RedeGN - Bombeiros encontram corpos e mortos na tragédia de Capitólio sobem para 10

Bombeiros encontram corpos e mortos na tragédia de Capitólio sobem para 10

Os Bombeiros de Minas Gerais encontraram os corpos dos dois últimos desparecidos após o trágico acidente no Lago de Furnas, em Capitólio, no sudoeste do Estado. Com isso, são dez mortos na tragédia de sábado, 8, quando uma grande rocha se depreendeu do cânion e atingiu três lanchas que faziam o passeio no lago.

Todas as vítimas estavam na mesma embarcação, a Jesus. Devido à violência do acidente, a Polícia Civil só conseguiu identificar apenas um corpo até o momento: Júlio Borges Antunes, de 68 anos, natural de Alpinópolis (MG).

Autoridades acreditam que as duas últimas pessoas encontradas eram pai e filho. As autoridades trabalham com a hipótese de que não há mais nenhum desaparecido.

“A embarcação Jesus estava ocupada por dez integrantes. Eles não apareceram e foram surgindo corpos ou fragmentos de corpos. Fizemos a perícia e encaminhamos ao IML de Passos. Até ontem, havia sete corpos em Passos. Hoje de manhã, [chegou] mais um. Agora, temos dez. Criamos um grupo de acolhimento. A Polícia Civil tenta fazer a identificação com rapidez, para permitir um velório digno. Oficialmente, temos a identificação de um senhor. Sobre os outros, temos o que chamamos de identificação precária, com algumas características: aparelho, tatuagem, roupas, anela…. Mas ainda carece de robustez, como material genético. Ou seja, oficialmente a Polícia Civil tem um nome”, explicou o delegado Marcos Pimenta.

Fonte: Jovem Pan