RedeGN - Paulo Câmara convoca Lucinha Mota e Sandro Romilton para conversa, mas pais querem participação de comitiva: "Não entro sem eles, seria uma covardia"

Paulo Câmara convoca Lucinha Mota e Sandro Romilton para conversa, mas pais querem participação de comitiva: "Não entro sem eles, seria uma covardia"

Os pais da garota Beatriz Angélica, Lucinha Mota e Sandro Romilton, chegaram na manhã desta terça-feira (28) em Recife, após uma longa caminhada que partiu de Petrolina no começo de dezembro. Acompanhados da comitiva que acompanha o Caso Beatriz, todos se encontram em frente ao Palácio das Princesas, sede do Governo de Pernambuco, e esperam ser recebidos por Paulo Câmara sem seu gabinete.

Segundo Lucinha, em vídeo divulgado nas redes sociais, o governador Paulo Câmara já chamou ela e Sandro para uma conversa. Entretanto, os pais de Beatriz só revindicam que as outras demais pessoas que os acompanharam desde o início na caminhada, incluindo o advogado da família, também participem da reunião.

“A gente trouxe três modelos de documento para ele analisar e se manifestar. Ele pode até redigir, desde que o texto seja o mesmo, recomendando a federalização, para que Beatriz tenha um inquérito justo. Esse parecer vamos anexar ao processo de pedido de federalização que já está tramitando na PGR [Procuradoria Geral da República]. Nós não subimos ainda porque o governador queria que só subisse eu e Sandro, e eu disse que não iria deixar meus companheiros. Somos em oito, mais nosso advogado. Não entro sem eles. Seria uma covardia da minha parte fazer isso. [...] Não arredo o pé daqui até ele se se pronunciar, se ele vai ajudar Beatriz a ter um caso justo ou não", disse Lucinha.

Veja na íntegra

Da Redação RedeGN