RedeGN - Sempre ligado.

Foram encontrados 84 registros para a palavra: violencia domestica

Patrulha da Mulher conduz homem à delegacia por descumprimento de medida protetiva em Petrolina

A equipe da Patrulha da Mulher da Guarda Civil de Petrolina foi acionada pela Central de Atendimento, no 153, para averiguar denúncia de descumprimento de medida protetiva. A denúncia foi registrada na Vila Chocolate, no bairro São Gonçalo, nesta segunda-feira (26).

Ao chegar ao endereço da vítima a equipe identificou o suspeito, que tem 36 anos. O mesmo tentou fugir da Patrulha, mas foi alcançado em um terreno baldio, localizado próximo a casa da mulher. No momento da abordagem, o homem apresentava sinais de embriaguez alcoólica e estava bastante agitado...

Patrulha da Mulher de Petrolina acompanhou 306 mulheres vítimas de violência doméstica no primeiro semestre deste ano

A Patrulha da Mulher, serviço desenvolvido pela Guarda Civil Municipal (GCM) de Petrolina, acompanhou 306 mulheres no município no primeiro semestre deste ano e realizou 1.465 visitas domiciliares. De acordo com o balanço, não houve registro de feminicídio entre as mulheres assistidas pelo Programa.

A Patrulha também realizou 54 notificações de descumprimentos de medidas protetivas, 23 prisões dos agressores em flagrante delito e 127 atendimentos de emergência. As ocorrências foram registradas através do canal de atendimento da GCM...

Homem descumpre medida protetiva e acaba preso em Juazeiro

Um homem foi preso em flagrante por equipes da Operação Ronda Maria da Penha (ORMP), na cidade de Juazeiro-BA, após descumprimento de medida protetiva de urgência. O caso ocorreu nesta quinta (22), quando o ex-companheiro entrou na casa da vítima

Os policiais chegaram na residência da mulher, situada no bairro de João Paulo II, após uma das assistidas acionar a guarnição. “Ela entrou em contato através do nosso WhatstApp, disponibilizado para este tipo de situação. Chegamos a tempo de realizar o flagrante, além de impedir que o agressor fizesse algo com a vítima”, contou a comandante da unidade, tenente PM Tatiane Carvalho da Silva. ..

Patrulha da Mulher prende homem que agrediu companheira em Petrolina

Um homem foi preso nesta terça-feira (20), após agredir e ameaçar a companheira em Petrolina-PE. O fato ocorreu no bairro Pedra Linda, e a guarnição da Patrulha da Mulher da Guarda Civil Municipal (GCM) foi acionada para atender a ocorrência de violência doméstica.

A denúncia foi feita pela a Central de Atendimento da GCM, através do 153, e informava que a mulher estaria sofrendo ameaças e agressões. Ao chegar no local a equipe abordou o homem de 38 anos, suspeito de realizar as agressões...

Senado aprova novas medidas contra violência doméstica

O Senado aprovou um projeto de lei (PL) que traz alterações na Lei Maria da Penha, cria o tipo penal “violência psicológica contra a mulher” e o programa Sinal Vermelho, dentre outras mudanças com vistas a proteger as vítimas de violência doméstica. O projeto segue para sanção presidencial.

O texto cria o tipo penal de violência psicológica contra a mulher. O crime se se caracteriza quando o agressor causar dano emocional à mulher, de tal forma que a prejudique e perturbe seu pleno desenvolvimento ou que vise a degradar ou a controlar suas ações, comportamentos, crenças e decisões, mediante ameaça, constrangimento, humilhação, manipulação, isolamento, chantagem, ridicularização, limitação do direito de ir e vir ou qualquer outro meio que cause prejuízo à sua saúde psicológica e autodeterminação...

Saiba como denunciar casos de violência doméstica contra mulheres em Petrolina

A Prefeitura de Petrolina, por meio da Guarda Civil Municipal (GCM), alerta à população sobre a necessidade de formalizar queixas de casos de violência doméstica contra a mulher. No município, a Patrulha da Mulher reforça que é possível pedir ajuda por meio de diversos canais.

Os casos de violência doméstica podem ser denunciados à GCM através dos números 153 e pelo whatsapp (87) 98106-7310. Tem ainda o canal criado pela Secretaria Nacional de Políticas para as Mulheres, que presta uma escuta e acolhida qualificada às mulheres em situação de violência através do número 180. Além desses contatos,  as mulheres que passarem por situações de violência devem procurar a Delegacia da Mulher e o Centro de Referência de Atendimento à Mulher (CEAM), este funciona no horário de 8h às 13h. ..

Casos de violência doméstica estão subnotificados na pandemia

O aumento do feminicídio e das concessões das medidas protetivas são fortes indicadores de subnotificação dos casos de violência contra as mulheres, além do próprio fenômeno da violência doméstica.

Pesquisadoras da Universidade Federal do ABC (UFABC) e integrantes da Rede Brasileira de Mulheres Cientistas (RBMC) explicam que esses dados mostram a importância dos serviços de proteção à mulher, que foram descontinuados com a pandemia e poderiam interromper o ciclo da violência...

Homem é detido e conduzido pela patrulha da mulher por violência doméstica no Pedro Raimundo

No último fim de semana, a equipe da Ronda Maria da Penha, da Guarda Civil de Petrolina, foi acionada pela Delegacia de Polícia Plantão para averiguar uma denúncia de violência doméstica, no bairro Pedro Raimundo.

A mulher de 42 anos, que se encontrava na delegacia, relatou ao policial que seu marido a agrediu fisicamente com uma cotovelada na boca e com xingamentos após uma discussão entre o casal...

Patrulha Maria da Penha da Guarda Civil de Petrolina monitora mulheres vítimas de violência doméstica

Nos primeiros quatro meses de 2021, a Patrulha da Mulher, serviço desenvolvido pela Guarda Civil Municipal de Petrolina, realizou 966 visitas domiciliares e atendeu 419 mulheres vítimas de violência doméstica. Essas mulheres possuíam medidas protetivas decretadas pelo Poder Judiciário.

O coordenador da Patrulha da Mulher, Inspetor Jenivaldo dos Santos, explica que a fiscalização que analisa a vigilância do cumprimento das medidas é feita com visitas domiciliares. Ou seja, o monitoramento é realizado de forma presencial com segurança e interação virtual com as vítimas. Ele destaca ainda que mais de três mil atendimentos já foram realizados desde a criação do programa em Petrolina...

Brasil ganha formulário nacional de avaliação de risco que será aplicado em casos de violência doméstica

Na última quarta-feira (5), foi sancionada a Lei 14.149 que instituiu o Formulário Nacional de Avaliação de Risco a ser aplicado às mulheres vítimas de violência doméstica e familiar.

A ferramenta, que foi elaborada por peritos brasileiros e europeus, tem o objetivo de identificar os fatores que indicam o risco de a mulher vir a sofrer qualquer forma de violência nas relações domésticas...

Violência doméstica cresce na pandemia e prefeitura reforça assistência às mulheres de Petrolina

Em meio à pandemia, uma dura realidade vivida por muitas mulheres se tornou ainda mais visível: a violência doméstica. Os casos vêm crescendo de forma substancial, principalmente, devido ao isolamento social quando as mulheres acabam ficando ainda mais expostas a situações de vulnerabilidade e agressões de parceiros.

Para barrar os números, a Prefeitura de Petrolina tem adotado medidas preventivas fundamentais no combate à violência doméstica e na proteção à mulher. Além das ações de prevenção, as atividades de acolhimento também têm ganhado reforço durante estes dias de isolamento social...

Patrulha da Mulher prende homem por violência doméstica no Residencial Monsenhor Bernardino

A Patrulha da Mulher da Guarda Civil Municipal (GCM), em Petrolina, entrou mais uma vez em ação e prendeu em flagrante, nesta quarta-feira (07), um homem por agredir sua companheira.

O fato ocorreu no Residencial Monsenhor Bernardino. Equipes da patrulha realizavam visitas de fiscalização das medidas protetivas no local, quando foi acionada por moradores para atender uma ocorrência de violência doméstica. Ao chegar ao endereço informado, a equipe constatou que a mulher tinha sido agredida fisicamente pelo companheiro. Os dois foram conduzidos para delegacia de Polícia Civil (PC) para que fossem tomadas as medidas cabíveis...

Canal no whatsapp oferece apoio jurídico, social e psicológico a vítimas de violência doméstica em Petrolina

O isolamento social recomendado como prevenção à covid-19 pode, em alguns casos, representar um risco para mulheres que permanecem em casa, porém sofrem diante do risco de violência doméstica.  Por isso, a Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos de Petrolina está ampliando os canais de atendimento para dar suporte jurídico, social e até psicológico às mulheres vulneráveis a esse tipo violência.

De acordo com a secretária executiva de Juventude, Direitos Humanos, Mulher e Acessibilidade, Bruna Ruana, a prefeitura ampliou os canais de atendimento e agora a secretaria também está disponibilizando atendimento pelo Whatsapp (87)99165-1803...

Núcleo de Atendimento Psicopedagógico da Facape inaugura nova estrutura e recebe aluna portadora de deficiência visual para apresentar TCC sobre violência doméstica

A nova sala do Núcleo de Atendimento Psicopedagogo da Facape (NAP) foi inaugurada nesta quinta-feira (17) e o momento contou com uma defesa de TCC muito especial. Ítala Santos de Brito Alves é aluna do curso de Direito e portadora de deficiência visual, a aluna recebe acompanhamento do NAP e apresentou seu trabalho de conclusão de curso, na inauguração do espaço.

A nova estrutura do Núcleo de Atendimento Psicopedagógico pretende trazer mais comodidade e conforto para atender a comunidade acadêmica em relação a dificuldade de aprendizagem e deficiências, além de atendimentos que necessitem de atenção sobre alunos e professores...

Policiais Militares do 5° BPM prendem indivíduo por violência doméstica e tráfico de droga no Residencial Parque São Gonçalo

Neste domingo (13), as GEs GATI 5.250 e 5.251 do 5º BPM receberam informações do Copom que no Residencial Parque São Gonçalo, em Petrolina, estaria em andamento a prática de violência doméstica contra uma mulher, sendo o agressor também bastante conhecido pelo tráfico de drogas naquela localidade.

Chegando à residência, foi abordado o imputado que informou apenas ter discutido com sua companheira, no entanto a mesma relatou aos policiais que fora agredida, que tais agressões eram constantes, e que desta vez o imputado teria, inclusive, subtraído seu aparelho celular para que ela não ligasse para a Polícia...

Com uso da inteligência artificial, mulheres já podem denunciar violência doméstica pelo WhatsApp na Bahia

Foi lançado o projeto piloto de um software que utiliza inteligência artificial (IA) para responder instantaneamente mulheres vítimas de violência doméstica e familiar. O projeto, batizado de “Zap Respeita as Mina”, pode ser acessado pelo WhatsApp.

A iniciativa, pioneira na área de enfrentamento à violência doméstica, atende mulheres por mensagens de texto. Ao acessar o "Zap Respeita as Mina", através do telefone (71) 9909-9322, as usuárias poderão pedir ajuda, em caso de emergência, enviando uma mensagem para uma das atendentes virtuais...

75ª CIPM divulga medidas de socorro à vítimas de violência doméstica em Juazeiro.

Com o advento e continuidade do isolamento social devido à pandemia causada pelo novo coronavírus (Covid-19), o número de casos registrados de violência doméstica cresceu drasticamente na federação, e por conta disso, o Comandante da 75ª CIPM sensível a essa questão, divulga algumas dicas julgadas essenciais para a mulher que necessita de socorro imediato, quando diante de uma ocorrência de violência doméstica, que em muitas das vezes envolve nos piores dos casos, espancamento, estrangulamento, uso de machado, pau,pedra, arma de fogo, facas, tesouras, etc., a saber:

1 - Peça ajuda e acione imediatamente através do 190, o serviço gratuito e de 24h, da 75ªCIPM/PMBA, fornecendo seu nome, endereço, circunstância e nome do agressor; ..

Presidente da Comissão da Mulher quer criar grupos para conscientizar autores de violência doméstica em Petrolina

A Presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher na Câmara Municipal, vereadora Cristina Costa protocolou, o Projeto de Lei nº 057/2020, que visa criar o Programa Tempo de Conscientizar, que institui a reflexão, conscientização e responsabilização dos autores de violência doméstica e grupos reflexivos de homens em Petrolina-PE.

O programa tem o objetivo de fortalecer a Rede de Enfrentamento à Violência contra a Mulher na cidade, além de ser um mecanismo complementar as ações da Patrulha da Mulher, criada por meio da lei n° 3020/2018 de autoria da parlamentar, que é uma defensora dos direitos das mulheres. ..

MILITARES DO 5° BPM PRENDEM INDIVÍDUO POR VIOLÊNCIA DOMÉSTICA E POSSE DE ENTORPECENTE E ARMA BRANCA NO BAIRRO GERCINO COELHO

Nesta quinta-feira (20), a equipe da GE 5.115/RONDESC Bravo do 5º BPM foi acionada pelo COPOM para averiguar uma ocorrência de violência doméstica no Bairro Gercino Coelho, em Petrolina.

Chegando ao local a vítima informou aos policiais que havia sido agredida com socos pelo seu companheiro, e também mostrou onde o mesmo se encontrava. ..

Sobradinho: Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social lança campanha contra a violência doméstica neste período de pandemia

A Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social, através da Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), lançou uma campanha para enfrentamento da violência doméstica durante a pandemia do novo coronavírus.

A campanha tem como objetivo sensibilizar a população sobre a necessidade da denúncia, como forma de proteção às mulheres que estão sofrendo violência neste período de isolamento social...