RedeGN - BA-210 EM SENTO-SÉ: E SE O ESTADO FOSSE PERNAMBUCO?

BA-210 EM SENTO-SÉ: E SE O ESTADO FOSSE PERNAMBUCO?

Caro Geraldo,

Gostaria de deixar mais uma vez, minha vontade de ver as coisas mudarem. Eu sou do tipo que acredito nas pessoas, apesar de não ter a certeza de que elas possam ser assim como às vezes demonstram ser.

Estava vendo uma matéria sobre um deputado que tá fazendo uma campanha para tentar mudar os municípios baianos de Rio Real e Jandaíra  para o estado de Sergipe, que está sendo feita pelo deputado federal Márcio Macedo (PT-SE).

O parlamentar elabora uma emenda constitucional para desmembrar o estado. A justificativa apresentada pelo deputado de Rio Real se deve à desatenção do governo baiano com as cidades.

De acordo com o parlamentar, as populações recorrem a cidades de Sergipe como Estância e Aracaju para receber assistência médica.

Enviei uma matéria para o seu blog no dia 25/07/2011 Solicitando do governo do estado uma resposta sobre a recuperação da BA-210, trecho entre Sobradinho e Quixaba em Sento-Sé.

Hoje é dia 11/10/2011. e até agora não tivemos nenhuma notícia da finalização (melhor dizendo, do início) da recuperação dos 100 km restantes.

Gostaria de lembrar que no povoado de Traíras já tem alguns buracos no trecho que foi recuperado ano passado, colocando assim em dúvida a qualidade da obra.

Estamos passando por dificuldades no trajeto a Juazeiro, assaltos, veículos quebrados e nenhuma assistência por parte de segurança policial, que por mais que tivesse a vontade de fazer não tem viaturas para isto. As que existem estão sendo aproveitadas na cidade, pois caso venha a quebrar, algum cidadão terá de rebocar.

Eu pergunto: Se Sento-Sé fosse parte de Pernambuco, será que a estrada não já teria sido feita? Será que alguém do governo já não teria nos dado alguma resposta? É pensando nisto que às vezes eu acho que seria bom para Sento-Sé, se governos como o de Eduardo campos que mostra ter compromisso com seu estado, tivesse a frente da nossa Bahia.

Por sinal, não difere em nada o governo atual do passado, em se tratando de trabalho para nossa região. Fica aqui mais uma vez o meu apelo, ao governo do Estado, aos representantes do povo e ao Sr. Pedro Alcântara, por uma resposta sobre a pergunta que em Sento-Sé não quer calar. Cadê a estrada que o governador prometeu?

Por amor a Sento-Sé e ainda confiante que a estrada será recuperada em seu total de 100 km, para alegria do povo, e felicidade do nosso bolso.

Joãozinho do Japão