RedeGN - Coordenadora de enfermagem Érica Goes dirige extraoficialmente o Hospital Materno Infantil de Juazeiro

Coordenadora de enfermagem Érica Goes dirige extraoficialmente o Hospital Materno Infantil de Juazeiro

O Hospital Materno Infantil de Juazeiro atende 53 municípios que compõem a Rede PEBA (Hospitais de Pernambuco e Bahia) e de acordo com a assessoria de Imprensa da Prefeitura Municipal, o Hospital realiza em média 400 partos por mês.

Atualmente para administrar o atendimento e garantir a segurança de mães e bebês, a maternidade está priorizando os casos mais graves e outros casos estão sendo regulados para outras unidades, seguindo todas as normas legais, enquanto trabalha para normalizar o atendimento.

Todavia, faz 15 dias que aconteceu o afastamento da diretora administrativa sanitarista, Maria das Graças de Carvalho. A diretora solicitou a exoneração. De acordo com a assessoria de imprensa da Prefeitura de Juazeiro, atualmente "o Hospital Maternidade Infantil de Juazeiro está sendo administrado pela coordenadora de enfermagem Érica Goes que conhece muito bem a rotina da maternidade".

Ainda segundo a Prefeitura de Juazeiro, a nova direção já foi escolhida. "Mas só  será divulgada quando for publicada a nomeação no diário oficial do município", declarou a assessoria de imprensa.

No início de setembro através de nota, à imprensa e a sociedade juazeirense em geral, a então diretora Graça Carvalho declarou  que no dia 31 de agosto "cumpriU seu último dia à frente da gestão da Maternidade de Juazeiro, ressaltando que, apesar do afastamento ocorrer somente agora (dia 2), já estava previsto desde o mês de junho, quando comuniquei à prefeita Suzana Ramos a necessidade de afastamento por questões estritamente profissionais". 

A ex-gestora frisou também: "Portanto, minha decisão não tem nada a ver com recentes denúncias como estão atribuindo. Até porque quando assumi já sabia que a Unidade sempre foi alvo dessas questões". 

No entanto a solicitação de afastamento coicindiu com denúncias veiculadas na imprensa de uma crise no setor da saúde, manifestada por leitores desta REDEGN, ouvintes do Programa Geraldo Jose, apresentado na Rádio Juazeiro AM.

No último dia 10, Após várias denúncias, a presidente do Sindicato dos Médicos do Estado da Bahia, Ana Rita, inspecionou a maternidade e a UPA. 

Na visita, a presidente do Sindmed colheu diversas informações junto aos profissionais das unidades. As medidas serão avaliadas no sentido de obrigar a gestão municipal a cumprir com as suas responsabilidades e garantir as condições adequadas de funcionamento para a UPA e Maternidade. 

Redação redeGN Fotos Ney Vital