RedeGN - Um terço dos brasileiros perdeu um amigo próximo na pandemia, segundo pesquisa

Um terço dos brasileiros perdeu um amigo próximo na pandemia, segundo pesquisa

Uma pesquisa revelou um dado assustador na pandemia: um terço dos brasileiros perdeu um amigo próximo e 16%, alguém da família. Praticamente metade (47%) tem alguém não tão próximo que morreu em decorrência da covid-19.

O percentual dos que conhecem alguém que perdeu a batalha para o novo coronavírus chega a 86%.

Os dados fazem parte da pesquisa Saúde Brasil, uma iniciativa do Centro de Pesquisa em Comunicação Política e Saúde Pública da Universidade de Brasília (CPS-UnB) e do Instituto Brasileiro de Pesquisa e Análise de Dados (IBPAD).

Segundo a pesquisa, apenas 14% das pessoas não conhecem ninguém que tenha se infectado e não sobreviveu. Para 4%, a morte foi bem próxima, de alguém dentro de casa. “A morte por covid ficou cada vez mais perto das pessoas, em círculos mais próximos”, afirma Wladmir Gramacho, coordenador do CPS-UnB.

Para os resultados obtidos, foram entrevistadas 1.006 pessoas de todos os estados brasileiros, entre os dias 29 de setembro e 08 de outubro em uma amostra representativa da população brasileira com acesso a internet. A pesquisa tem margem de erro de 3 pontos percentuais em um intervalo de confiança de 95%.

Correio Braziliense Foto Ilustrativa arquivo PMP