RedeGN - Sempre ligado.

Foram encontrados 38 registros para a palavra: exportacoes

Exportações da Bahia em 2021 atingem US$ 9,9 bilhões e crescem 26,3%

As exportações baianas atingiram a marca de US$ 9,9 bilhões em 2021, um aumento de 26,3% em relação ao ano anterior. De acordo com o Informe Executivo de Comércio Exterior, da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE), esse cenário positivo deve-se a retomada da atividade econômica decorrente do avanço da vacinação no combate a pandemia do covid-19 e alta dos preços das commodities.

O estado da Bahia segue na liderança no Nordeste, e suas exportações representam 48% do volume que a região exportou no ano passado. A Indústria de Transformação teve uma participação de 62%, a Agropecuária 29,6% e a Indústria Extrativa 7,5% no volume das vendas para o mercado internacional.  ..

Sob a presidência de Guilherme Coelho na ABRAFRUTAS, o Brasil comemora recorde de um bilhão de dólares em exportações de frutas

O Brasil alcançou a marca de US$ 1 bilhão de dólares em exportações de frutas em 2021. Foram enviadas para o mercado exterior aproximadamente 1,2 milhões de toneladas de frutas, 18% a mais em volume registrado no último ano. O faturamento foi de US$ 1,060 bilhões de dólares, crescimento de 20%.

O Vale do São Francisco teve papel determinante para as exportações alcançarem este recorde. A região exportou mais de US$ 400 milhões de dólares, somando as vendas de manga e uva...

Bahia encerra 2021 com safra de grãos 4,4% superior ao ano anterior

A safra de grãos alcançou 10,5 milhões de toneladas (t) em 2021 na Bahia, o que representa crescimento de 4,4% na comparação com a safra 2020. Foi colhida 6,8 milhões/t de soja em 2021, o melhor resultado da série histórica do levantamento, o que correspondeu a uma alta de 12,6% em relação a 2020. A área plantada com a oleaginosa totalizou 1,7 milhão de hectares, que superou em 4,9% a de 2020, e o rendimento médio esperado da lavoura ficou em 4,0 t/ha. 

"O Governo do Estado tem trabalhado muito para integrar agronegócios e desenvolvimento socioeconômico de forma sustentável. Dois grandes exemplos são o Médio São Francisco, que desponta como uma nova fronteira agrícola na Bahia e a região Oeste, que já é referência na agricultura irrigada, e vem crescendo com novas culturas. Então ver este resultado de 2021, nos dá energia extra para o trabalho. Incentivar a tecnologia e na educação são dois grandes objetivos. Em breve, inauguramos a maior escola agrícola no município de Barra e temos projeto de mais cinco. Vamos em frente na correria pelo nosso estado", afirma o vice-governador João Leão, secretário do Planejamento. ..

Vice-governador se diz otimista com aumento de 26,3% das exportações baianas no ano passado 

"Vamos completar dois anos de pandemia, entre altos e baixos na economia mundial. Então, começar o ano com a notícia de que as exportações baianas fecharam 2021 com crescimento de 26,3% sobre o ano anterior é bem otimista", declara o vice-governador João Leão, secretário do Planejamento, ao comentar os dados sobre comércio exterior. Ano passado, as exportações totalizaram US$ 9,9 bilhões, o maior da série histórica desde 2012. 

De acordo com a Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), autarquia vinculada à Secretaria de Planejamento (Seplan) e responsável pela análise das informações, o resultado foi impulsionado pela retomada da atividade econômica no mundo, sobretudo no segundo e terceiro trimestre, com avanço da vacinação contra a Covid-19 e o arrefecimento da pandemia.  ..

Exportações baianas superam 2020 em 28% no acumulado do ano

Com crescimento de 28,5% na relação com o mesmo período do ano anterior, quando chegou ao montante de US$ 7,1 bilhões, as exportações baianas totalizaram US$ 9,14 bilhões em 2021, no acumulado entre os meses de janeiro e novembro.

“Ao que tudo indica, este ano, devemos igualar ou superar o melhor resultado desde 2013, quando as exportações atingiram US$ 9,6 bilhões. Nós sabemos que a base de comparação se trata de um período conturbado por conta da crise provocada pela epidemia e que a economia ainda requer muitos cuidados, mas temos plena convicção de que o resultado dos esforços do governo nos manterá numa crescente”, avalia o vice-governador João Leão, secretário do Planejamento...

Agronegócio bate recorde de exportações em 2021 e movimenta mais de US$ 102 bilhões

A Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária (CNA) vai divulgar na quarta-feira (8) o balanço do agronegócio brasileiro em 2021 e as expectativas para 2022.

A CNN teve acesso à parte do relatório que aponta um recorde no setor. De janeiro a outubro deste ano, o agronegócio brasileiro movimentou U$$ 102,4 bilhões com exportações, superando o recorde anterior registrado em 2018, de U$$ 101,2 bilhões...

Europa pode barrar produtos oriundos de desmatamento e afetar exportações brasileiras

Restrições de natureza ambiental contra exportações de matérias-primas e produtos agrícolas que estão sendo estudadas por diversos países consumidores podem ter um impacto de bilhões de dólares para a economia brasileira.

A mais recente iniciativa nesse sentido foi proposta, na última quarta-feira, pela Comissão Europeia ao Parlamento Europeu, e pretende barrar a importação de produtos oriundos de áreas desmatadas. A lista inclui a carne e a soja, duas commodities muito exportadas pelo Brasil...

De setembro para outubro, exportações aumentam quase 900%

Durante todo o mês de setembro, exportadores de uvas do Vale do São Francisco (PE/BA) enfrentaram dificuldades nos envios internacionais, diante do atraso na abertura da janela de embarques para a Europa e de limitações logísticas relacionadas à falta de contêineres.

A informação foi confirmada pelos dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex), com setembro registrando o pior resultado desde 2004 para o mês em questão. A situação gerou um aumento na oferta interna, principalmente de uvas brancas sem semente, o que resultou em queda de preços e concorrência para outras praças brasileiras...

Exportações baianas chegam a US$ 8 bilhões no acumulado do ano e superam 2020

As exportações baianas alcançaram o montante de US$ 8,24 bilhões [dólares] no acumulado de janeiro a outubro do ano corrente, o que representa um crescimento de 29,6% na relação com o mesmo período de 2020.

"Com os dados de outubro já superamos todo o ano de 2020. Obviamente que existe uma disparidade muito grande em relação ao último ano, muito por conta do impacto da pandemia de Covid-19, mas ainda assim trata-se de um forte indício de que aos poucos estamos voltando a crescer", avalia o vice-governador João Leão, secretário do Planejamento. ..

Brasil está próximo de atingir o primeiro bilhão de dólares em exportações de frutas em 2021

Os números crescem e o setor de frutas comemora, com 20% de aumento no volume de frutas exportadas neste terceiro trimestre do ano, comparado com 2019, setor registra o embarque de mais 757 mil toneladas de frutas enviadas para o exterior.

O faturamento aumentou 27%, foram vendidas cerca 652 milhões de dólares de frutas para o mercado internacional, números que tem deixado o setor bastante animado, pois estão próximos de alcançarem a meta de 1 bilhão de dólares em exportações...

Exportações baianas alcançam US$ 946,3 milhões, maior valor do ano

 Em setembro, as exportações baianas alcançaram US$ 946,3 milhões, maior valor do ano, com crescimento de 49,6% em relação a igual mês de 2020. "Os números são animadores, vivemos o melhor setembro desde 2014 e no acumulado do ano, já atingimos US$ 7,23 bilhões em exportações. O crescimento das vendas para China continuam crescendo, atingimos 38%, já Estados Unidos e União Europeia voltaram a comprar mais atingindo aumento respectivo de 36% e 57%", declara o vice-governador João Leão, secretário do Planejamento. 

De acordo com os dados analisados pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), autarquia vinculada à Seplan, o resultado foi impulsionado pela retomada da atividade econômica no mundo, com avanço da vacinação contra o coronavírus e o arrefecimento da pandemia. ..

Ministério confirma casos de vaca louca em Mato Grosso e Minas Gerais. Exportações de carne para a China foram suspensas

A Secretaria de Defesa Agropecuária do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) confirmou hoje (4) a ocorrência de dois casos atípicos de encefalopatia espongiforme bovina, conhecida como o mal da vaca louca, em frigoríficos de Nova Canaã do Norte (MT) e de Belo Horizonte (MG).

A confirmação foi feita nessa sexta-feira (3) pelo laboratório de referência da Organização Mundial de Saúde Animal (OIE), em Alberta, no Canadá...

Exportações do agronegócio contribuiu com R$ 44,9 bilhões na pandemia, diz estudo

No ano de 2020, o impacto direto e indireto das atividades dos auditores fiscais federais agropecuários (affas) tiveram reflexo positivo para a economia do país e para a sociedade em geral.

Somente nas exportações do agronegócio a atuação desses profissionais contribuiu com R$ 44,9 bilhões, ou seja, garantiu o correspondente a 8,65% das exportações do agro, na pandemia...

Exportações baianas crescem 55,4% em junho e alta no semestre  alcança 20%  

Estimuladas pela valorização das commodities, principalmente soja e minérios, as exportações baianas somaram US$ 925 milhões em junho, 55,4% superior ao mesmo mês do ano passado, alcançando o melhor resultado para o mês desde 2011.

O resultado é o melhor da série histórica desde dezembro de 2018, quando as vendas externas do estado alcançaram US$ 988,6 milhões. No acumulado do primeiro semestre, as exportações baianas somaram US$ 4,41 bilhões, 20% acima de igual período de 2020. As informações foram analisadas pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), autarquia vinculada à Secretaria de Planejamento (Seplan).  ..

Artigo - Exportações do agro com resultados impressionantes

Vamos às reflexões dos fatos e números do agro em maio e a lista do que acompanhar em junho. Na economia mundial e brasileira, o relatório Focus (Bacen), divulgado pelo Banco Central em 17 de maio, traz expectativas para o PIB de 2021 em 3,45%, e do próximo ano em 2,38%, com sensível melhoria. 

Já para o IPCA, espera-se 5,15% no final deste ano e 3,64% até o término de 2022. Para o câmbio, o mercado espera R$ 5,30 em dezembro deste ano e R$ 5,35 em dezembro de 2022. Por fim, a taxa Selic foi indicada em 5,50% para o final deste ano e 6,50% no final de 2022...

Cresce 7% em volume exportações de frutas no primeiro trimestre de 2021

As exportações de frutas no primeiro trimestre de 2021 cresceram 7% em volume comparado ao mesmo período que no ano anterior, o que demonstra que o setor continua em crescimento mesmo com todos as incertezas, principalmente nas questões de logísticas, causadas pela segunda onda da Covid-19.

O setor vendeu ao mercado externo mais de 245 mil toneladas de frutas. Em receita, faturou cerca de US$193,5 milhões, 14% a mais que em 2019, principalmente devido ao câmbio que tem sido bastante favorável...

Piscicultura brasileira apresentA crescimento de 4,4% nas exportações de 2020

A piscicultura brasileira apresentou crescimento de 4,4% nas exportações de 2020 com relação ao ano anterior. Mesmo com queda no quarto trimestre do último ano comparando-se com o terceiro trimestre, no acumulado de todo o ano o país exportou mais peixes que em 2019.

Esse é um dos dados divulgados em informativo que vem, desde o início de 2020, acompanhando o comércio exterior da piscicultura brasileira. O trabalho é desenvolvido pela Embrapa Pesca e Aquicultura (Palmas-TO) em parceria com a Associação Brasileira da Piscicultura (Peixe BR)...

Governo da Índia libera as exportações comerciais de vacinas contra a covid-19, diz secretário de Relações Exteriores

O governo da Índia liberou as exportações comerciais de vacinas contra a covid-19. As primeiras remessas serão enviadas na sexta-feira para Brasil e Marrocos, disse o secretário de Relações Exteriores da Índia,  Harsh Vardhan Shringla, nesta quinta-feira (21) à Reuters.

O ministro das Comunicações, Fábio Faria, compartilhou a informação pelas redes sociais. ..

Cresce o número de exportações de frutas no terceiro trimestre de 2020

Como previsto pela Associação Brasileira dos Produtores Exportadores de Frutas e Derivados (ABRAFRUTAS) cresce o número de exportações de frutas no terceiro trimestre de 2020. O crescimento em volume foi de 6% comparado ao mesmo período de 2019. Em receita o valor permanece quase o mesmo que no ano anterior, cerca de US$ 512 milhões.

Dentre as principais frutas exportadoras, destaque para Abacaxi, 173%, Laranja, 148%, limão, 15%, Banana, 17%, maças, 12%, Uva, 6% e manga, 2%. Em 2019, as exportações de laranja foram prejudicadas devido a problemas fitossanitários identificados nas frutas exportadas para União Europeia, porém este ano, as exportações voltaram ao normal...

Exportações de frutas estão aquecidas em Juazeiro e Petrolina

O momento é bom para os produtores de frutas do sertão de Pernambuco e norte da Bahia. Em Juazeiro e Petrolina as exportações estão aquecidas. Na cidade de Petrolina, por exemplo, a produção de mangas voltadas para o mercado externo cresceu 5% no primeiro semestre, em relação a igual período de 2019. Em uma fazenda do município, 40% das 5 mil toneladas das frutas produzidas foram para a Europa.

"Nós estamos pegando um mundo voltando a funcionar. Então, o consumo vem junto. Consequentemente, as exportações terão um aquecimento maior agora no segundo semestre. Essa é a expectativa dos produtores aqui da região", diz Tássio Lustoza, gerente-executivo da Associação de Produtores e Exportadores do Vale do São Francisco...