua filha.

A largada aconteceu por volta das 4 da manhã de hoje, saindo do Posto Faisao, em Petrolina, e um grupo de amigos, incluindo o ex ministro do Meio Ambiente Edson Duarte, o Deputado Estadual Zó, O Deputado Thulio Gadelha, o vereador de Juazeiro, Dr. Salvador Carvalho, familiares e integrantes do Grupo Somos Todos Beatriz, acompanharam Luicnha Mota neste primeiro trecho da caminhada...

Caso Beatriz: Caminhada por Justiça terá início no dia 5 de dezembro

Na canção "Pedaço de mim", o cantor e compositor Chico Buarque, fala da ausência física: Oh, metade afastada de mim leva o teu olhar que a saudade é o pior tormento é pior do que o esquecimento, é pior do que se entrevar...que a saudade é o revés de um parto,  a saudade é arrumar o quarto do filho que já morreu"...

É com este sentimento que Lucia Mota e Sandro, pais da garota Beatriz Angélica, assassiinada dentro de uma escola particular de Petrolina, iniciam no próximo dia 5 de dezembro, uma caminhada de protesto saindo de Petrolina até Recife, num percurso de mais de 700 Km...

Novo manifesto de Lúcia Mota, Mãe de Beatriz, fará caminhada de Petrolina a Recife

Lucinha Mota, mãe da garota Beatriz Angélica, assinada dentro de uma escola particular de Petrolina, inicia dia 5 de dezembro, uma caminhada de protesto saindo de Petrolina até Recife, num percurso de mais de 700 KM.

A caminhada começa por volta das 3h da manhã do dia 5, com saída do Posto Paizão, em Petrolina e o destino é o Palácio das Princesas, sede do governo de Pernambuco. A pauta, de acordo com Lucinha, é uma resposta do governador a um pedido de federalização do caso e permissão para um grupo de investigadores americanos atuar no caso, que permanece sem solução...