RedeGN - PASSOS CAMPEÕES: ESCOLINHA DE ATLETISMO DE FLAMENGO

PASSOS CAMPEÕES: ESCOLINHA DE ATLETISMO DE FLAMENGO

A Corrida do Fogo 2011 realizada pelo Corpo de Bombeiros de Juazeiro serviu para provar que a equipe do professor Antônio Ferreira (o Ferreirinha) de Flamengo, Povoado de Jaguarari-Ba, está mais do que preparada para enfrentar grandes desafios. Dos vinte corredores da equipe inscritos na prova, doze conquistaram medalhas, sendo quatro desses vencedores em suas categorias.

O projeto Escolinha de Atletismo de Flamengo, desenvolvido na pequena comunidade do interior de Jaguarari, mostra que o Brasil pode ser uma grande potência do atletismo. Por outro lado, comprova que ainda há pouca vontade de investir no esporte. Os meninos e meninas de Flamengo têm obtido resultados impressionantes a cada prova, mas nem isso tem sido suficiente para obter apoios.

O que assegura o projeto são doações pontuais – de pessoas que conhecem o trabalho, um pequeno patrocínio da prefeitura local – que custeia transporte e hospedagem e, acima de tudo, o sonho e trabalho de Ferreirinha, que além de dedicar seu tempo de folga para treinar as crianças, muitas vezes tem que arcar com a compra de suplementos alimentares para os atletas, visto que os pais quase sempre não podem fazer isso. Essa é uma realidade difícil, que o projeto tem superado com as várias conquistas, o que já está se tornando comum.

De 09 a 18 de setembro cinco atletas irão enfrentar um novo desafio, dessa vez em João Pessoa - PB, quando participarão das Olimpíadas Nacionais Escolares, na categoria de 12 a 14 anos. Já para outros três as provas acontecerão em Joinvile – SC, onde irão competir na categoria de 15 a 17 anos. Todos se classificaram graças aos resultados obtidos na etapa estadual realizada em Simões Filho.

O trabalho de Ferreirinha tem afastado os jovens de Flamengo dos perigos das bebidas e das drogas. Além disso, tem servido como incentivo a educação, haja vista que um dos critérios de participação no projeto é ter bons resultados na escola. É preciso lembrar ainda, que adultos também praticam atletismo no mesmo projeto e acabam incentivando seus filhos a praticar o esporte.

Olhando crianças e adultos correndo, vendo a empolgação de Ferreirinha fica fácil entender como o esporte age na vida das pessoas. Difícil mesmo é entender como isso não consegue despertar no poder público e na iniciativa privada o desejo de apoiar. Pior ainda é imaginar que muitos esperam apenas que o grupo conquiste bons resultados, para então pegar “carona” no sucesso e estampar suas logomarcas nas camisas e bonés dos atletas.

De qualquer maneira, espero que um dia possamos ver no pódio de uma olimpíada (quem sabe no Brasil) um desses atletas. Por enquanto fica a certeza de que os atletas do professor Ferreirinha dão passos campeões em direção ao sucesso.

Texto e Foto: Álvaro Luiz - Jornalista