RedeGN - Bahia ocupa 4º lugar em número de abstenções

Bahia ocupa 4º lugar em número de abstenções

Considerada tranquila pelo Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA), o primeiro turno dessas eleições foi encerrado com poucas substituições de urnas e 21,56% de abstenções, o que quer dizer que mais de dois milhões de baianos deixaram de registrar o seu voto. Além disso, 73 pessoas foram presas, sendo 47 dessas por conta da realização de crime de boca de urna. Durante o pleito, conforme o TRE, 167 das 32.335 urnas eletrônicas utilizadas no estado precisaram ser substituídas durante esse primeiro turno. Desse número, 22 equipamentos eram utilizados pela capital. Quanto à abstenção dos eleitores – 21,56% – o percentual é considerado alto e está acima da média nacional, que é de 18,12%. Com isso, a Bahia aparece em 4º lugar no ranking nacional de abstenções, perdendo apenas para os estados do Maranhão (23,97%), Acre (22,71%) e Alagoas (22,11%). Rondônia aparece em 5º lugar, com 21,51% de seus eleitores ausentes. Com relação à média nacional, o percentual representa cerca de 24,6 milhões de brasileiros que não compareceram às urnas. Na última eleição, em 2006, a abstenção foi de 16,75%. Quem não votou e também ainda não justificou a ausência nesse primeiro turno tem ainda prazo de 60 dias, a contar do último domingo, para prestar contas ao TRE. A justificativa eleitoral obedece a esse prazo após a realização de cada turno eleitoral. (Tribuna)