RedeGN - Sempre ligado.

Foram encontrados 341 registros para a palavra: PSB

“O PSD não abre mão de seu espaço na chapa”, diz Otto

Presidente do PSD na Bahia, o senador Otto Alencar criticou duramente, em entrevista exclusiva à Tribuna, o “desprestígio” que hoje a Bahia tem, segundo ele, com o governo federal. “Para fazer uma comparação do desprestígio que o governo Michel Temer teve com a Bahia, o governo dele deu quatro ministérios para Pernambuco. Alagoas tem dois. Ou seja, dois estados que somados não chegam a metade do PIB da Bahia. Os dois juntos têm seis ministérios. O governo Temer ignorou completamente o estado da Bahia. Marcou Rui Costa não passando quase nenhum recurso, mas o governador conseguiu administrar bem. Portanto, avalio como altamente positivo o governo de Rui Costa. Foi muito discriminado pelo governo Michel Temer”, disse o congressista. Ainda na entrevista, Otto disse que o secretário estadual de Desenvolvimento Econômico (SDE) e ex-governador da Bahia, Jaques Wagner, é o melhor nome do PT para ser candidato a presidente, se Lula for barrado pela Justiça. “Tem um conhecimento muito grande do Brasil. Tem uma vocação natural para fazer um governo bem voltado para as questões sociais do país. Acho que ele mostrou isso quando foi governador. É um nome que tem condições para ser presidente do Brasil”, avaliou o senador, que também refirmou o espaço do PSD na chapa majoritária de Rui. ..

Carlos Neiva, em noite concorrida, se filia ao PSB

Na noite desta sexta-feira, 23, aconteceu no Grande Hotel em Juazeiro, a filiação do empresário Carlos Neiva ao PSB. Numa solenidade bastante prestigiada, Carlos contou com a presença de diversas autoridades, entre elas, da Senadora Lídice Da Mata, além da presença de mais de doze partidos, ONG´s e a imprensa.

Representando a Prefeitura de Juazeiro e o PCdoB, Gílson Araújo falou sobre a filiação de Neiva e o elogiou: “Carlos é um cidadão do bem e honrou o PCdoB enquanto filiado” disse ele. Quem marcou presença também foi o deputado federal Bebeto Galvão, do PSB, que saudou a chegada de Carlos ao partido: “Ficamos felizes com sua chegada, seu compromisso e sua trajetória” falou...

Senadora Lídice da Mata vem a Juazeiro para abonar filiação de Carlos Neiva ao PSB

Agora é oficial o empresário e ex-secretário de Turismo da Prefeitura Municipal Carlos Neiva postou em seu facebook a informação de que a Senadora do PSB (BA), Lídice da Mata desembarca na próxima quinta-feira (21), em Juazeiro, e na sexta-feira (22) ministrará palestra no Grande Hotel, com o tema: "Em Defesa da Democracia, com Retomada de Crescimento e Inclusão Social", oportunidade em que prestigiará a filiação de novos membros da legenda na cidade, inclusive, o seu acesso ao Partido Socialista Brasileiro.

“É isso aí meus amigos, um tempo novo se inicia em minha vida, me filiarei ao PSB e conto com a presença de todos vocês neste momento. Vamos trocar umas ideias com a Senadora Lídice da Mata, com várias lideranças, ouvir boa música e falarmos sobre presente e futuro... Abraço e até lá!” expressou Carlos Neiva. ..

Carlos Siqueira é reeleito presidente nacional do PSB

O 14º Congresso Nacional do PSB reelegeu, neste sábado (3), em Brasília, o atual presidente Carlos Siqueira para o triênio 2018-2021. Siqueira foi reconduzido por aclamação, em chapa única. Com Siqueira foram eleitos os 161 novos membros do diretório nacional. Após o encerramento do congresso, o diretório escolheu a nova Comissão Executiva Nacional do partido, com 43 integrantes.

Após a eleição, Siqueira agradeceu aos socialistas pelo apoio nesses três anos em que esteve à frente do partido e destacou a unidade demonstrada nos debates e nas decisões durante o Congresso realizado no Centro Internacional de Convenções do Brasil. “Quero agradecer a vocês, que são grandes responsáveis pelo sucesso desse congresso, o maior que o partido já realizou em número de delegados. Vocês são responsáveis também pela unidade partidária que se expressou aqui nesses três dias”, disse Siqueira, diante dos 1,3 mil delegados...

Sílvio Costa: "povo não vai entender a aliança do PT com o PSB"

Pré-candidato ao Senado, o deputado federal Sílvio Costa (Avante) participou de ato político, sexta-feira (23), em Santa Cruz do Capibaribe, quando assinou a filiação ao Avante do ex-prefeito e  pré-candidato a deputado estadual, José Augusto Maia (ex-Podemos). Em entrevista a rádios locais, Sílvio Costa reafirmou o apoio às candidaturas do senador Armando Monteiro (PTB) ao governo do Estado e de Lula à presidência da República.

Em crítica à possível aliança entre PT e PSB, Sílvio Costa lamentou que o PT vá descartar a pré-candidatura de Marília Arraes. "Rifar a candidatura de Marília Arraes (PT) é gerar uma contradição que o povo não vai entender: golpistas e golpeados juntos", disse Sílvio.

O deputado relembrou dois episódios que realçam o conflito de posições e interesses caso se confirme a aliança. "O prefeito Geraldo Júlio (PSB, Recife) chegou a dizer "temos de tirar essa mulher", citando Dilma, e o aliado Jarbas Vasconcelos (MDB) afirmou que o ex-presidente Lula tinha que ir para a Papuda. Como vão explicar essa aliança agora? ", declarou Sílvio Costa em entrevistas a rádios na cidade.

Na visita a Santa Cruz do Capibaribe, Sílvio Costa - foi acompanhado pelo também deputado federal Ricardo Teobaldo (Podemos) -, vereadores e lideranças políticas e comunitárias que declararam apoio à sua pré-candidatura ao Senado. "Política é um exercício permanente de esperança. É aglutinação, paciência e tolerância para unir as pessoas. É uma construção a serviço do povo, não é uma profissão. É uma representação, e o Brasil vive uma crise de representação, mas acredito que vem por aí uma onda de renovação", avaliou Sílvio Costa...

Gonzaga Patriota reassume comando do PSB em Petrolina

Foi validada pela Justiça Eleitoral na última quarta-feira (24) a diretoria do comitê provisório do Partido Socialista Brasileiro (PSB), em Petrolina. O deputado Gonzaga Patriota volta a presidência da legenda e tem como vice o deputado estadual Lucas Ramos. "Tenho o cuidado, na minha vida pública, de permanecer em partidos políticos de verdade. Passei mais de 20 anos no MDB (Movimento democrático Brasileiro) e estou há 27 anos no PSB. Agradeço esta condução, ao partido. No próximo mês de março chamaremos os Socialistas Petrolinenses, para que possamos juntos, realizar um grande trabalho", declarou Gonzaga. ..

Julio Lóssio se coloca como terceira via na polarização aberta entre o governador Paulo Câmara (PSB) e Fernando Bezerra Coelho

Ex-prefeito de Petrolina, Julio Lóssio participou do primeiro encontro realizado pela Rede, ontem, para discutir sua filiação partidária e se apresentar como pré-candidato ao governo do estado. Ele será o primeiro postulante da legenda ao Palácio das Princesas e defenderá o palanque presidencial da ex-ministra Marina Silva. Após se licenciar do MDB, partido que recebeu em seus quadros o senador Fernando Bezerra Coelho, seu principal adversário político, Lóssio defendeu a apresentação de uma agenda pós-Eduardo Campos que seja capaz de discutir o futuro e as mudanças necessárias para o estado.

Lóssio se colocou como terceira via na polarização aberta entre o governador Paulo Câmara (PSB) e Fernando Bezerra Coelho. “Eu tenho até uma relação boa com o governador, ele é uma pessoa do bem, diferente de alguns adversários dele, mas penso que esse ciclo do PSB está se esgotando. Por outro lado, esse grupo de oposição que se uniu agora governou Pernambuco muitas vezes, esteve no poder e todos comiam na cartilha de Eduardo, o único que não fez isso fui eu. Então, penso que a gente pode olhar para frente e não ficar discutindo se o projeto de Eduardo acabou ou não. FBC agora quer ser filho de Eduardo, veja que coisa” provocou...

Executiva Estadual do PSB reafirma apoio à Rui Costa

O PSB da Bahia votará em Rui Costa (PT), porque sua candidatura à reeleição representa a melhor opção para a esquerda baiana. E reconhece nele um gestor eficiente. A nossa posição é coerente com a nossa história política, onde estivemos sempre: na esquerda. 

Vale lembrar que em 2006, nos posicionamos favoravelmente à candidatura de Jaques Wagner ao Governo do Estado antes mesmo do seu próprio partido. Ajudamos a Bahia a encerrar um ciclo triste, de autoritarismo e conservadorismo, pois acreditávamos no projeto capitaneado por Wagner como o melhor para a Bahia e para o povo baiano...

O recalque de Fernando Bezerra Coelho foi ter sido preterido por Eduardo Campos, diz Waldemar Borges

Desde que a Associação Petrolinense de Amparo à Maternidade e à Infância (Apami) anunciou na terça-feira (8), a suspenão por tempo indeterminado dos atendimentos e justificando que houve sucessivos atrasos nos repasses do governo estadual, a troca de farpas entre o o senador Fernando Coelho com o governador Paulo Câmara (PSB), tem aumentado

Fernando é pré-candidato ao governo contra Paulo Câmara, seu ex-aliado. FBC tem criticado o governador adotando um discurso para tentar afastar a imagem de Paulo Câmara da de Eduardo Campos, seu antecessor e padrinho político. O senador tem dito que o projeto de Eduardo foi interrompido. A resposta veio através de uma carta de um dos deputados do PSB...

Fernando Filho garante que seu destino é o PMDB

O ministro das Minas e Energia, Fernando Filho (sem partido), revelou, nessa quarta-feira (3), que deverá ingressar no PMDB. Após rumores darem conta que o auxiliar do presidente Michel Temer (PMDB) poderia ir para o DEM e mais recentemente para o PR, o auxiliar garante que o seu destino é a agremiação do presidente Michel Temer (PMDB).

Nessa quarta, ele acenou que o desembarque no partido pai e senador Fernando Bezerra Coelho (PMDB) será o provável. "O PMDB é o caminho natural", resumiu o ex-socialista, durante o enterro do empresário e ex-ministro Armando Monteiro Filho. De acordo com Fernando, a demora em ingressar na legenda se dá em virtude do imbróglio jurídico pelo controle da legenda travado entre o grupo político dos Coelho e o atual presidente estadual do PMDB, o vice-governador Raul Henry. "Estamos aguardando o desenrolar", disse...

Fernando Bezerra diz que Oposição só vai bater o martelo em abril

Em briga interna com o vice-governador Raul Henry pelo controle do PMDB, o que será decisivo para suas pretensões majoritárias, o senador Fernando Bezerra Coelho afirmou, que até abril a oposição terá um palanque mais claro. Em visita à Folha de Pernambuco, onde foi recebido pela editora-chefe, Patrícia Raposo, Bezerra disse que o bloco realizará, pelos menos, dois atos no Estado (Petrolina e Caruaru) e que após os eventos será realizada uma reunião para definir estratégias.

"Em abril, após definição da janela partidária, vamos sentar e ver a melhor estratégia. Se será melhor uma candidatura ou duas. Estamos fazendo esforço para que seja só uma", admitiu o parlamentar que também demonstrou mais uma vez confiança de que até o começo do ano a situação judicial estará equalizada internamente no MDB. ..

PSB vai ao STF para defender limite de autofinanciamento em campanhas eleitorais

O Partido Socialista Brasileiro (PSB) ingressou com uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin) no Supremo Tribunal Federal (STF) para evitar que candidatos mais ricos tenham vantagens sobre os adversários com menos recursos durante a campanha eleitoral. Pelas regras vigentes, o candidato poderá financiar até 100% da própria campanha, dentro do limite estipulado para cada cargo. No caso do presidente da República esse valor é de R$ 70 milhões, e no de governador de R$ 21 milhões nos estados com mais de 20 milhões de eleitores.

Quanto mais dinheiro um candidato tem mais ele investe na própria campanha e, como consequência, mais chances terá de vencer a disputa eleitoral, alega o partido na Adin nº 5.821. “Isso transforma as disputas eleitorais em verdadeiro leilão, situação na qual vence quem pode pagar mais”, afirma o presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira. A proposta de reforma política aprovada no Congresso eliminava o autofinanciamento de campanha, previsto na Lei 13.165 de 2015, mas um veto do presidente Michel Temer garantiu a vantagem para os candidatos mais ricos...

Miguel Coelho é destituído do comando do PSB de Petrolina

Por unanimidade, o diretório estadual do Partido Socialista Brasileiro (PSB) destituiu o prefeito de Petrolina, Miguel Coelho (PSB), do comando da legenda no município. A decisão foi tomada na noite de ontem segunda-feira (13), em reunião da instância partidária. 

Assume o comando da comissão provisória da sigla o deputado federal Gonzaga Patriota. A vice do colegiado será liderada pelo deputado estadual Lucas Ramos (PSB), que fez o pedido de destituição do correligionário. O motivo do afastamento é o projeto do grupo do gestor municipal que bate de frente com a reeleição do governador Paulo Câmara...

TRE-PE indefere ação que proíbe uso da imagem de Miguel Arraes pelo PSB

O Partido Socialista Brasileiro em Pernambuco conseguiu, na Justiça Eleitoral, garantir o uso da imagem do ex-governador Miguel Arraes nas inserções partidárias da legenda. A decisão foi proferida, na última terça-feira (31), pelo desembargador José Henrique Coelho Dias da Silva, relator do processo. Na decisão, o representante do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) destaca que o uso da imagem do ex-governador Miguel Arraes nos programas do PSB não ofendeu a dignidade de sua memória, mas teve caráter informativo e histórico.

A decisão do desembargador frisa que a história de Arraes se confunde com a história da própria agremiação, tanto é que a sede do PSB em Pernambuco tem o nome do ex-governador. "Entendo ainda que não houve intenção eleitoreira, nem desvirtuamento da propaganda eleitoral, pelo que não há elemento a justificar proibição da veiculação das peças de propaganda atacadas por meio de redes sociais e internet, nem tampouco proibição genérica de sua utilização, o que, pelo entendimento reiterado desta Corte, configuraria censura prévia", relatou, indeferindo o pedido de proibição da imagem...

Fernando Filho deve ser expulso hoje do PSB

O futuro do ministro de Minas e Energia, Fernando Filho, e mais três dissidentes do PSB será selado em reunião do Diretório Nacional da agremiação, nesta segunda-feira (16), às 19h, em Brasília.

Alvos de processo disciplinar no Conselho de Ética, desde maio deste ano, as lideranças negociam seus passes há meses com PMDB e DEM, mas se recusam a deixar as hostes socialistas antes do prazo final para desfiliação em março do ano que vem, por receio de perder o mandato por infidelidade partidária. O processo disciplinar contra os parlamentares foi aberto por provocação dos movimentos sociais da legenda, com base no voto dos legisladores em desacordo com a posição partidária na reforma trabalhista...

Gonzaga Patriota anuncia que voltará a assumir presidência do PSB em Petrolina em reunião com lideranças

O deputado federal Gonzaga Patriota (PSB-PE) reuniu-se a lideranças de Petrolina em seu escritório municipal, na manhã deste sábado (07). Com o grupo, o parlamentar discutiu os cenários regional e nacional, reforçou seus posicionamentos e lançou-se pré-candidato a reeleição, anunciando ainda que deverá voltar à presidência do PSB em Petrolina.

Patriota revelou que, em comum acordo com o deputado estadual Lucas Ramos (PSB), o governador Paulo Câmara e todo grupo do Partido Socialista Brasileiro, voltará a comandar a sigla na cidade. O acordo foi discutido após a saída do grupo do senador Fernando Bezerra Coelho - atualmente no PMDB - da legenda local...

Relator de dissolução do diretório do PMDB Pernambuco não sabe data para concluir processo

É de Petrolina, já foi ligado ao ex-prefeito Júlio Lóssio e hoje está assessorando o prefeito do município, Miguel Coelho, o autor do pedido de dissolução do diretório estadual de Pernambuco: Orlando Tolentino. Seu nome foi confirmado durante o encontro da executiva nacional do PMDB, no qual o presidente estadual, Raul Henry, contestou juridicamente a medida.

No final do encontro, o presidente Romero Jucá acatou o pedido de Tolentino e designou o deputado Baleia Rossi, do PMDB de São Paulo, No pedido que assinou, Orlando Tolentino alegou insuficiência de desempenho eleitoral do PMDB para justificar a dissolução, premissa rebatida pelo presidente estadual da sigla, o vice-governador Raul Henry, acrescentando que, em 2016, a sigla conseguiu eleger 17 prefeitos, 15 vices e 160 vereadores. O relator afirmou que vai buscar a unidade em Pernambuco. No entanto, não marcou a data em que irá apresentar o seu parecer...

Fernando Bezerra Coelho responde a Jarbas Vasconcelos

O deputado Jarbas Vasconcelos (PMDB) ocupou a tribuna da Câmara na tarde de terça-feira (12) para falar sobre o ingresso do senador Fernando Bezerra Coelho no PMDB. Após fazer um histórico da sua vida e de Fernando Bezerra que, segundo ele, "tem uma história marcada por adesismo de ocasião", o deputado afirmou que a forma pela qual o senador ingressou no partido tem nome: "traição".

Jarbas também afirmou que o PMDB de Pernambuco foi uma trincheira de resistência democrática ao regime ditatorial. "Vamos resistir e vamos recorrer a todas as instâncias políticas e legais para impedir que o partido se transforme numa extensão familiar dos interesses de Fernando Bezerra Coelho e companhia", disse...

Jarbas Vasconcelos promete resistir e impedir que PMDB se transforme em extensão familiar dos Coelhos e cia

O deputado Jarbas Vasconcelos (PMDB) ocupou a tribuna da Câmara na tarde desta terça-feira (12) para falar sobre o ingresso do senador Fernando Bezerra Coelho no PMDB. Após fazer um histórico da sua vida e de Fernando Bezerra que, segundo ele, “tem uma história marcada por adesismo de ocasião”, o deputado afirmou que a forma pela qual o senador ingressou no partido tem nome: “traição”.

Jarbas também afirmou que o PMDB de Pernambuco foi uma trincheira de resistência democrática ao regime ditatorial. “Vamos resistir e vamos recorrer a todas as instâncias políticas e legais para impedir que o partido se transforme numa extensão familiar dos interesses de Fernando Bezerra Coelho e companhia”, disse...

Vice Governador de PE, Raul Henry, acusa FBC de ser traidor e que grupo do PMDB vai para o enfrentamento

O vice-governador de Pernambuco e presidente da executiva estadual do PMDB, Raul Henry, fez duras críticas ao processo de ingresso do senador Fernando Bezerra Coelho no partido e à possível perda do comando da legenda para o novo integrante. Em entrevista Henry voltou a falar em "violência contra a história da legenda", disse que o grupo "vai lutar" e chamou, ainda, o senador de "traidor".

Questionado se a iniciativa seria uma retaliação da executiva nacional à postura do deputado federal Jarbas Vasconcelos em favor da denúncia do presidente Michel Temer (PMDB), Raul Henry disse acreditar as duas coisas parecem não ter relação. "Agora é uma coisa diferente, uma articulação do senador Fernando, uma coisa absolutamente desleal, traiçoeira, indigna da parte dele, mas não vamos aceitar. Me parece que com essa só confirma a fama de traidor que ele conseguiu cultivar aqui em Pernambuco. Não vamos admitir, nós vamos para a luta e para o enfrentamento", disparou...