RedeGN - Sempre ligado.

Foram encontrados 143 registros para a palavra: filme

DURO DE MATAR... NÃO É O FILME, É A HISTÓRIA DE JOSEPH BANDEIRA.

 

O blog recebeu da Assessoria da Coligação Juazeiro de Fé, email dando conta de que o ex-prefeito Joseph Bandeira permanece na luta nos tribunais da Justiça Eleitoral bem como nas caminhadas por bairros e povoados de Juazeiro. Confira:

Alvejado pela munição estatal, perseguido pelos poderes político e econômico, traído pelos seus companheiros de ideal, alvo de todas as bombas todos os dias. Quando anunciam sua morte, quando alguns soltam fogos comemorando seu desencarne político, eis que a ressurreição acontece no meio do povo, nos braços do povo. Literalmente, Joseph Bandeira continua vivo e com ele ainda vive os sonhos de uma Juazeiro Livre!..

Filme Esquina do Badú é projeto de artista do interior

O artista Juazeirense Alcides Cunha, Cidinho da Jurema como é carinhosamente conhecido, não perde a esperança e mantém vivo o sonho de levar para o cinema o espetáculo “Esquina do Badú”, baseado em livro do escritor José Guilherme da Cunha, que conta histórias e causos vividos por pessoas de Juremal, distrito de Juazeiro.

“Vamos buscar apoio para trazer atores de fora e de Juazeiro, muitos da própria “Jurema” para não deixar a nossa cultura morrer. Temos o Reis de Boi, Terno dos Ciganos, Roda de Terreiro, ainda se rouba santo para chover...(acho que não roubaram este ano...) e o grande projeto da volta da via sacra de juremal”, enfatizou Alcides na sua página, no Facebook. No texto publicado Alcides não esqueceu de mencionar "a falta de apoio aos projetos culturais, principalmente no interior"...

‘Cinema no Vale’ exibe filmes de Stanley Kubrick a partir desta sexta-feira (13)

O cineasta Stanley Kubrick será o destaque da programação do projeto ‘Cinema no Vale’, coordenado pelos professores da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), Afonso Henrique Menezes e Janedalva Gondim. As exibições dos filmes acontecerão a partir desta sexta-feira (13), no horário das 19h30, no auditório da biblioteca do campus Petrolina Sede. A entrada é gratuita.

A programação tem início com o drama “Lolita”, de 1962. Já no dia 20, será exibido o filme de terror “O Iluminado” (The Shining, 1980); no dia 27, a ficção científica “2001 – Uma Odisséia no Espaço” (2001: A Space Odyssey, 1968), e o drama de guerra “Nascido Para Matar” (Full Metal Jacket, 1987) encerra a programação no dia 4 de maio. Mais informações sobre o ‘Cinema no Vale’ no blog do projeto (http://www.cinemanovale.blogspot.com.br/). ..

Espaço do Leitor: Filme de Luiz Gonzaga leva Curaçá para o Mundo.

Olá Geraldo José,

É com muita satisfação que envio estas fotos de um quadro do nosso eterno Rei do Baião Luiz Gonzaga, produzido na tela pelo artista filho de Poço de Fora, Ernandes Soares. Estou encaminhando ao blog para manifestar a nossa alegria à CONSPIRAÇÃO FILMES, em nome dos filhos de Curaçá, pela estadia e a oportunidade de Curaçá ser vista no mundo inteiro, quando da superprodução cinematográfica em homenagem ao centenário do mestre Gonzagão...

"O Artista" e "Hugo Cabret" ganham cinco prêmios no Oscar 2012; filme francês fica com principais categorias

"O Artista" se consagrou como produção do ano e venceu o prêmio de melhor filme do Oscar 2012. O filme francês ficou com cinco estatuetas, mesmo número de "A Invenção de Hugo Cabret", de Martin Scorsese, mas venceu nas categorias artísticas, como melhor direção (Michel Hazanavicius) e ator (Jean Dujardin), além de figurino e trilha sonora original. "Hugo" ficou com efeitos visuais, fotografia, direção de arte, mixagem e edição de som. O prêmio de melhor atriz ficou com Meryl Streep, em sua 17ª indicação, por "A Dama de Ferro". Foi a terceira estatueta que a atriz levou para casa.

..

Filme do bebê do Itaú é criticado por prestar "desserviço"

O Itaú, em tempos de incentivo empresarial à sustentabilidade e sua exploração pelo marketing e publicidade, lançou uma campanha para instigar a não utilização de impressões bancárias. Mas o comercial, em que um bebê dá gargalhadas ao ver o pai rasgando um extrato bancário, gerou reação no setor gráfico do Brasil e desagradou a Associação Brasileira da Indústria Gráfica (ABIGRAF).

Segundo a Associação, a publicidade está equivocada quando alega que a suspensão dos extratos impressos pelos clientes contribuiria para “um mundo mais sustentável”. Em comunicado, afirma que “tem se empenhado desde meados de 2010 para informar corretamente à opinião pública sobre a origem do papel usado para impressão produzido no Brasil”.
A ABIGRAF Nacional encaminhou uma carta para a presidência e vice-presidência do banco em contestação à campanha. Além disso, no dia 8, dirigentes reuniram-se com o vice-presidente e diretor do banco a fim de falar sobre a insatisfação do setor. 
 
A produção de papel e celulose nacional, de acordo com a ABIGRAF, não prejudica o meio-ambiente. Ela sustenta o argumento através da campanha “Imprimir é dar Vida”, que “no Brasil, nenhuma árvore nativa é derrubada para a produção de papel, uma vez que 100% desse insumo tem como origem florestas plantadas.”Para Fabio Arruda Mortara, presidente da Associação, a situação não pode ser aceita, pois o “banco transformou o papel em vilão” e presta um “desserviço à sociedade”. “Principalmente quando sabemos que o principal objetivo dessa campanha é a busca da redução de custos operacionais”, argumenta. 
 
O Itaú explica que a conversa entre as instituições ocorreu com transparência, de maneira “tranqüila e respeitosa”, sem nenhum problema e conflito. Mesmo assim, a empresa diz que mantém o posicionamento sobre o uso consciente de crédito do papel.De acordo com a companhia, as divergências surgiram devido a “pontos de vistas diferentes” sobre o assunto, mas o “banco vai continuar defendendo o uso do papel para o que é realmente necessário”. Aliás, este é um diálogo solicitado até mesmo pelos próprios clientes. 
 
Em suma, a ideia defendida pela empresa é conscientizar e permitir que quem quiser imprimir, imprima; quem não quiser receber correspondências em casa, não receba. Além da visita ao Itaú, a ABIGRAF informou que cerca de dez entidades ligadas à cadeia da comunicação impressa, juntamente coma Associação Brasileira de Celulose e Papel (BRACELPA) e as federações das indústrias dos estados do Rio de Janeiro e Minas Gerais (FIRJAN e FIEMG) encaminharam cartas aos diretores do banco para solicitar uma revisão conceitual da campanha.Em janeiro, o filme criado pela Africa já havia gerado polêmica por exibir uma suposta folha de maconha atrás do bebê. O banco chegou até a lançar outro vídeo para explicar a situação. Veja aqui.
..

ESPAÇO DO LEITOR: EU JÁ VI ESSE FILME.

O Partido da Traição pensa que se tornou hegemônico na Bahia. Perda de Tempo. O maior inimigo do Partido da Traição é ele mesmo. Eu já vi esse filme, que está se repetindo em Juazeiro.

O PT vai comer a si próprio por mais 3 (três) anos ainda. É só olhar para o mais novo exemplo disso. Tentaram fazer o serviço porco contra Joseph Bandeira, se esforçando ao máximo para limpar o rastro da sujeira, usando o PSB...

Festival Vale Curtas premia melhores filmes em festa no Rio São Francisco

Uma concorrida festa numa barca em pleno Rio São Francisco marcou no último sábado (14), a entrega dos prêmios para os melhores curtas-metragens da 5ª edição do Vale Curtas - Festival Nacional de Curtas Metragens do Vale do São Francisco. Dos 183 curtas inscritos nas mostras competitivas, Nacional e Regional, 13 filmes receberam o trofeu Cari, uma bonita criação do artista plástico juazeirense, Coelhão em homenagem a um dos peixes mais apreciados da região. 

O primeiro lugar geral da mostra Nacional ficou com o filme, Céu, Inferno e Outras Partes do Corpo, do cineasta  gaúcho Rodrigo John. Em segundo, o juri formado por jornalistas, produtores, diretores de elenco e cineastas de renome nacional, a exemplo de Rutilio de Oliveira, Clara Angélica e Carla Francine escolheu o Céu no Andar de Baixo de Leonardo Cata Preta Souza, de Minas Gerais. O terceiro lugar geral foi para a cineasta paulista Joana Mariani com o curta, O Cavalo. ..

Mostra de filmes regionais movimenta 5ª edição do Vale Curtas

Documentários, vídeo denúncia, reportagens, experimentais e muita ficção com retratos da cultura nordestina. Foram muito bem recebidos os 12 filmes da mostra competitiva regional que movimentou a 5ª edição do Vale Curtas - Festival Nacional de Curtas Metragens do Vale do São Francisco, na noite da última segunda-feira (09), sob a lona de um circo, na Orla de Petrolina-PE.

A 5ª edição do Vale Curtas, evento que abre o calendário nacional de festivais de cinema, começou na última sexta-feira (06), com a proposta Cinema nos Bairros de Petrolina (Vila Marcela, Vale do Grande Rio e João de Deus), e a mostra “26 documentários de 26 minutos dos 26 territórios da Bahia”, no Centro de Cultura João Gilberto, em Juazeiro-BA. No sábado (07), o diretor, produtor e orientador de atores Rutilio de Oliveira deu início a oficina Atuação para Audiovisual que irá até o dia 10.

                                               Mostra Nacional

Com toda programação gratuita, o Vale Curtas prossegue nesta terça-feira (10), às 20h no circo, com  a exibição do primeiro bloco da mostra competitiva nacional, que vai apresentar até a sexta-feira (13), 41 filmes dos 183 curtas inscritos no festival. Também na sexta-feira, às 14h na Biblioteca da Univasf (Petrolina), o Vale Curtas abre espaço para o bate-papo Cinema & Poesia com o poeta Miró e a pedagoga Conceição Lima. No sábado, ainda na Univasf,  o Encontro de Realizadores de Festivais e Mostras de Cinema –PEBA, vai fazer às 15h um balanço dos festivais em Pernambuco e Bahia.

No Centro de Cultura João Gilberto continua a apresentação de “26 documentários de 26 minutos dos 26 territórios da Bahia” até a sexta (31). No sábado (14), uma festa para convidados em meio às águas do rio São Francisco encerra O Vale Curtas a partir das 21h com a premiação de R$ 15 mil entre os curtas-metragens selecionados. “Esta iniciativa somente foi possível após a provação do festival no 4ª Edital de Fomento ao Audivisual de Pernambuco, FUNDARPE/Sec. de Cultura de Pernambuco”, segundo o coordenador do evento Chico Egídio. ..

ESTRÉIA NACIONAL NESTA SEXTA (04) DO FILME "JARDIM DAS FOLHAS SAGRADAS", DO CINEASTA BAIANO POLA RIBEIRO

Estréia hoje (04) nas principais salas de cinema do Brasil, o filme Jardim das Folhas Sagradas do cineasta baiano Pola Ribeiro, um longa que fala de ecologia, preconceito racial, intolerância religiosa, homossexualidade. Como diz o próprio diretor “resultado de treze anos de trabalho”. O filme entra em cartaz em:

Petrolina - PE (Orient - Sala 04 - River Shopping): sessões 19:20h e 21:20h..

Diretor do filme Jardim das Folhas Sagradas fará debate em Juazeiro e Petrolina

O diretor do longa-metragem Jardim das Folhas Sagradas, Pola Ribeiro, estará em Juazeiro e Petrolina nesta terça-feira (01/11) para debater questões centrais do filme: intolerância religiosa, preconceito étnico e degradação do meio ambiente. Em Juazeiro, o debate acontecerá na Casa de Cultura do Bairro Kidé a partir das 14h. Já em Petrolina, será na Associação de Mulheres Rendeiras do Bairro José e Maria a partir das 19h. A realização destas discussões é gratuita e tem o apoio do NAEND’A, da Associação de Mulheres Rendeiras do Bairro José e Maria e do Ponto de Cultura História dos Heróis do Povo Negro. Jardim das Folhas Sagradas estréia em Petrolina (PE) dia 4 de novembro no River Shopping.

SERVIÇO: ..

PREFEITURA DE SOBRADINHO APÓIA “NÊGO D`ÁGUA: O FILME"

Com viagens por todo o Brasil, a produção executiva do projeto “Nêgo D'água: O Filme” festeja as parcerias que o longa vem fazendo por toda parte que chega. Desta vez a Prefeitura de Sobradinho e a Secretaria de Turismo do Município fecharam parceria com o filme que terá locações na cidade. O projeto oportuniza aos artistas a condição de mostrar o seu talento, já que o mesmo terá em sua formação 80% do quadro de contratações da região.

Atores, cantores, escultores, poetas, músicos e técnicos de Juazeiro, Petrolina, e agora Sobradinho, ganharão visibilidade nacional com as gravações que serão iniciadas em breve. Segundo o produtor Flávio Henrique, o prefeito Genilson Silva não negou a satisfação de fazer parte de um projeto que a cada dia ganha mais espaço em nível nacional dado o interesse de artistas de renome querendo integrar a produção, a exemplo de Mohazah Nascimento de Salvador, Rick Rocha vocalista da banda Mala 100 alça, e da cantora e apresentadora de TV Gilmelândia. Os links dos vídeos abaixo e já disponíveis no canal youtube, comprovam a afirmativa do produtor...

Centro de Cultura João Gilberto recebe mostra de filmes de Glauber Rocha

Nos meses de julho e agosto, todos os 16 espaços culturais administrados pela Secretaria de Cultura do Estado recebem a Mostra Glauber, que vai exibir gratuitamente sete filmes do cineasta baiano Glauber Rocha. Na programação, constam clássicos do Cinema Novo como Deus e o Diabo na Terra do Sol e Terra em Transe, e também filmes menos conhecidos como Barra Vento e O Leão de 7 cabeças.

O evento dá continuidade à política da Secult para dinamização dos espaços culturais, que recebem ainda, dentro de sua programação anual, manifestações artísticas, palestras e outros eventos culturais. A iniciativa integra o Circuito Popular de Cinema e Vídeo – CPCV, a cargo da Diretoria de Audiovisual – Dimas e serão beneficiadas, Além de Salvador, outras 12 cidades do interior da Bahia, incluindo Juazeiro...

Site do Governo da Bahia hospeda filmes pornôs

Pense num absurdo e na Bahia tem precedentes. O repórter Glauber Guerra do site Bahia Notícias descobriu que o site oficial do Instituto de Gestão das Águas e Climas da Bahia (Ingá), autarquia do governo do estado, que tem Júlio Mota como diretor geral, hospeda em seu servidor um grande acervo pornográfico, contendo desde manual do Kama-Sutra até filmes de zoofilia. Quem hospedou os arquivos, parece ter um gosto eclético, pois podem ser encontradas músicas em formato mp3 de Caetano Veloso, Frank Sinatra e até Restart. O Bahia Notícias teve acesso aos arquivos que podem ser acessados clicando aqui e aqui (se você for maior de 18 anos, claro). O site que deveria fornecer somente informações de interesse público, armazena arquivos de foro íntimo e privado, além de conteúdo supostamente pirateado. A reportagem tentou entrar em contato com Júlio Mota, bem como com o programador do website, mas não obteve êxito. ..

Filme Velho Samba da Ilha é recebido com festa popular no Sesc

“Oh de casa, nobre gente, escutai o que eu direis, na partida do Oriente, a chegada dos três reis...” Estes são os versos da canção de abertura de uma das  mais representativas manifestações da cultura popular brasileira, a Festa de Reis, que modifica o cotidiano dos moradores da Ilha do Massangano – entre os municípios de Petrolina-PE e Juazeiro-BA,a cada mês de janeiro. Estes mesmos versos também abrem o filme documentário “Velho Samba da Ilha”, que foi lançado na noite desta segunda-feira (27), na galeria Ana das Carrancas – Sesc Petrolina, em meio a uma verdadeira festa popular, com direito a exposição fotográfica, exibição de curtas e muita gente sambando.

Logo na abertura dos trabalhos, o Samba de Véio da Ilha do Massangano mostrou a um público bastante participativo a música e a coreografia deste folguedo, que vem encantando platéias em todos lugares  por onde passa. Em seguida o diretor do filme, Chico Egídio falou um pouco do curta-metragem, com duração de 15 minutos, que conta a história do Samba de Veio e a manutenção da Festa de Reis, enquanto tradição secular de legitimação e perpetuação dos costumes populares no Vale do São Francisco. A Festa de Reis é um folguedo animado que, sai de casa em casa, ao compasso de uma permuta por demais interessante: muita música e dança em troca de bebida e da manutenção da tradição...

Filme do Samba de Véio será lançado na Livraria Cultura neste dia 20 de junho

Um grupo de sambistas mantém uma tradição secular, saindo de casa em casa, ao compasso de uma permuta por demais interessante: muita música e dança em troca de bebida e da manutenção de uma das mais belas manifestações da cultura popular brasileira, a Festa de Reis. Este é o fio condutor do vídeo documentário Velho Samba da Ilha, que será lançado às 19h do próximo dia 20 de junho na Livraria Cultura – Shopping Paço Alfândega, em Recife-PE. 

O curta-metragem de 15 minutos é o resultado de cinco anos de andanças do diretor Chico Egídio pelas terras e águas da Ilha do Massangano, entre os municípios de Petrolina-PE e Juazeiro-BA, que se tornou conhecida em todo país por abrigar o Samba de Véio. Com olhos afetuosos e nuances de um registro, ao mesmo tempo jornalístico e poético, o mesmo autor do curta Eu tenho pra mim que tinha que ser assim ( documentário sobre Ana das Carrancas) e O nome das caras caretas (vídeo sobre a Malhação do Judas), mostra um folguedo animado que remonta ao tempo dos escravos e hoje é uma das maiores referências culturais do Vale do São Francisco...

Filme sobre o samba na Bacia do Jacuípe será lançado na TVE Bahia

O documentário Samba Território mostra como 12 grupos de homens, mulheres e crianças mantém viva a produção musical popular do samba de roda. A musicalidade do povo setanejo, o som da cuia e do pandeiro, o cavaquinho e a viola, a participação da comunidade no samba de roda são alguns dos elementos presentes no filme Samba Território, que será lançado na TVE Bahia dia 14 de abril de 2011, às 19h. 

O filme aborda a promoção da arte e da cultura regional a partir do Samba Rural do Território de Identidade da Bacia do Jacuípe. Segundo o documentário de 30 minutos, a manifestração tem suas características próprias, elementos tradicionais e um contexto específico. O documentário Samba Território mostra como 12 grupos de homens, mulheres e crianças mantém viva a produção musical popular e como se mobilizam para participarem do Festival Regional de Sambadores realizado anualmente em Pintadas-BA...

PETROLINA GARANTE APOIO AO PROJETO NEGO D’ÁGUA O FILME

O cineasta Flávio Henrique Fonseca, acompanhado de assessores da Macambira Cinema, Vídeo e Entretenimento, esteve no prédio da Prefeitura de Petrolina na última sexta– feira, dia 01, quando na oportunidade entregou oficialmente a revista do projeto impresso do longa metragem em pré produção que se realizará no Vale do São Francisco este ano.

O encontro com o ministro da Integração Nacional Fernando Bezerra Coelho e o prefeito de Petrolina Júlio lóssio foi marcado com fotos, abraços e muita alegria. O projeto de autoria de Flávio Henrique que também assina o roteiro, e junto a Roque Araújo assinam a direção, deverá ter locações também no município de Petrolina, dando visibilidade ao vale nas duas cidades (Juazeiro e Petrolina) fomentando o áudio visual na região, já que em Juazeiro as locações para a vila ribeirinha escolhida foi o bairro do angari...

Cinema Acessível: Pessoas com deficiência visual e auditiva terão acesso à exibição de filmes nacionais em Petrolina

A partir da próxima quinta-feira (24), às 16h, no Sest/Senat, as pessoas portadoras de deficiência auditiva e visual terão acessibilidade no cinema. O “Cinema Acessível” é uma realização das Secretarias de Desenvolvimento Social e Trabalho (Sedest) e de Acessibilidade, Associação de Deficiência Visual de Petrolina (ADVP) com o Sest/Senat.

Serão exibidos filmes nacionais com legenda oculta e audiodescrita, destinados especialmente ao deficiente auditivo e visual, mas aberto a todo público. As exibições acontecerão no Sest/Senat, Sesi, Senac e Senai, além de instituições de ensino, empresas públicas e privadas, duas vezes por mês, durante o ano. O objetivo dessa iniciativa é incluir as pessoas com necessidades especiais e fomentar o acesso à cultura nacional para essa parcela da população.

Também são parceiros do “Cinema Acessível”, a Federação das Associações do Município de Petrolina (Feamupe), Associação de Surdos e Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência (Comud). ..

Filme do Vale é destaque na 14ª Mostra de Tiradentes-MG‏

O Vale do São Francisco tem se tornado um verdadeiro celeiro para novos cineastas. Com paisagens paradisíacas e cultura singular, a inspiração vem dos mais diferentes lugares. É caso do anime “A Saga de Um Corno,” dirigido pelo jornalista Wllyssys Wolfgang, feito a partir de um texto de cordel que foi destaque na 14ª Mostra de Cinema de Tiradentes-MG, um dos principais eventos do gênero no país. Ao todo, foram selecionados os 121 melhores filmes nacionais, entre longas e curtas inscritos.

O diretor ganhou uma viagem com todas as despesas pagas para a cidade mineira, com o intuito de integrar o grupo contemporâneo de cineastas brasileiros e apresentar o filme na seção de exibição no evento. “É muito bom poder levar trabalhos daqui do Nordeste para outros lugares. Nossa cultura é muito rica e nada mais válido que utilizarmos o cinema para fomentá-la,” expôs Wllyssys, que trouxe o troféu de reconhecimento no cinema contemporâneo. Esta é a 15ª indicação em festivais que o diretor recebe em menos de um ano...