RedeGN - Vereador Allan Jones propõe instalação de cabines de desinfecção nos hospitais públicos de Juazeiro (BA)

Vereador Allan Jones propõe instalação de cabines de desinfecção nos hospitais públicos de Juazeiro (BA)

O vereador Allan Jones (PSDB) participou do programa Geraldo José na tarde da última sexta-feira (15) oportunidade em que informou que protocolou na Câmara de Juazeiro um Projeto de Lei de sua autoria que obriga o Poder Público Municipal a instalar cabines de desinfecção, na entrada e saída dos hospitais públicos de referência, em Juazeiro. 

Segundo Allan Jones a finalide é evitar a disseminação do novo coronavírus, nessa fase epidemiológica de transmissão comunitária. No artigo segundo da proposição o vereador explica que o equipamento sugerido é feito de ferro, aço, PVC e emite jatos de pulverização, os quais liberam uma diluição de água com substancias autorizadas, em concentrações ideais e de acordo com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária, visando a destruição do novo coronavírus e outros patógenos.

Na justificativa, Allan Jones explica que a medida está sendo proposta em razão do número de casos suspeitos de Coronavírus se encontrar aumentando de forma exponencial, tendo em vista que já existem 384 notificações, 44 casos confirmados e 121 notificações aguardando resultado.

Allan ainda comentou sobre a indicação ao Prefeito Municipal  para que realize a testagem rápida para o novo coronavírus, a cada 15 (quinze) dias, obrigatoriamente, em profissionais de saúde, policiais em geral, agentes de fiscalização, técnicos de laboratórios, profissionais de limpeza, e outros profissionais convocados para trabalhar durante o isolamento social, no município de Juazeiro, evitando subnotificações e diagnósticos tardios, respeitando o melhor período de sensibilidade e especificidade dos testes, enquanto estiver em vigor a emergência em saúde pública e ainda a decretação do estado de calamidade pública, no âmbito do município de juazeiro-ba em decorrência da pandemia do novo coronavírus (covid-19) e do h1n1, por meio do decreto municipal nº 320/2020, para fins de evitar a disseminação do novo coronavírus.

O projeto e a indicação podem ser apreciados e votados na sessão ordinária virtual na tarde desta segunda-feira (18).

Da redação Foto de arquivo