RedeGN - Garoto de 11 anos é assassinado com quatro tiros em Sobradinho; prefeitura lamenta crime

Garoto de 11 anos é assassinado com quatro tiros em Sobradinho; prefeitura lamenta crime

Uma criança de 11 onze anos foi assassinada na na Vila São Joaquim, em Sobradinho, Norte da Bahia, na noite deste domingo (17). De acordo com a Polícia Militar, Guilherme da Silva Carvalho foi atingido por quatro disparos de arma de fogo.

De acordo com a 96º CIPM, o garoto era irmão de um homem acusado de vários furtos e porte ilegal de arma. “O assassino não conseguindo encontrar o irmão, Alexsandro da Silva Santos, que já tinha passagens pela polícia, teria atacado a criança, que no momento do crime estava, juntamente com um irmão, trancado em casa. As duas crianças estavam no portão da residência”, disse a PM.

A PM informou ainda que populares disse que o autor dos disparos teria parado em um carro branco na esquina da rua e que saiu do veículo para efetuar os disparos na porta da residência da família. Após os disparos, uma ambulância do Samu foi acionada e resgatou a criança, que foi encaminhada para o Hospital Municipal de Sobradinho, mas não resistiu aos ferimentos. O autor fugiu do local.

Prefeitura lamenta

O prefeito de Sobradinho lamentou a tragédia que tirou a vida do menino Guilherme Carvalho, de 11 anos, e se solidarizou com seus familiares. Veja a nota:

O Prefeito de Sobradinho, Regis Cleivys Sampaio Bento, profundamente chocado com a morte brutal do garoto Guilherme da Silva Carvalho, de 11 anos, ocorrida na noite deste domingo (17), lamenta a tragédia que abalou a comunidade sobradinhense, e se solidariza com seus familiares, neste momento de dor

Guilherme era aluno da Escola Municipal Maria Nilza e filho de um servidor da prefeitura.

Cleivynho Sampaio recomendou à equipe da Secretaria de Desenvolvimento e Assistência Social do Município que  acompanhe os familiares da criança, disponibilizando todo suporte necessário.

O gestor municipal está acompanhando as investigações e espera que este crime seja elucidado.

Da Redação RedeGN