RedeGN - Sempre ligado.

Foram encontrados 71 registros para a palavra: lira

Secretaria de Saúde de Petrolina realiza 2º LIRAa 2014

Entre os dias 10 e 14 deste mês, a Gerência de endemias, da secretaria Municipal de Saúde de Petrolina, irá realizar mais um levantamento de Índice Rápido do Aedes aegypti (LIRAa) 2014. A pesquisa, que acontece a cada dois meses, serve como mecanismo de orientação para identificar as áreas de riscos, onde podem ocorrer infestações do mosquito transmissor da Dengue.

Para esse levantamento a secretaria municipal de saúde irá mobilizar 123 profissionais da Vigilância em Saúde, entre agentes de Combate as Endemias (ACE) e supervisores técnicos. O gerente de endemias, Jailson Araujo, explica qual o objetivo do LIRAa. “Essa pesquisa tem o objetivo de identificar as possíveis áreas de risco de infestação do mosquito da dengue em Petrolina, com o levantamento podemos traçar planos de ações de combate ao vetor alem da oportunidade de estar orientando cada petrolineses sobre os riscos de água parada em casa”, explicou...

Secretaria Municipal de Saúde divulga resultado do 4ª LIRAa de Petrolina

O quarto Levantamento de Índice Rápido do Aedes aegypti (LIRAa) de 2013, realizado pela Secretaria Municipal de Saúde de Petrolina (SMS) entre os dias 01 e 05 de julho, apontou um índice de infestação predial de 0,6%, considerado de baixo risco pelo Ministério da Saúde para ocorrência de epidemia de dengue.

Em comparação ao mesmo período do ano passado, houve uma redução de 0,9% para 0,6%. “Os bons resultados na pesquisa comprovam o comprometimento e a vigilância constante da gestão, através dos Agentes de Combate a Endemias, e da população para que Petrolina não seja uma área de risco para a ocorrência de uma epidemia de dengue”, enfatiza a secretária Municipal de Saúde, Lúcia Giesta...

Deputada Isabel Cristina lamenta morte do ex-Ministro Fernando Lira

A deputada Isabel Cristina de Oliveira (PT) lamenta a morte do ex-minsitro Fernando Lira, a quem o tem como um dos pilares do enfrentamento das desigualdades e da ditadura instalada no  Brasil pelo regime de 1964.

Para Isabel Cristina, o Brasil perde um dos seus políticos de maior valor. Sua luta pela redemocratização do País e contra as injustiças sociais foi um marco na política brasileira. A deputada Isabel Cristina, no nome do vice-governador João Lira, apresenta suas condolências à família do ex-ministro, neste momento de pesar. ..

Senador Armando Monteiro e deputado Fernando Filho lamentam falecimento do ex-Ministro Fernando Lira

MENSAGEM DO SENADOR ARMANDO MONTEIRO SOBRE O FALECIMENTO DO EX-MINISTRO FERNANDO LYRA:

"Fernando Lyra cumpriu de forma exemplar a sua passagem pela vida pública do país. Durante os tempos duros do regime autoritário, foi um firme combatente, que nunca deixou de levantar a voz nos momentos mais difíceis.Ao longo do processo de abertura política, desempenhou importante papel na construção da candidatura de Tancredo Neves, que inaugurou a Nova República; foi um ministro da Justiça permanentemente atento às causas da cidadania e da ampliação das liberdades democráticas.No convívio pessoal, imprimiu as marcas de sua inteligência, afabilidade e boa convivência, sempre temperados com humor e ironia. Ele deixa a todos nós um irrecusável legado. Neste momento, transmito a toda a sua família a expressão do nosso pesar e solidariedade"...

Coronel Lira deixa o comando do CPRN

Coronel Lira

O Diário Oficial do Governo do Estado da Bahia publicou neste sábado (12) a exoneração do Coronel Inácio Paz de Lira Junior do Comando do CPRN – Comando de Policiamento Regional Norte, bem como a exoneração do Tenente-Coronel João Pedro de Carvalho do cargo de Sub-Comandante do CPRN e do Tenente-Coronel Carlos Alberto Neves da Silva do Comando do Batalhão Sertanejo, 3 BPM...

Levantamento registra baixo risco para a dengue em Petrolina

Realizado entre os dias 02 e 06 de julho, o quarto Levantamento de Índice Rápido do Aedes aegyti (LIRAa) de 2012 registrou um índice de 0,9% para infestação predial do mosquito vetor da dengue em Petrolina. O número, considerado de baixo risco de acordo com os parâmetros estabelecidos pelo Ministério da Saúde, caiu em relação a última pesquisa, obtendo uma redução de 10%.

A pesquisa, realizada pela equipe da Gerência de Endemias da Secretaria Municipal de Saúde de Petrolina (SMS), é responsável pela produção dos indicadores utilizados como instrumento de identificação das áreas de risco para a ocorrência da Dengue no município. “A partir desta semana iniciaremos as medidas de controle do mosquito, intensificando e direcionando as nossas ações para prevenir possíveis ocorrências de epidemia da doença”, afirmou o gerente de Endemias, Jailson Araújo, ressaltando que a população precisa trabalhar junto com a SMS para evitar a proliferação do Aedes aegypti...

Coronel Lira assume comando do CPRN em Juazeiro

Autoridades civis e militares de Juazeiro, Casa Nova, Senhor do Bonfim e outros municípios do Norte da Bahia prestigiaram no início da noite desta sexta-feira (25) a solenidade de transmissão de cargo no comando do CPRN – Comando de Policiamento Regional Norte.

Nem mesmo a chuva fina que caiu durante a solenidade diminuiu o ânimo da tropa que desfilou em homenagem ao Coronel Inácio Paz de Lira Júnior que substituiu o Tenente Coronel João Pedro de Carvalho...

Primeiro LIRAa de 2012 revela baixo risco de dengue em Petrolina

A diretoria de Vigilância em Saúde da Secretaria Municipal de Saúde de Petrolina (SMS) divulgou, na última sexta-feira (06), o resultado do primeiro Levantamento de Índice Rápido de Infestação do Aedes aegypti (LIRAa), realizado entre os dias 02 e 05 de janeiro. A pesquisa acontece a cada três meses, no intuito de identificar precocemente áreas vulneráveis para a proliferação do mosquito Aedes aegypti, e serve como subsídio para o planejamento das ações de combate ao vetor transmissor da dengue e como estratégia de conscientização da população.

No primeiro Levantamento do ano, a SMS dividiu a cidade em 10 áreas, denominadas estratos, e mobilizou um contingente de 98 Agentes de Combate à Endemias (ACE), 13 supervisores e um técnico de laboratório. De acordo com o gerente de Endemias, Jailson Luiz de Araújo, esta pesquisa apresentou um índice 0,5 % de infestação predial para o Aedes aegypti, um número menor que o encontrado no período do ano passado, quando foi diagnosticado um índice de 1,4%, e considerado de baixo risco para ocorrência de epidemia pelo Ministério da Saúde.

Bairros como Cosme e Damião, Quati e João de Deus, por exemplo, onde foram encontrados índices mais elevados de infestação predial, contarão com atenção especial da Gerência de Endemias. “Através do LIRAa, diagnosticamos as regiões onde precisamos trabalhar de forma mais efetiva para reduzir o problema da dengue. Mas nas outras comunidades, onde verificamos um índice baixo de infestação, a vigilância será mantida, pois não podemos descuidar”, concluiu Jailson Araújo...

Terceiro LIRAa do ano mostra que Petrolina apresenta baixo risco para ocorrência da dengue

 
A Secretaria de Saúde de Petrolina (SMS), através da Gerência de Endemias, divulgou na tarde desta sexta-feira (06) o resultado do terceiro Levantamento de Índice Rápido de Infestação do Aedes aegypti (LIRAa), realizado entre os dias 2 e 6 de maio. Durante o levantamento, a cidade foi dividida em oito regiões e supervisionada por profissionais, entre Agentes de Combate à Endemias e supervisores de campo, que estiveram visitando as residências, verificando o nível de infestação e identificando as áreas mais vulneráveis para ocorrência da dengue.
 
O resultado do LIRAa mostrou que houve uma significativa redução no município de Petrolina. Enquanto no último levantamento, realizado em março, revelou que o índice geral foi de 1,5%, neste levantamento, a Gerência de Endemias identificou que o índice de infestação predial para o Aedes aegypti é de 0,9%, considerado pelo Ministério da Saúde (MS) de baixo risco para epidemia da dengue. Para a Secretária de Saúde, Lúcia Giesta, a queda nos números mostram o resultado do trabalho de toda uma equipe empenhada no combate ao mosquito.
 
Seguindo o mapeamento elaborado pelos profissionais, entre as comunidades com maior índice, chegando a 1,5%, considerado de médio risco pelo MS, estão os bairros Quati, Cosme Damião, João de Deus, Jardim São Paulo, Ipsep, Jardim Imperial, Portal da Cidade, Alto da Boa Vista, Gercino Coelho, Jardim Maravilha, Pedra Linda, Antônio Cassimiro, Ouro Preto e Palhinhas. Com as áreas mais vulneráveis identificadas, já a partir desta segunda-feira (09), os agentes voltarão aos bairros visitados, mas desta vez para atuar no combate ao Aedes aegypti.
..

Segundo LIRAa do ano começa nesta segunda-feira em Petrolina

Para analisar e mapear as áreas de risco para transmissão da dengue no município de Petrolina, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), através daGerência de Endemias, realizará a partir desta segunda-feira (28), seguindo  até o dia 4 de março, o segundo Levantamento de Índice Rápido do Aedes aegypti (LIRAa) do ano. Com o resultado das pesquisas, as ações de combate à dengue serão redirecionadas e redobradas, principalmente, nas áreas que apresentarem maior prevalência da doença. Durante uma semana, estarão trabalhando 120 profissionais, entre Agentes de Combate à Endemias (ACE), supervisores de campo e técnicos de laboratório.

Durante uma semana, os ACE estarão visitando as residências, identificado os focos de mosquitos e possíveis criadouros. Para garantir a eficácia do LIRAa, a cidade será dividida em áreas, conhecidas também como estratos, para que todos os bairros sejam vistoriados. “Ainda faz parte do Levantamento, o tratamento com larvicida, quando são encontrados recipientes e depósitos com larvas do mosquito. Além disso, fazemos o trabalho de educação em saúde, conscientizando a população sobre a importância e as formas de combater a dengue”, ressalta Kátia Coutinho, Diretora de Vigilância em Saúde.

Último LIRAa – O último Levantamento de Índice Rápido do Aedes aegypti, realizado em janeiro deste ano, apresentou um índice de 1,4%, considerado de médio risco para o Ministério da Saúde. Entre os bairros com maior incidência, apresentando 3,9%, estão o Quati, Cosme e Damião, João de Deus, Jardim São Paulo, Ipsep, Jardim Imperial, Portal da Cidade e Alto da Boa Vista. Os menores índices, com 0,3% ficaram para o Gercino Coelho, Jardim Maravilha, Pedra Linda, Antônio Cassimiro, Ouro Preto, Palhinhas, KM2, Vila Moco, Centro, Atrás da Banca e São José.

Novo Larvicida – Ainda durante o mês de março, os Agentes de Combate a Endemias começarão a utilizar o novo larvicida, o diflubenzuron, que substituirá o temefós, de acordo com a determinação do Ministério da Saúde. A nova substância foi rigorosamente testada pelo Ministério da Saúde (MS), que comprovou a sua eficácia. “Em relação ao outro produto, temos uma pequena diferença, já que a larva não morre imediatamente, mas ela deixa de se desenvolver, vai atrofiando, perdendo a sua capacidade de reprodução, até morrer. Apesar de ser um processo mais lento, com o diflubenzuron conseguimos exterminar um número maior de larvas e, assim, não teremos aumento no número de casos, uma vez que a substância é mais eficiente", ressalta a Secretária de Saúde, Lúcia Giesta. ..

Petrolina: Gerência de Endemias divulga resultado do LIRAa

A Secretaria de Saúde de Petrolina divulgou ontem (12) o resultado do Levantamento de Índice Rápido de Infestação do Aedes Aegypti (LIRAa). A pesquisa foi realizada entre os dias 5 e 9 de julho, pela Gerência de Endemias, com o objetivo de utilizar os indicadores como instrumento para a identificação de áreas de risco para a ocorrência da Dengue. Para a realização da pesquisa a cidade foi dividida em oito áreas, que são chamadas de estratos. Segundo os dados estatísticos do município, o índice geral de infestação predial para o Aedes Aegypti foi de 1,2 %, no geral, considerado de médio risco pelo Ministério da Saúde para ocorrência de epidemia da dengue. No último levantamento, realizado no mês de maio, o índice foi de 1,6%. 

Durante o levantamento os bairros Quati, Cosme e Damião, João de Deus, Jardim São Paulo, IPSEP, Jardim Imperial, Portal da Cidade e Alto da Boa Vista, foram as localidades que mais chamaram atenção da equipe por apresentar um alto índice de infestação, correspondendo a 4,8%. Ainda foram constatados dois estratos de médio risco e cinco estratos de baixo risco. Com o LIRAa as medidas de controle serão intensificadas e redirecionadas já a partir desta segunda-feira (12), para prevenir possíveis ocorrências de epidemias da doença. Os mutirões de combate a doença, que são realizados durante todo o ano, consistem em visita as residências, verificando possíveis focos do mosquito, orientação a população, além do combate com larvicida, inseticida e com o fumacê.

CLASSIFICAÇÃO - Os parâmetros do Ministério da Saúde classificam como baixo risco os índices que vão de 0 a 0,99%, os de médio risco estão entre 1 a 3,9 e acima de 4 é considerado de alto risco...