RedeGN - Alex Tanuri denuncia situação de abandono do Caps II. Sesau contesta

Alex Tanuri denuncia situação de abandono do Caps II. Sesau contesta

Em visita ao Centro de Atenção Psicossocial/CAPS II, realizada na manhã da ultima quinta-feira, 11, o vereador Alex Tanuri constatou a situação de abandono do equipamento de saúde. Além da estrutura física precária, a piscina está tomada pelo limbo e se tornou foco para possível propagação da dengue. O quadro é chocante. 

"O que vi aqui é estarrecedor. Parece que nestes onze meses da gestão Suzana o equipamento sequer foi visitado por alguém da Secretaria de Saúde e, se foi, a incompetência estará constatada porque nada foi feito", disse Alex. 

Faltam medicamentos, há pacientes que esperam com a receita nas mãos há meses e o prédio se encontra completamente entregue ao descaso. "A prefeita se elegeu prometendo cuidar da saúde pública. O que temos na prática é a deterioração do que existia, funcionárias com salários em atraso e faltam até os remédios mais básicos. Um verdadeiro caos", reforçou o vereador. 

O Caps foi criado para ser uma uma unidade especializada em saúde mental para tratamento e reinserção social de pessoas com transtorno mental grave e persistente. Os centros oferecem um atendimento interdisciplinar, composto por uma equipe multiprofissional que reúne médicos, assistentes sociais, psicólogos, psiquiatras, entre outros especialistas. Em Juazeiro, todavia, apesar do esforço dos profissionais, a administração municipal ignora a importância dos serviços que deveriam ser prestados na unidade. 

NOTA DA SESAU

O município de Juazeiro através da Secretaria de Saúde vem investindo fortemente nos serviços da saúde mental, melhorando a infraestrutura dos espaços onde estão localizado os Centros de Atenção Psicossocial, como também na investindo na contratação de profissionais para a composição das equipes multidisciplinares.

O CAPS II localizado no bairro Dom Thomaz tem passado por manutenções regulares e está em processo de mudança de local, para melhor atender aos usuários, que contarão com uma estrutura adequada e conforme as exigências das portarias do Ministério da Saúde.

Ascom/Alex Tanuri