RedeGN - Sempre ligado.

Foram encontrados 70 registros para a palavra: diz ministro

Universidade deveria ser para poucos, diz ministro da Educação de Bolsonaro

O ministro da Educação, Milton Ribeiro, afirmou na noite desta segunda-feira (10) que a universidade deve ser para poucos. A declaração foi dada no programa Sem Censura, da TV Brasil, no qual o ministro também disse ter tomado um susto ao saber de algumas das atribuições do MEC (Ministério da Educação) quando assumiu o cargo no governo Jair Bolsonaro (sem partido) no ano passado.

Indagado sobre os institutos federais de educação, ciência e tecnologia, ele afirmou que serão as "vedetes do futuro"...

"Brasil não pode continuar com escolas fechadas", diz Ministro da Educação Milton Ribeiro

Repercute a fala do ministro da Educação, Milton Ribeiro, que defendeu em rede nacional o retorno dos estudantes às aulas presenciais nas escolas. Ribeiro fez um pronunciamento em rede nacional de rádio e TV e afirmou que a medida não pode ser mais adiada.

“Quero conclamá-los ao retorno às aulas presenciais. O Brasil não pode continuar com as escolas fechadas, gerando impactos negativos neste e nas futuras gerações”, disse. ..

Copa América comprova ser possível reabrir atividades, diz ministro da Saúde

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, disse HOJE (14) que a realização da Copa América no Brasil foi um sucesso em termos de protocolos preventivos contra a covid-19, de forma a provar ser possível vislumbrar a reabertura de atividades no país, em especial o retorno dos estudantes às salas de aula.

“Em relação à Copa América, tivemos sim uma prova de que é possível compatibilizar, mesmo dentro de um ambiente pandêmico, a prática de outras atividades que são importantes, porque o país não pode ficar o tempo inteiro parado. Caso contrário, não teremos arrecadação de imposto e o orçamento que aqui é reclamado não resultará em verba”, disse o ministro durante audiência pública da Comissão de Seguridade Social e Família, da Câmara dos Deputados...

Avião com 1,5 milhão doses de vacina Janssen chega amanhã, diz ministro da Saúde

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga anunciou, nesta segunda (21), em Brasília, que um avião com 1,5 milhão de doses da vacina contra Covid-19, da farmacêutica Janssen, deve chegar ao Brasil às 6h45 desta terça-feira (22), no aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP). 

O anúncio foi feito após uma previsão inicial, de receber 3 milhões de doses até 15 de junho, não ter sido confirmada. De acordo com o Ministério da Saúde, o envio foi cancelado pela própria Janssen, que não teria explicado os motivos...

Governo pagará mais três meses de auxílio emergencial, diz Ministro da Economia Paulo Guedes

O ministro da Economia, Paulo Guedes afirmou ao jornal Folha de S.Paulo que o auxílio emergencial será prorrogado por três meses. Segundo ele, a decisão considera que a população adulta estará vacinada contra a Covid-19 até outubro.

De acordo com o ministro, o presidente Jair Bolsonaro baterá o martelo sobre a medida após se informar com o Ministério da Saúde e receber a decisão do Ministério da Cidadania, que é responsável pela gestão do programa...

15,5 milhões de doses da vacina da Pfizer serão antecipadas, diz Ministro da Saúde

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, afirmou hoje (14) que será antecipada a entrega de 15,5 milhões de doses da vacina da Pfizer contra a covid-19.

“Trago para os senhores uma boa notícia: a antecipação de doses da vacina da Pfizer, fruto de ação direta do presidente da República, Jair Bolsonaro, com o principal executivo da Pfizer, que resulta em 15,5 milhões da Pfizer já no mês de abril, maio junho”, disse em pronunciamento após participar da segunda reunião do Comitê de Coordenação Nacional para Enfrentamento da Pandemia da Covid-19, no Palácio do Planalto, em Brasília...

"Não estou doente e continuo no cargo", diz ministro Pazuello

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, afirmou na tarde deste domingo (14) que continua no cargo e não sairá até que o presidente Jair Bolsonaro peça.

"Eu não estou doente, continuo como ministro da Saúde até que o presidente da República peça o cargo. A minha missão é salvar vidas”, disse ele por meio da assessoria do Ministério. ..

Valor médio de auxílio emergencial será de R$ 250, diz Ministro da Economia

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse hoje (8) que o valor médio do novo auxílio emergencial deve ser de R$ 250 por pessoa. A declaração foi dada em entrevista à imprensa no Palácio do Planalto, após reunião com o presidente Jair Bolsonaro para tratar da compra da vacinas contra covid-19. “É vacina, e justamente manter a economia em movimento, esta é a prioridade do governo”, disse.

A expectativa é que o valor comece a ser pago ainda neste mês, com a aprovação da Proposta de Emenda à Constituição 186/2019, a chamada PEC Emergencial. O texto possibilita o pagamento do auxílio com créditos extraordinários sem ferir o teto de gastos públicos...

"Greve caminhoneiros fracassou", diz ministro da Infraestrutura

Após movimento de paralisação dos caminhoneiros na segunda-feira (1), o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, disse que governo pretende seguir com agenda voltada para a categoria, mesmo que a greve tenha “fracassado”.

O movimento foi motivado pelo aumento do valor do diesel que, no fim de janeiro, sofreu reajuste de 4,4%. Além disso, os trabalhadores reclamam dos baixos preços dos fretes e defendem melhores condições de trabalho, com alterações nas regras de jornada e aposentadoria especial...

Norma de pesagem é revisada e caminhoneiro pagará menos, diz ministro

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, afirmou nesta quinta-feira (21) que o governo está finalizando a revisão da norma de pesagem para caminhões, com uma nova metodologia. Uma das mudanças é a substituição do cálculo de peso por eixo por peso bruto, válido para algumas categorias. A norma também deve ampliar a tolerância de peso das cargas. O objetivo, segundo ele, é baratear os custos do transporte rodoviário de carga. 

"Estamos revisando a norma de pesagem, pra ela onerar menos o caminhoneiro, pra gente ter menos multa em função disso e ser mais fácil. Então, acabando com o peso por eixo em veículos até 50 toneladas, aumentando a tolerância nos veículos que vão carregar mais. Em breve, essa norma vai estar publicada", afirmou durante a live semanal do presidente Jair Bolsonaro, transmitida nas redes sociais...

Covid-19: 354 milhões de doses estão asseguradas em 2021, diz Ministro da Saúde

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, afirmou hoje (6), em pronunciamento em rede nacional de rádio e TV, que o Brasil tem asseguradas, para este ano, 354 milhões de doses de vacinas contra a covid-19.

Do total, 254 milhões serão produzidas pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), em parceria com a AstraZeneca, e 100 milhões pelo Butantan, em parceria com a empresa Sinovac...

Desenvolvimento Regional conclui 6,2 mil obras em 2020, diz ministro

Ao fazer um balanço das ações executadas ao longo deste ano, o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, disse que foram concluídas 6,2 mil obras de pequeno, médio e grande portes nas áreas de habitação, saneamento, mobilidade, desenvolvimento regional e urbano, segurança hídrica e proteção e defesa civil.

Segundo a pasta, foram entregues neste ano 410 mil unidades habitacionais. Destas, 61 mil a famílias com renda mensal de até R$ 1,8 mil, o que beneficiou mais de 1,6 milhão de pessoas...

Bolsonaro contradiz ministro e diz que não comprará a vacina chinesa CoronaVac

Mais uma polêmica à vista dentro do governo Bolsonaro, desta vez envolvendo o ministro da Saúde Eduardo Pazuello, que anunciou ontem (20) a compra de 46 milhões de doses da vacina CoronaVac, desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac e que será produzida no Brasil no Instituto Butantã, em São Paulo.

Pazzuello anunciou a compra da vacina em uma reunião com o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), e mais 23 governadores, mas o presidente Jair Bolsonaro, respondendo a internautas, divulgou não irá comprar "a vacina da China"...

“Preço do arroz subiu porque condição de vida dos pobres melhorou”, diz ministro da Economia

O preço do arroz subiu porque condição de vida dos pobres melhorou, na opinião do ministro da Economia, Paulo Guedes. Nesta terça-feira (15), durante uma videoconferência com a Telecomunicações do Brasil, ele disse houve uma “enxurrada de dinheiro” paga a famílias de baixa renda durante a pandemia, como o auxílio emergencial de R$ 600 e o saque emergencial do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço, e que “está havendo um boom da construção na baixa renda e nos supermercados”.

“Os mais pobres estão comprando, estão indo no supermercado, estão comprando material de construção. Então, na verdade, isso é um sinal de que eles estão melhorando a condição de vida. O preço do arroz está subindo porque eles estão comprando mais – está todo mundo comprando mais”, disse o ministro. No ano, a inflação do arroz acumula alta de 19,2%. Hoje, um pacote de cinco quilos, normalmente vendido a cerca de R$ 15, agora chega a custar R$ 40...

Brasil está comprometido com equilíbrio financeiro, diz ministro

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, reafirmou a investidores estrangeiros, ontem (20), que o Brasil está comprometido com o equilíbrio das contas públicas.  

 “A iniciativa privada é o grande motor para a recuperação dos investimentos no país”, afirmou o ministro ao participar, por videoconferência, de evento organizado pelo Conselho das Américas (COA, do inglês Council of the Americas)...

Queiroz não comprovou saúde debilitada e tentou 'arduamente' destruir provas, diz ministro do STJ

O ministro Félix Fischer, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), afirmou em decisão que Fabrício Queiroz, ex-assessor do senador Flavio Bolsonaro (Republicanos-RJ), não comprovou ter a saúde debilitada e tentou destruir provas. Diante disso, Fischer entendeu que a "única medida apropriada" é a prisão preventiva.

Nesta quinta-feira (13), Fischer revogou a prisão domiciliar de Queiroz e mandou o ex-assessor de Flavio Bolsonaro voltar para a cadeia. A decisão também vale para a mulher de Queiroz, Márcia de Aguiar...

Estoques de hidroxicloquina no país estão zerados, diz ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello

O ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello, disse nesta quinta-feira (13) que os estoques de hidroxicloroquina para auxílio no tratamento da covid-19 estão zerados no país. Ao falar em audiência pública com deputados e senadores sobre o medicamento, que tem uso facultado aos médicos no tratamento da doença, o ministro destacou que não vê nada de errado em questionar o uso do fármaco para esse fim, mas lembrou que a hidroxicloroquina é demandada ao Ministério da Saúde. 

“Nosso estoque hoje, no Ministério da Saúde, é zero. É zero! Não temos nem um comprimido para atender as demandas. Nós temos uma reserva de 300 mil itens apenas para atender malária guardados, o que representa algo em torno de 20% do que eu preciso por ano para malária”, explicou, ressaltando que o ministério não faz entrega sem demanda das secretarias dos estados e municípios...

Não há regra geral sobre isolamento social, diz ministro da Saúde

O ministro da Saúde, Nelson Teich, disse hoje (7) que o governo não tem uma uma regra geral para todo o país sobre a necessidade do isolamento social. Segundo ele, diferentes medidas devem ser adotadas por estados e municípios a depender do avanço do novo coronavírus em cada local.

Teich, que assumiu a pasta da Saúde há cerca de 20 dias, participa de uma reunião da comissão externa da Câmara dos Deputados que debate ações preventivas contra o coronavírus...

Forças Armadas estão ao lado da lei, da ordem, da democracia e da liberdade, diz ministro da Defesa

O ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, afirmou em nota nesta segunda-feira (4) que as Forças Armadas "cumprem sua missão constitucional" e que estarão "sempre ao lado da lei, da ordem, da democracia e da liberdade".

A nota foi divulgada no dia seguinte à participação do presidente Jair Bolsonaro em um ato com pautas antidemocráticas e inconstitucionais. Em transmissão durante o protesto, Bolsonaro afirmou que "chegou ao limite" e que "não tem mais conversa" – sem explicar o que queria dizer com isso...

Se descumprir decisão, Bolsonaro fica sujeito a impeachment, diz Ministro do Supremo

Foto: Fellipe Sampaio /SCO/STF 

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso acredita que caso o presidente Jair Bolsonaro descumpra qualquer decisão judicial poderia ser considerado culpado pelos "crimes comuns de desobediência e de responsabilidade, passível de impeachment"...