RedeGN - Sempre ligado.

Foram encontrados 226 registros para a palavra: ministerio da saude

Ministério da Saúde prepara busca pelos que 'pularam' 2ª dose da vacina. O segundo maior percentual de ausentes está na Bahia (quase 10%)

Enquanto o processo de vacinação contra o coronavírus caminha a passos lentos, uma outra preocupação surge no Brasil em meio ao avanço da doença em todas as regiões.

O Ministério da Saúde informou que pelo menos 1,5 milhão de pessoas não voltaram aos postos de saúde para tomar a segunda dose do imunizante, deixando de cumprir o protocolo estipulado pelo Programa Nacional de Imunizações (PNI). Do total, 89.122 são de Minas e deixaram de completar o esquema vacinal contra a COVID-19...

Covid-19: 1,5 milhão de brasileiros estão com segunda dose atrasada, relata Ministério da Saúde

Cerca de 1,5 milhão de brasileiros estão com a segunda dose da vacina contra a Covid-19 atrasada. O dado foi trazido nesta terça-feira (13) pelo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, durante um café da manhã com jornalistas, em Brasília. Segundo o ministro, a pasta vai divulgar uma lista, por estado, de pessoas que estão com a segunda dose atrasada. 

A complementação do esquema vacinal, ressaltou, será feito com o apoio do Conselho Nacional de Secretários de Saúde. Aos que estão com a segunda dose atrasada, o Ministério da Saúde orienta que não deixem de ir a um posto de vacinação para completar a imunização...

Pesquisa sobre diabetes realizada na UniFTC é selecionada em programa científico do Ministério da Saúde

Pé diabético é o nome usual para uma série de complicações que podem ocorrer nos pés de pessoas com diabetes. A mazela, que pode começar uma simples úlcera, é responsável por 70% de todas as amputações não traumáticas realizadas no Brasil.

A Bahia é recordista nessas remoções, com 43 cirurgias ao dia. Para evitar que a doença chegue a tal ponto, é preciso garantir duas coisas: o diagnóstico precoce e a cicatrização dessas úlceras, que são causadas pela doença arterial obstrutiva periférica (DAOP)...

Fiocruz anuncia que vai entregar ao Ministério da Saúde, mais 1,3 milhão de doses de vacinas contra Covid-19

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) anunciou hoje (1º) que vai entregar amanhã (2), ao Ministério da Saúde, mais 1,3 milhão de doses de vacinas contra Covid-19. Ao longo do mês de março, foram disponibilizadas 2,8 milhões de doses produzidas no Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos (Bio-Manguinhos), a partir de ingrediente farmacêutico ativo (IFA) importado.

Com a entrega de amanhã, a Fiocruz terá disponibilizado ao ministério 4,1 milhões de doses da vacina Oxford/AstraZeneca, produzida em Bio-Manguinhos, graças a um acordo de encomenda tecnológica firmado entre a Fiocruz e os desenvolvedores da vacina no ano passado...

Bahia já aplicou 80,4% das doses de vacinas contra Covid-19 enviadas pelo Ministério da Saúde

A Bahia totalizou, até quarta-feira (31), 1.918.802 doses aplicadas das vacinas contra coronavírus (Covid-19). O número corresponde a 80,4% do total de 2.386.600 doses dos imunizantes Coronavac e da Astrazeneca enviados pelo Ministério da Saúde para o estado desde 18 de janeiro, data de chegada da primeira remessa.

Em um comparativo nacional, a Bahia está posicionada como segundo estado que vacinou o maior percentual da população. Cerca de 12,85% dos habitantes (1.604.370) foram imunizados contra Covid-19, dos quais 314.432 receberam também a segunda dose...

Ministério da Saúde vai distribuir mais 11 milhões de doses de vacinas contra a covid-19 entre os estados brasileiros na próxima semana

O Ministério da Saúde vai distribuir mais 11 milhões de doses de vacinas contra a covid-19 entre os estados brasileiros na próxima semana. A distribuição foi confirmada pelo ministro Marcelo Queiroga, que trabalhou neste sábado (27) para tentar atingir, já nos próximos dias, a meta de imunizar 1 milhão de pessoas por dia no país.

Ao deixar o Ministério da Saúde, na noite deste sábado, Marcelo Queiroga disse que os estados brasileiros vão receber, na próxima semana, 11 milhões de doses da Coronavac e da Astrazeneca. "Elas já chegaram e vão ser distribuídas para os estados segundo os critérios do Programa Nacional de Imunização", contou o ministro, em entrevista à GloboNews...

"O ministério da Saúde está ocupado por gente que nunca trabalhou com política pública, não sabe o que é SUS", diz José Carlos Temporão, ex-ministro da Saúde

Após tomar posse em cerimônia fechada e fora da agenda oficial, o médico cardiologista Marcelo Queiroga assume o comando do Ministério da Saúde em meio ao pior momento da epidemia da Covid-19, com situações de colapso na rede de saúde em diferentes estados, lista de espera para obter vagas em UTIs e crise na oferta de medicamentos essenciais a pacientes graves.

Além desses problemas, o novo ministro deve ter como missão acelerar o plano de vacinação contra a Covid e lidar com o impacto já presente no sistema de saúde por atendimentos represados...

Cargo em empresa retarda posse de Queiroga no Ministério da Saúde

Anunciado, no último dia 15, como futuro ministro da Saúde, o médico Marcelo Queiroga só poderá assumir o cargo quando deixar a função de sócio-administrador de uma empresa de serviços médicos em João Pessoa (PB), o Cardiocenter - Centro de Diagnóstico e Tratamento das Doenças Cardíacas.

A lei 8.112, de 1990, proíbe que servidores públicos da União participem "de gerência ou administração de sociedade privada". Consultado, a advogado Bruno Barata, especialista em direito administrativo, explicou  que ministros de Estado podem ser sócios, mas não administradores de empresas privadas...

Marcelo Queiroga aceita convite para assumir o Ministério da Saúde

O presidente Jair Bolsonaro convidou o presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC), Marcelo Queiroga, para ocupar o Ministério da Saúde.

Queiroga deixou o gabinete presidencial por volta das 18h30 desta segunda-feira e, segundo interlocutores do presidente, aceitou o convite. A ideia é publicar a nomeação no Diário Oficial da União desta terça-feira (16)...

Ludhmila Hajjar diz que recusou convite para Ministério da Saúde por 'motivos técnicos'

A cardiologista Ludhmila Hajjar afirmou à CNN que recusou o convite para assumir o Ministério da Saúde "principalmente por motivos técnicos". Ela disse ainda ter sofrido ataques e ameaças de morte depois de ser cotada para ocupar o cargo.

"Fiquei muito honrada pelo convite do presidente [Jair] Bolsonaro, tivemos dois dias de conversas, mas infelizmente acho que esse não é o momento para que eu assuma a pasta do Ministério da Saúde por alguns motivos, principalmente por motivos técnicos", afirmou, em entrevista nesta segunda-feira (15)...

Liberado crédito extra de R$ 2,8 bilhões para o Ministério da Saúde

O Presidente da República, Jair Bolsonaro, editou Medida Provisória que abre crédito extraordinário em favor do Ministério da Saúde no valor de R$ 2,8 bilhões. A medida visa a adequar a capacidade do sistema de saúde às demandas necessárias ao enfrentamento da emergência de saúde pública decorrente da Covid-19.

Os recursos serão direcionados à Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), ao Grupo Hospitalar Conceição (GHC) e ao Fundo Nacional de Saúde. Quanto à Fiocruz, a proposta visa ao funcionamento de 173 leitos, à disponibilização de testes diagnósticos, além de outras despesas atreladas à doença, como vigilância genômica e pesquisas relacionadas ao Sars-Cov-2 e capacitação de pessoal da rede de vigilância em saúde...

Ministério da Saúde orienta prefeitos a não reservar 2ª dose e que irá antecipar vacinação de professores

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, disse a prefeitos nesta sexta-feira (19) que a pasta deve alterar a estratégia de vacinação contra a Covid-19. A partir de agora, cidades não precisam mais reservar a segunda dose da vacina para ser aplicada. A justificativa é que já há maior garantia de produção.

A informação foi divulgada pela Frente Nacional dos Prefeitos, que pediu a reunião com o ministro...

Estados questionam critérios e cobram do Ministério da Saúde mais doses de vacinas contra a Covid-19

O total de doses e os critérios usados pelo Ministério da Saúde para distribuir as vacinas contra a Covid-19 são alvos de críticas de estados. Enquanto a vacinação avança em ritmo considerado lento pelos especialistas, unidades da federação questionam a diferença na quantidade de doses já enviadas e pedem mais lotes dos imunizantes.

Representantes de ao menos quatro estados estão entre as unidades da federação que fazem críticas ao governo. Além deles, há estados que buscam caminhos para comprar suas próprias doses, como é o caso da Bahia com a vacina Sputnik V...

Ministério da Saúde estima remoção de cerca de 1,5 mil pacientes de Manaus

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, disse hoje (26) que o governo federal espera transferir do Amazonas para outros estados cerca de 1,5 mil pacientes infectados pelo novo coronavírus.

“Nosso objetivo é chegar a algo em torno de 1,5 mil pessoas removidas”, afirmou Pazuello ao participar, em Manaus, da cerimônia de reabertura do Hospital Nilton Lins para atendimento a pessoas em tratamento de covid-19. Isso é para que possamos equilibrar a demanda e a oferta por leitos em Manaus”, afirmou o ministro. Ele disse que perto de 300 pessoas já foram transportadas em aviões da Força Aérea Brasileira (FAB)...

Alerta: É falso que Ministério da Saúde pré-cadastra para vacinação contra Covid-19 por telefone ou SMS

Golpistas se aproveitam do início e expectativa da vacinação contra Covid-19 para enganar cidadãos e obter acesso a aplicativos de mensagens como o WhatsApp e o Telegram, segundo informou o Ministério da Saúde. De acordo com publicação da pasta nas redes sociais, os golpistas ligam para os celulares das vítimas e fazem um falso questionário para levar o cidadão a acreditar no golpe e compartilhar com o criminoso um código que dá acesso aos aplicativos de mensagens.

A isca usada pelos golpistas é a possibilidade de pré-agendar uma data para a vacinação. A pasta, no entanto, não está agendando datas para a vacinação contra a Covid-19 e não faz ligações para cidadãos...

Ministério da Saúde conta com Coronavac para iniciar vacinação nesta semana

O governo federal avalia que a Coronavac está prestes a se tornar a única opção viável para dar início à vacinação, tendo apenas a reunião da Anvisa deste domingo (17) como último estágio para completar o ciclo que irá habilitá-la.

O ministro da Saúde Eduardo Pazuello fez uma análise do cenário com auxiliares, neste sábado (16), e a opção de que haverá somente a vacina produzida pela chinesa Sinovac e o Instituto Butantan é considerada a principal. O governo conta com a liberação da Coronavac neste domingo para iniciar logo o processo de distribuição das doses aos estados, que por sua vez, remeterão aos municípios...

Ministério da Saúde erra ao informar quantitativo de seringas e agulhas em estoque nos estados, diz assessoria do Governo da Bahia

O Ministério da Saúde errou ao informar o Supremo Tribunal Federal (STF) sobre o quantitativo de seringas e agulhas em estoque nos estados brasileiros.

O documento elaborado pelo Ministério e endereçado ao ministro Ricardo Lewandowski cita apenas 232 mil seringas na Bahia. No entanto, este quantitativo refere-se a seringa que vem da Índia com trava, 0,05 ml, acompanhando a vacina BCG...

Ministério da Saúde anuncia que distribuirá vacina do Butantan a todos os estados

O Ministério da Saúde informou nesta sábado (9) que fechou acordo com o Instituto Butantan, de São Paulo, para distribuir com exclusividade as vacinas contra o novo coronavírus pelo SUS (Sistema Único de Saúde) para todos os estados, simultaneamente.

A pasta informou que campanha de imunização gratuita deve começar "tão logo os imunizantes recebam autorização da Anvisa"...

Pazuello será demitido do Ministério da Saúde

O governo Jair Bolsonaro está aguardando o que chama de “melhor momento” para exonerar o ministro Eduardo Pazuello do comando do Ministério da Saúde. A informação foi dada pela colunista Thaís Oyama, na tarde desta quarta-feira, 30, no Jornal Jovem Pan.

“O governo está aguardando o que chamam de ‘melhor momento’ para o general Pazuello não sair em baixa. Esse momento seria o início da vacinação. Quando começar a engrenar, Pazuello será afastado do Ministério da Saúde, deixando lugar, provavelmente, para Ricardo Barros, deputado que é líder do governo na Câmara, é do Progressistas, líder do Centrão. Ele é hoje o mais cotado para ocupar a vaga de Pazuello, que não está bem cotado nem no Palácio do Planalto. O general está recebendo muitas críticas, inclusive, no Palácio do Planalto”, disse Oyama...

Bahia recebe 120 respiradores do Ministério da Saúde para abertura de novos leitos de UTI. 10 serão destinados para o Regional de Juazeiro

A Bahia recebeu na noite desta segunda-feira (21), 120 respiradores do Ministério da Saúde, possibilitando a abertura de novos leitos de UTI para o atendimento a pacientes graves com o

 diagnóstico do coronavírus (Covid-19). Deste total, 60 foram entregues no Hospital Espanhol, contando com a presença do secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, e do superintendente  do Ministério da Saúde na Bahia, Glauber Almeida do Nascimento Silva...