RedeGN - Sempre ligado.

Foram encontrados 29 registros para a palavra: segundo pesquisa

Violência e assédio são as principais preocupações de brasileiras, segundo pesquisa

Violência e assédio são as principais preocupações de brasileiras, segundo pesquisa encomendada pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban), durante a qual foram ouvidas 3 mil mulheres nas cinco regiões do País. Apesar de 56% das entrevistadas afirmarem que a questão da igualdade de gênero no Brasil melhorou, a violência e o assédio (40%), seguidos do feminicídio (26%) e da desigualdade de direitos e oportunidades, são os principais pontos negativos.

Um terço (31%) indica o machismo como principal causa para o País ocupar a quinta posição em mortes violentas de mulheres – a percepção é maior entre mulheres negras. Em entrevista ao Jornal da USP no Ar 1ª Edição, Luz Gonçalves Brito, doutora em Antropologia, pós-doutoranda no Núcleo de Estudos da Violência (NEV) e na Escola de Comunicações e Artes da USP, pesquisadora do Projeto de Observatório de Direitos Humanos em Escolas (PODHE), avalia o estudo...

Conflito entre Rússia e Ucrânia pode afetar o orçamento doméstico, segundo pesquisadora

A Faculdade de Petrolina - FACAPE, tem acompanhado junto aos seus professores e pesquisadores os acontecimentos no leste europeu, especialmente o conflito entre Rússia e Ucrânia.

A economista, professora e coordenadora do Colegiado de Economia da Facape, Socorro Macedo, explica como a guerra entre Rússia e Ucrânia afeta o Brasil e a região do Vale de São Francisco...

"Obrigado, Sobradinho": Prefeito Cleivinho Sampaio é aprovado por 75,94% da população, segundo pesquisa do Instituto Séculus

De acordo com uma pesquisa realizada pelo Instituto Séculus Análises e Pesquisas, sob encomenda do Bahia Notícias, a gestão do Prefeito de Sobradinho, Cleivynho Sampaio, foi aprovada por 75,94% dos eleitores do município. Segundo o levantamento, 16,89% desaprovam a gestão e 7,17% não opinaram.

A atual administração foi avaliada como ótima por 21,33% das pessoas, 43,69% avaliaram como boa, e 15,36% como regular, o que representa 80,38% de aceitação. ..

Variante Ômicron provoca aumento de casos de Covid-19 em Juazeiro e Petrolina, segundo pesquisa

 A Faculdade de Petrolina – Facape, divulgou nesta quarta-feira (3), a pesquisa publicada periodicamente pelo Colegiado do Curso de Economia que apontou a variante Ômicron como responsável pelo aumento na quantidade de casos registrados no mês de fevereiro, em especial nas três primeiras semanas do mês, com recordes diários, semanais e mensal de casos.

 Em Petrolina foram 10.098 novos casos contra 4.014 no mês anterior, ou seja, 152%. Em Juazeiro,  foram 3.914 contra 682, aumento de 473%...

Um terço dos brasileiros perdeu um amigo próximo na pandemia, segundo pesquisa

Uma pesquisa revelou um dado assustador na pandemia: um terço dos brasileiros perdeu um amigo próximo e 16%, alguém da família. Praticamente metade (47%) tem alguém não tão próximo que morreu em decorrência da covid-19.

O percentual dos que conhecem alguém que perdeu a batalha para o novo coronavírus chega a 86%...

Volta do horário de verão tem apoio de 55% dos brasileiros, segundo pesquisa Datafolha

Mais da metade dos brasileiros é a favor da volta do horário de verão, segundo pesquisa Datafolha realizada de 13 a 15 de setembro. Segundo o instituto, 55% apoiam a iniciativa. Outros 38% rejeitam adotar o sistema em que os relógios são adiantados em uma hora durante uma parte do ano para que haja uma hora a mais de claridade durante o dia.

Os demais são indiferentes ou não souberam responder. Pesquisa Datafolha sobre o tema feita em setembro de 2017 mostrou que 58% aprovavam o programa, e 35% eram contra...

Cesta básica custa cerca 40% de um salário mínimo segundo pesquisa da Facape

A Faculdade de Petrolina-Facape, fechou a pesquisa do custo da cesta básica comparando os preços do mês abril de 2021 com o de março do mesmo ano. Neste boletim os resultados mostram que o custo da cesta básica instituída foi de R$420,73 em Juazeiro e de R$ 446,78 em Petrolina/PE.

Sobre o comportamento em relação a março o custo na cidade pernambucana é maior com 3,81% em relação a cidade vizinha com 3,42%. O colegiado de economia da Facape que coordena a pesquisa, observou que nos últimos 8 meses do ano, os alimentos acumularam alta de 15,58% em Juazeiro/BA e 23,25% em Petrolina/PE...

"Em Juazeiro e Petrolina itens que compõem o custo da cesta básica apresentam aumento de preços nos últimos 6 meses", segundo pesquisa da Facape

A Faculdade de Petrolina – Facape, fechou a pesquisa do  custo da Cesta Básica a comparando os preços nos meses de Fevereiro e Janeiro de 2021.

 A pesquisa foi retomada no mês de agosto do ano passado e, neste boletim, a comparação ocorre entre o mês de Fevereiro com Janeiro de 2021. Os resultados mostram que o custo da Cesta Básica em Juazeiro  foi de R$ 417,72 e em Petrolina  foi de R$ 444,09...

Mortalidade por covid-19 em Juazeiro é superior a Petrolina, segundo pesquisa da Facape

O colegiado de economia da Facape divulgou no sábado (9), pesquisa  da evolução da Covid-19 no Vale do São Francisco na última semana. Os dados apontam que a cidade de Juazeiro apresenta até então taxa de mortalidade superior a Petrolina, enquanto o município pernambucano apresenta 1,2%, a cidade baiana apresenta 1,8%.

Apesar da inferioridade na taxa de mortalidade, Petrolina ainda supera Juazeiro no número de casos confirmados. Foram 125 novos casos apenas na última semana, totalizando 12.884 casos confirmados sendo 2.401 casos ativos.  Em contrapartida, Juazeiro apresentou apenas 25 novos casos, chegando a um total de 7.825 casos confirmados e 2.150 casos ainda ativos...

Eleições 2020: Segundo pesquisa do Jornal A Tarde, Suzana lidera com folga em Juazeiro

A pesquisa foi realizada entre os dias 26 e 29 de outubro, com 600 entrevistas presenciais, das quais 435 na sede do município e 165 dos distritos. A margem de erro é de 4 pontos percentuais e o nível de confiança, de 95%. O levantamento foi registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o nº BA-02877/2020.

A diferença de 30 pontos percentuais de Suzana para Bomfim se repete na espontânea, quando os nomes dos postulantes não são apresentados às pessoas entrevistadas. A ex-vereadora tem 42% das intenções de voto, contra 12% do prefeito. O cenário é pouco usual em municípios onde o atual chefe do Executivo tenta a reeleição, segundo o estatístico e especialista em marketing político Zeca Martins, diretor da Potencial Pesquisa...

Cai o número de casos de coronavírus em Petrolina e Juazeiro no mês de Agosto, segundo pesquisa da Facape

O Colegiado do Curso de Economia da FACAPE  analisando o avanço da Covid-19 no Vale do São Francisco, comparou  os índices de notificações de contaminação em agosto e julho e constatou quedas na quantidade de novos casos, sendo que em Juazeiro, na Bahia, a redução foi maior. Juazeiro passou de 1.930 novos casos em julho para 1.227 novos casos em agosto.

Em Petrolina, no sertão de Pernambuco,  passou de 1.912 novos casos em julho para 1.387 em agosto. Além disso, a quantidade de novos casos em agosto, em Petrolina foi superior a de Juazeiro (1.387 e 1.227, respectivamente)...

Mercado global de beleza masculina deve alcançar US$ 78,6 bilhões em 2023, segundo pesquisa

Um levantamento realizado pela Research & Markets apontou que o mercado global de beleza masculina deve alcançar US$ 78,6 bilhões em 2023. Somente em 2017, o valor alcançado foi de US$ 57,7 bilhões. Já o mercado brasileiro de produtos e cuidados pessoais masculinos representa 13% das vendas globais e entre 2012 e 2017, as vendas no setor cresceram 70% no País, passando de  R$ 11,7 bilhões para 19,8 bilhões, segundo o último relatório da Euromonitor. Considerado o segundo maior mercado de beleza masculina do mundo, no Brasil as empresas criaram produtos e serviços específicos para esse público que envolvem desde vendas avulsas para cuidados pessoais como também a entrega de produtos por assinatura.  ..

Rui tem 51% na corrida para governador na Bahia, segundo pesquisa

Pesquisa do Instituto Real Time Big Data divulgada pela Rede Record/TV Itapoan esta manha mostra o governador Rui Costa (PT), candidato à reeleição, no cenário estimulado, liderando a corrida pelo Palácio de Ondina com 51% das intenções de voto. O candidato do DEM, José Ronaldo, aparece em segundo lugar com 18%. Ainda na pesquisa estimulada, João Henrique (PRTB) é o candidato que aparece em terceiro com 1%. Os candidatos Marcos Mendes (Psol), Orlando Andrade (PCO) e Célia Sacramento (Rede) têm, juntos, 2%. No levantamento espontâneo, em que os nomes dos candidatos não são apresentados, Rui Costa tem 34%. José Ronaldo, por sua vez, aparece com 10%. Os demais candidatos somam 1%, indecisos são 44% e os que vão votar nulo ou em branco representam 11%. A pesquisa foi registrada na Justiça Eleitoral sob o número BA-05201/2018, e contratada pelo próprio instituto Real Time Big Data. O levantamento ouviu 1.200 eleitores entre os dias 16 e 17 deste mês de agosto, tem nível de confiança de 95% e margem de erro de até 3% para mais ou para menos. ..

Procura por crédito cai 7,9% em setembro, segundo pesquisa Serasa

As empresas em todo o país reduziram a procura por crédito em 7,9% em setembro na comparação com agosto, segundo o Indicador Serasa Experian de Demanda das Empresas por Crédito. O recuo foi puxado pelas micro e pequenas empresas, que diminuíram a demanda por crédito em 8,2% no período.

As empresas de médio porte aumentaram o interesse em 0,1% e nas grandes empresas, a alta foi de 1% em relação a agosto...

Feijão, leite e farinha puxam alta da cesta básica em Petrolina e Juazeiro, segundo pesquisa

Após registrar queda, o valor da cesta básica voltou a subir em Petrolina e Juazeiro. É o que aponta a pesquisa realizada mensalmente pela Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina (Facape). No mês de abril, a cidade pernambucana registrou uma inflação de 2,63%, número bem superior ao de Juazeiro, que registrou inflação de 0,12%.

A farinha de mandioca, o leite e o feijão elevaram o preço da cesta básica nas duas cidades. Segundo informações do Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos), o período de entressafra diminuiu a oferta do leite, aumentando o valor dos seus derivados. No caso da farinha de mandioca, mesmo com a colheita normal atualmente, os preços ainda refletem um período anterior de menor oferta do produto...

Alimentos subiram mais de 10% em Petrolina e Juazeiro, segundo pesquisa

O Índice da Cesta Básica (ICB) do mês de novembro não traz uma boa notícia para os consumidores de Petrolina e Juazeiro: de acordo com a pesquisa, o preço dos alimentos subiu mais de 10% nas duas cidades. Essa é a primeira vez que o Colegiado de Economia da Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina (Facape) registra um aumento tão significativo, em 12 meses, desde o início da pesquisa.

O ICB apontou inflação de 14,29% em Petrolina e 15,16% em Juazeiro. O atual custo da cesta básica para os petrolinenses é de R$ 293,51, já para os moradores da cidade baiana, R$280,84. Segundo o coordenador da pesquisa, Dr. João Ricardo de Lima, esta última pesquisa confirmou a tendência de alta nos preços que já vinha acontecendo desde o mês de outubro...

Preço da cesta básica cai pelo segundo mês consecutivo em Petrolina e Juazeiro, segundo pesquisa da Facape

O preço da cesta básica caiu pelo segundo mês seguido em Petrolina e Juazeiro, segundo levantamento da Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina (Facape). De acordo com o Índice da Cesta Básica do Vale do São Francisco (ICB) do mês de julho, a deflação na cidade pernambucana foi de 3,83%, já do outro lado da ponte os preços diminuíram 3,02% no mês passado em comparação a junho.

De acordo com a pesquisa, o resultado de julho está relacionado com a forte redução do valor do tomate, considerado na maioria das vezes o responsável pela inflação da cesta básica. O aumento da oferta e a queda da demanda fizeram com que os preços diminuíssem. Já o pão e o feijão, que apresentaram uma queda em junho, voltaram a subir. A taxa de câmbio elevou o preço da farinha de trigo, a principal matéria prima do pão e que é praticamente importada. Já no caso do feijão, a mudança climática e o ataque da mosca branca foram os principais fatores que provocaram a queda na área de plantio e fizeram o preço subir mais de 20% este ano...

Crise hídrica e aumento das taxas de câmbio elevam preços da cesta básica em Petrolina e Juazeiro, segundo pesquisa da Facape

O custo da cesta básica subiu em Petrolina e Juazeiro, seguindo a tendência de grande parte do país, de acordo com o Índice da Cesta Básica (ICB) do mês de abril realizado pelo Colegiado de Economia da Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina (Facape). Em Juazeiro, a inflação foi de 2,45% e em Petrolina, que havia registrado uma queda nos preços no mês de março, foi de 4,19%. Os principais responsáveis pelo aumento nas duas cidades foram o tomate e o pão francês.

Devido à crise hídrica pela qual o país está passando e a redução da temperatura nas regiões produtoras, o tomate teve redução na colheita e, consequentemente, aumento no preço. Segundo o ICB, o produto sofreu uma inflação de 6,61% em Juazeiro e foi ainda maior na cidade vizinha, chegando a 12,36%. Como no Brasil a irrigação é muito utilizada na agricultura, as condições críticas dos reservatórios podem comprometer as próximas safras e elevar ainda mais o preço do tomate...

Preço da cesta básica cai em Juazeiro e sobe em Petrolina, segundo pesquisa da Facape

O Colegiado de Economia da Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina (Facape) divulgou a pesquisa sobre o valor da cesta básica no mês de fevereiro. O que chama a atenção nesse último levantamento é que os preços caíram em Juazeiro, mas os produtos ficaram mais caros em Petrolina. Na cidade baiana houve deflação de 2,61%, do lado pernambucano os preços registraram uma inflação de 0,10%.

Os números são resultado de uma comparação com o mês de janeiro. Entre os produtos mais caros, está o tomate, que sofreu aumento de 21,5% em Petrolina e 8,98% em Juazeiro. Os problemas na produção e a redução da área plantada resultaram numa oferta insuficiente para atender a demanda, assim o preço do item acabou subindo. Óleo de soja e feijão carioca também tiveram acréscimo no preço...

Custo da cesta básica cai em Petrolina e Juazeiro, segundo pesquisa

O Colegiado de Economia da Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina (Facape) divulgou mais um boletim da cesta básica de alimentação. A pesquisa, que é referente ao mês de agosto, apontou deflação de 0,21% em Juazeiro e 3,5% em Petrolina. Isso significa que os preços caíram em agosto na comparação com o mês de julho.

O tomate foi o item que mais contribuiu para a redução do custo da cesta básica, apresentando deflação de 13,08% em Juazeiro e 20,23% em Petrolina. Farinha de mandioca, óleo de soja e feijão tiveram um aumento de oferta, resultando na queda dos preços nas duas cidades. Já a carne e o leite foram os produtos que ficaram mais caros durante o mês de agosto...