RedeGN - ESPAÇO DO LEITOR: Hoje essa é a realidade da Guarda Municipal de Juazeiro, com carnaval ou sem carnaval

ESPAÇO DO LEITOR: Hoje essa é a realidade da Guarda Municipal de Juazeiro, com carnaval ou sem carnaval

No período carnavalesco do ano de 2011, o efetivo da guarda civil municipal recebeu uma escala extra para trabalharem ostensivamente nas avenidas auxiliando na segurança pública.

A categoria na época reuniram-se, e com o apoio do Sinserp (Sindicato dos Servidores públicos), decidiram cumprir suas escalas normais. Em varias reivindicações ao executivo, foi pedido o reaparelhamento da guarda municipal, investimento esse que já a muitos anos a instituição não recebe, impossibilitando os agentes de prestarem um serviço de qualidade para com a sociedade. As gratificações dessa escala extra e a falta de equipamentos levaram aos agentes a não cumprirem tal determinação, mas mesmo assim não deixaram de cumprir suas escalas normais de trabalho.

A Secretaria no uso de suas atribuições, confeccionou camisas para o pessoal de regime de contrato temporário, com o nome “Guarda Municipal “. Os agentes sentindo-se humilhados e desacatados apreenderam o material que levava o nome da briosa guarda.  Com o descaso que a tempos vem passando essa instituição, fica difícil a cada dia desempenharem as suas atribuições. Infelizmente os responsáveis pela instituição perante o município, não se empenham  e nem se aprofundam em conhecimentos na busca do que seja uma guarda municipal e para que serve. Esse ano a guarda municipal, precisamente entre o dia 10 de agosto a 10 de setembro, perdeu de encaminhar projetos em edital de nº 03 de chamada pública, 10 de agosto de 2011. Seleção Pública de propostas para apoio a projetos municipais relativos a ação do sistema  integrado de prevenção da violência e criminalidade no âmbito do programa : 1127-Sistema Único de Segurança Pública – SUSP.  O não encaminhamento prejudicará a própria sociedade que clama por mais segurança e a própria guarda municipal que não tem como fazer por falta de investimento e da própria estrutura em que se encontra.

Na maior parte das cidades onde tem guarda municipal, as prefeituras tem sua secretaria de segurança pública municipal e cidadania, nós tínhamos a SDS (Secretaria de Defesa Social) hoje extinta. Precisamos urgente da criação de uma ouvidoria e de alguém que realmente tenha conhecimento na área de segurança pública municipal.

AGMJ-BA