RedeGN - Imprimir Matéria

Lucinha Mota se pronuncia sobre prisão de suspeito de matar sua filha Beatriz Angélica. Confira o vídeo

11 de Jan / 2022 às 20h53 | Policial

Em live transmitida na noite desta terça-feira (11), logo após anúncio da prisão de um possível assassino de Beatriz Angélica, Lucinha Mota, mãe da garota que foi barbaramente assassinada numa escola particular de Petrolina, comentou sobre a anunciada prisão do assassino da sua filha, em dezembro de 2015.

Nós ainda não estamos sabendo de nada, fomos pegos de surpresa, estou tentando desde cedo falar com um delegado responsável pelo inquérito, ele não me atende, eu liguei pro chefe de polícia ele  me atendeu, a ligação estava ruim, estava cortando, mas ele adiantou que  que os elemetos mais fortes do inquérito foram confirmados nessa prisão. Não sei o que aconteceu, o que levou a essa prisão...a gente não sabe, passei mal aqui, porque toda denuncia eu passo mal e quando o chefe confirmou que era ele, então a gente perde o sentido, mas enfim já estou bem, tem muita gente ligando, não atendia mais a jornalistas porque não sei o que dizer a eles nesse momento”, disse Lucinha.

Lucinha Mota informou que amanhã deve tomar conhecimento dos detalhes, mas que “pede a Deus que isso se confirme e o assassino da sua filha seja tirado do convívio da sociedade e condenado": “Amanhã vamos saber, se essa pessoa que foi presa é o assassino, toda denuncia que recebemos, são muitas, de todo o país, de vários estados, mas essa a gente ainda não sabe ainda especificamente. Peço a Deus nas minhas orações que isso se confirme e que esse assassino seja tirado da sociedade, preso e condenado”, falou.

num dos trechos mais fortes da fala, Lucinha Mota lamentou não ter sido comunicada diretamente pela Polícia de Pernambuco e tomar conhecimento somente pela imprensa, ressaltado que torce para que o caso se encerre e o culpado seja punido, mas que "não cabe um inocente nesse inquérito". 

Confira o depoimento de Lucinha Mota:
 

Da redação redeGN

© Copyright RedeGN. 2009 - 2022. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.