Foram encontrados 51 registros para a palavra: exportacoes

Bahia lidera exportações do agro no Nordeste em janeiro

A Bahia demonstrou sua força no agronegócio em janeiro de 2024, liderando as exportações brasileiras do setor no Nordeste, com um total de US$ 521,4 milhões. Este valor representa um aumento expressivo de 56% nas vendas externas do estado em comparação com o mesmo período do ano anterior, segundo dados do sistema Agrostat, do Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa).

O complexo soja foi o grande destaque na Bahia, sendo responsável por mais da metade (50,4%) de todas as exportações do agronegócio do estado, totalizando US$ 263 milhões. Em seguida, destacam-se as vendas do setor de produtos florestais, com US$ 120,6 milhões, e fibras e produtos têxteis, que somaram US$ 66,4 milhões...

Exportações de frutas da Bahia superam 1 bilhão de reais até novembro

Os dados são do sistema de acompanhamento de comércio exterior do Ministério da Agricultura e Pecuária (Agrostat/Mapa).

Até o mês de novembro deste ano, produtores baianos embarcaram para o exterior 170 mil toneladas de frutas, gerando um fluxo financeiro de 1,05 bilhão de reais, tendo como base a cotação do dólar da terça-feira, dia 19/12...

Exportações de manga batem recorde em 2023 com pequenos e grandes produtores se unindo no norte da Bahia

O Brasil, puxado pela produção baiana, deve fechar 2023 com cenário positivo na exportação de manga. A Bahia é o maior exportador da fruta e, em contraste com o vivido no ano passado, os envios internacionais devem voltar a crescer. O volume produzido já é 19% maior em relação a 2022. Em receita, os embarques calculados até outubro já são os maiores da história - 36% superior, informa o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea-SP).  

A produção da fruta no Vale do São Francisco, que inclui municípios baianos e pernambucanos, não deve superar o recorde de 2021 - que foi de 272,5 mil toneladas, contrariando as expectativas de uma mega-safra. Isso se deve às chuvas do início do ano e ao calor acima do normal neste segundo semestre. Apesar disso, bons volumes da manga têm deixado a região rumo ao mercado internacional. ..

Produtores estimam aumento de 25% das exportações de uva e manga do Vale do São Francisco

As exportações de uva e de manga cultivadas no Vale do São Francisco devem crescer 25% em 2023, em comparação com o ano passado. Essa é a estimativa da Associação dos Produtores e Exportadores de Frutas e Hortigranjeiros do Vale (Valexport).

A justificativa para isso, conforme a Valexport, vem do fenômeno climático El Niño, que elevou as temperaturas e prejudicou a floração das árvores em países como Peru, Equador e México, os principais “concorrentes” do Brasil no mercado internacional...

Produtores estimam aumento de 25% das exportações de uva e manga do Vale do São Francisco

Foto: Reprodução/TV Bahia

As exportações de uva e de manga cultivadas no Vale do São Francisco devem crescer 25% em 2023, em comparação com o ano passado. Essa é a estimativa da Associação dos Produtores e Exportadores de Frutas e Hortigranjeiros do Vale (Valexport)...

As exportações de uva e manga do Vale do São Francisco devem crescer 25%

As exportações de uva e de manga de mesa do Vale do São Francisco devem crescer este ano, segundo estimativas feitas pela Associação dos Produtores e Exportadores de frutas e hortigranjeiros do Vale do São Francisco (Valexport).

"A nossa expectativa é de ter uma exportação, na média, 25% maior do que a realizada em 2022, que foi um ano ruim. Este ano, o tempo foi bom e também alguns dos nossos concorrentes foram atingidos pelo El Niño e vão ter menos frutas para vender", resume o presidente da Valexport, José Gualberto...

DINC repudia as declarações de Stédile sobre exportações e qualidade das frutas produzidas no Vale do São Francisco

O Distrito de Irrigação Senador Nilo Coelho (DINC), através do Conselho de Administração (CA), vem a público repudiar  veementemente as declarações proferidas por João Pedro Stédile perante a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Câmara dos Deputados, na última sexta-feira (15).

As afirmações de Stédile sugerindo que a exportação de frutas da região estaria ameaçada devido ao uso de glifosato e suas conjecturas negativas sobre o aeroporto de Petrolina-PE não correspondem à realidade e carecem de embasamento sólido...

Exportações baianas têm queda de 43,6% em julho, aponta SEI

As exportações baianas, impactadas tanto pela queda de preços como de demanda dos seus produtos no mercado internacional, tiveram uma queda de 43,6% em julho, atingindo US$ 707,4 milhões. A informação foi divulgada pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI).

O recuo acentuado nos volumes embarcados de derivados de petróleo em 98%, assim como de outros setores importantes como o metalúrgico (-36%), celulose (-11%) e soja (-7,3%), foi a principal responsável pela retração...

Governo suspende exportações de carne para a China após caso de 'vaca louca'

O Ministério da Agricultura (Mapa) confirmou a ocorrência de um novo caso de "vaca louca" no Brasil. Seguindo o protocolo sanitário oficial, as exportações de carne bovina para a China serão temporariamente suspensas a partir desta quinta-feira, 23. O diálogo com as autoridades está sendo intensificado para demonstrar todas as informações e o pronto restabelecimento do comércio da carne brasileira.

Por meio de nota, o Mapa informou que, diante da confirmação de um caso de "encefalopatia espogiforme bovina", nome científico dado ao mal da vaca louca, em um animal macho de nove anos, em uma pequena propriedade no município de Marabá (PA), vem adotando todas as providências governamentais para o mercado de carnes brasileiras...

Manga: exportações avançam, mas seguem menores do que em 2021

Os embarques brasileiros de manga, apesar de ainda menores na parcial do ano, registraram melhora em agosto. De acordo com dados da Secex, no último mês, o volume da fruta destinada ao exterior cresceu 9% em comparação com o mês de julho, chegando a pouco mais de 13 mil toneladas. Contudo, o desempenho é 39,6% abaixo de agosto de 2021.

O aumento dos envios frente a julho se deve ao início dos embarques aos EUA, que apesar de ter começado em ritmo lento, já permitiu melhor desempenho frente a julho. A qualidade das mangas do Vale do São Francisco (PE/BA) também melhorou, beneficiando os envios...

Zelensky fala com Bolsonaro sobre exportações de grãos e pede adesão às sanções contra Rússia

O presidente Jair Bolsonaro (PL) conversou por telefone com o presidente ucraniano Volodymyr Zelensky, nesta segunda-feira (18).

“Eu o informei sobre a situação no front. Discutimos a importância de retomar as exportações de grãos ucranianos para evitar uma crise alimentar global provocada pela Rússia“, publicou Zelensky no Twitter após a ligação...

Apesar dos impactos gerados pela guerra e no preço dos combustíveis Exportações de frutas crescem 2%

Mesmo diante de diversos desafios enfrentados pelos fruticultores e exportadores brasileiros nos três primeiros meses do ano, as exportações de frutas registraram aumento de 2% em volume comparados ao mesmo período do ano anterior.

O volume total de frutas frescas enviadas ao exterior até agora foi de 250 mil toneladas, já em valor não houve acréscimos, foram contabilizados os mesmos valores do ano anterior, faturamento de US$ de 196 milhões...

Valor de exportações baianas em março é recorde na série histórica

As exportações baianas registraram US$ 974,3 milhões em março, melhor resultado para o mês da série histórica iniciada em 1998, superando em 37,3% o valor registrado em março de 2021. As informações foram analisadas pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), autarquia vinculada à Secretaria de Planejamento (Seplan).

Boa parte do bom desempenho das vendas ao exterior no mês passado pode ser explicada pelo volume expressivo de embarques de derivados de petróleo (alta de 172,8%, comparadas a março do ano passado), como também pelo efeito preço desses produtos no mercado internacional – crescimento médio de 42,6%, decorrente do salto das cotações após o conflito na Ucrânia. Esse ambiente favorável levou as receitas do segmento a terem um incremento de 289,1%, na comparação interanual...

Bahia lidera o ranking de exportações e importações do Nordeste

A Bahia lidera o ranking de exportações e importações do Nordeste. Já no país, o estado ocupa o 10° lugar em exportações e o quarto lugar em importações. As informações constam no Informe Executivo de Comercio Exterior, divulgado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE), nesta terça-feira (1º).

As exportações da Bahia em janeiro de 2022 atingiram um montante de US$ 734,2 milhões, crescimento de 18,9% comparando com o mesmo mês do ano passado. Neste período, a participação do estado nas exportações do Nordeste é de 45,1%. Destaque para incremento significativo das importações, que tiveram alta de 123%, chegando a US$ 1,5 bilhão. ..

Durante encontro econômico em Moscou, Guilherme Coelho reivindica mais exportações de fertilizantes russos para baixar preços no Brasil

O presidente da Associação Brasileira dos Produtores Exportadores de Frutas e Derivados (Abrafrutas), Guilherme Coelho, representou a fruticultura nacional em um encontro econômico, promovido pelo Conselho Empresarial Brasil-Rússia, na cidade de Moscou.

O evento teve como objetivo estreitar laços econômicos e fomentar o comércio. A programação iniciou na terça-feira (15), com uma reunião entre autoridades e empresários dos dois países, como os líderes do Conselho Empresarial Marcos Molina e Andrey Guryev...

Desastre e iminência de um colapso econômico diante da atual quebra de safra, destaca revista sobre exportações frutas

Desastre no Vale das frutas. Chuvas intensas e contínuasem períodos estratégicos para a cultura da uva e manga fazem reduzirem em até um terço as previsões de colheita nos pomares do Vale do São Francisco.

Este é o principal destaque da Revista Globo Rural, texto da jornalista Alala Fraga. Chuvas intensas reduzem as previsões de colheita de uva e manga no vale do São Francisco...

Resultado nos mantém otimista, diz vice-governador da Bahia sobre crescimento das exportações em janeiro

"As exportações baianas encerraram 2021 em US$ 9,9 bilhões, o maior resultado da série histórica. Agora em Janeiro obtivemos mais um recorde na série histórica, o que, sem dúvida, nos mantém otimista quanto à recuperação da nossa economia".

A avaliação do vice-governador João Leão, secretário do Planejamento, é referente ao resultado das exportações baianas, que atingiram o montante de US$ 734,2 milhões no último mês de janeiro, resultado que representa crescimento de 18,9% na comparação com o mesmo período de 2021 e representa crescimento recorde para o mês na série história desde 2012.  ..

Exportações da Bahia em 2021 atingem US$ 9,9 bilhões e crescem 26,3%

As exportações baianas atingiram a marca de US$ 9,9 bilhões em 2021, um aumento de 26,3% em relação ao ano anterior. De acordo com o Informe Executivo de Comércio Exterior, da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE), esse cenário positivo deve-se a retomada da atividade econômica decorrente do avanço da vacinação no combate a pandemia do covid-19 e alta dos preços das commodities.

O estado da Bahia segue na liderança no Nordeste, e suas exportações representam 48% do volume que a região exportou no ano passado. A Indústria de Transformação teve uma participação de 62%, a Agropecuária 29,6% e a Indústria Extrativa 7,5% no volume das vendas para o mercado internacional.  ..

Sob a presidência de Guilherme Coelho na ABRAFRUTAS, o Brasil comemora recorde de um bilhão de dólares em exportações de frutas

O Brasil alcançou a marca de US$ 1 bilhão de dólares em exportações de frutas em 2021. Foram enviadas para o mercado exterior aproximadamente 1,2 milhões de toneladas de frutas, 18% a mais em volume registrado no último ano. O faturamento foi de US$ 1,060 bilhões de dólares, crescimento de 20%.

O Vale do São Francisco teve papel determinante para as exportações alcançarem este recorde. A região exportou mais de US$ 400 milhões de dólares, somando as vendas de manga e uva...

Bahia encerra 2021 com safra de grãos 4,4% superior ao ano anterior

A safra de grãos alcançou 10,5 milhões de toneladas (t) em 2021 na Bahia, o que representa crescimento de 4,4% na comparação com a safra 2020. Foi colhida 6,8 milhões/t de soja em 2021, o melhor resultado da série histórica do levantamento, o que correspondeu a uma alta de 12,6% em relação a 2020. A área plantada com a oleaginosa totalizou 1,7 milhão de hectares, que superou em 4,9% a de 2020, e o rendimento médio esperado da lavoura ficou em 4,0 t/ha. 

"O Governo do Estado tem trabalhado muito para integrar agronegócios e desenvolvimento socioeconômico de forma sustentável. Dois grandes exemplos são o Médio São Francisco, que desponta como uma nova fronteira agrícola na Bahia e a região Oeste, que já é referência na agricultura irrigada, e vem crescendo com novas culturas. Então ver este resultado de 2021, nos dá energia extra para o trabalho. Incentivar a tecnologia e na educação são dois grandes objetivos. Em breve, inauguramos a maior escola agrícola no município de Barra e temos projeto de mais cinco. Vamos em frente na correria pelo nosso estado", afirma o vice-governador João Leão, secretário do Planejamento. ..