Foram encontrados 448 registros para a palavra: emprego

"Este país vai crescer e vai gerar emprego", diz Dilma em discurso

A presidente Dilma Rousseff afirmou nesta sexta-feira (19), ao participar de evento em Petrolina (PE), que o Brasil vai voltar a registrar crescimento econômico e vai gerar emprego. Dilma entregou unidades habitacionais do programa Minha Casa, Minha Vida na cidade.

Nesta semana, o Boletim Focus, divulgado pelo Banco Central, mostrou que os economistas do mercado financeiro esperam que o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), índice oficial da inflação, fique em 7,61% neste ano e o Produto Interno Bruto (PIB), tenha retração de 3,33%.Além disso, informou o IBGE, o nível dedesemprego no país ficou em 9% ao fim do trimestre encerrado em novembro do ano passado...

MUNÍCIPE CONTESTA NÚMEROS DA PREFEITURA E ASSEGURA QUE JUAZEIRO É CAMPEÃ INTERIORANA DO DESEMPREGO

Geraldo,

Diante da polemica que se formou sobre o tema seria de bom alvitre fazermos algumas considerações para conhecimento e reflexão de todos e iniciamos sobre a alegada sazonalidade nas empresas do setor da fruticultura irrigada e a realidade da vizinha cidade de Petrolina...

JUAZEIRO FOI VICE-CAMPEÃ DE DESEMPREGO NA BAHIA EM DEZEMBRO, MAS FINALIZOU 2015 COM DADOS POSITIVOS SEGUNDO CAGED

Planilha dezembro 2015...

Bahia perde 75,2 mil empregos formais em 2015; RMS registrou perda de 49,3 mil

O estado da Bahia perdeu 75.286 mil postos de empregos formais em 2015, o que representa descréscimo anual de 4,11%. Só no mês de dezembro a queda foi de 1,07% ou -18.968 postos (saiba mais). Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado nesta quinta-feira (21) pelo Ministério do Trabalho e Emprego. A retração anual é decorrente da queda de emprego nos setores da Construção Civil (-34.249 postos), Serviços (-19.566 postos), Comércio (-9.566 postos), da Indústria de Transformação (-8.133 postos) e da Agropecuária (-3.110 postos). A Região Metropolitana de Salvador (RMS) - formada pelos municípios de Camaçari, Candeias, Dias D'Ávila, Itaparica, Lauro de Freitas, Madre de Deus, Salinas das Margaridas, Salvador, Simões Filho e Vera Cruz - registrou perda de 49.316 postos de trabalho celetistas em 2015. A capital baiana é a cidade cuja diferença entre admissões e desligamentos foi maior: -5.780. Em seguida vêm Juazeiro (-1.882), Feira de Santana (-1111), Camaçari (-930) e Jequié (-845). Na ponta oposta configuram os municípios que mais contrataram do que demitiram no ano passado. Porto Seguro lidera a lista, com saldo de 583 admissões, seguido de Dias D'Ávila (457), Mata de São João (428), Vera Cruz (72) e Entrerios (35). Camamu, Cruz das Almas e Pilão Arcado não tiveram variação. ..

Emprego

A Associação de Cordeiros do Vale do São Francisco (Ascovasf) convida as pessoas interessadas em trabalhar no Carnaval de Juazeiro 2016, como cordeiros de trio e blocos, para comparecerem às 17h, no dia 21, no estacionamento do Shopping Águas Center.

Mais informações: (74) 9.8825-2196 – Marcos Antônio Dias Palma - presidente..

Posse do novo Superintendente Regional do Trabalho e Emprego da Bahia

O Chefe de Gabinete do ministro do Trabalho e Previdência Social, Robinson Santos de Almeida, dará posse, nesta quarta-feira (20), ao novo Superintendente Regional do Trabalho e Emprego do Estado da Bahia, Jose Maria de Abreu Dutra. A solenidade acontece em Salvador, no Auditório do Instituto Anísio Teixeira, a partir das 14h30.

SERVIÇO..

Dilma diz que esforço do governo é para impedir aumento do desemprego

A presidenta Dilma Rousseff disse hoje (15), durante café da manhã com jornalistas no Palácio do Planalto, que o esforço do governo federal é para impedir o aumento nos índices de desemprego. “A grande preocupação do governo é o desemprego. É o que nós olhamos todos os dias, é aquilo que requer atenção do governo. Olhamos setores por setores”, afirmou.

A taxa de desocupação registrada no Brasil subiu para 9% no trimestre encerrado em outubro, informou hoje o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Segundo a pesquisa, 9,1 milhões de pessoas procuraram e não conseguiram emprego no trimestre encerrado em outubro de 2015...

Para Lídice, inflação e desemprego são as principais preocupações na economia

A senadora Lídice da Mata (PSB-BA) disse em entrevista em seu canal de rádio que as votações de medidas provisórias que possibilitaram os cortes de gastos e aprovaram o ajuste fiscal atenuaram a situação econômica do país, num ano em que o PIB deve ser 4% negativo. A parlamentar baiana demonstrou  apreensão  com as perspectivas para 2016 e disse que as duas principais preocupações na economia serão com a inflação, que chegou à casa dos dois dígitos e com o índice de desemprego.

Para Lídice, sob o ponto de vista do Legislativo, 2015 foi um ano ruim, onde o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, aproveitou a paralisia do Executivo por conta das denúncias da Operação Lava-Jato, da Polícia Federal, e "tocou uma pauta extremamente atrasada e reacionária, que tira da população conquistas históricas, a exemplo do PL 4330, que trata da terceirização".  "Foi um ano em que o Congresso se descolou completamente do Planalto, mas de uma forma negativa e não de independência que é o que se espera", avaliou...