RedeGN - Sempre ligado.

Foram encontrados 117 registros para a palavra: dilma rousseff

TRF-2 extingue ação popular contra Dilma sobre pedaladas fiscais

O Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2) extinguiu processo sobre pedaladas fiscais contra a ex-presidente Dilma Rousseff (PT). A ação foi extinta por unanimidade em sessão virtual no último dia 16 pela 7ª Turma Especializada do Tribunal, após recurso da defesa de Dilma.

A ação popular acusava a ex-presidente de danos ao patrimônio público causados pela prática de manobras fiscais, conhecidas como pedaladas...

Políticos prestam solidariedade e apoio a Ciro após ex-ministro ser alvo da PF

A ex-presidente Dilma Rousseff (PT) manifestou apoio ao ex-ministro da Fazenda Ciro Gomes (PDT) após o pedetista ser alvo de operação da Polícia Federal nesta quarta-feira (15). As casas dos irmãos do presidenciável, Lucio e Cid Gomes, também receberam busca e apreensão.

"Suas casas foram invadidas, sem terem sido sequer intimados a depor. Como cidadãos brasileiros, merecem ser tratados com o respeito às leis vigentes ao país. Repudio o arbítrio e a perseguição a eles", escreveu a petista no Twitter...

Ex-presidente Dilma Rousseff é levada a hospital para fazer exames após passar mal

A ex-presidente Dilma Rousseff foi levada ao hospital para fazer exames após ter um mal estar na noite desta segunda-feira (24/5). A informação é da assessoria de imprensa da petista.

Segundo nota, Dilma passa por exames no Hospital Moinho de Ventos, em Porto Alegre, e deve receber alta ainda nesta terça-feira (25/5)...

Dilma Rousseff pede apoio a Espanha para libertar Lula

A ex-Presidente do Brasil Dilma Rousseff pediu neste domingo (29) o apoio dos partidos políticos, sindicatos e sociedade civil espanhola para conseguir a libertação do ex-Presidente Lula da Silva e acusou o atual Governo de manipular a verdade. "Lula é inocente... Nesta democracia, a primeira vítima é a verdade", afirmou Dilma Rousseff durante a sua participação nas comemorações do 130.º aniversário da UGT em Madrid, onde protagonizou uma demonstração de apoio a Lula da Silva.

Dilma Rousseff agradeceu o apoio da UGT - União Geral dos Trabalhadores e do seu secretário-geral, Pepe Álvarez, que tem agendada uma visita, em 10 de outubro, a Lula da Silva, na prisão. A antiga Presidente brasileira reiterou que o Presidente Jair Bolsonaro participou num golpe de Estado disfarçado, face a um possível retorno de Lula da Silva ao poder, apesar de "não ter havido tanques nas ruas"...

ARTIGO: A BOLA DA VEZ É... DILMA ROUSSEFF!

A vida anda! Enquanto o Lula está preso lá na PF em Curitiba, já houve eleição, um novo presidente eleito já começa a fazer seu governo de transição, Sérgio Moro já não é mais juiz, pois pediu exoneração para se tornar ministro da justiça e entrou no lugar desse uma juíza que está deixando a petezada de cabelo em pé e por aí vai... Agora dirigentes petistas temem possível avanço do processo que leve a prisão de Dilma Rousseff. Esse temor tem relação com os depoimentos inéditos da delação premiada de Antônio Palocci. Pessoas próximas às negociações indicam que os relatos do ex-ministro da fazenda se voltam à ex-presidente empixada e o teor desses depoimentos aumenta a possibilidade de uma medida cautelar mais drástica. Dilma já se tornou ré na ação sobre processos do "Quadrilhão do PT".

Pois é, me parece que a cada dia a "ex-presidenta inocenta" está ficando cada vez mais encalacrada com as denúncias de seu ex-ministro Palocci. Este recentemente disse em sua delação que houve uma reunião entre ele, Dilma, Lula e José Sérgio Gabrielle (ex-diretor da Petrobrás) na biblioteca do Palácio do Planalto. E o teor da conversa? Foi a arrecadação de dinheiro para a campanha de Dilma Rousseff em 2010! Palocci disse que Lula mandou que Gabrielle encomendasse a construção de quarenta navios-sondas para "garantir o futuro político do país e do PT com a eleição de Dilma, produzindo-se esses navios para a exploração do Pré-Sal e juntar recursos para a campanha que se aproximava", confessou o delator. Trocando em miúdos: Dilma estava presente sim naquela reunião para tratar dos interesses corruptos envolvendo o Pré-Sal! É um absurdo.....

GOVERNADOR DE PERNAMBUCO CONTESTA VERSÃO DE DEPUTADO SOBRE O IMPEACHMENT DE DILMA ROUSSEFF

Opositor do governador Paulo Câmara (PSB), o deputado federal Bruno Araújo (PSDB), que comandou do Ministério das Cidades no governo Temer, indicou uma possível falta de coerência do chefe do Executivo estadual e do prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB), no afastamento de Dilma Rousseff (PT) do Palácio do Planalto. De acordo com o tucano, os dois trataram com ele e com o deputado federal Mendonça Filho (DEM) de "como afastar Dilma".

Em e-mail ao blog o governador de Pernambuco Paulo Câmara contestou veementemente essa versão. Confira;..

Dilma Rousseff cogita se candidatar ao Senado pelo Piauí, diz colunista

Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

A ex-presidente Dilma Rousseff considera a possibilidade de disputar uma vaga ao Senado pelo estado do Piauí. A informação é do Blog do Josias de Souza, no Uol, segundo o qual a cogitação surgiu há cerca de cinco meses. Na ocasião, o governador petista Wellington Dias chegou a negar que estivesse negociando com Dilma a transferência de seu domicílio eleitoral de Porto Alegre para Teresina. Natural de Minas Gerais e domiciliada no Rio Grande do Sul, Dilma não foi considerada opção do partido na região gaúcha. O PT escolheu o senador Paulo Paim como candidato à reeleição para o Senado. ..

Morre advogado Carlos Araújo, ex-marido de Dilma Rousseff

Advogado trabalhista e três vezes deputado estadual pelo PDT do Rio Grande do Sul, Carlos Araújo faleceu na madrugada deste sábado (12), em Porto Alegre, aos 79 anos. Ex-marido da ex-presidente Dilma Rousseff, ele estava internado no Hospital São Francisco/Santa Casa de Misericórdia desde o último dia 26 de julho.

As causas da morte não foram divulgadas, as últimas informações médicas foram da saída de Araújo da Unidade de Terapia Intensiva (UTI), no dia 28. Durante o tempo de internação, Dilma realizou algumas visitas ao ex-marido...

'Condenação de Lula é um escárnio', afirma Dilma Rousseff, em nota

A ex-presidente Dilma Rousseff (PT) divulgou na tarde desta quarta-feira,  nota à imprensa criticando a condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, pelo juiz Sérgio Moro, a nove anos e seis meses de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Segundo Dilma, a condenação "é um escárnio" A petista critica ainda a aprovação da reforma trabalhista no Senado. Leia a íntegra da nota:

NOTA À IMPRENSA..

Confusão marca votação de Dilma Rousseff em Porto Alegre

A ex-presidente Dilma Rousseff (PT) votou no colégio Santos Dumont, zona sul de Porto Alegre, no final da manhã deste domingo (2). De acordo com informações do jornal Folha de São Paulo, a passagem da petista pelo colégio eleitoral gerou confusão e alguns eleitores não conseguiram entrar no local.  Oficiais da Polícia Militar gaúcha e funcionários do Tribunal Regional Eleitoral (TER), não permitiram a entrada da imprensa, o que causou uma confusão na entrada. Uma porta foi empurrada e aberta à força, por volta das 11h40. Ainda de acordo com a publicação, cerca de 50 militantes aguardavam a chegada da ex-presidente. ..

Defesa de Dilma entra com nova ação contra impeachment

A defesa da ex-presidente Dilma Rousseff entrou com uma nova ação, no Supremo Tribunal Federal (STF), questionando o impeachment. A peça pede que o processo, que resultou na cassação do mandato de Dilma no final de agosto, seja invalidado.

“A presente impetração tem por objetivo a invalidação do ato jurídico decisório do Senado Federal que determinou a condenação, em 31 de agosto do corrente ano, por crime de responsabilidade, da Excelentíssima Senhora Presidenta da República Dilma Rousseff”, diz o texto que tem 493 páginas e é assinado pelo ex-ministro José Eduardo Cardozo, responsável pela defesa de Dilma. O ministro Teori Zavascki será o relator da ação...

Dilma é convidada para presidir Fundação Perseu Abramo

A ex-presidenta da República Dilma Rousseff foi convidada pelo presidente do PT, Rui Falcão, para presidir a Fundação Perseu Abramo, que é ligada ao partido e tem sede em São Paulo. O convite foi feito logo após o resultado do julgamento que afastou Dilma definitivamente da Presidência da República, no dia 31 de agosto.

Segundo a assessoria de imprensa de Falcão, Dilma teria pedido um tempo para pensar no assunto enquanto descansa em sua residência em Porto Alegre, para onde se mudou nesta semana. O atual presidente da fundação é o economista Marcio Pochmann, que é candidato a prefeito em Campinas (SP) e está afastado do cargo para disputar as eleições. ..

ARTIGO: O DESENROLAR DO GOLPE E O DESFECHO DELE!

Desde o início do impeachment da ex-presidenta Dilma Rousseff do PT, intensificaram-se houve ou não crime, é ou não “golpe”, mas, algumas coisas intercaladas, chamam a atenção, alimentam desconfiança, apresentam certezas, e, geram decepções: tanto na Câmara como no Senado as opiniões estiveram divididas, sobre o assunto, mesmo em partes numéricas desiguais; representantes da Suprema Corte (STF) que comentou sobre o fato, apresentaram visões divergentes; artistas e intelectuais se dividiram com as respectivas diferenças; a parte da população que protestou nas ruas mostrou claramente a divisão ideológica do país em cores e dias diferente; parte da imprensa internacional e líderes de Nações Estrangeiras que ver o impeachment como “golpe” se posicionaram abertamente; técnicos e testemunhas, pró e contra, chamados às seções, mantiveram a divisão política ideológica sobre o assunto; e quem está por trás do chamado “golpe” foi observado muito mais através do poder da dedução.

Dois dias depois da votação final, o Senado da República aprovou lei que legaliza a chamada “pedalada” como se tivesse afirmando que a defesa da Dilma Rousseff do PT tinha razão. Ex-ministros da Dilma e até de Lula, principalmente os filiados ao PMDB, conhecedores do conteúdo da documentação do governo, votaram pra caçar o mandato e contra as outras punições, como quem acha que não houve crime, mas, a ordem era conduzir os partidos da direita ao comando do Governo Federal...

"Temos razões para levantar a cabeça", diz presidente do PCdoB-BA

O presidente estadual do PCdoB, deputado federal Daniel Almeida, considerou a cassação do mandato da presidenta Dilma Rousseff, pelo Senado Federal, na última quarta-feira (31/08), um ataque à democracia e pediu força à militância comunista, que atuou ativamente contra o processo de impeachment. Para Daniel, a luta perdida foi, acima de tudo, pela democracia.

"Ficou evidenciado, nesse processo final, que foi um golpe. Faltaram elementos técnicos, jurídicos, e, ainda assim, tomaram a decisão de fazer uma eleição indireta para a cassação da presidenta Dilma. Longe de abaixarmos a cabeça, temos razões para levantar a cabeça e saber que estamos do lado daqueles que defendem a democracia", disse...

"A presidente Dilma e o povo brasileiro foram vítimas de um crime", diz prefeito Isaac Carvalho sobre o impeachment de Dilma Rousseff

Essa semana tornou-se histórica para o Brasil após a decisão do Senado pelo impeachment de Dilma Rousseff. O Blog Geraldo José recebeu várias opiniões sobre o fato entre elas a do prefeito de Juazeiro, Isaac Carvalho. Para o prefeito que pertence ao PCdoB, partido aliado a Dilma e ao Partido dos Trabalhadores (PT), o impeachment foi um crime. Isaac Carvalho expressou ainda que o Partido Comunista não vai aceitar o impeachment que, para ele, se configurou como uma violência a democracia.

"A presidente Dilma e o povo brasileiro foram vítimas de um crime. Assim como Juazeiro, o Brasil não pode voltar ao passado. As conquistas sociais dos últimos anos no governo de Lula e Dilma deram ao país o reconhecimento internacional. Para a nossa cidade, todas as obras como Minha Casa Minha Vida, a construção de creches, quadras, a pavimentação de ruas possibilitaram que Juazeiro tirasse o atraso de décadas, porque tivemos o apoio e o reconhecimento dos nossos presidentes. Como representante do Partido Comunista do Brasil na região, só posso dizer que não podemos aceitar essa violência a democracia", afirmou Isaac Carvalho...

Aleluia diz que prioridade é gerar empregos no país

"O povo não quer saber de plebiscito, mas de empregos", afirmou o deputado federal José Carlos Aleluia (DEM-BA) ao ser questionado em entrevista à Rádio Cruzeiro, na manhã desta sexta-feira (02), sobre a proposta da ex-presidente Dilma Rousseff de consultar a população para a realização de novas eleições.

Para Aleluia, a prioridade do governo Temer no enfrentamento da crise econômica deve ser reduzir as despesas públicas e não aumentar salários já altos de certas carreiras do serviço público. "Precisamos equilibrar as finanças do governo, diminuir a inflação, não elevar tributos e criar condições para a geração de empregos, o maior drama da população"...

"O processo de impeachment nasceu da vingança de Eduardo Cunha", afirma Paulo Bomfim

O Blog Geraldo José ouviu nesta quinta-feira (01), a opinião do candidato a prefeito de Juazeiro, Paulo Bomfim (PCdoB), sobre o impeachment de Dilma Rousseff que foi aprovado anteontem na plenária do Senado, em Brasília, por 61 votos favoráveis e 20 contrários.

Para Paulo Bomfim o impeachment é fruto do mandato do ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha. "O processo de impeachment nasceu da vingança de Eduardo Cunha, prosperou num congresso conservador e que, na maioria da sua composição, cumpre os interesses dos que financiaram tais deputados e senadores. Uma mulher honesta, legitimamente eleita, foi tirada do poder para que homens denunciados por corrupção o assumissem”, frisou...

Artigo: O que Temer

O Golpe se consuma. 

E a herança mais amaldiçoada que o governo com Dilma deixará para o povo brasileiro é exatamente seu sucessor, Michel Temer. ..

"Precisamos buscar a retomada do crescimento" diz Charles Leão sobre impeachment de Dilma Rousseff

Nesta quarta-feira (31) o plenário do Senado aprovou, por 61 votos favoráveis e 20 contrários, o impeachment de Dilma Rousseff. A presidente afastada foi condenada sob a acusação de ter cometido crimes de responsabilidade fiscal – as chamadas "pedaladas fiscais" no Plano Safra e os decretos que geraram gastos sem autorização do Congresso Nacional. Horas após a decisão, no plenário do Senado tomou posse como presidente do Brasil Michel Temer.

O Blog Geraldo José ouviu o candidato a prefeito de Juazeiro, Charles Leão que foi taxativo: "Acredito que precisamos superar este momento e buscar pacificar as forças e reunificar o país. O Brasil precisa urgentemente superar a crise e o desemprego, e buscar a retomada do crescimento", disse ele...

Dilma Rousseff perde o mandato e Michel Temer toma posse ainda hoje. Dilma mantém direitos políticos

Encerrada a votação do processo de impeachment de Dilma Rousseff. Por 61 votos a 20, o Senado decidiu que ela perde o mandato e que Michel Temer deve ser empossado definitivamente na presidência da República. A cerimônia de posse deve ser realizada ainda nesta tarde, no plenário da Câmara dos Deputados, numa cerimônia simples conforme instruções do presidente.

Ao votar pelo impeachment, a maioria dos senadores entendeu que Dilma Rousseff descumpriu a Constituição e a Lei de Responsabilidade Fiscal por ter editado decretos suplementares sem o aval do Congresso e por ter repassado com atraso recursos do Tesouro para o Banco do Brasil pagar a equalização dos juros do Plano Safra...