RedeGN - NILO DIZ QUE PRESIDÊNCIA DA AL-BA NÃO FOI NEGOCIADA E CONFIRMA ROBERTO CARLOS COMO CORREGEDOR

NILO DIZ QUE PRESIDÊNCIA DA AL-BA NÃO FOI NEGOCIADA E CONFIRMA ROBERTO CARLOS COMO CORREGEDOR

O candidato a reeleição à Presidência da Assembleia Legislativa, deputado Marcelo Nilo (PDT), negou que o acordo para uma candidatura única tenha passado pela negociação do secretariado do governador Jaques Wagner (PT), conforme afirmou seu colega de parlamento Zé Neto (PT). “Wagner nunca tocou nesse assunto. A Assembleia é um poder, não é indicação”. O pedetista preferiu tirar o corpo quando indagado sobre o desgaste provocado na relação de seu partido com o governador, devido à demora para um acordo final na montagem da equipe. “Não estou incomodado porque eles estão negociando. Estaremos juntos em 2014, exceto se houver um terremoto”, afirmou. Não há divergências em nenhum dos cargos da chapa para a Mesa Direitora. Ficou acordado, nesta manhã, que o deputado pedetista Roberto Carlos (Foto), 1º secretário que resistia em tentar a reeleição, ficará como corregedor da AL. Maria Luiza Laudano (PTdoB) será a 4ª secretária e Ângelo Coronel (PP) o procurador. A vaga de ouvidor ficará com um nome a ser escolhido pelo bloco DEM-PR.