RedeGN - Sempre ligado.

Foram encontrados 1284 registros para a palavra: Rio São Francisco

Rio São Francisco: Comunidades ribeirinhas são alagadas em Bom Jesus da Lapa

Casas de comunidades ribeirinhas da cidade de Bom Jesus da Lapa, no oeste da Bahia, estão submersas, após o Rio São Francisco transbordar e alagar as ruas da região. A REDEGN fez contato com membros da Fundação Bom Jesus, Rádio Fm Bom Jesus.

O radialista Fernando Abreu gravou um audio e confirmou a situação preocupante nas áreas ribeirinhas de Bom Jesus da Lapa. Ele disse que apesar dos transtornos, existe um momento de felicidade entre a maior parte da população e romeiros que "vibram com a cheira do Rio São Francisco"...

Rio São Francisco: período de chuva ainda deve durar até meados de maio

O período de chuva ainda deve durar até meados de maio. De acordo com o meteorologista Humberto Barbosa, fundador do Laboratório de Análise e Processamento de Imagens de Satélites (Lapis/Ufal), as previsões apontam uma redução no volume de chuva em fevereiro, mas elas devem voltar com intensidade acima da média nos meses de março e abril.

“Fevereiro será menos chuvoso tendo uma redução desde o Alto São Francisco, mas entre março e abril teremos chuvas acima da média em toda a bacia e maio volta a reduzir. Isso se deve a ocorrência do fenômeno da La Ninã que se desenvolve desde novembro do ano passado e chegou ao seu pico em dezembro. Além disso, as cheias também têm relação com a intensidade das temperaturas dos oceanos, o que acaba por favorecer canais de umidade e provoca chuvas mais intensas”, afirmou Barbosa...

CBHSF coloca em funcionamento Sala de Monitoramento de Cheias do Rio São Francisco

Diante da condição de cheia na Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco, foi aberta essa semana a operação da Sala de Monitoramento de Cheias do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (CHSF), na cidade de Petrolina (PE).

O objetivo é monitorar o processo de cheias na bacia, com foco na região fisiográfica do Submédio e alertar o poder público dos municípios e população ribeirinha sobre os possíveis impactos...

Rio São Francisco segue subindo e invadindo áreas em Juazeiro e Petrolina. Veja as imagens deste sábado (22)

Com uma vazão de 3.800 m³/s na Barragem de Sobradinho, de acordo com dados antecipados pela Chesf, o Rio São Francisco vai mudando a cada dia o cenário nas suas margens, à medida que a vazão aumenta, o que tem ocorrido a cada 2 dias.
Com a vazão atual as águas do Velho Chico vão subindo vagarosamente e o cenário abaixo de Sobradinho, a exemplo de Juazeiro e Petrolina, vai mudando a cada dia.

Na manhã de sábado colaboradores encaminharam fotos para a redeGN mostrando cenários atualizados, como registrados em fotos e imagens...

Rio São Francisco: na próxima segunda-feira (24) a vazão sobe para 4 mil metros cúbicos de água por segundos

Sãbado 22 janeiro de 2022. As fotos acima mostram o cenário da orla Juazeiro, Bahia e parte do bairro Angary com a cheia do Rio São Francisco. No início da semana cerca de 30 prefeituras de municípios ribeirinhos do Submédio e Baixo São Francisco foram contatadas e alertadas pela Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) sobre as alterações de vazão e das condições de cheia no Velho Chico. 

As águas estão sendo liberadas para aguardar o grande volume de chuvas que estão caindo no Alto São Francisco este mês e tendo em vista que o período úmido se estende até abril. ..

Cheia Rio São Francisco: Parte das casas do bairro Angary teve a energia elétrica cortada para garantir a segurança do local

Parte das casas do bairro Angary teve a energia elétrica cortada para garantir a segurança do local. A cheia do Rio São Francisco provocou a urgente ação com o objetivo de prevenir possíveis acidentes. O desligamento da energia elétrica em pontos já alagados é a medida mais correta.

A reportagem da REDEGN esteve no bairro Angari hoje pela manhã. Postes estão dentro de água e outros pontos como caixas de motores também foram desligados pois já estão submersos. O corte preventivo de energia é “necessário para garantir a segurança dos moradores”. Os orgãos públicos destacam que é necessário que a população redobre os cuidados com a rede elétrica, para evitar acidentes, choques ou perdas de equipamentos...

Membros do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco afirmam que o momento de cheia do Velho Chico exige prudências

A bacia do Rio São Francisco está em condição de cheia em função das fortes chuvas nos primeiros dias do ano em Minas Gerais e cidades no oeste da Bahia. A situação preocupa as localidades de ribeirinhos que vivem às margens do Velho Chico e seus afluentes. 

Essa preocupação foi discutida na tarde de ontem (21), no Programa Geraldo José, transmitido na Rádio Juazeiro Am. Alegrias e problemas causados pela cheia do Rio São Francisco foram os dois temas mais ouvidos. O programa teve a participação dos membros do Secretário do Comitê da Bacia Hidrográfica  do Rio São Francisco, Almacks Luiz Silva e do coordenador da Câmara Consultiva Regional do Submédio São Francisco,  Claúdio Ademar...

Sinalização do Rio São Francisco é de responsabilidade do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes

Com o expressivo aumento do nível das águas do Rio São Francisco, a sinalização passou a ser essencial para evitar acidentes. A REDEGN recebeu fotos de boias que devido a força da correnteza estão "soltas" e algumas já não cumprem a função de alertar os condutores. Pessoas solicitam aos orgãos competentes providências urgentes devido a profunidade do Velho Chico neste período.

A REDEGN obteve a informação que o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT)  é o orgão responsável pela realização desse serviço e já "está tomando as providências"...

Em 2018 Justiça Federal alertava para os riscos das ocupações irregulares em áreas do rio São Francisco em Juazeiro e Petrolina

Em junho de 2018, o Ministério Público Federal (MPF) em Petrolina/Juazeiro expediu recomendações, em conjunto com o Ministério Público de Pernambuco (MP/PE) e o Ministério Público do Estado da Bahia (MP/BA), para que os prefeitos de Petrolina (PE) e Juazeiro (BA) adotassem providências relativas à ocupação irregular da área de preservação permanente do Rio São Francisco. 

Na época os documentos, assinados pelos procuradores da República Filipe Albenaz Pires e Ticiana Nogueira, além dos promotores de Justiça Alexandre Lamas da Costa (BA) e Rosane Moreira Cavalcanti (PE), também foram enviados ao diretor da Agência Municipal de Meio Ambiente de Petrolina e ao secretário de Meio Ambiente e Ordenamento Urbano de Juazeiro...

Com avanço das águas do Rio São Francisco, ações integradas da Prefeitura de Juazeiro garantem assistência às famílias ribeirinhas

Na orla de Juazeiro e margem do rio São Francisco, é possível ver o quanto as águas do Velho Chico estão avançando diariamente com o aumento da vazão da Barragem de Sobradinho, que nesta quinta-feira (20), segundo a Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf), passou e 2.800 m³/s para 3.300m³/s. E atenta a essa situação, a força-tarefa montada pela Prefeitura de Juazeiro segue realizando ações integradas no município para ajudar os moradores de áreas próximas às margens do rio.

Todos os dias equipes da Secretaria de Desenvolvimento Social, Mulher e Diversidade (SEDES), com a presença de assistentes sociais, estão realizando visitas no bairro Angari. O objetivo é prestar toda a assistência necessária neste período de cheia do rio às famílias ribeirinhas vulneráveis com os impactos da enchente...

Defesa Civil de Petrolina faz alerta para construções inapropriadas nas calhas dos rios

A Defesa Civil de Petrolina continua em alerta e monitorando o aumento da vazão da Barragem de Sobradinho. A elevação foi iniciada com 1.300 m³/s e, nesta quinta-feira (20), vão ser liberados mais 500 m³/s, totalizando 3.300 m³/s. A vazão está ocorrendo de forma gradativa, a cada dois dias até o próximo dia 24.

O secretário executivo de Defesa Civil, José Welton de Aquino, ressalta para as pessoas que fizeram construções inapropriadas nas calhas dos rios onde a água pode atingir com o aumento da vazão, que é preciso sair do local.  "Não há risco de inundação na cidade porque Petrolina é alta em relação ao nível do rio, mas é importante observar os habitantes que moram próximo às regiões onde já foi leito do rio", explicou...

Quinta-Feira, 20 janeiro 2022: este é o cenário da Ilha do Rodeadouro com a cheia do Rio São Francisco

Essas (fotos) mostram a situação da Ilha do Rodeadouro. Banhistas devem redobrar a atenção com os cuidados. A Associação de Proprietários e Condutores de Barcos da Ilha do Rodeadouro informou que a navegação continua operando dentro das normas de segurança. A previsão é que as águas continuem a subir.

A REDEGN tem acompanhado o nível das águas do Rio São Francisco. Uma rede de informações, Jornalismo de Serviço, Utilidade Pública, imediatismo ao leitor...

Rio São Francisco: Barragem de Sobradinho terá vazão de 3.300 metros cúbicos por segundo a partir desta quinta (20)

Por conta das fortes chuvas que caem desde dezembro entre a Bahia e Minas Gerais a vazão da bacia do Rio São Francisco é a maior desde 2009.  As usinas de Sobradinho e Xingó chegarão a 4.000 m³/s até a próxima segunda-feira, dia 24.

Esse nível alto de vazão não era observado desde 2009. De acordo com o Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), o fato se deve à combinação de diferentes fatores como a ocorrência do La Niña, o aumento da temperatura dos oceanos – fenômeno que contribuiu para o aumento das chuvas no Nordeste no final de dezembro e início de janeiro, além da presença da Zona de Convergência do Atlântico Sul que teve, também, intensidade acima da média...

"Muita água. É a construção de um falso flagelo que legitima a gestão predatória do que sobra do rio São Francisco", alerta jornalista

A Canoa de Tolda e o InfoSãoFrancisco lançam proposta e convidam as pessoas do Baixo São Francisco ou de passagem a participar de elaboração de foto reportagens colaborativas: uma tentativa de resposta à enchente de fake news que insistentemente inundam as margens, cabeças e mentes.

Desde o dia 16 de janeiro, o rio São Francisco (no seu trecho Baixo) volta a ter as mesmas vazões da regularização anterior a 2012 (cerca de 2.000 m³/s – dois mil metro cúbicos por segundo), antes da brutal redução das águas por imposição do setor elétrico em 2013, não considerando os picos de vazão ocorridos até o presente...

Chesf alerta: Cheia no Rio São Francisco pode causar alagamentos em Juazeiro, Curaçá e Paulo Afonso

A Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf) alertou 33 prefeituras de municípios ribeirinhos, em quatro estados do nordeste, sobre a cheia no Rio São Francisco. Na Bahia, a situação pode causar alagamentos nas cidades de Juazeiro, Paulo Afonso e Curaçá.

O alerta da Chesf foi enviado também para cidades em Pernambuco, Alagoas e Sergipe. O aumento do nível do rio começou no dia 12 de janeiro. Por causa da cheia, a liberação da água na barragem de Sobradinho deve ser ampliada para 4.000 m³ até a próxima segunda-feira (24)...

Cuidados contra afogamentos e acidentes devem ser redobrados neste período de cheia do Rio São Francisco

A subida do nível das águas do Rio São Francisco exige cuidados para moradores de áreas para banhistas, que buscam entretenimento em balneários  e ilhas de várias cidades do norte da Bahia e Vale do São Francisco.  O Corpo de Bombeiros alerta sobre cuidados para evitar acidentes e mortes. 

Com o aumento da vazão da Barragem de Sobradinho, Juazeiro, Petrolina e região enfrentam uma das maiores cheias do Rio São Francisco vista nos últimos 14 anos...

Com volume do Rio São Francisco em alta, Chesf alerta prefeituras

Pelo menos 33 prefeituras de municípios ribeirinhos do Submédio e Baixo São Francisco foram contatadas e alertadas pela Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) sobre as alterações de vazão e das condições de cheia no Velho Chico. O objetivo é que os gestores municipais e as defesas civis fiquem em alerta devido ao aumento do nível do rio que vem ocorrendo desde o dia 12 de janeiro de 2022.

A Chesf está procedendo operação de controle de cheia no Rio São Francisco a partir do maior reservatório do Nordeste, Sobradinho-BA, e divulgou, com antecedência, o aumento da vazão, com abertura de comportas (vertimento), para que as autoridades municipais pudessem se organizar, dentro da agilidade necessária para a situação. As águas estão sendo liberadas para aguardar o grande volume de chuvas que estão caindo no Alto São Francisco este mês e tendo em vista que o período úmido se estende até abril...

Cheia Rio São Francisco: água já atinge pista cooper em Juazeiro. Bairro Angari, Ilha do Rodeadouro nível da água muda cenário a cada dia

A vazão da barragem Sobradinho continua subindo e com isto nesta terça-feira (18), a água já atinge alguns trechos da pista de cooper em Juazeiro. A REDEGN também visitou os moradores, pescadores do bairro Angari e constatou que água já alcança a porta de algumas casas.

Na Ilha do Fogo e a Ilha do Rodeadouro a água subiu bastante. No ponto localizado no Bar do Rodolfo mostra como a cheia do Rio São Francisco torna o rio São Francisco novamento pujante...

Com aumento da vazão de Sobradinho, SAAE Juazeiro executa ações de monitoramento em trechos do Rio São Francisco

Com o aumento da vazão da Barragem de Sobradinho e a consequente elevação do nível do Rio São Francisco, o Serviço de Água e Saneamento Ambiental (SAAE) de Juazeiro iniciou, no último final de semana, um ação para executar ações de monitoramento a partir da quantidade de água que está sendo liberada no Velho Chico. 

De acordo com a nota pública enviada pela Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf), até o dia 24 de janeiro, a cada dois dias, a barragem de Sobradinho estará liberando 500 m³/s (metros cúbicos de água por segundo), totalizando ao final do dia 24 uma vazão de 4.000 m³/s...

Com elevação do nível do rio, Prefeitura de Juazeiro começa a transferir moradores do bairro Angari para locais seguros

A Prefeitura de Juazeiro iniciou nesta segunda-feira (17), a retirada das primeiras famílias do tradicional bairro de pescadores do Angari. O local deve ser alagado nos próximos dias por causa do aumento da vazão do Rio São Francisco, que deve chegar a 4.000 m³/s até o dia 24 de janeiro.

Estava programada a transferência de 25 famílias, mas inicialmente apenas duas decidiram se mudar nesta segunda-feira. Dois caminhões foram disponibilizados para fazer a mudança dos móveis e ajudar no deslocamento dos moradores, que ficarão abrigados na Escola Municipal de Tempo Integral Paulo VI. Toda uma infraestrutura foi montada no local, com o apoio de diversas secretarias do município...