Foram encontrados 20 registros para a palavra: mais futuro

Inscrições do Mais Futuro seguem abertas até o dia 25 de agosto

As inscrições para o Edital 2023 do Programa Mais Futuro, iniciadas nesta segunda-feira (3), prosseguem até o dia 25 de agosto. O programa disponibiliza um auxílio permanência para estudantes regularmente matriculados em cursos de graduação presencial nas quatro universidades estaduais da Bahia (UNEB, UESC, UESB e UEFS).

Destinado a estudantes em situação de vulnerabilidade socioeconômica, comprovada no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), o edital àqueles que não tenham concluído nenhum outro curso de nível superior. As inscrições aprovadas receberão parcelas que variam entre R$300 e R$600...

Governo do Estado publica novo edital do Programa Mais Futuro

Começam na segunda-feira (03/07) as inscrições para o Edital 2023 do Programa Mais Futuro. A expectativa é de aumento do número de inscrições, dentro de uma estimativa de cerca de seis mil novos estudantes das universidades estaduais, considerando as matrículas do primeiro e segundo semestres letivos do ano em curso. O novo edital, publicado nesta sexta-feira (30), no Diário Oficial do Estado, atende à solicitação dos estudantes e suas respectivas lideranças acadêmicas, manifestada através das representações em reuniões com os gestores das secretarias estaduais da Educação (SEC) e da Administração (SAEB), junto à Coordenação de Políticas para a Juventude (COJUVE).

Ao contemplar a demanda do público estudantil das universidades estaduais, o Governo do Estado reafirma seu compromisso com o fortalecimento da política estadual de assistência e permanência estudantil e da iniciativa de estágio voltada para o referido público. Além disso, ratifica a importância social, educacional, econômica e política do Mais Futuro, por meio de pagamentos do auxílio-estudantil, que tem contribuído para o atendimento das necessidades dos estudantes em situação de pobreza e vulnerabilidade social, garantindo a sua permanência na universidade...

Estado da Bahia realiza novo crédito para estudantes beneficiados pelo Programa Mais Futuro

O novo crédito do Programa Mais Futuro já está disponível nas contas dos estudantes beneficiados. O Mais Futuro atende, atualmente, a 8.793 estudantes ativos das quatro universidades estaduais (UNEB, UESC, UEFS e UESB), contemplados nos perfis Básico e Moradia. 

Desde que foi criado, em 2017, o programa já beneficiou 24.439 estudantes e investiu mais de R$ 215 milhões. Só nesta parcela, foram disponibilizados recursos da ordem de R$ 3,5 milhões. O orçamento do governo do Estado para o programa, em 2023, é de R$ 45 milhões...

Bahia: Estudantes de universidades estaduais receberão mais parcelas do 'Mais Futuro' em 2023 

O Governo do Estado ampliou de oito para 11 o número de parcelas do Programa Mais Futuro para os beneficiários que recebem o crédito mensal de R$ 300. Destinado a alunos das quatro universidades públicas estaduais em condições de vulnerabilidade social, o recurso tem como objetivo contribuir para que os estudantes permaneçam nas instituições de Ensino Superior e concluam suas graduações. O anúncio em detalhes foi dado pelo governador Jerônimo Rodrigues em suas redes sociais, na manhã desta segunda-feira (6).  

"Estou aqui animado, alegre e feliz porque nós conseguimos junto com vocês, junto com os professores e com as redes de estudantes, mobilizar o nosso esforço, nosso empenho para garantir a permanência na universidade. Pois, além do acesso, é fundamental termos políticas de permanência", declarou o Jerônimo Rodrigues por vídeo.   ..

Mais Futuro abre inscrições para universitários da Uneb, Uesc, Uefs e Uesb

A Secretaria da Educação do Estado (SEC) abriu inscrições para os estudantes do Ensino Superior das quatro universidades públicas estaduais (Uneb, Uesc, Uefs e Uesb) interessados em participar do Programa Mais Futuro. Pode participar quem está regularmente matriculado em curso de graduação presencial, desde que não tenha concluído qualquer outro curso de nível superior e que esteja comprovadamente em situação de vulnerabilidade socioeconômica.

As inscrições devem ser realizadas pela internet, na página do programa: http://maisfuturo2.educacao.ba.gov.br/acessoestudante . O estudante que mora a até 100 quilômetros do campus de matrícula recebe o auxílio permanência no valor de R$ 300. Já o aluno que mora a uma distância superior a 100 km do campus de matrícula e mudou de domicílio para frequentar o curso recebe o auxílio moradia no valor de R$ 600...

Seleção de monitores para o programa Mais Estudo segue até esta sexta-feira (3)

Os estudantes interessados em participar do programa Mais Estudo devem procurar a direção da escola onde estão matriculados até esta sexta-feira (3), para participar da seleção. Os candidatos estão sendo selecionados a partir de uma listagem de estudantes aptos e pré-habilitados pela Secretaria da Educação do Estado, baseada em suas notas nas áreas em que irão atuar na monitoria, ou seja, Língua Portuguesa, Matemática e Iniciação Científica.

Estão sendo ofertadas 52 mil vagas e cada monitor selecionado é contemplado com uma bolsa de R$100 por mês, durante os seis meses da vigência do programa, para atuação no turno oposto ao qual está matriculado. Para a realização do Mais Estudo foram destinados recursos próprios do Estado da ordem de R$ 31,2 milhões...

Inscrições do Mais Futuro seguem até próxima quarta (11)

As inscrições do programa Mais Futuro, desenvolvido pela Secretaria da Educação do Estado (SEC), foram prorrogadas até o dia 11 de maio.

O Mais Futuro disponibiliza um auxílio permanência para estudantes regularmente matriculados em cursos de graduação presencial nas quatro universidades estaduais da Bahia (UNEB, UESC, UESB e UEFS), desde que não tenham concluído nenhum outro curso de nível superior, em situação de vulnerabilidade socioeconômica comprovada no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico)...

Estado prorroga as inscrições do Mais Futuro até 11 de maio

As inscrições do programa Mais Futuro, desenvolvido pela Secretaria da Educação do Estado (SEC), foram prorrogadas até o dia 11 de maio, no Portal da Educação.

O Mais Futuro disponibiliza um auxílio permanência para estudantes regularmente matriculados em cursos de graduação presencial nas quatro universidades estaduais da Bahia (Uneb, Uesc, Uesb e Uefs), desde que não tenham concluído nenhum outro curso de nível superior, em situação de vulnerabilidade socioeconômica comprovada no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico)...

Governo antecipa crédito de mais de R$ 4 milhões do Mais Futuro para estudantes das universidades estaduais

O Governo da Bahia antecipa, mais uma vez, o crédito do auxílio-permanência do Mais Futuro para 10.440 mil estudantes das universidades públicas estaduais baianas (Uneb, Uefs, Uesb e Uesc) beneficiários do programa.

O valor, que é pago até o 10 dia útil de cada mês, já está na conta dos estudante desde esta sexta-feira (30). O novo investimento do Governo do Estado é de R$ 4.062.300 milhões. Entre janeiro e outubro deste ano já foram pagos R$ 40.873.200 milhões diretamente aos estudantes ligados ao Mais Futuro...

Governo do Estado antecipa pagamento do Mais Futuro com investimento superior a R$ 4,6 milhões

O Governo do Estado antecipa, pelo terceiro mês seguido, o pagamento do auxílio permanência do programa Mais Futuro. Em maio, o investimento será de R$ 4.689.300,00 destinado aos 12.145 mil estudantes das universidades públicas estaduais baianas (Uneb, Uefs, Uesb e Uesc).

O pagamento, que é feito até o dia 10 de cada mês, chega na conta dos beneficiários na segunda-feira (1º). Os estudantes que migrariam para a etapa de estágio também serão beneficiados...

Governo do Estado libera mais R$ 4,7 milhões para pagamento do Mais Futuro

O Governo do Estado liberou mais R$ 4,7 milhões para o pagamento do auxílio permanência do programa Mais Futuro. O valor é destinado a 12 mil estudantes das universidades estaduais (Uneb, Uefs, Uesb e Uesc).

O pagamento, que é feito até o dia 10 de cada mês, foi antecipado pelo segundo mês consecutivo e já está disponível para os beneficiários...

Governo do Estado antecipa pagamento de assistência estudantil a beneficiários do Mais Futuro 

Com um investimento de R$ 4,7 milhões, o Governado do Estado autorizou a antecipação do pagamento do auxílio-permanência do programa Mais Futuro, que contempla mais de 12 mil estudantes das universidades estaduais (Uneb, Uefs, Uesc e Uesc).

O valor, que é referente ao mês de março, seria pago entre 5 e 10 de abril, mas estará disponível para saque na próxima segunda-feira (30/03). A iniciativa segue as ações realizadas pelo governador Rui Costa para minimizar os efeitos causados pela pandemia do novo Coronavírus (Covid-19)...

Estudantes da Uneb e Uesb têm até sexta-feira para se inscrever no Mais Futuro

Mais de 8,3 mil estudantes já foram beneficiados pelo Programa Mais Futuro, implementado pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Educação. O objetivo do Mais Futuro é garantir a permanência na universidade dos jovens que se encontram em vulnerabilidade socioeconômica, com uma bolsa-auxílio mensal. Voltado para as universidade estaduais, o programa tem inscrições abertas para os alunos da Uneb (Universidade do Estado da Bahia) e Uesb (Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia) até esta sexta-feira (13). 

Entre 7 e 17 de agosto, as inscrições estarão disponíveis para os estudantes da Uefs (Universidade Estadual de Feira de Santana) e Uesc (Universidade Estadual da Santa Cruz). Para participar do Mais Futuro, é preciso estar regularmente matriculado em curso de graduação presencial nas universidades públicas estaduais (Uneb, Uefs, Uesb e Uesc). Outro critério é que o estudante esteja, comprovadamente, em situação de vulnerabilidade socioeconômica e não tenha concluído outro curso de nível superior...

Bahia: Programa mais futuro beneficia estudantes carentes das universidades estaduais

O Programa Mais Futuro recebeu, na sua segunda etapa, inscrições de 4.601 estudantes das universidades estaduais (UESC, UEFS, UESB e UNEB) para auxílio-permanência e estágio. Direcionado a alunos universitários condições de vulnerabilidade socioeconômica participantes do CadÚnico, o programa tem o objetivo de garantir a permanência e a conclusão das suas graduações. O auxílio varia de R$ 300 a R$ 600 mensais.

O secretário estadual da Educação, Walter Pinheiro, diz que esta iniciativa beneficia aqueles estudantes que mais precisam de políticas públicas para garantir a sua permanência na universidade, o acesso ao estágio e a conclusão do Ensino Superior. "Nosso objetivo é preparar os estudantes para o futuro. Este programa é uma iniciativa importante para assegurar que aquele estudante mais carente permaneça na universidade até o fim do curso”. ..

Inscrições para segunda etapa do Mais Futuro terminam nesta sexta-feira 

Estudantes de universidades baianas têm até esta sexta-feira (3) para realizar a inscrição na segunda etapa do Programa Mais Futuro. A iniciativa do Governo da Bahia já está beneficiando cerca de 4 mil universitários com bolsas-auxílio e vagas de estágio. A previsão é que, nesta fase, mais mil jovens sejam selecionados. As inscrições devem ser feitas por meio do site do programa (maisfuturo.educacao.ba.gov.br). 
 
A garantia da permanência dos alunos nas universidades estaduais de Feira de Santana (Uefs), de Santa Cruz (Uesc), do Sudoeste (Uesb) e do Estado (Uneb) é o principal objetivo da ação. O pró-reitor de Assistência Estudantil da Uneb, Ubiratan Azevedo, assegura que “o Mais Futuro, mesmo sendo um programa jovem, tem ajudado, de fato, as universidades a manterem os estudantes até o final do curso e a produzir um quadro humano de melhor qualidade”.

As bolsas mensais são oferecidas nos dois primeiros terços do curso. O valor de R$ 300 é destinado aos alunos que estudam a até 100 quilômetros de onde residem. Já a bolsa R$ 600 é oferecida a quem mora mais longe, por conta da necessidade de arcar com as despesas de uma moradia temporária. Além disso, “para ser auxiliado, o estudante deve estar em situação de vulnerabilidade”, como explica o coordenador do Comitê Executivo do Mais Futuro, José Carlos Sodré.

A condição de vulnerabilidade é comprovada pela atualização dos dados do Cadastro Único para Programas Sociais do governo federal (CadÚnico). Caso as informações não estejam atuais ou haja a necessidade de fazer a primeira inclusão no cadastro, o estudante deve procurar um Centro de Referência em Assistência Social (Cras), no município em que a família reside. O candidato interessado no Mais Futuro também não pode ter vínculo empregatício nem ter concluído outro curso de nível superior.
 
Mudando vidas

Beneficiado desde julho deste ano, o estudante de Relações Públicas Fabrício Figueiras conta que tem utilizado a bolsa “para custear despesas com alimentação, transporte e até nos estudos e trabalhos acadêmicos, com recursos de cópias e livros”. A aluna do curso de Ciências Sociais Jaqueline Silva fez a inscrição para a segunda etapa e espera “ter mais oportunidades para melhorar a qualidade dos estudos, uma vez que vai poder estudar com menos preocupações financeiras”.
 
Informações adicionais sobre o Mais Futuro - que integra o Programa Educar para Transformar - também podem ser obtidas no site de inscrição (maisfuturo.educacao.ba.gov.br). Até o fim de 2018, o Governo da Bahia deve investir aproximadamente R$ 50 milhões na ação...

Mais Futuro: Universitários devem atualizar CadÚnico para participar da segunda etapa

O Governo do Estado está preparando a segunda etapa do programa Mais Futuro, prevista para abrir inscrições nos próximos dias. A iniciativa oferece auxílio financeiro para os estudantes das universidades Estadual de Feira de Santana (Uefs), de Santa Cruz (Uesc), do Sudoeste da Bahia (Uesb) e para a Universidade do Estado da Bahia, (Uneb), que estejam em condições de vulnerabilidade socioeconômica, participantes do CadÚnico, além de oportunidades de estágio no setor público.

Os interessados em participar desta segunda etapa devem estar atentos para ter o registro atualizado no cadastro centralizado de programas sociais do governo federal (CadÚnico). Para fazer essa atualização é preciso ir até o setor responsável pelo CadÚnico ou pelo Bolsa Família na cidade em que mora. Caso não saiba onde fica o local de cadastramento, o interessado pode buscar essa orientação no Centro de Referência de Assistência Social (Cras) mais próximo de sua casa. Em muitas localidades, o próprio Cras realiza o cadastramento das famílias. 

Candidatos ao programa Mais Futuro também não devem possuir vínculo empregatício e não ter concluído qualquer outro curso de nível superior. O incentivo garante a permanência desses estudantes nas salas de aula e a conclusão dos cursos de graduação.

"Essa iniciativa do Governo do Estado é de fundamental importância para assegurar que os estudantes permaneçam no curso sem sofrer descontinuidade. Sabemos o quanto o auxílio financeiro é importante para os jovens continuarem seus estudos na universidade, por isso, estamos atentos às necessidades deste segmento e continuaremos a investir na formação dos nossos jovens", afirmou o governador Rui Costa.  

O valor da bolsa é de R$ 300 para quem estuda a até 100 quilômetros de onde mora, ou de R$ 600 para os que vivem a uma distância maior, pois para estes há a necessidade moradia temporária na cidade onde estuda. Estando dentro do perfil do programa, o estudante poderá receber o auxílio desde o primeiro semestre até completar dois terços do curso. No terço final da graduação, os beneficiários terão a opção e prioridade para ingressar em vagas de estágio de nível superior ofertadas por órgãos e secretarias do Governo do Estado.

Até o fim de 2018, cerca de R$ 50 milhões serão investidos pelo Governo de Estado no programa. Para o secretário da Educação, Walter Pinheiro, o investimento dialoga com outras políticas do governo do estado. "É um investimento nas pessoas. Nosso objetivo é preparar os estudantes para o futuro. Queremos dar suporte para que eles não abandonem a universidade e também possam evoluir profissionalmente através de estágios e até mesmo contribuir com a outra parte da rede na educação básica, no ensino e na educação profissional". ..

Inscrições no Mais Futuro são prorrogadas até este domingo (2)

O Governo do Estado prorrogou até as 23h59 deste domingo (2) o prazo para inscrição no Programa Mais Futuro, que encerraria na sexta-feira (31). A decisão foi anunciada pelo governador Rui Costa por meio de sua página oficial no Facebook (facebook.com/ruicostaoficial). O programa é voltado para estudantes das universidades estaduais da Bahia (Uesc, Uefs, Uneb e Uesc) em condições de vulnerabilidade socioeconômica. Para se inscrever, os interessados devem acessar o site do programa (maisfuturo.educacao.ba.gov.br) e preencher o formulário.

São oferecidos estágio e auxílio permanência para estudantes de baixa renda participantes do CadÚnico. O auxílio varia de R$ 300 a R$ 600 mensais. O primeiro valor é destinado a universitários que estudam a até 100 quilômetros da sua cidade de origem. Já o segundo é para aqueles que moram em cidades a mais de 100 quilômetros de distância do campus onde estão matriculados. Estando dentro do perfil do programa, o estudante poderá receber o auxílio desde o primeiro semestre até completar dois terços do curso...

Mais Futuro oferece estágio e auxílio permanência para estudantes

Com o objetivo de promover a permanência e melhorar o desempenho de estudantes das universidades estaduais baianas, as inscrições para o Programa Mais Futuro seguem abertas até o dia 31 de março. A iniciativa garante vagas de estágio e auxílio para que universitários de baixa renda possam concluir os cursos. Para participar, o as alunos devem se cadastrar através do site do Programa Mais Futuro. Em caso de dúvidas, o estudante pode ligar para 0800 071 8956, inclusive por celular.

Fabrício Filgueira, estudante de comunicação social da Universidade do Estado da Bahia, pensou em desistir do curso algumas vezes. “Eu vim de Teolândia para estudar aqui em Salvador e os gastos com transporte, alimentação e material de estudo fazem com que minha permanência aqui fique complicada. Esse programa vai ser uma salvação, eu tenho certeza que com esse apoio eu vou ficar no curso até o fim e realizar meu sonho de trabalhar com assessoria de comunicação e relações públicas”. 

O valor da bolsa é de trezentos reais para quem estuda a até cem quilômetros de onde mora, ou de R$600 para os que vivem a uma distância maior. Estando dentro do perfil do programa, o estudante poderá receber o auxílio desde o primeiro semestre até completar dois terços do curso. No terço final da graduação, os beneficiários terão a opção e prioridade para ingressar em vagas de estágio de nível superior ofertadas por órgãos e secretarias do Governo do Estado.

O pagamento das bolsas será feito diretamente ao próprio estudante, através de cartão, em conta bancária criada exclusivamente com essa finalidade. Entre os critérios para participar do Programa Mais Futuro estão: ter registro atualizado no Cadastro Centralizado de Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico); não possuir vínculo empregatício e não ter concluído qualquer outro curso de nível superior. 

Até o fim de 2018, cerca de R$ 50 milhões serão investidos pelo governo de estado no programa. Para o secretário da Educação, Walter Pinheiro, investimento dialoga com outras políticas do governo do estado. “É um investimento nas pessoas. Nosso objetivo é preparar os estudantes para o futuro. Queremos dar suporte para que eles não abandonem a universidade e também possam evoluir profissionalmente através de estágios e até mesmo contribuir com a outra parte da rede na educação básica, no ensino e na educação profissional”. ..

Mais Futuro oferece estágio e auxílio permanência para estudantes

Com o objetivo de promover a permanência e melhorar o desempenho de estudantes das universidades estaduais baianas, as inscrições para o Programa Mais Futuro seguem abertas até o dia 31 de março. A iniciativa garante vagas de estágio e auxílio para que universitários de baixa renda possam concluir os cursos. Para participar, o as alunos devem se cadastrar através do site do Programa Mais Futuro. Em caso de dúvidas, o estudante pode ligar para 0800 071 8956, inclusive por celular.

Fabrício Filgueira, estudante de comunicação social da Universidade do Estado da Bahia, pensou em desistir do curso algumas vezes. “Eu vim de Teolândia para estudar aqui em Salvador e os gastos com transporte, alimentação e material de estudo fazem com que minha permanência aqui fique complicada. Esse programa vai ser uma salvação, eu tenho certeza que com esse apoio eu vou ficar no curso até o fim e realizar meu sonho de trabalhar com assessoria de comunicação e relações públicas”. 

O valor da bolsa é de trezentos reais para quem estuda a até cem quilômetros de onde mora, ou de R$600 para os que vivem a uma distância maior. Estando dentro do perfil do programa, o estudante poderá receber o auxílio desde o primeiro semestre até completar dois terços do curso. No terço final da graduação, os beneficiários terão a opção e prioridade para ingressar em vagas de estágio de nível superior ofertadas por órgãos e secretarias do Governo do Estado.

O pagamento das bolsas será feito diretamente ao próprio estudante, através de cartão, em conta bancária criada exclusivamente com essa finalidade. Entre os critérios para participar do Programa Mais Futuro estão: ter registro atualizado no Cadastro Centralizado de Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico); não possuir vínculo empregatício e não ter concluído qualquer outro curso de nível superior. 

Até o fim de 2018, cerca de R$ 50 milhões serão investidos pelo governo de estado no programa. Para o secretário da Educação, Walter Pinheiro, investimento dialoga com outras políticas do governo do estado. “É um investimento nas pessoas. Nosso objetivo é preparar os estudantes para o futuro. Queremos dar suporte para que eles não abandonem a universidade e também possam evoluir profissionalmente através de estágios e até mesmo contribuir com a outra parte da rede na educação básica, no ensino e na educação profissional”. ..

Abertas inscrições do Mais Futuro para estudantes de universidades estaduais

Foi publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) desta terça-feira (7) os editais do Programa Mais Futuro, que tem como objetivo promover a permanência e melhora do desempenho dos estudantes das universidades estaduais baianas. As inscrições para ter acesso ao auxílio permanência ou às vagas de estágio estão no site e seguem até 31 de março. Não haverá prorrogação do prazo.  

O auxílio terá valor de R$ 300 ou R$ 600 mensais. O primeiro valor é destinado a universitários que estudam a até 100 quilômetros da sua cidade de origem. Já o segundo é para aqueles que moram em cidades a mais de 100 quilômetros de distância do campus onde estão matriculados. Estando dentro do perfil do programa, o estudante poderá receber o auxílio desde o primeiro semestre até completar dois terços do curso.

No terço final da graduação, os beneficiários terão a opção e prioridade para ingressar em vagas de estágio de nível superior ofertadas por órgãos e secretarias do Governo do Estado. Os estudantes que já estão na fase final do curso e atendem os critérios também podem ingressar no programa, já na fase do Estágio...