Foram encontrados 63 registros para a palavra: a jornalista

Sinjorba lamenta morte precoce da jornalista feirense Nayá Lôbo

O Sindicato de Jornalistas Profissionais do Estado da Bahia (Sinjorba) lamenta profundamente a passagem precoce da jornalista Nayá Bastos Lôbo, aos 33 anos, ao tempo em que manifesta sinceros sentimentos à família e amigos.

Natural de Feira de Santana, Nayá completaria, em maio próximo, 10 anos de graduada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo, pela Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB). Formada também em Direito, atualmente atuava como assessora jurídica da Defensoria Publica do Estado de Alagoas...

Morre em Juazeiro (BA) a jornalista e radialista Jean Farias

Em contato com a Rede GN na manhã desta terça-feira a jornalista Sibelle Fonseca informou o falecimento da jornalista e radialista Jean Simons de Farias, aos 67 anos.

Ainda segundo Sibelle, Jean estava internada em um hospital da região, após sofrer sequelas de um AVC. Paraibana, a jornalista foi uma das primeiras mulheres a atuar na comunicação do Vale do São Francisco...

Amazônia tem 62 ataques a jornalistas desde as mortes de Bruno e Dom, diz relatório

Associações de jornalismo e organizações de defesa da liberdade de imprensa se reuniram na sede do Instituto Vladimir Herzog nesta segunda (5), data que marca um ano da morte do indigenista brasileiro Bruno Pereira e do jornalista britânico Dom Philips, para cobrar políticas efetivas de proteção de jornalistas e defensores de direitos humanos.

Dados preliminares da organização Repórteres Sem Fronteiras mostram que, desde os assassinatos, em 5 de junho do ano passado, até maio deste ano, foram registrados 62 casos de ataques contra jornalistas na Amazônia...

Bolsonaro é condenado a pagar R$ 50 mil por ataques a jornalistas

A Justiça de São Paulo condenou em segunda instância, nesta quinta-feira (25/5), o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) por ataques a jornalistas. A 4ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça manteve a decisão da primeira instância, de junho de 2022, mas reduziu o valor da indenização por dano moral coletivo de R$ 100 mil para R$ 50 mil.

Em abril de 2021, o Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo (SJSP) denunciou o então presidente na Justiça por "ofensas e agressões" reiteradas. A defesa de Bolsonaro negou que houvesse censura, e afirmou que ele não se referia à classe dos jornalistas como um todo, e sim a determinados profissionais,..

Ministério cria observatório de combate à violência contra jornalistas

O Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) publicou hoje (17) portaria que cria o Observatório Nacional da Violência contra Jornalistas e Comunicadores Sociais.

A criação do grupo já tinha sido anunciada pelo ministro da Justiça, Flávio Dino, logo após as manifestações golpistas de 8 de janeiro, em atenção à proposta levada pela Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj)...

“O Brasil se despede de uma vida de Glórias, num país ainda marcado pelo racismo e diferenças sociais", afirma jornalista Nilton Leal

A jornalista e apresentadora Glória Maria morreu, na manhã desta quinta-feira (2), no Rio de Janeiro por complicações de um câncer no cérebro e o assunto repercute em todo o Brasil.

O jornalista Nilton Leal, doutorando em Ecologia Humana, através das redes sociais, destacou a importância de Gloria Maria, em meio a lutas e conquistas identitárias. “O Brasil se despede de uma vida de Glórias, num país ainda marcado pelo racismo e diferenças sociais. Glória Maria fez história”. Confira texto:..

Governador Jerônimo Rodrigues lamenta a morte da jornalista Glória Maria

Em mensagem publicada em suas redes sociais, o governador Jerônimo Rodrigues lamentou a morte da jornalista Glória Maria, que morreu nesta quinta-feira (2), em decorrência de um câncer.

"Com muita tristeza, recebi a notícia do falecimento de Glória Maria. Ícone da TV brasileira, Glória nos brindou com seu talento em um momento da História em que repórteres pretas não eram vistas na televisão"...

Observatório da Violência contra Jornalistas se reunirá até o final de janeiro

A primeira reunião plenária do Observatório Nacional da Violência contra Jornalistas será ainda em janeiro e contará com a presença de entidades da imprensa e de veículos de comunicação, além de representantes do poder público e da sociedade civil.

Segundo o secretário nacional de Justiça do Ministério da Justiça e Segurança Pública, Augusto de Arruda Botelho, a ideia é, em um primeiro momento, definir como será feito o acompanhamento de casos e, se necessário, cobrar punições...

Governo vai acompanhar investigações sobre agressões de golpistas a jornalistas

Recém-criado, o Observatório Nacional da Violência contra Jornalistas vai monitorar as investigações referentes às agressões a profissionais da imprensa cometidas por golpistas em 8 de janeiro.

"Nada mais importante do que acompanhar aqueles que foram agredidos durante uma tentativa de golpe de Estado", disse à reportagem o secretário Nacional de Justiça, Augusto de Arruda Botelho (PSB)...

Ministro anuncia órgão para monitorar violência contra jornalistas

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino, anunciou na terça-feira (17) a criação, no âmbito da pasta, do Observatório Nacional de Violência contra Jornalistas. A proposta foi levada ao ministro pela Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj).

"Acolhendo o pedido das entidades sindicais dos jornalistas, vamos instalar no Ministério da Justiça o Observatório Nacional da Violência contra Jornalistas, a fim de dialogar com o Poder Judiciário e demais instituições do sistema de justiça e segurança pública", disse o ministro em postagem nas redes sociais...

Agressões a jornalistas serão investigadas pela Polícia Civil do DF, afirma ministro Paulo Pimenta

O ministro-chefe da Secretaria de Comunicação (Secom) da Presidência da República afirmou nesta quinta-feira (12) que a Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) irá averiguar as agressões sofridas pelos jornalistas nos atos terroristas que aconteceram no último domingo (8).

"No domingo nós tivemos situações que envolvem violência contra profissionais da imprensa. Fizemos uma reunião de trabalho e a Secom assumiu o compromisso de ser parceira destas entidades na defesa da liberdade de expressão e da garantia das condições de trabalho dos profissionais de imprensa”, disse...

Fenaj e Sindicatos repudiam agressão a jornalistas em Brasília e responsabilizam as forças de segurança por escalada de violência

O Brasil assistiu neste domingo (08/01) a lamentáveis ataques à democracia brasileira, promovidos por bolsonaristas que não aceitam o resultado das eleições.

O Congresso Nacional, o Palácio do Planalto e o Supremo Tribunal Federal (STF) foram invadidos, depredados e saqueados por terroristas a serviço de uma força política fascista, que tem como principal líder o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL)...

Projetos no Senado propõem punição rigorosa para agressões a jornalistas

O Senado tem vários projetos em tramitação que buscam coibir agressões a profissionais da imprensa. O tema voltou à tona após o incidente com a jornalista Vera Magalhães na noite de terça-feira (13). Os projetos criam agravantes ou novas penas para atos violentos que tentem intimidar ou impedir o trabalho da imprensa.

Vera Magalhães acompanhava debate entre candidatos ao governo de São Paulo quando foi abordada agressivamente pelo deputado estadual Douglas Garcia, integrante da comitiva do candidato e ex-ministro Tarcísio Gomes. Ao final do debate, Douglas se aproximou da jornalista gravando um vídeo com o celular, perguntou se ela teria recebido dinheiro para falar mal do presidente Jair Bolsonaro e chamou-a de “vergonha para o jornalismo”...

Candidato ao governo do Piauí, Silvio Mendes diz a jornalista: 'Você é quase negra na pele, mas é inteligente'

O candidato ao governo do Piauí, Silvio Mendes (União Brasil), fez um comentário de teor racista para a jornalista Katya Dangeles durante uma sabatina na TV Meio Norte nesta quarta-feira (31). Mendes, que é apoiado pelo ministro da Casa Civil Ciro Nogueira, afirmou que a profissional "era quase negra, na pele", mas que "é uma pessoa inteligente", após ter sido questionado sobre feminicídio e minorias.

Em nota, a assessoria do candidato afirmou que Sílvio Mendes nutre admiração pela profissional e que, após a sabatina, entrou em contato e pediu desculpas, reconhecendo o erro. Leia a íntegra do texto ao final da reportagem. A jornalista disse preferir não se pronunciar sobre o ocorrido...

TSE: Curso para jornalistas aborda práticas de combate à desinformação

No quarto dia do curso “Cobertura das Eleições 2022 e Direito Eleitoral” nesta sexta-feira (26), dois especialistas do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) falaram sobre as iniciativas de combate à desinformação, adotadas pela Justiça Eleitoral (JE) e parceiros; ações judiciais eleitorais; e mudanças na legislação com impacto no registro de candidaturas.

Com duração de 15 horas e promovido pela Escola Judiciária Eleitoral do Tribunal Superior Eleitoral (EJE/TSE), o curso tem como meta preparar jornalistas e especialistas da área para propagar os conhecimentos sobre a Justiça Eleitoral. A capacitação é realizada em formato de Ensino a Distância (EaD) e vai até segunda-feira (29)...

Curso para jornalistas trata de gastos de campanha e segurança do sistema eletrônico

O terceiro dia do curso “Cobertura das Eleições 2022 e Direito Eleitoral” contou com dois módulos conduzidos por especialistas do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que falaram sobre arrecadação, gastos de campanha e prestação de contas e também sobre a segurança do sistema Eletrônico de votação.

Com duração de 15 horas e promovido pela Escola Judiciária Eleitoral do Tribunal Superior Eleitoral (EJE/TSE), o curso tem como meta preparar jornalistas e especialistas da área para propagar os conhecimentos sobre a Justiça Eleitoral...

Curso para jornalistas aborda inovações nas normas das Eleições 2022

No segundo dia do curso “Cobertura das Eleições 2022 e Direito Eleitoral”, promovido pela Escola Judiciária Eleitoral do Tribunal Superior Eleitoral (EJE/TSE), especialistas falaram nesta terça-feira (23) sobre as principais novidades da legislação eleitoral referentes às regras das Eleições 2022 e como ocorre a tramitação dos processos no TSE. 

Com duração de 15 horas, o curso ocorre em formato de Ensino a Distância (EaD) e prossegue até segunda-feira (29). O jornalista Ney Vital, colaborador da REDEGN é um dos participantes...

Colaborador da REDEGN participa do Curso para Jornalistas promovido pelo TSE: Cobertura das Eleições 2022 e Direito Eleitoral

O jornalista Ney Vital, colaborador da REDEGN, participa do curso promovido pela Escola Judiciária Eleitoral do Tribunal Superior Eleitoral (EJE/TSE). 

Na manhã desta segunda-feira (22), três módulos apresentados por especialistas abriram o curso “Cobertura das Eleições 2022 e Direito Eleitoral”, promovido pela Escola Judiciária Eleitoral do Tribunal Superior Eleitoral (EJE/TSE), e que tem como público-alvo jornalistas e profissionais da imprensa que acompanham os trabalhos relacionados ao pleito de outubro...

Morre, no Rio de Janeiro, aos 88 anos, a jornalista,  atriz, escritora e ex-modelo Danuza Leão

A jornalista, escritora e ex-modelo Danuza Leão morreu na noite de ontem (22), na Clínica São Vicente, na Gávea, zona sul do Rio de Janeiro. Tinha 88 anos e  estava internada para tratar de problemas respiratórios.

Nascida em Itaguaçu, no Espírito Santo, ela mudou-se com a família aos 10 anos de idade para o Rio. Irmã da cantora Nara Leão, já falecida, foi casada com o jornalista Samuel Wainer, fundador do extinto jornal Última Hora. Foi casada também com o compositor e cronista Antônio Maria e com o jornalista Renato Machado...

Trauma, cibersegurança e gênero: pesquisa traz panorama das ameaças a jornalistas no Brasil e no mundo

Estudar segurança jornalística nunca foi tão importante. Os ataques a profissionais do setor possuem números significativos. Somente no Brasil, foram 430 ocorrências ao longo de 2021, segundo a Federação Nacional dos Jornalistas(Fenaj). Pesquisa do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Comunicação (PPGCOM) da Escola de Comunicações e Artes (ECA) da USP, em parceria com instituições internacionais, destaca três eixos temáticos sobre as ameaças e violências contra jornalistas: traumas, segurança tecnológica (cibersegurança) e gênero.

Intitulado Safety Matters: research and education on the Safety of Journalists (Segurança Importa: pesquisa e educação na segurança de jornalistas), o projeto foi apresentado no último mês de novembro em um congresso da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco)...