RedeGN - Sempre ligado.

Foram encontrados 9 registros para a palavra: ex prefeito

Bomba: Tribunal de Justiça da Bahia condena Isaac Carvalho, ex-prefeito de Juazeiro, a devolver 243 mil reais e cassa direitos políticos. Assessoria responde

O Tribunal de Justiça da Bahia, por meio da Comarca de Juazeiro, 1ª Vara da Fazenda Pública, julgou procedentes os pedidos formulados pelo Ministério Público e condenou o ex-prefeito de Juazeiro Isaac Cavalcante de Carvalho.

Segundo a decisão proferida no último dia 06, O Ministério Público do Estado da Bahia, pelo Promotor de Justiça em exercício nesta Comarca, ajuizou Ação Civil Pública por Ato de Improbidade Administrativa com isso a Justiça determinou as penas cumulativas de ressarcimento integral do dano no valor de R$ 243.178,08...

MP aciona ex-prefeito Isaac Carvalho, por contratações irregulares

O Ministério Público estadual ajuizou ação civil pública contra o ex prefeito de Juazeiro Isaac Cavalcante de Carvalho em razão de contratações irregulares efetuadas no período em que foi prefeito, entre os anos de 2009 a 2016. Segundo a promotora de Justiça Daniela Baqueiro, autora da ação, o acionado já foi condenado em virtude de contratações irregulares de servidores em janeiro de 2010, no entanto continuou contratando irregularmente até o final da sua gestão, em 2016.

Na ação, o MP requer que a Justiça condene Isaac Cavalcante às sanções previstas na Lei de Improbidade Administrativa, incluindo a suspensão dos direitos políticos por cinco anos; pagamento de multa civil de 100 vezes o valor da remuneração recebida pelo agente; e proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário, pelo prazo de três anos...

CONTRATAÇÃO IRREGULAR GERA PUNIÇÃO A EX-PREFEITO DE SENHOR DO BONFIM

Na sessão desta quarta-feira (14), realizada por meio eletrônico, os conselheiros e auditores da 2ª Câmara do Tribunal de Contas dos Municípios julgaram procedente termo de ocorrência lavrado contra o ex-prefeito de Senhor do Bonfim, Carlos Alberto Lopes Brasileiro, em razão de irregularidades na contratação de pessoal para atendimento das demandas relativas à pandemia da Covid-19. O relator do processo, conselheiro Fernando Vita, multou o gestor em R$2 mil.

De acordo com a Diretoria de Controle de Atos de Pessoal do TCM, o gestor afirmou que realizou contratações temporárias em função da pandemia da Covid-19 mesmo sem lei municipal que estabeleça os casos de contratação por tempo determinado para atender à "necessidade temporária de excepcional interesse público". Além disso, não foram inseridos os dados declaratórios acerca dos atos de admissão de pessoal no sistema SIGA, do TCM, bem como não foi a remessa da documentação para exame da Corte de Contas...

Duplicação do trecho urbano da BA 210 em Juazeiro já está com recurso em conta e obra será iniciada em breve, informa ex prefeito Paulo Bomfim

Nesta segunda-feira (1), o ex prefeito de Juazeiro, Paulo Bomfim, em conversa com o secretário de Infraestrutura da Bahia, Marcos Cavalcanti, foi informado que a duplicação da BA 210 – trecho que vai do Mercado do Produtor até o contorno de acesso para Sobradinho – já está com o recurso em conta e a obra terá início nos próximos dias. 

"Essa é, sem dúvida, uma excelente notícia para todos os juazeirenses. Um sonho que está prestes a se realizar devido a todo um esforço e trabalho do nosso projeto político que através dessa parceria de sucesso com o governador Rui Costa tem gerado grandes conquistas para o município nos últimos anos. Essa obra é fruto do compromisso que sempre tivemos e que continuaremos a ter com o desenvolvimento de Juazeiro", declarou Paulo. ..

Ex prefeito de Pilão Arcado é denunciado ao MPE por Nepotismo

O Tribunal de Contas dos Municípios, na sessão realizada por meio eletrônico nesta quinta-feira (30/07), determinou a formulação de representação ao Ministério Público Estadual contra o ex-prefeito de Pilão Arcado, Manoel Afonso Mangueira, em razão da prática de nepotismo, no exercício de 2019.

A decisão, aprovada por unanimidade, foi apresentada pelo conselheiro Paolo Marconi, relator do voto condutor no processo. Ele constatou a procedência de arte fundamental da denúncia formulada junto ao TCM, contra o ex-prefeito, por um cidadão do município. Por isso, além de responder a processo por improbidade administrativa, caso denunciado à Justiça pelo MPE, o ex-prefeito terá que pagar multa de R$5 mil como punição administrativa...

Petrolina: ex prefeito Odacy Amorim é o pré-candidato do PT nas eleições municipais de 2020

O Partido dos Trabalhadores (PT), em Petrolina informa através de nota que Odacy Amorim, ex-prefeito de Petrolina e atual presidente do IPA, tem seu nome confirmado pelo PT como pré-candidato a prefeito nas eleições municipais de 2020.  

Confira nota:..

Ex prefeito Julio Lossio envia nota: "todo o meu patrimônio tem origem nas receitas que obtive antes de me tornar prefeito"

Conforme noticiado neste Blog Geraldo José que a Justiça Federal, através da 17ª vara, em Petrolina, acatou a denúncia do Ministério Público Federal, em ação criminal, e tornou réu o ex-prefeito Julio Lossio, o ex-secretário de finanças Julio Lossio Filho e bloqueou os bens dos acusados.  A medida é referente ao "São João do Vale” dos anos de 2012 e 2013, que de acordo com o inquerito possui irregularidades.

Confiram nota do ex-prefeito Julio Lossio:..

Operação Carro Fantasma: MP denuncia ex-prefeito e vereadores que desviaram quase R$ 10 milhões dos cofres públicos de Remanso

O Ministério Público estadual, por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco), denunciou o ex-prefeito do Município de Remanso Celso Silva e Souza e outras 16 pessoas por crimes de peculato e fraude a licitações à Justiça. Alvos da operação ‘Carro Fantasma’, deflagrada no último dia 21 de novembro, eles são acusados de envolvimento em um esquema que desviou quase R$ 10 milhões do erário municipal. Segundo os promotores de Justiça, a associação criminosa funcionava por meio de emissões mensais de notas fiscais inidôneas e sublocação de veículos ‘fantasmas’, que não existiam ou não prestavam nenhum tipo de serviço público. Foram oferecidas três denúncias, sendo uma por fraude a licitações e prorrogação indevida de contratos; outra por crime de peculato (que consiste na subtração ou desvio, de dinheiro público ou de coisa móvel apreciável, por funcionário público) a núcleo do Poder Executivo; e, por fim, uma por crime de peculato ligado a núcleo do Poder Legislativo.

Além do ex-prefeito de Remanso, foram denunciados Arismar Silva e Souza, ex-secretário de Administração e Finanças do Município; José Mário da Conceição, sócio-proprietário da JMC Construtora, Comércio e Serviço; Erasmo Paulo Fernandes Ribeiro, responsável pela empresa Consulte Licitação; Ulisses de Araújo Costa Assis, ex-pregoeiro da Prefeitura; Arão Dantas dos Santos e Nelson Senna de Carvalho Filho (Réus Colaboradores), ex-funcionários da JMC Construtora por crimes de fraude a licitações e prorrogação indevida de contratos.  Os denunciados atuaram em um grupo delituoso que frustrou e fraudou, mediante diversos ajustes e restrição da publicidade, o caráter competitivo dos pregões presenciais nº 03/2014 e 04/2015, obtendo vantagens ilícitas dos objetos das licitações...

Pedro Alcântara recebe apoio do ex-prefeito de Jaguarari Edson Almeida

Em encontro realizado hoje, no início da tarde, em Salvador, o ex prefeito de Jaguarari Edson Almeida declarou apoio ao deputado Pedro Alcântara. “ Eu acompanho o trabalho de  Pedro e já o apoiei em outras vezes. É um parlamentar atuante, que tem serviços prestados a Jaguarari e em todos esses anos de vida pública, nunca me decepcionou. Sempre foi justo e coerente em suas ações”, disse Edson.

Pedro Alcântara, que já tinha o apoio do vereador Márcio Gomes e mais quatro edis ficou muito satisfeito com a decisão de Edson “ O apoio  do amigo  Edson  Almeida fortalece a reeleição que estamos buscando  e o nosso compromisso maior é que Jaguarari volte ao caminho do desenvolvimento” , concluiu Alcântara...