RedeGN - Petrolina: Vereador Pé de Galo defende extinção de ONG’s e Sindicatos e polemiza

Petrolina: Vereador Pé de Galo defende extinção de ONG’s e Sindicatos e polemiza

Em sessão realizada nesta sexta-feira (24) na Câmara de Petrolina, o vereador Wenderson Batista, conhecido como Pé de Galo, defendeu a extinção dos sindicatos e ONG’S e provocou fortes reações na comunidade.

Esse negócio de ONGs e de Sindicatos, de não sei o que, tinha que acabar", polemizou o parlamentar acrescentando que tiram proveito de benefícios públicos: "Porque para tirar proveito dos benefícios públicos, como questão tributária, como imposto que neguinho quer fugir, todo mundo lembra do poder público”, disse, durante votação do Projeto que tornava uma organização social do município “de utilidade pública”.

Após a fala do vereador ONG’s que atuam em Petrolina e região se manifestaram.

O Sinfraf - Sindicato da Agricultura Familiar - foi um dos primeiros: “É muito triste a fala do vereador, ainda por se tratar de pessoa com algum tipo de conhecimento jurídico e líder da base governista, do qual se espera uma sinalização à classe trabalhadora”, escreveu.

Sebastião Amorim, da ONG “Água Para Irmãos com Sede”, que atua atendendo a demanda por água em comunidades carentes em Petrolina, Juazeiro e região, nos períodos de estiagem, também lamentou: “Fiquei extremamente triste, decepcionado”,  disse.

Em nota a ONG Movimento, no centro da polêmica, preferiu agradecer os 18 votos favoráveis que a tornaram "de utilidade pública" e registrar o trabalho social que faz no município: “Apenas em 2020, mais de 95.000 máscaras foram distribuídas, mais de 22 toneladas de alimentos doados e 3.000 famílias foram assistidas. Em 2021, já são mais de 4.700 horas de voluntariado, com 50 comunidades assistidas e mais de 16 toneladas de alimentos doados...  A ONG Movimento agradece aos ilustres 18 vereadores, principalmente ao autor do projeto, o vereador Diego Hoffmann, que, atentos à legalidade do pedido, votaram de forma técnica e a favor do projeto”, escreveram.

Nas redes sociais e blogs muita gente se manifestou: “depois tá pedindo desculpa, aguarde”, escreveu um internauta.

Mas na hora de aumentar o combustível pode. E ONGs que ajudam não podem”, escreveu outro.

Uma falta de conhecimento total de um vereador, parece até piada. Se liga vereador passe a saber mais das ongs e dos trabalhos realizados por todas. sem as ongs o poder público não teria como fazer o papel delas, seu abençoado. Se liga”, anotou mais um.

O vereador foi infeliz no seu comentário. Generalizou. Precisa conhecer mais de perto as Ongs”, defendeu outro internauta.

Da redação redeGN