RedeGN - No Rodeadouro, volume do rio São Francisco já "uniu" lados de Juazeiro e Petrolina

No Rodeadouro, volume do rio São Francisco já "uniu" lados de Juazeiro e Petrolina

O Reservatório de Sobradinho atinge, nesta segunda-feira (24), vazão de 4.000 m³/s, maior índice desde 2009. Há algumas semanas, a Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf) vem realizando, gradativamente, o aumento da quantidade de água liberada, chegando, portanto, a essa patamar hoje.

Conforme vem mostrando a RedeGN, a paisagem das cidades de Juazeiro-BA e Petrolina-PE tem mudado bastante, principalmente nas comunidades ribeirinhas, cujas atenções se voltaram nessas últimas semanas, em virtude do risco eminente de inundação - algo, que, inclusive, já foi comprovado. Um exemplo disso é o balneário da Ilha do Rodeadouro.

Um dos principais pontos turísticos da região do Vale do São Francisco está coberto de água. Nos espaços onde ficavam montadas as barracas que recebiam municípes e turistas, agora só se vê o topo delas. O volume subiu tanto que o rio que passa do lado de Juazeiro, agora já se encontra com as águas que correm do lado de Petrolina, conforme mostram arquivos recebidos pela RedeGN.

No dia 12 de janeiro, a Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf) iniciou de forma gradativa a elevação das vazões das usinas hidrelétricas de Sobradinho (BA) e Xingó (SE) até alcançarem a vazão de 4.000 m3/s. A Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) abriu as comportas da usina hidrelétrica de Três Marias, no dia 14 de janeiro.

O aumento das vazões no Rio São Francisco ocorre em decorrência do grande volume de chuvas nos estados da Bahia e Minas Gerais, que acontecem desde dezembro de 2021.

Da Redação RedeGN