RedeGN - Professores promovem mais uma manifestação em frente à Prefeitura de Juazeiro. Seduc emite nota sobre a valorização dos profissionais da Educação

Professores promovem mais uma manifestação em frente à Prefeitura de Juazeiro. Seduc emite nota sobre a valorização dos profissionais da Educação

Conforme tinham anunciado profissionais da Educação em Juazeiro promoveram na manhã desta quinta-feira, dia 23, uma nova manifestação em frente ao Paço Municipal reivindicando o pagamento do auxílio tecnológico.

Em sua página no instagram a professora Jussimeire Souza postou o movimento e emitiu sua opinião sobre a gestão  da Educação:

“A educação de 2022 de Juazeiro-BA está comprometida. O tempo da escravidão e das fake news acabou. Não vamos nos calar. Estamos cobertos pela lei. Os professores estão recebendo seus proventos com descontos exorbitantes, enquanto a Prefeita Suzana Ramos e a Secretária de Educação Normeide espalham propagandas e vídeos enganosos. Quem está sentindo somos nós, que estamos vivendo esse caos. Inclusive a saúde também, e demais serviços não estão sendo disponibilizadas. Você, prefeita, traiu o seu povo!” expressou Jussimeire.

Ainda na manhã desta quinta-feira a Assessoria da Secretaria da Educação e Juventude enviou release falando das ações da pasta este ano:

Investimentos em escolas, valorização profissional, assistência estudantil e inovação marcam educação municipal de Juazeiro em 2021

Durante o ano de 2021, a Prefeitura de Juazeiro, por meio da Secretaria de Educação e Juventude (Seduc), promoveu uma série de melhorias na educação municipal. As iniciativas vão desde requalificações em 13 escolas municipais, impactando, diretamente, mais de 3 mil alunos da sede e interior, ações de valorização profissional, que juntas somam mais de R$25 milhões, bem como diversas iniciativas voltadas para assistência estudantil.

As escolas municipais Professora Leopoldina Leal, Haydée Fonseca Falcão, Presidente Tancredo Neves, Dr. Raimundo Medrado Primo, Manoel de Souza Bonfim e extensão, Eleotério Soares da Fonseca, Eliseu Santos, Bom Jesus NH1, Bom Jesus - Baraúnas, Américo Tanuri, Coração de Jesus e de Educação Infantil Américo Tanury, receberam melhorias pagas com recursos próprios, e duas delas, em parceria com uma empresa de mineração.  São mais de 3 mil  estudantes, além de colaboradores, que agora usufruem de ambientes totalmente climatizados, com mobiliário novo e mais confortáveis para o desenvolvimento das atividades da rotina escolar.

Além das escolas, a Prefeitura Municipal também investiu na construção do Centro de Distribuição da Alimentação Escolar de Juazeiro, um investimento de R$450 mil com recursos do município, acomodando com mais qualidade e segurançaa alimentação dos alunos. Também foram entregues cerca de 37 mil kits alimentação, compostos por alimentos perecíveis e não perecíveis, como política de assistência estudantil, durante a pandemia. Ainda neste ano, os alunos também receberam, em duas parcelas, o Vale Alimentação Estudantil, uma política inédita da atual gestão, contabilizando um investimento de mais de R$ 3,5 milhões, pagos com recursos próprios e injetados diretamente na economia local.

"A educação é um segmento importantíssimo e que está sendo tratado com todo zelo e cuidado pela nossa gestão. Foram muitos investimentos, boa parte deles com recursos próprios, como as reformas e ampliações nas escolas. Tudo isso é reflexo do entendimento de que a educação é um instrumento de mudança social e que impacta diretamente em outros setores, inclusive, no desenvolvimento econômico do município", destacou a prefeita Suzana Ramos.

Assistência pedagógica

A Prefeitura de Juazeiro, em mais uma ação inédita, também viabilizou para os estudantes da rede municipal, a "TV Escola Juazeiro – o canal do saber", para transmissão de aulas de reforço no contraturno das atividades letivas, ampliando o alcance da educação no município. Além disso, estudantes também receberam kits de material escolar e foram distribuídos notebooks nas escolas da sede que possuem turmas de Fundamental II, com o objetivo de proporcionar o aprendizado simultâneo entre alunos que frequentam as aulas presenciais e os que desenvolvem as atividades letivas remotamente.

Valorização profissional

Só em 2021, o município investiu cerca de R$25 milhões no pagamento de todas as licenças-prêmio para servidores efetivos e da ativa, na antecipação das férias de janeiro e na indenização de mais 10 dias para os profissionais da educação que solicitaram.

Além disso, o município também realizou um concurso público para professor, com mais de 500 vagas (imediatas e cadastro reserva), inclusive, com a oferta de cargos inéditos, como professores de Ensino Religioso, Dança, Teatro, Música, Artes Visuais, Robótica e Filosofia.

Educação  destaque

A educação de Juazeiro foi destaque no prêmio Band Cidades Excelentes, da Band Bahia, com o primeiro lugar entre municípios baianos com mais de 100 mil habitantes, se tornando referência em ações educacionais.

Os estudantes da rede municipal também deram show em programas e projetos educacionais. Alunos foram premiados nacionalmente no Prêmio MPT na Escola 2021, e em premiações locais como o Lápis na Mão – em casa, da TV São Francisco, e no Programa de Educação Ambiental Campo Limpo (PEA Campo Limpo).

O novo patrono da Academia Brasileira de Contadores de História (ABCH) também é um profissional da rede municipal de Juazeiro. Wiliam Soares é professor formador, vinculado a Seduc, e irá receber o título já em 2022, reforçando o corpo de profissionais qualificados disponíveis da rede municipal.

O futuro da educação

Para 2022, há a previsão de requalificações em mais 50 escolas municipais, entre elas, a Escola Municipal Paulo VI, que conta com um projeto arquitetônico inovador e sustentável, aliado ao modelo de gestão compartilhada com a Polícia Militar da Bahia.

A tecnologia também será reforçada na vida dos alunos. A rede municipal de Juazeiro foi contemplada com o Programa Internet Brasil, do Governo Federal, que visa levar acesso gratuito à internet em banda larga móvel, para alunos da rede pública do ensino básico, através da distribuição de chips, para escolas que foram contempladas com o Programa Educação Conectada. A aplicação de projetos de robótica e programação também estará presente em 32 escolas municipais, além de diversos projetos inovadores nas áreas de linguagens, matemática, ciências humanas e natureza.

Ainda em 2022, também terá continuidade nas escolas do interior, a entrega de notebooks para ampliar a assistência em todos os segmentos atendidos pela rede municipal.

"A educação do presente é um segmento humanizado, sensível e atento às necessidades da comunidade escolar, como é possível observar nas ações que executamos esse ano. Para o futuro, almejamos proporcionar muito mais e contamos com o apoio de todos aqueles que fazem com que a educação municipal seja uma referência, como já está se construindo", finalizou a secretária de Educação e Juventude, Normeide Almeida.

Da redação