RedeGN - Casa Nova: Crianças de escola pública usam o mato para fazer necessidades fisiológicas, denuncia moradora

Casa Nova: Crianças de escola pública usam o mato para fazer necessidades fisiológicas, denuncia moradora

Em vídeo gravado pelo comunitário conhecido como Avelar do Pipa, que circulou nas redes sociais nesta quinta-feira (23), uma moradora da comunidade de Baraúna, Conceição, denunciou o que considera um descaso por parte da gestão pública em Casa Nova, em relação a uma escola da comunidade.

De acordo com a senhora Conceição, as crianças da escola estão fazendo as necessidades fisiológicas no mato, correndo riscos de serem, inclusive, picadas por cobras e outros bichos peçonhentos: “Juntaram tudo nesse colégio, é dois turnos que tem, ai situação, com as professoras, ficam os meninos sem saber pra onde vai, pra qual lado do mato vai e eu fico preocupada lá de casa, por medo de cobra, prestando atenção nas crianças, porque eu não trabalho na escola não... e ai então tem muitos alunos, que chegam aqui, os bichinho ficam sem saber pra onde correm, quando vai num banheiro, que não tem”, denunciou.

De acordo com a moradora da comunidade, a escola até tem sanitários, “mas os canos estão quebrados, não pode usar não”, lamentou.

No vídeo é possível ver a escola totalmente deteriorada, telhado tomado por goteiras, piso esburacado, paredes danificadas, incluindo uma rachadura que divide o quadro de escrever ao meio, anotou o comunitário Avelar nas imagens divulgadas nas redes sociais.

De acordo com dona Conceição não existe sequer tranca nas portas: “Eu que amarro um arame aqui, pras cabras e os porcos não virem aqui pra dentro. Tem dia que até jumento tá aqui dentro do muro...que não tem tranca, não tem nada, acabou tudo”, relatou.

Com a palavra o poder público municipal, em Casa Nova.