RedeGN - Sempre ligado.

Foram encontrados 250 registros para a palavra: ministerio da saude

UAUÁ CUMPRE O PRECONIZADO PELO MINISTÉRIO DA SAÚDE NO COMBATE A DENGUE

Irailson Lopes Santos assumiu a Coordenação de Endemias no município de Uauá-BA, e em contato com o Blog GJ Notícias registrou os dados de 2018, sobre o controle da Dengue, dentro do preconizado pelo Ministério da Saúde, índice de infestação predial 0,4.

Segundo Irailson, Uauá foi dos poucos municípios da Bahia a realizar os seis ciclos de trabalho e os quatro LIRAs (levantamento de índices rápido), que também é preconizado pelo Ministério da Saúde...

Modelo de assistência das Policlínicas tem causado satisfação a população, diz Secretário

O modelo adotado na Bahia para a descentralização da assistência de média complexidade, com as Policlínicas Regionais de Saúde, deve se tornar referência para o Brasil. Esta é a expectativa após a visita do secretário de Atenção à Saúde (SAS) do Ministério da Saúde, Francisco Figueiredo, na última quinta-feira (21), em Feira de Santana, que foi acompanhado do secretário da Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas.

"Vim conhecer a experiência das policlínicas, que trazem em si um conceito fundamental para a população, que é o acesso. Ou seja, a população tem hoje uma grande estrutura, com um ambiente belíssimo, com tecnologia fantástica, com bons colaboradores, onde conferi que está tendo uma boa aceitação da população. Vou levar para o ministro avaliar se pode ser replicado para o restante do Brasil, pois sem dúvida nenhuma é um grande sucesso", afirma Francisco Figueiredo...

Ministério da Saúde atrasa pagamento a profissionais do Mais Médicos

Médicos que passaram a fazer parte do Mais Médicos em dezembro, após a saída dos cubanos, estão sofrendo atrasos no pagamento da bolsa no programa. A previsão era que o pagamento ocorresse ainda na primeira semana de janeiro de forma proporcional aos dias trabalhados -isso porque alguns iniciaram o serviço na primeira semana de dezembro, enquanto outros se apresentaram na semana seguinte.

Até agora, porém, o valor ainda não foi repassado. Pelas regras do Mais Médicos, cada profissional deve receber uma bolsa no valor de R$ 11.800, além de auxílio-moradia. O problema atinge cerca de 5.036 médicos que entraram no programa após a saída dos médicos cubanos, de acordo com o Ministério da Saúde. A pasta diz que os pagamentos devem ser regularizados até o fim deste mês...

Ministério da Saúde lança campanha para comemorar Dia Mundial de Luta Contra a Aids

Há 30 anos, no dia 27 de outubro de 1988, a Assembleia Geral da ONU e a Organização Mundial de Saúde instituíram o dia 1º de dezembro como o Dia Mundial de Luta contra a Aids. Cinco anos após a descoberta do vírus causador da aids, o HIV, 65,7 mil pessoas já tinham sido diagnosticadas com o vírus, e 38 mil já tinham falecido.

Para marcar a data e relembrar as lutas e todas as conquistas na resposta global ao HIV, o Ministério da Saúde vai cobrir a Esplanada dos Ministérios com um imenso mosaico formado por colchas de retalhos (quilt em Inglês). Essa era uma prática na década de 80 para lembrar as vítimas da aids...

JUAZEIRO: SUSPEITA DE CASOS DE DIFTERIA LEVA SESAU A ADOTAR MEDIDAS PROTOCOLARES JUNTO AO MINISTÉRIO DA SAÚDE

Em e-mail ao Blog Geraldo José a Secretaria Municipal de Saúde informa a adoção de medidas a casos suspeitos de difteria em Juazeiro. Confira:

A Secretaria da Saúde de Juazeiro informa que, mediante informação de suspeita de difteria notificado por um hospital da região à Secretaria Municipal da Saúde, a SESAU junto ao Núcleo Regional de Saúde Norte/SESAB e o Ministério da Saúde informam à população que as medidas protocolares cabíveis já estão sendo tomadas...

Ministério da Saúde encerra Campanha de Vacinação e Juazeiro atinge 100% de cobertura

Mesmo a Secretaria da Saúde não prorrogando a Campanha de Vacinação Contra a Poliomielite e o Sarampo, por já ter atingido a meta, o último fechamento ocorrido na seta-feira, dia (14), mostra que Juazeiro atingiu a cobertura de 100% na imunização contra a poliomielite e 99.33% de cobertura contra o sarampo. Isso significa que a proteção para as crianças com idade entre um e menor de cinco anos foi atingida com sucesso.

A campanha teve início no dia 06 de agosto e seguiu até o dia 30 de agosto. Como alguns municípios, Juazeiro precisou realizar um novo dia D no dia 1º de setembro e contabilizou aplicação de 14.146 doses de poliomielite fechando 95.94% e 14.012 doses aplicadas de sarampo, totalizando 95.03%.  A campanha nacional de vacinação tem como objetivo imunizar as crianças na faixa etária descrita como maneira de proteção, devido o  surto de sarampo que o país está vivendo no Amazonas e em Roraima. ..

Ministério da Saúde nega acesso ao único medicamento existente para atrofia muscular espinhal

Recomendação preliminar rejeita a incorporação do Spinraza® (nusinersena) para atrofia muscular espinhal tipo 1 no Sistema Único de Saúde (SUS). No entanto, a sociedade pode ajudar a reverter essa decisão por meio da consulta pública (CP)

O Ministério da Saúde, por meio da Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no Sistema Único de Saúde (Conitec), rejeitou, em sua recomendação inicial, a incorporação do Spinraza® (nusinersena) ao SUS. Agora, médicos, pacientes, familiares, cuidadores, entre outros, têm até o dia 17 de setembro para opinar sobre essa decisão. A Consulta Pública nº45 está disponível no próprio site da Conitec, pelo link http://conitec.gov.br/index.php/consultas-publicas...

Ministério da Saúde aponta que Roraima, Amapá, Piauí, Bahia têm os maiores índices mortalidade infantil

Estados do Norte e do Nordeste registraram as maiores taxas de mortalidade infantil no País em 2016, segundo cálculo feito pelo com base no Sistema Datasus, base de dados do Ministério da Saúde. Roraima, Amapá, Piauí, Bahia e Amazonas têm os maiores índices (de 18,4 a 15,9 óbitos infantis por mil nascidos vivos), enquanto Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Distrito Federal, Paraná e São Paulo acumulam as mais baixas taxas (entre 8,7 a 11 1).

Em números absolutos, 36,3 mil crianças com menos de 1 ano morreram naquele ano. As duas principais causas nessa faixa etária são problemas originados no nascimento ou nos primeiros dias de vida, como falta de oxigenação no parto ou prematuridade e más-formações congênitas. Juntos, os dois grupos de patologias provocaram 29,1 mil óbitos - 80% do total...

Brasil tem 677 casos de sarampo confirmados, diz Ministério da Saúde

A campanha nacional de vacinação será realizada entre 6 e 31 de agosto, sendo o dia D no sábado (18). O público-alvo dessa estratégia são crianças de 1 ano a menores de 5 anos. Segundo o ministério, a meta de vacinação contra o sarampo é de 95%. Dados preliminares referentes ao ano passado indicam que a cobertura no Brasil foi de 85,21% na primeira dose (tríplice viral) e de 69,95% na segunda dose (tetra viral).

Balanço divulgado na tarde de hoje (18) pelo Ministério da Saúde mostra que o Brasil tem 677 casos confirmados de sarampo. Segundo a pasta, atualmente, o país enfrenta dois surtos de sarampo – em Roraima e no Amazonas. Até terça-feira (17), foram confirmados 444 casos de sarampo no Amazonas, e 2.529 permanecem em investigação. Roraima confirmou 216 casos da doença e 160 continuam em investigação...

Bahia é estado com maior risco de volta da poliomielite, diz Ministério da Saúde

Bahia é o estado brasileiro com maior risco de retorno da poliomelite (paralisia infantil), segundo informações do Ministério da Saúde. Isso porque, conforme o órgão, 63 cidades do estado não chegaram a vacinar no ano de 2017 nem metade das crianças que compõem o público-alvo da imunização. Xique Xique e Choroxo estão entre os municipios que compoem a lista de baixo indice de humanização nas crianças.

O último caso da doença no estado foi registrado no final da década de 80, mas, como o vírus ainda circula no mundo, pode haver o risco de contaminação. Em todo o Brasil, conforme o Ministério da Saúde, 312 municípios estão com baixa cobertura para a vacina contra a poliomelite. A poliomielite é transmitida pelo Poliovírus, que pode estar na água ou alimentos contaminados. O vírus destrói as células da medula espinhal, levando à perda de massa muscular e à paralisia. Atualmente, o poliovírus circula em três países: Afeganistão, Paquistão e Nigéria...

Juazeiro: Ministério da Saúde amplia vacinação para demais grupos da população

Com o fim da campanha nacional de vacinação na última sexta-feira, 22, nesta segunda-feira, 25, o Ministério da Saúde resolveu ofertar a vacinação para crianças de cinco a nove anos e adultos de 50 a 59 anos. A ressalva do órgão foi quanto à disponibilidade de vacinas pelos municípios. Para Juazeiro foram enviadas 50 mil doses e ainda estão disponíveis três mil.

Em nível nacional, 83% do público alvo foi vacinado e em Juazeiro pertencem ao grupo prioritário 43.458 pessoas. O público que menos foi imunizado foi o infantil, onde atendiam os requisitos para vacinação 16.782 crianças e deste quantitativo foram aplicadas 10.923 doses totalizando uma porcentagem de 65.09%. O público que atingiu a meta foi de professores - um total de 2.207 pessoas foram vacinadas. Seguindo os dados dos grupos prioritários, os idosos atingiram 83.28% do grupo, as gestantes 72.73%, as puérperas 93.23% e os profissionais da saúde 90.17%. Na soma total do público alvo, 77.43% das pessoas pertencentes ao grupo foram vacinadas...

Ministério da Saúde prorroga até 22 de junho vacina contra Influenza

A Secretaria Municipal de Saúde de Juazeiro informa que a campanha de vacinação contra influenza foi prorrogada novamente pelo Ministério da Saúde. Anteriormente a vacina seguiria até esta sexta-feira (15) e a nova data anunciada na noite desta quarta-feira (13) é até o dia 22 de Junho. De acordo com o Ministério da Saúde, a prorrogação foi por conta da baixa procura do grupo prioritário para se imunizar.

A meta do governo federal é vacinar 54,4 milhões de pessoas, mas 11,8 milhões de pessoas pertencentes ao grupo prioritário ainda não foram vacinadas. Em Juazeiro, a meta para vacinação do grupo prioritário é 43.458 pessoas sendo que 73,49% da população já foi vacinada com aplicação de 31.938 aplicadas até o momento...

Ministério da Saúde prorroga vacina contra influenza até dia 15 de junho

A Secretaria Municipal de Saúde de Juazeiro informa que a campanha de vacinação contra influenza foi prorrogada pelo Ministério da Saúde e segue agora até o dia 15 de junho. A prorrogação acontece devido à paralisação dos caminhoneiros no transporte público e nos atendimentos em serviços de saúde. Em Juazeiro, a população pertencente ao grupo prioritário pode se dirigir à Unidade Básica de Saúde do Bairro Angary das 7h às 13h para se imunizar. No momento, as demais unidades de saúde não estão recebendo as doses da vacinação por conta do desabastecimento na cidade.

A vacinação segue apenas para o grupo de prioridade considerado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) que são: crianças de seis meses a menor de cinco anos, gestantes, mulheres no período de até 45 dias após o parto, trabalhadores de saúde, professores, povos indígenas, indivíduos com 60 anos de idade ou mais, pessoas portadoras de doenças crônicas, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional. Em Juazeiro 69,5% do grupo prioritário já foi vacinado...

Ministério da Saúde através de nota informa que a vacina Pentavalente está em desabastecimento no órgão federal

Através de nota emitida em fevereiro, a Coordenação-Geral do Programa Nacional de Imunizações do Ministério de Saúde informou que se encontra em situação crítica de abastecimento da vacina Pentavalente.

Em Juazeiro, a Secretaria Municipal de Saúde informa que abasteceu os postos pela última vez com a vacina pentavalente na sexta-feira, dia 23 de fevereiro, e que já  não  dispõe mais na rede de frios municipal a vacina pentavalente. ..

Prefeito de Juazeiro participa de evento da UPB e Ministério da Saúde

O prefeito Paulo Bomfim, acompanhado da secretária da Saúde, Fabíola Ribeiro esteve na manhã desta terça-feira, 06, em Salvador  no encontro promovido pela União dos Municípios da Bahia  (UPB), em parceria com o Ministério da Saúde, quando reiterou as necessidades de mais apoio e investimento do Governo Federal para Juazeiro. O Ministro Ricardo Barros participou do evento.

Vários prefeitos do Estado levaram as suas demandas, e colocaram as dificuldades de gestão, diante da frequente redução de repasses da União aos municípios. “Hoje nós viemos reforçar os pedidos que temos feito periodicamente, como mais recursos para obras, por exemplo. A obra de um Posto de Saúde parada a população vai cobrar da Prefeitura. Temos um alto investimento na Maternidade, Hospital da criança e UPA. E o Governo Federal não pode se isentar de colaborar com Juazeiro e a Rede PEBA. Como eles vieram aqui ao nosso encontro, espero que as demandas sejam atendidas”, declarou Paulo Bomfim. ..

Ministério da Saúde destina R$ 320 milhões para ampliar e qualificar a saúde mental

O Ministério da Saúde vai reforçar em R$ 320 milhões a Rede de Atenção Psicossocial (RAPS), que é responsável pelos atendimentos em saúde mental, desde os transtornos mais graves, até os menos complexos no Sistema Único de Saúde (SUS). Ainda este ano, 489 serviços e leitos de saúde mental passam a receber custeio federal. Ao todo, serão habilitados 83 CAPS (Centro de Atenção Psicossocial), 92 Serviços Residenciais Terapêuticos (SRT), 140 leitos de saúde mental em hospitais gerais e 3 unidades de acolhimento. O anúncio foi feito pelo ministro da Saúde, Ricardo Barros, nesta quinta-feira (21), em Brasília (DF). Serão liberados recursos para 27 obras de CAPS e unidades de acolhimento em 18 municípios. Também haverá incentivo para 56 novos CAPS, 57 leitos, 6 unidades de acolhimento e 25 SRT. Para esses serviços, serão repassados cerca de R$ 70 milhões por ano de custeio. São unidades que já funcionavam, mas ainda não recebiam contrapartida do Ministério da Saúde. Ainda para fortalecer as ações de cuidado de base comunitária, o Ministério da Saúde vai expandir a rede existente, financiando novas equipes de saúde mental multiprofissionais para atendimento ambulatorial, que vão atuar e dar suporte aos Núcleos de Apoio à Saúde da Família (NASF), Unidades Básicas de Saúde (UBS) e Equipes de Saúde da Família. Serão 3 tipos de equipes, com 3 a 5 profissionais compostas por médicos, psicólogos e enfermeiros, além de outros profissionais de saúde mental. Para o próximo ano, serão financiadas 100 novas equipes para atendimento especializado, com um investimento de R$ 15 milhões ao ano. ..

Centro de Valorização da Vida e Ministério da Saúde garantem parceria para ampliar atendimento

O Ministério da Saúde, desde 2015, tem uma parceria com o Centro de Valorização da Vida (CVV), que começou com um projeto-piloto e realiza apoio emocional e prevenção do suicídio, atendendo voluntária e gratuitamente todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo por telefone, e-mail, chat e voip 24 horas todos os dias.

O objetivo da parceria é ampliar gradualmente a gratuidade de ligações para o CVV, mesmo que por celular, por meio do número 188. Além do Rio Grande do Sul, a partir de 1º de outubro, pessoas de mais oito estados poderão ligar gratuitamente para o serviço: Acre, Amapá, Mato Grosso do Sul, Piauí, Santa Catarina, Rio de Janeiro, Rondônia e Roraima...

Ministério da Saúde estuda retirar insulina do programa Farmácia Popular

O Ministério da Saúde estuda retirar a insulina do Aqui Tem Farmácia Popular, caso o preço pago pelo produto não seja reduzido. A medida faz parte de uma estratégia da pasta para restringir o orçamento do programa, criado durante o governo petista e que beneficia mensalmente uma média de 9,8 milhões de pessoas. 

Pela proposta, a que o jornal O Estado de S. Paulo teve acesso, a distribuição do produto passará a ser feita somente nos postos de atenção básica caso não haja uma redução nos valores pagos pelo Ministério da Saúde às farmácias. Estimativas de mercado indicam que 30% do acesso à insulina no Brasil é feito por meio das farmácias credenciadas ao programa...

Ministério da Saúde declara fim do surto de febre amarela no país

O Ministério da Saúde anunciou hoje (6) o fim do surto de febre amarela no país. Desde junho, quando foi confirmado o último caso no Espírito Santo, o Brasil não tem registros da doença. Segundo a pasta, a prevalência da doença é nos meses de calor, entre dezembro e abril, e, com o fim dessa sazonalidade, a expectativa é que o número de casos diminua.

De acordo com o último boletim epidemiológico, desde o início do surto, em 1º de dezembro do ano passado, até 1º de agosto deste ano, foram confirmados 777 casos e 261 óbitos por febre amarela. Outros 2.270 casos foram descartados e 213 permanecem em investigação. Além disso, 304 casos foram considerados inconclusivos...

Ministério da Saúde destaca trabalho de pesquisa e tuberculose da Fundação José Silveira

Responsável pela gestão do Biorrepositório no Brasil, a Fundação José Silveira (FJS) recebeu ontem (14) a visita de representantes do Ministério da Saúde, que vieram conhecer as instalações e o funcionamento do projeto mundial que coleta e armazena informações sobre a cura entre os pacientes e a ocorrência de tuberculose ativa entre contatos.

O presidente e a superintendente da FJS, Dr. Geraldo Leite e Leila Brito, juntos com a equipe do Centro de Pesquisa da FJS que atua no Biorrepositório, recepcionaram e acompanharam os visitantes. O epidemiologista do setor de Informações Estratégicas do Programa Nacional de Controle da Tuberculose, Kleydson Andrade, destacou a importância da FJS no projeto e a qualidade do Biorrepositório sediado na instituição. "Esse é um dos consórcios de pesquisas mais robustos do Brasil, em termos de qualidade de amostra"...