RedeGN - Sempre ligado.

Foram encontrados 280 registros para a palavra: MINISTERIO DA SAUDE

Brasil registra 802.429 casos prováveis de dengue, diz Ministério da Saúde

De fevereiro até dois de abril deste ano, o Ministério da Saúde (MS) registrou 802.429 casos prováveis de dengue no Brasil. As informações são do boletim epidemiológico divulgado pela pasta nesta terça-feira (26). O documento aponta 140 óbitos pela doença no período, e indica que o maior número de casos prováveis foi registrado na região Sudeste (463.807), sendo seguido por Nordeste (158.235), Centro-Oeste (94.672), Sul (57.282) e Norte (28.433). O MS também aponta que no mesmo período, 91.387 casos de vírus Zika foram notificados em todo o país. A região Sudeste teve 35.505 casos prováveis da doença, seguida pelas regiões Nordeste (30.286), Centro-Oeste (17.504), Norte (6.295) e Sul (1.797).

Ainda de acordo como o Boletim, o ministério registrou 7.584 grávidas com suspeita da doença, sendo que 2.844 casos acabaram sendo confirmados. “Ainda não é possível se ter ideia da proporção de gestantes, infectadas pelo vírus Zika, que terão  bebês com microcefalia. Até o momento, o maior número desses casos foi em mulheres que tiveram a doença no primeiro trimestre de gestação.”, explicou o Diretor de Vigilância das Doenças Transmissíveis do Ministério da Saúde, Cláudio Maierovitch.  Por fim, o levantamento destaca 39.017 casos prováveis de Chikugnunya registrados em todos os estados brasileiros, e 15 óbitos pela doença (mesmo que esses precisem ser investigados mais a fundo)...

Ministério da Saúde atualiza repasse para tratamento de rins em 18 cidades baianas; Juazeiro está na lista

O Ministério da Saúde (MS) redefiniu o valo mensal destinado a 18 cidades baianas para tratamentos de nefrologia (rins). A soma total é de R$ 14,5 milhões. Os procedimentos são realizados por unidades de saúde de média e alta complexidade. Com a maior população, o valor mais elevado vai para Salvador, que fica com pouco mais de R$ 3 milhões. A segunda maior quantia vai para a Secretaria de Saúde do Estado (Sesab), que passa a receber R$ 2,1 milhões para ações de nefrologia espalhadas pela Bahia.

Feia de Santana, segunda maior cidade baiana, terá R$ 1,7 milhão; enquanto Vitória da Conquista receberá R$ pouco mais de R$ 1 milhão. Na portaria do MS, publicada nesta quarta-feira (13) no Diário Oficial da União, ainda são informados os valores destinados a outras 15 cidades, como Alagoinhas, Barreiras, Brumado, Camaçari, Eunápolis, Guanambi, Ilhéus, Itabuna, Jacobina, Jequié, Juazeiro, Paulo Afonso, Santo Antônio de Jesus, Senhor do Bonfim e Serrinha...

Ministério da Saúde começa a enviar vacina contra gripe H1N1 aos estados

O Ministério da Saúde começou a enviar hoje (1º) aos estados a vacina contra a gripe. A entrega das doses aos municípios, segundo a pasta, é de responsabilidade dos governos estaduais. A campanha nacional de vacinação está prevista para ocorrer de 30 de abril a 20 de maio, mas alguns estados optaram por antecipar o início da imunização em razão de surtos de influenza A (H1N1), conhecida como gripe A. De acordo com o ministério, nas três primeiras remessas da vacina, a serem enviadas até o dia 15 de abril, os estados vão receber 25,6 milhões de doses, o que corresponde a 48% do total de lotes a serem encaminhados para toda a campanha deste ano. Do montante, 5,7 milhões serão entregues ao estado de São Paulo, onde já foram registradas cerca de 40 mortes atribuídas ao vírus H1N1.

“A partir do recebimento das vacinas, os estados podem definir estratégias de contenção, conforme suas análises de risco, para a vacinação da população-alvo, observando a reserva adequada do produto para a campanha nacional. O cronograma de distribuição aos estados é elaborado de acordo com a entrega da vacina pelo laboratório produtor. As vacinas serão enviadas em seis remessas”, informou o ministério...

Ministério da Saúde atrasa em cinco meses entrega de kits para exames de dengue

O Ministério da Saúde está há cinco meses sem enviar aos estados os kits de sorologia para os exames de detecção de dengue. O Ministério da Saúde informou que enfrenta dificuldades para comprar o material e isso causou uma "redução na distribuição regular de kits". Conforme informou ao O Globo, a situação deve ser regularizada ainda neste mês, mas existem outros exames laboratoriais capazes de identificar a doença. Em 2015, foram registrados 1,6 milhão de casos suspeitos de dengue, o que representa aumento de 180% na comparação com o ano anterior. Segundo o Boletim Epidemiológico do Ministério da Saúde, divulgado em meados de janeiro de 2015, foram confirmadas 843 mortes pela doença, ante 473 óbitos do ano anterior. O mês de abril foi considerado o pico de incidência dessas infecções.   ..

Governo da Bahia apresenta projetos contra o Aedes aegypti ao Ministério da Saúde


As iniciativas para combater o mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya, o Aedes aegypti, vão ser ampliadas na Bahia. Nove projetos, entre novos e os que serão expandidos, foram apresentados pelo secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, ao ministro da Saúde, Marcelo Castro, e ao secretário nacional de Vigilância em Saúde, Antônio Nardi, nesta quarta-feira (23), em Brasília. Para a implementação desses projetos, serão necessários R$ 47 milhões.

Vilas-Boas explicou as frentes de atuação: combate ao vetor, combate ao vírus, assistência aos infectados e projetos de pesquisa que podem ter resultados em médio prazo. "O ministro, assim como o secretário, se mostrou bastante receptivo ao financiamento de parte desses projetos e à ampliação das ações de assistência à saúde que nós devemos fazer em todo o estado da Bahia", avaliou o secretário da Saúde. ..

Ministério da Saúde recomenda que mulheres não engravidem devido a casos de microcefalia

Por conta do atual estado de emergência sanitária nacional devido ao surto de bebês com microcefalia em Pernambuco, o diretor do Departamento de Vigilância de Doenças Transmissíveis do Ministério da Saúde, Cláudio Maierovitch, aconselhou que as mulheres do estado adiem planos de gravidez até que haja maior clareza sobre as causas do aumento de casos da doença. "Não engravidem agora. Esse é o conselho mais sóbrio que pode ser dado". Segundo o jornal O Estado de S. Paulo, foram identificados até o momento 141 casos de má-formação em Pernambuco, a maior parte desde agosto. O indicador é 15 vezes superior à média registrada entre 2010 e 2014, de nove casos por ano. Entre as hipóteses analisadas pelo Ministério da Saúde para o aumento é o grande número de casos de zika vírus. ..

Abertas inscrições para cursos de especialização do Ministério da Saúde e Hospital Sírio-Libanês para Juazeiro e região

Encerram nesta quarta-feira, 21 de outubro, as inscrições para os cursos de especialização no SUS nas áreas de Gestão do Risco e Segurança do Paciente; e Gestão da Vigilância em Saúde.  Os cursos têm a parceria da Secretaria da Saúde de Juazeiro, Ministério da Saúde e o Instituto de Ensino e Pesquisa Sírio Libanês. 

Os cursos são direcionados para os profissionais de saúde de nível superior da Rede Municipal de Saúde de Juazeiro e dos nove municípios que compõem a microrregião (Campo Alegre de Lourdes, Casa Nova, Curaçá, Pilão Arcado, Remanso, Sento Sé, Sobradinho, Uauá e Canudos). Cada curso dispõe de 40 vagas...

Petrolina é beneficiada com computadores e impressoras do Ministério da Saúde

Petrolina está entre as 486 cidades brasileiras beneficiadas com computadores e impressoras distribuídos pelo Ministério da Saúde. Os equipamentos serão encaminhados às unidades de saúde para armazenar, por meio de prontuário eletrônico, todas as informações de acolhimento dos pacientes. Ao todo, Petrolina já recebeu 310 computadores e 43 impressoras térmicas.

A ação, que integra o Projeto de Formação e Melhoria da Qualidade de Rede de Atenção à Saúde (QualiSUS-Rede), consiste na implantação do Sistema de Informação da Atenção Básica e beneficia os municípios que aderiram ao projeto. Os novos computadores serão destinados à informatização do atendimento das Unidades Básicas de Saúde, em alinhamento com a estratégia e implantação do software e-SUS Atenção Básica, que será o sistema oficial da Atenção Básica a partir de 2016.

"A gestão municipal vem trabalhando para qualificar cada vez mais os serviços oferecidos aos usuários. Com o e-SUS vamos reunir, em um único sistema, todo o histórico de atendimento de cada cidadão, individualmente, dando mais agilidade ao atendimento do usuário e organização ao trabalho dos profissionais de saúde", ressaltou a secretária Municipal de Saúde, Lucia Giesta. ..

Petrolina busca aplicativos com Ministério da Saúde para melhor atender os usuários

Com o objetivo de qualificar os profissionais e melhorar a saúde da população de Petrolina, a equipe do Programa Telessaúde RIT Vale, desenvolvido pela Secretaria de Saúde Petrolina, tem buscado novas estratégias junto ao Ministério da Saúde (MS), como a utilização de aplicativos voltados à saúde.

Durante encontros com representantes do MS os profissionais do Telessaúde RIT Vale conheceram os aplicativos: Álcool, Calculadora Gestacional, Dieta Dash, Taxa de Filtração Glomerular (avaliação das funções renais) e Calculadora de Risco Cardiovascular, este pode até estimar o risco de uma pessoa vir a falecer por doenças cardiovasculares em dez anos...

Petrolina se destaca e está entre os 80 municípios que aderiram ao Consultório na Rua

Dentre os 5.570 municípios apenas 80 aderiram ao programa Consultório na Rua, e Petrolina está nessa lista de adesão. Atento aos programas e serviços do Ministério da Saúde, a gestão Julio Lossio visa sempre implementar dispositivos que ampliem a Rede de Atenção à Saúde (RAS) de Petrolina e atenda todos os públicos que demandam atendimento.

O Consultório na Rua foi implantado em março de 2015 e, até junho, foram mais de 270 pessoas atendidas com 1125 atendimentos realizados. “Neste período conseguimos identificar 10 pontos fixos entre praças, feiras livres, posto de gasolina, orla, rodoviária e outros, onde a população de rua se concentra, mas trabalhamos também com busca ativa de novos usuários e áreas”, contou a coordenadora do serviço Sarah Fonseca...

Univasf recebe representante do Ministério da Saúde, em visita ao HU

O senador Humberto Costa, secretários de Saúde de Petrolina e de Pernambuco, Lúcia Giesta e Iran Costa Júnior, participaram da reunião. 

O Hospital Universitário da Universidade Federal do Vale do São Francisco (HU-Univasf) recebeu, na tarde da última quinta-feira (30), visita da secretária executiva do Ministério da Saúde, Ana Paula Sóster, e do senador Humberto Costa, acompanhados pelo secretário de saúde de Pernambuco, Iran Costa Júnior, e pela secretária de saúde de Petrolina, Lucia Giesta. 

Os visitantes foram recepcionados pelo vice-reitor da Univasf, Telio Nobre Leite, e por parte da equipe de Governança do HU. “A visita é importante para mostrar o quanto avançamos. Do ponto de vista administrativo, enfrentamos grandes desafios no processo de incorporação do hospital à Univasf, mas nunca fechamos as portas”, afirmou o vice-reitor. 

O gerente de Atenção à Saúde, Haroldo Pereira, aproveitou a visita e falou sobre a necessidade de aquisição de microscópio cirúrgico e termodinâmica, dois equipamentos essenciais para a manutenção das residências médicas em neurocirurgia e cirurgia vascular. Ana Paula Sóster sugeriu ao senador Humberto Costa a indicação de recursos para a aquisição desses equipamentos por meio de emendas impositivas.

A representante do Ministério da Saúde avaliou a reunião como produtiva e afirmou estar satisfeita com o funcionamento do HU-Univasf – “O processo de transição caminhou em passos largos e hoje o HU está funcionando de maneira adequada, mesmo com todos os problemas que têm os hospitais de médio e grande porte, principalmente as unidades de urgência”.

Na ocasião, o gerente administrativo do HU, Ronald Mendes, informou que a partir desse mês de agosto não haverá mais profissionais no hospital com vínculo assistencial precarizado. De acordo com o gerente, este novo cenário foi possibilitado por meio da realização de concurso público e de processo seletivo simplificado para as áreas médica e assistencial da unidade...

Em Brasília, prefeito de Casa Nova visita Ministério da Saúde

Em viagem à Brasília para a XVIII Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, o prefeito de Casa Nova, Wilson Cota, aproveitou a oportunidade para tratar de alguns assuntos referentes ao município e que são prioridades em sua gestão. O gestor, acompanhado da coordenadora do Núcleo de Projetos, Marlize Mainardes, visitou o Ministério da Saúde para tratar de assuntos relacionados às obras de três Unidades Básicas de Saúde e da Academia da Cidade.

Em atendimento com os técnicos do Ministério, o prefeito pontuou algumas situações inerentes à conclusão das obras e recebeu as orientações necessárias para o andamento das construções. "Vamos fazer todas as indicações dadas para que a população da sede e do interior tenha acesso o mais rápido possível a ais instrumentos de saúde, pois cuidar do nosso povo é nossa prioridade", pontua Cota...

Equipe do Consultório na Rua de Petrolina participa de videoconferência mensal com representante do Ministério da Saúde

Com intuito de proporcionar maior qualificação e eficácia nas ações desenvolvidas pelos profissionais do Consultório na Rua, serviço da Secretaria de Saúde de Petrolina, a equipe tem se reunido mensalmente com o representante do Ministério da Saúde (MS), Marcelo Pedra, por videoconferência, para acompanhamento das atividades e estabelecimento de estratégias.

Durante o segundo encontro, nesta sexta-feira, 08, a equipe expôs o cenário atual das três áreas prioritárias na cidade ressaltando os avanços e dificuldades. “Houve uma evasão do grupo que faz uso de substâncias psicoativas, ainda estamos em processo de aproximação das profissionais do sexo, porém temos tido resultados exitosos com o grupo de pessoas que fazem o uso de álcool no bairro João de Deus”, frisou a coordenadora do serviço Sarah Fonseca...

Equipe do Consultório na Rua de Petrolina participa de palestra com representante do Ministério da Saúde

Melhorando o cuidado e a atenção às pessoas que vivem em situação de rua, a equipe do Consultório na Rua de Petrolina participou de capacitação com o coordenador e representante do Ministério da Saúde (MS), Marcelo Pedra, que explanou sobre o programa e compartilhou sua experiência profissional.

Marcelo atua na área de atenção à saúde básica de pessoas que moram na rua e por meio de videoconferência pôde mostrar um pouco da sua experiência para os profissionais de Petrolina. “Gerir Consultório na Rua e atuar lado-a-lado com a realidade das pessoas que precisam, ou de outra forma têm que estar a maior parte do tempo nas ruas, não é uma tarefa fácil, mas com atenção determinada conseguimos possibilitar mais saúde para esse público”, explicou...

Piso dos agentes de saúde deve ser pago imediatamente, diz representante do Ministério da Saúde

Em meio à indefinição de prefeitos que aguardam uma regulamentação para cumprir o Piso Nacional dos Agentes de Saúde e Combate a Endemias (de R$ 1.014), o consultor jurídico do Ministério da Saúde, Fabrício Oliveira Braga, assegura que a lei – aprovada em junho do ano passado – está em vigor e o piso já deveria estar sendo pago desde julho do ano passado. Braga participou de reunião realizada no gabinete do deputado federal Jorge Solla (PT-BA) com cerca de 20 representantes de sindicatos e associações de agentes de saúde e de endemias de todo o país. “A lei, por não prever recursos financeiros novos, acabou sem dizer quem pagaria a conta (do aumento). Mas a lei está em vigor e regulamentação que faremos será apenas para realizar o cadastramento de todos os trabalhadores, mas a ausência desta regulamentação não impede o cumprimento do piso”, destacou.

O deputado Jorge Solla endossou que a lei aprovada tem de ser cumprida pelas prefeituras, sob pena de judicialização dos gestores. “Tem coisas que a gente não tem como fugir. Assim como a Lei de Responsabilidade Fiscal, o piso também é lei e têm de cumprir”, disse. Todavia, o secretário destaca que já foi secretário municipal de Saúde (em Vitória da Conquista) e reconhece a dificuldade financeira por que passam os municípios. “Estou muito preocupado com a situação crítica do financiamento de saúde. As três esferas de governo hoje vivem com constrangimentos financeiros muito fortes”, ponderou. O petista destacou que o valor repassado aos municípios hoje já paga 100% da remuneração dos agentes de saúde, cabendo ao município arcar com os encargos trabalhistas, mas destaca que marcará nova reunião com o ministro Arthur Chioro, da Saúde, para dar início a uma negociação pelo reajuste do incentivo financeiro transferido aos municípios...

Ministério da Saúde e ANS publicam regras para estimular parto normal na saúde suplementar

Operadoras terão que disponibilizar informações para a gestante e orientar médicos para uso do partograma

O Ministério da Saúde e Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) publicaram nesta quarta-feira (7/1) resolução que estabelece normas para estímulo do parto normal e a consequente redução de cesarianas desnecessárias na saúde suplementar. As novas regras ampliam o acesso à informação pelas consumidoras de planos de saúde, que poderão solicitar às operadoras os percentuais de cirurgias cesáreas e de partos normais por estabelecimento de saúde, por médico e por operadora. As informações deverão estar disponíveis no prazo máximo de 15 dias, contados a partir da data de solicitação. Atualmente, 23,7 milhões de mulheres são beneficiárias de planos de assistência médica com atendimento obstétrico no país, público-alvo dessas medidas. As regras foram apresentadas pelo ministro da Saúde, Arthur Chioro, e os diretores da ANS nesta terça-feira (6/1), em Brasília, e passam a ser obrigatórias em 180 dias.

Atualmente, no Brasil, o percentual de partos cesáreos chega a 84% na saúde suplementar. Na rede pública este número é menor, de cerca de 40% dos partos. A cesariana, quando não tem indicação médica, ocasiona riscos desnecessários à saúde da mulher e do bebê: aumenta em 120 vezes a probabilidade de problemas respiratórios para o recém-nascido e triplica o risco de morte da mãe. Cerca de 25% dos óbitos neonatais e 16% dos óbitos infantis no Brasil estão relacionados a prematuridade...

Rui Costa busca recursos para a Bahia no Ministério da Saúde

O governador eleito da Bahia, Rui Costa, solicitou ao ministro da Saúde, Arthur Chioro, a liberação das emendas parlamentares individuais apresentadas ao Orçamento da União, no valor de R$ 138 milhões. O ministro concordou. Ele disse que, tão logo seja aprovada a nova LDO pelo Congresso, as emendas serão liberadas.
 
Essas emendas já estão empenhadas e se referem à construção e à manutenção das unidades de saúde da família e à reforma e à ampliação de hospitais. Entre eles, constam unidades da rede estadual, municipais e filantrópicos, como o Aristides Maltês, em Salvador.
 
Rui Costa solicitou, ainda, pressa no empenho das emendas que estão em análise pelo Ministério, elas somam cerca de R$30 milhões. Além disso, pediu e será atendido na liberação de recursos para custeio no valor de R$ 90 milhões.
 
A prioridade é atender propostas encaminhadas pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab), conforme disse o secretário, Washington Couto, que também participou da audiência. Rui manifestou preocupação com o alto custo das UPAs. Ele deseja que o Ministério da Saúde financie pelo menos 50% do valor de manutenção das unidades. O ministro avalia que é possível, pois interessa ao governo ampliar o programa.
 
"No meu governo a prioridade é a saúde. Também vou estimular os consórcios de saúde", afirmou Rui. Segundo ele, “as emendas parlamentares terão destinação planejada, o que resultará no fortalecimento da saúde no estado".
 
A votação da LDO foi adiada para esta quarta-feira (03), às 10h, e o governador eleito e deputado federal Rui Costa disse que vai se empenhar na aprovação.
..

Guia Alimentar para a População Brasileira lançado pelo Ministério da Saúde

O novo Guia Alimentar para a População Brasileira foi lançado recentemente pelo Ministério da Saúde. A atualização da publicação relata quais cuidados e caminhos devem ser seguidos para alcançar uma alimentação saudável, saborosa e balanceada. Esta nova edição indica que a alimentação tenha como base alimentos frescos (frutas, carnes, legumes) e minimamente processados (arroz, feijão e frutas secas).

Também evita os ultraprocessados - a exemplo do macarrão instantâneo, salgadinhos de pacote e refrigerantes. De acordo com o site do MS, a intenção do Guia Alimentar é promover a saúde e a boa alimentação, combatendo a desnutrição (em forte declínio em todo o país) e prevenindo enfermidades em ascensão...

Secretaria de Saúde de Petrolina atinge as metas do programa Telessaúde e tem seu projeto renovado pelo Ministério da Saúde

Com apenas 10 meses de funcionamento o Programa intermunicipal de telessaúde (RIT-VALE) recebeu do Ministério da Saúde a renovação das atividades por atingir todas as metas previstas pelo Departamento de Atenção Básica. Petrolina passa a ser referência em teleassistência para 16 municípios que compõe a rede intermunicipal.

Com a renovação das ações do Programa, a Secretária municipal de Saúde de Petrolina foi contemplada com R$ 137.073,00 reais para ampliar suas atividades, priorizando o cuidado humanizado e a atenção à saúde dos usuários, a secretaria Municipal de Saúde (SMS) investe em tecnologia de comunicação para dinamizar a atenção à saúde básica dos petrolinenses...

Ministério da Saúde lança nova campanha de doação de sangue

Uma nova campanha de incentivo à doação de sangue foi lançada no país esta semana pelo Ministério da Saúde. A meta do órgão é aumentar continuamente a quantidade de doadores de sangue no país e, também, comemorar o Dia Mundial do Doador de Sangue, celebrado neste sábado (14). O slogan da campanha é o mesmo da anterior: “Seja para quem for, seja doador”.

A deputada estadual Graça Pimenta (PMDB), profissional de saúde e vice-presidente da Comissão de Saúde e Saneamento da Assembleia Legislativa (AL), apoia a campanha e reforça à população a importância da doação de sangue. “Sempre friso que doar sangue é um ato simples, de solidariedade, que pode salvar vidas. Tantas pessoas precisam de sangue, neste momento, em todo o país... Aqueles que se enquadram nos requisitos estabelecidos para doar sangue e ainda não doaram podem refletir sobre a importância deste gesto. Quero reiterar que estamos em período de Copa do Mundo e os festejos juninos estão se aproximando. Esses eventos nos deixam em alerta, pois a quantidade de pessoas que necessitam de doação de sangue pode aumentar, principalmente em nosso Estado”, salienta a parlamentar...