RedeGN - Blitze do ‘Alerta Celular’ orientam motoristas em Juazeiro

Blitze do ‘Alerta Celular’ orientam motoristas em Juazeiro

As unidades de policiamento ostensivo de Juazeiro iniciaram blitze educativas para orientar a população local sobre a importância do cadastro no Alerta Celular, da Secretaria da Segurança Pública (SSP). Mais de 30 mil baianos já aderiram ao Sistema, lançado em 2021, que tem o objetivo de identificar os proprietários e devolver os itens recuperados pela polícia, bem como responsabilizar quem adquire produtos provenientes de furtos e roubos.

Durante as ações, panfletos explicativos foram entregues aos condutores. Policiais da 73ª, 74ª, 75ª e 76ª Companhias Independentes de Polícia Militar (CIPMs) distribuíram os informativos e tiraram dúvidas dos motoristas que trafegavam em diferentes vias da cidade. Em todo o estado, a 75ª CIPM lidera o ranking de verificações de aparelhos com restrição através do Alerta Celular. 

A major Raquel Reis Soares de Souza, coordenadora  de Planejamento Operacional e Decisões Estratégicas (CPODE) do Comando de Policiamento da Região Norte (CPRN), reforçou que as unidades integrantes do CPRN permanecem empenhadas em disseminar o serviço e instruir a população. “O Alerta Celular é uma importante ferramenta a serviço do cidadão para a prevenção e repressão do delito, unindo forças com os órgãos de segurança pública, utilizando os benefícios da tecnologia em prol de melhores resultados de nossa atuação e da devolução do bem roubado ou subtraído, inibindo a atuação de possíveis infratores”.

Como funciona

Após adquirir um smartphone, o proprietário deve acessar o site alertacelular.ssp.ba.gov.br e realizar o cadastro, vinculando o número do IMEI do aparelho – disponível discando *#06# e na nota fiscal de compra – aos seus dados pessoais. Após esse passo, caso o celular seja roubado ou furtado, basta entrar novamente no site, fazer o alerta e depois registrar o boletim de ocorrência numa delegacia da Polícia Civil, física ou virtual.

Seguindo esse procedimento, se o aparelho for recuperado durante ações policiais, o proprietário receberá, no e-mail cadastrado, o informe para o resgate do item na unidade policial.

Da Redação RedeGN