RedeGN - Comissão Interna de Prevenção de Acidentes realiza primeiro carnaval da UPAE de Petrolina

Comissão Interna de Prevenção de Acidentes realiza primeiro carnaval da UPAE de Petrolina

Quando Seu Valdirei do Nascimento pegou o transporte vindo de Cabrobó para Petrolina, achou que seria mais um dia normal de atendimento na Unidade de Pronto Atendimento e Atenção Especializada de Petrolina (UPAE/IMIP). Mas, na verdade ele teve uma surpresa. 

Enquanto aguardava a consulta no ambulatório, ouviu de longe uma orquestra de frevo. O som foi se aproximando, o bloquinho chegando, e ele se deu conta que estava em uma prévia carnavalesca. 

Quem preparou o primeiro carnaval da UPAE foi a Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA), que já havia realizado outros eventos festivos no serviço e este ano resolveu se render às marchinhas. 

De acordo com a presidente da comissão Síngryd Lima, o carnaval também é uma festa cultural forte em Pernambuco que merece ser comemorada. "Carnaval é sinônimo de alegria e era esse sentimento que a gente queria compartilhar", ressalta. 

E não é que a inciativa deu certo? Seu Valdirei disse que a música "alegra até quem está doente". Evangélico, ele não deixou de se divertir e lembrar os velhos tempos.  "Já curti muito carnaval e a religião não impede que a gente aprecie", revelou. 

Por onde passou, o bloquinho da CIPA arranjou foliões e arrancou sorrisos. "Acho que todo mundo tem um carnavalesco dentro de si. Então, hoje deixamos ele ir para a folia", disse a presidente. 

A adesão dos funcionários e colaboradores foi bem positiva. "É muito bacana ver como as pessoas compram a nossa ideia. A família UPAE é sempre muito participativa", comemora Síngryd, já pensando nos próximos eventos. "Queremos fazer novamente o São João. Então, aguardem que teremos novidades", deixa como spoiler. 

Vale ressaltar que, durante o evento, a CIPA e o setor de Segurança do Trabalho realizaram um trabalho educativo com os pacientes, acompanhantes e usuários com relação às doenças sexualmente transmissíveis. Também houve distribuição de camisinhas. "A gente espera que as pessoas curtam os dias de festa que vêm aí, mas com moderação e responsabilidade", finaliza a presidente da CIPA.

Ascom