Foram encontrados 24 registros para a palavra: acervo

Exu: Memorial Histórico-Cultural do Araripe – Casa Antônio Saraiva Albuquerque, realiza campanha para receber doação para ampliar acervo

Contar a história de um povo através de peças expostas e preservadas é um dos objetivos dos museus. Localizado na Vila de Tabocas, zona rural do município de Exu, Pernambuco, o Memorial Histórico-Cultural do Araripe – Casa Antônio Saraiva Albuquerque, cumpre essa missão e por isto promove uma campanha para arrecadação de relíquias e antiguidades. 

O Memorial Histórico-Cultural do Araripe – Casa Antônio Saraiva Albuquerque conta um pouco da história dos municípios que fazem parte da região do Sertão do Araripe. Para compor o acervo do Museu, não basta que o objeto seja antigo; é preciso que ele tenha valor histórico e cultural. ..

Pesquisadores da Univasf criam acervo com obras sobre a história política de Petrolina e Juazeiro

Com o intuito de ampliar e facilitar o acesso às informações sobre a formação política dos municípios de Juazeiro (BA) e Petrolina (PE), um grupo de pesquisadores da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) criou o Acervo Opará: Acervo Histórico-Político Virtual das Cidades de Juazeiro/BA e Petrolina/PE. Desenvolvido como um projeto de extensão coordenado pela professora Simone Viscarra, do Colegiado de Ciências Sociais (Ciso), o acervo contém dados, livros, artigos, fotografias e documentos sobre as duas cidades, que estão disponíveis para acesso de toda a comunidade.

O projeto foi realizado com a participação dos estudantes de Ciências Sociais Barbara Monteiro Salviano Mendes e Gabriel Campos de Brito, com base em pesquisas desenvolvidas no âmbito do Politik - Centro de Estudos em Instituições, Participação e Cultura Política da Univasf. A iniciativa contou com apoio do Programa Institucional de Bolsas de Extensão (Pibex) da Pró-Reitoria de Extensão (Proex) e do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)...

Acervo da USP revela as várias faces do Nordeste brasileiro

Há quase sete anos, o imponente acervo de Manuel Correia de Andrade (1922-2007) – professor, geógrafo, historiador, advogado e escritor pernambucano – dormia nos arquivos do Instituto de Estudos Brasileiros (IEB) da USP.

Seus 80 mil itens, compostos dos livros de sua biblioteca pessoal, manuscritos, correspondências com intelectuais e documentação institucional de órgãos como a Sudene (Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste) e a Fundação Joaquim Nabuco, aguardavam o despertador dos recursos financeiros necessários para seu manuseio apropriado...

Univasf libera acesso presencial ao acervo e aos espaços para estudo e consulta nas bibliotecas a partir de segunda-feira (16)

O Sistema de Bibliotecas (Sibi) da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) voltará a disponibilizar o acesso presencial ao acervo e aos espaços para estudo e consulta nas unidades de todos os campi, a partir da segunda-feira (16), data de início do período letivo 2021.2.

Os serviços são abertos a toda a comunidade acadêmica e externa. Segundo a instituição, a retomada desses serviços presenciais, que estavam suspensos desde o início da pandemia de Covid-19, será realizada mediante o cumprimento das medidas de distanciamento e restrições de assentos no local, com a necessidade do uso de máscaras em todos os espaços...

Histórias, Memórias e Acervos do Memorial das Baianas de Acarajé

O Projeto inédito de salvaguarda do ofício das Baianas de Acarajé, intitulado "Histórias, Memórias e Acervos do Memorial das Baianas de Acarajé", inicia suas atividades em 16 cidades e 8 territórios da Bahia, com apoio financeiro do Estado da Bahia, através da Secretaria de Cultura e do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (IPAC) - (Programa Aldir Blanc Bahia) via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, Governo Federal, tendo o Grupo Cultural Ska Reggae como realizador.

Em formato híbrido (online e presencial), as ações de múltiplas linguagens culturais tem como objetivo a reflexão sobre a preservação do ofício das Baianas de Acarajé, seus saberes e fazeres como Patrimônio Cultural Imaterial e importância da disseminação do seu legado histórico para gerações atuais e futuras...

Museu Geológico da Bahia completa 46 anos com acervo que revela mundo mágico e descobertas fantásticas 

Vinte e sete mil peças, fragmentos de um mundo fabuloso e provas concretas de descobertas fantásticas, foram se juntando ao longo dos últimos 46 anos e dão vida hoje ao acervo do Museu Geológico da Bahia (MGB), que celebrou mais um ano de fundação na última quarta (4).

Desde 1975, o museu, que pertence à Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE) e abriga resquícios meteorológicos, geológicos, minerais e arqueológicos do território baiano, recebe visitantes curiosos em conhecer fósseis e réplicas gigantes de animais pré-históricos, corpos celestiais, cristais preciosos e a origem do Universo...

Prefeito Paulo Bomfim doa cópia de Acervo Fotográfico à UNEB/DCH3

Na manhã desta quinta-feira, 31, a Prefeitura de Juazeiro, representada pela Secretaria de Comunicação, doou cópia do Acervo Fotográfico das ações referentes às gestões do ex-prefeito Isaac Cavalcante de Carvalho (2009-2012 -2013/2016) e o atual gestor, Paulo Bomfim (2017-2020), para o Laboratório de Práticas Pedagógicas, Culturais e Comunicacionais (LaPPeCC), vinculado ao Colegiado do Curso de Jornalismo em Multimeios, do Departamento de Ciências Humanas (DCH), da Universidade do Estado da Bahia (UNEB), campus Juazeiro.

O ato contou com a presença do Jornalista Raphael Leal, superintendente de comunicação, da diretora da instituição de ensino superior, Edonilce Barros, e do Chefe de Gabinete, Arlindo Aragão...

Em live, Miguel garante que Educação terá mais investimentos e propõe abrir quatro bibliotecas

Com a suspensão da campanha de rua, o candidato à reeleição de prefeito pelo MDB, Miguel Coelho, iniciou uma série de conversas pelo Instagram, a Live 15, com o objetivo de apresentar suas propostas para a comunidade por meio das redes sociais.

Nesta quarta-feira (04), o candidato escolheu o tema Educação para debater e garantiu mais investimentos para o setor no segundo mandato, com a abertura de quatro novas bibliotecas no município entre outras ações. ..

Após reforma, Biblioteca Municipal de Juazeiro reabre as portas com novo acervo

A Biblioteca Municipal Professor Aristóteles Pires de Carvalho reabriu suas portas ao público na quarta-feira (11), após reforma realizada em suas instalações pela Prefeitura Municipal de Juazeiro.

Fechada desde 7 de janeiro, quando fortes chuvas danificaram o teto do prédio, a biblioteca volta a funcionar de segunda à sexta-feira, no horário das 8h às 22h, com novas obras para o acervo...

Após 4 anos, biblioteca de Petrolina é reaberta com novo acervo e climatização

Uma noite de gala aguardada por muito tempo marcou a reabertura da Biblioteca Cid Carvalho. O espaço de conhecimento foi inaugurado pelo prefeito Miguel Coelho nesta quarta (15), numa cerimônia concorrida e com direito à apresentação da Camerata 21 de Setembro. A biblioteca foi entregue após uma grande reestruturação e compra de um novo acervo para os leitores.

A estrutura havia sido fechada em 2016 para reforma. No ano seguinte, após uma perícia técnica, foi identificado um conjunto de falhas nas obras que obrigaram a prefeitura a refazer o projeto. Desde lá, foram promovidas intervenções como instalação de aparelhos de ar condicionado, pintura geral, revisão elétrica, hidráulica, do telhado, das portas e janelas; troca de piso das salas de leitura e do auditório; substituição de bacias sanitárias e torneiras; além de obras para melhorar a acessibilidade. Também foram adquiridas centenas de novas obras, elevando o acervo total para mais de 20 mil livros...

Bibliotecas da Univasf promovem Campanha de Conservação e Preservação do Acervo

“Preserve o Conhecimento”. Este é o tema da Campanha de Conservação e Preservação do Acervo, promovida pelo Sistema Integrado de Bibliotecas (Sibi) da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf). A campanha será realizada em referência ao Dia Nacional do Livro, em todas as Bibliotecas da Univasf, do dia 28 de outubro até o dia 1º de novembro.

A ação tem como objetivo conscientizar a comunidade acadêmica sobre os cuidados que devem existir no uso de materiais bibliográficos. As atividades serão realizadas no decorrer da semana, com distribuição de materiais gráficos de conteúdo informativo sobre a importância da preservação do acervo e orientação sobre os cuidados com o material; exibições de orientações sobre o uso correto do acervo nas TVs das bibliotecas; e, além disso, haverá uma exposição com os livros danificados na biblioteca do Campus Sede, em Petrolina (PE)...

Juazeiro: Acervo de Dom José Rodrigues possui mais de 40 mil livros e atrai visitantes para a biblioteca da Uneb

Dom José Rodrigues foi o segundo bispo da cidade de Juazeiro-BA, localizada no Vale do Rio São Francisco, sertão da Bahia. Nasceu em Paraíba do Sul, município do Rio de Janeiro, em 25 de março de 1926. Depois de ter exercido o sacerdócio em São Paulo, Minas Gerais, Paraná, Amazonas e Bélgica, chegou em terras juazeirenses em 1975 e ficou até 2003, mas as marcas que o Dom dos Excluídos deixou na cidade perduram até hoje, e, ao que parece, nunca será esquecido. 

Segundo Leonardo Boff (Teólogo), lembrar de Dom José Rodrigues “é lembrar dos pastores fiéis e dos profetas destemidos que souberam estar sempre do lado dos fracos e perseguidos, sem temor e sem subterfúgios.”..

Acervo de 7 mil cordéis será digitalizado pela Casa de Rui Barbosa

As palavras dos pioneiros do cordel impresso no Brasil e de muitos de seus sucessores farão parte de um acervo digitalizado na Fundação Casa de Rui Barbosa, instituição federal que guarda uma das mais importantes coleções do gênero literário no país. O projeto está em fase inicial e vai abranger 7 mil das 9 mil obras da Casa de Ruy Barbosa, que ainda não estão digitalizadas. As outras 2 mil já ganharam versão digital. 

O processo deve durar todo o ano de 2019, e a publicação online para o público vai depender da aprovação de cada cordelista ou de sua família. No caso das obras que já estão em domínio público, a disponibilização na internet já está garantida...

Acervo da Empresa Brasileira de Comunicação-Rádio Nacional vai ser recuperado

O presidente da Empresa Brasil de Comunicação (EBC), o embaixador Alexandre Parola, quer recuperar o acervo histórico da instituição de quase meio século que reúne fotos, vídeo e áudios. Ele criou um grupo de trabalho, integrado por funcionários da empresa, com o objetivo de revitalizar e buscar soluções de sustentabilidade para o patrimônio.

Carioca, Parola passou a vida no Rio de Janeiro e a memória da infância e juventude remete a parte do acervo a ser recupserado. “A Rádio Nacional e tudo relacionada a ela para mim sempre foi um modelo de comunicação pública”, afirmou. O presidente disse que o objetivo do grupo de trabalho é garantir a preservação e a divulgação da memória da empresa. “A EBC está comprometida com a preservação dessa memória para a construção da identidade do país no presente e no futuro.”..

Acervo Dom José Rodrigues oferece curso gratuito nesta sexta-feira

A Comissão do Acervo Dom José Rodrigues realiza nesta sexta-feira (20/04) o curso “Noções de seleção e classificação de acervo”, das 8h às 12h, e das 14h às 18h, na biblioteca do Departamento de Ciências Humanas-DCH III, na Universidade do Estado da Bahia (UNEB), Campus Juazeiro.

A atividade será ministrada pela bibliotecária Gesluce Lustosa, com duração de 20h. Serão 10 horas de teoria, na sala da UATI e em seguida os participantes terão 10 horas de prática na biblioteca, com horário flexível para atender a todos...

Cultura: Fundação Joaquim Nabuco tem o maior acervo de músicas do Nordeste

Interpretações originais de Luiz Gonzaga, Manoel G. Barreto e Jackson do Pandeiro, gravações de histórias da época de Agamenon Magalhães e discursos de Miguel Arraes, ambos ex-governadores de Pernambuco. Essas são algumas das obras que compõem a maior coleção fonográfica do Nordeste – e uma das maiores do Brasil –, pertencente ao acervo sonoro da Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj), no Recife.

As produções abrangem diferentes contextos históricos, tendências e estilos musicais. São aproximadamente 11 coleções de suportes de diversas épocas, divididos em discos de 78 rotações, gravados de 1902 até a década de 1960; LPs, que compõem uma coleção de discos de 33 rotações; compactos, de sete rotações; fitas cassetes, fitas rolos, partituras e arranjos. ..

Prefeito Paulo Bomfim firma parceria com Tribunal de Justiça para digitalização de acervo do Fórum de Juazeiro

Na tarde desta terça-feira, 30, o prefeito Paulo Bomfim esteve em Salvador, onde assinou junto com a Desembargadora Maria do Socorro Barreto Santiago convênio de cooperação técnica entre a Prefeitura de Juazeiro e o Tribunal de Justiça da Bahia para os serviços de digitalização, indexação e migração do acervo processual físico, que vai melhorar os serviços da Justiça para a população juazeirense.

De acordo com o Termo de Cooperação Técnica Administrativa, o município vai colaborar com servidores e material de informática.  “Esta é uma demanda que advogados, juízes e promotores já nos solicitava apoio. Amadurecemos a idéia e hoje a parceria está consolidada. Recentemente, a presidente do Tribunal de Justiça desembargadora Maria do Socorro Barreto Santiago, esteve em Juazeiro para inaugurar a reforma e ampliação do Fórum e retomamos a conversa para finalizar os termos. Nosso Procurador Geral, Dr. Eduardo Fernandes,  finalizou toda a questão jurídica e agora iniciamos mais uma parceria com Justiça”, pontuou o prefeito Paulo Bomfim...

Acervo do pesquisador Iranildo Moura Leal ajuda a manter viva história de Juazeiro e Petrolina

O petrolinense Iranildo Moura Leal, 70 anos é artista plástico e colecionador de raridades. Entre o acervo de Iranildo está uma amostra de fotos antigas da cidade de Juazeiro e Petrolina. O blog destaca a ponte Presidente Dutra e a linha do trem e o Rio São Francisco em tempos de cheia.

Nas ruas, o asfalto substituiu as pedras e o chão batido de terra que faziam parte do cenário de antigamente. Os poucos casarões e prédios históricos que restaram remontam uma época que ficou na memória apenas dos petrolinenses mais antigos. Mas quem quer conhecer mais sobre a história da cidade pode recorrer ao acervo do Arquivo Histórico de Iranildo Moura...

Unesco reconhece relevância histórica do acervo da PMBA

Com objetivo de garantir a preservação da história para as próximas gerações, a Polícia Militar da Bahia (PMBA) reúne registros de acontecimentos importantes do Brasil e da América Latina, desde o ano de fundação da corporação, em 1835. Esse importante acervo foi incluído no registro nacional do Programa Memória do Mundo, da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). A divulgação da lista foi realizada pelo Comitê Nacional do Brasil, que selecionou 10 das 22 candidaturas feitas no programa da organização internacional.

"São registros que documentam momentos muito importantes para a história brasileira e de outros países da América Latina. Nosso acervo é bastante procurado por pesquisadores que desenvolvem trabalhos de qualidade, e esse foi um dos motivos da candidatura no programa da Unesco", explica o coordenador de Documentação e Memória da PMBA, major Raimundo Marins.

Fazem parte do acervo da PMBA documentos de fatos como a Guerra do Paraguai, a Campanha de Sergipe, a Guerra de Canudos, a Revolução de 1930, a Revolta Comunista de 1935 e o Cangaço. Correspondências originais dos governadores do Pará com a Corte, registros iconográficos da Revolta da Armada e um manuscrito encontrado em uma arca da Igreja de São Francisco de Curitiba, atribuído aos jesuítas, também estão no acervo.

Uma das pesquisadoras dos documentos, a professora pós-doutora da Universidade Federal da Bahia (Ufba) Alícia Duhá Lose, em conjunto com o major Marins, foi responsável pela candidatura do acervo da PMBA no programa da Unesco. "Desde o início, a gente percebeu que é um acervo integro, de grande amplitude e que tem informações muito relevantes para o estudo da história no Brasil e de outros países. Essa candidatura levou dois anos sendo preparada. Nós fizemos um inventário de parte da coleção que a PM possui e apresentamos à Unesco, que recebeu o material com muito interesse", afirma a professora.

Anualmente, a Unesco seleciona 10 acervos nacionais pelo Programa Memória do Mundo; o da PMBA é o único da lista na região Nordeste. O objetivo da iniciativa é garantir a preservação, pelos meios mais adequados, do patrimônio documental que tem um significado mundial, além de incentivar a preservação do patrimônio documental de importância nacional e regional e aumentar a conscientização nos Estados-Membros da Unesco quanto ao seu patrimônio documental...

Pesquisa em acervo fotográfico revela singularidades da cultura negra

Identificar as representações visuais do povo negro,  em suas diversidades e singularidades, para melhor entender a cultura de Pernambuco e do Brasil. Essa foi a proposta da pesquisa científica Fotografia e memória: as representações do negro na cultura Brasileira, desenvolvida pelo professor Emiliano Dantas no acervo fotográfico da Coordenação de Estudos da História Brasileira (CEHIBRA) da Fundação Joaquim Nabuco (FUNDAJ). 

O projeto, desenvolvido ao longo de dois anos e com a participação de estudantes de Fotografia, resultou num artigo final com detalhes sobre a pesquisa amparada nas fotografias de Katarina Real (1927-2006) e que está disponível para consulta no Portal Cultura.PE...