RedeGN - Tremor de terra na região do Pilar pode ter sido ocasionado por pressões em falhas geológicas, diz laboratório

Tremor de terra na região do Pilar pode ter sido ocasionado por pressões em falhas geológicas, diz laboratório

Até o momento não há nenhuma comprovação de que uma atividade em mineradora localizada no município de Curaçá, na Bahia, tenha sido responsável por um tremor de terra captado por uma estação sismográfica instalada na cidade de Ponto Novo, como vem sendo noticiado desde ontem (29).

A ocorrência foi registrada entre as cidades de Curaçá e Jaguarari, por volta das 12h30 deste domingo (29) e teria sido percebida por moradores do Pilar e proximidades, em Jaguarari. 

O Laboratório Sismológico da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (Labsis/UFRN) informou que um morador do Pilar ligou para um técnico do Labsis informando ter ouvido um estrondo que teria feito vibrar a janela. 

De acordo com o laboratório Sismológico nada comprova que uma possível explosão em mineradora instalada na região teria sido a causa da ocorrência: "Esse tremor é normal. Ele ocorre em falhas geológicas e vez por outra a gente tem mesmo esse tipo de fenômeno. É um evento de baixa intensidade e foi sentido na região. Essa questão da mineradora próxima, não tem nada que possa comprovar. Nessa região, vez por outra, a gente registra tremores de terra, que são provocados pelas pressões das falhas geológicas que existem na região, como teve em Amargosa”, informaram.

O terremoto teve magnitude preliminar de 2.5 mR, intensidade considerada baixa e não houve nenhum registro de prejuízos.

Da redação redeGN