RedeGN - Sempre ligado.

Foram encontrados 57 registros para a palavra: Otto Alencar

CPI da pandemia está sendo instalada agora no Senado. Assista aqui

Foi iniciada por volta das 10h desta manhã, no Senado Federal, a CPI da Covid, que tem como objetivo investigar a atuação do Governo federal na Pandemia e a distribuição de recursos para os Estados e Municípios.

Nesta 1ª reunião, semipresencial, é presidida pelo baiano Otto Alencar e os membros da comissão elegerão hoje o presidente e o vice-presidente da CPI. Logo depois do processo de eleição para direção, o Presidente eleito indica o relator...

Declaração de ex-assessor de Bolsonaro à VEJA repercute e deve esquentar CPI da Pandemia

Segue repercutindo muito, especialmente nos bastidores da política em Brasília, a entrevista que o ex-chefe da Secretaria de Comunicação do Palácio do Planalto, Fábio Wajngarten, que tem relações muito próximas ao presidente e seus filhos, deu à Revista VEJA, esta semana, em que acusa o Ministério da Saúde, sob a chefia de Eduardo Pazuello, de "ineficácia" e "incompetência".

Com sessão inicial marcada para esta quinta-feira (27), sob a presidencia provisória do baiano Otto Alencar, a CPI da pandemia deve colocar a entrevista na pauta e já começar em clima quente...

O senador baiano Otto Alencar vai presidir a primeira reunião da CPI da Pandemia

O senador da Bahia, Otto Alencar, vai presidir a primeira reunião da CPI da Pandemia, ganhando a prerrogativa de definir a data em que ela será instalada e comandar a eleição para a escolha dos cargos de direção na Comissão.

O senador baiano vai comandar a primeira reunião por ser o mais velho entre os membros da Comissão Parlamentar de Inquérito, como determina o regimento do Senado...

Partilha de leilão do Pré-Sal dá "fôlego novo" à saúde fiscal dos municípios, diz presidente da UPB

Senadores aprovaram nesta terça-feira (15) a proposta que direciona cerca de R$11 bilhões do mega leilão do excede do pré-sal para os municípios brasileiros. A chamada cessão onerosa levou prefeitos da Bahia e de todo o Brasil a mobilizações em Brasília nas últimas semanas. Sem mudanças no texto já aprovado pela Câmara, fica garantido o repasse desses recursos para os cofres das prefeituras e em igual valor aos estados, até o final deste ano.

De acordo com o presidente da União dos Municípios da Bahia (UPB), Eures Ribeiro, o incremento de receita dá "fôlego novo" à saúde fiscal dos municípios. "Passamos por um momento de estagnação econômica, que compromete os investimentos das prefeituras. Então acredito que a partilha faz justiça aos municípios e vai permitir investir em obras e serviços para gerar emprego e mais desenvolvimento local", ressaltou Ribeiro que é prefeito de Bom Jesus da Lapa no oeste baiano e vice-presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM). ..

Senadores da Bahia votaram pela punição a juízes e procuradores que abusarem da autoridade

O texto-base do PLC 27 de 2017, que prevê punições a juízes e procuradores por abuso de autoridade, obteve 48 votos favoráveis e dentre estes os dos senadores baianos Otto Alencar, Jaques Wagner e Angelo Coronel. O projeto votado nesta quarta-feira (26) propôs também tipificar o crime de caixa 2 eleitoral e tornar a corrupção um crime hediondo, com penas mais duras. 

O texto foi originado do projeto “10 medidas contra a corrupção”, que sofreu alterações ao ser votado na Câmara, como a inclusão do trecho sobre abuso de autoridade. O projeto de lei foi aprovado por deputados e senadores, mas deve retornar à Câmara para ser votado novamente. Os três senadores baianos nem sempre votam na mesma linha, como hoje. Em votação recente o senador Angelo Coronel divergiu de Otto e Wagner, que votaram para derrubar o Projeto de lei encaminhado ao senado pelo presidente Jair Bolsonaro, que tratava da flexibilização do uso de armas pela população...

Decreto das armas foi derrotado no senado com votos de Wagner e Otto. Angelo Coronel votou a favor

A bancada baiana no senado federal, em que pese serem todos da base do governador Rui Costa, no estado, divergiram na votação de ontem, terça-feira (18), no senado federal, que barrou o projeto de lei do presidente Jair Bolsonaro, que propôs a facilitação do porte de armas. A votação que barrou o desejo expresso do presidente Jair Bolsonaro teve 47 votos contrários e dentre estes os dos senadores baianos Jaques Wagner (PT) e Otto Alencar (PSD).

O senador Angelo Coronel, do mesmo PSD de Otto Alencar, destoou dos colegas de bancada e votou favorável à liberação das armas. Nas suas páginas nas redes sociais Coronel defendeu sua posição: “Sou a favor da defesa da propriedade e não posso de maneira nenhuma ser omisso nesse quesito, sou a favor!”, expressou...

Bancada baiana no senado se divide na votação que manteve proposta de retirada do COAF de Sérgio Moro

Dos senadores baianos, apenas Wagner votou para manter texto que retirou COAF de  Sérgio Moro

O Senado aprovou nesta terça-feira (28) a medida provisória (MP), editada em janeiro pelo presidente Jair Bolsonaro, que reestruturou o governo e reduziu de 29 para 22 o número de ministérios. Durante a votação, os senadores decidiram manter a alteração feita pela Câmara, que transferiu o COAF do Ministério da Justiça para o Ministério da Economia. Com receio de que uma nova votação na Câmara pudesse atrasar a MP, em função do prazo apertado para a medida não deixar de valer, o próprio governo apressou-se a defender a manutenção do texto vindo da Câmara. 

Quando editou a medida provisória o presidente Bolsonaro transferiu o Coaf do extinto Ministério da Fazenda (atual pasta da Economia) para o Ministério da Justiça, mas em votação na Câmara, semana passada, os parlamentares fizeram a mudança, tirando do ex-Juiz sérgio Moro a pasta que ele muito cobiçava. O Coaf é um órgão de inteligência que atua no combate à lavagem de dinheiro e a fraudes financeiras e passa a ser comandado pelo Ministro Paulo Guedes.

Na sessão desta terça-feira (28), por 70 votos favoráveis contra 4, os senadores confirmaram a versão oriunda da Câmara, frustrando o desejo de Moro e de milhares de manifestantes que foram às ruas no último domingo (26). Na bancada baiana somente o Senador Jaques Wagner votou pela manutenção do texto que retirava o Coaf do organograma do Ministério da Justiça. Os senadores Coronel e Otto Alencar disseram não à proposta vinda da Câmara, mas foram voto vencido...

Em Brasília, Genário Rabelo discute projetos para Canudos com Senador Otto Alencar

Em mais uma oportunidade, o Prefeito de Canudos, Genário Rabelo (Geo), esteve com o senador Otto Alencar discutindo projetos para o desenvolvimento de Canudos. Desta vez em Brasília, Geo e o diretor da Uneb, Luiz Paulo, entregaram o plano de Desenvolvimento Sustentável de Canudos, com o objetivo de reivindicar emendas parlamentares e apoio dos ministérios e nas secretarias do estado.

O Prefeito e o Senador discutiram recursos para infraestrutura turística, como a construção de uma cidade cenográfica e urbanização de praças. Na ocasião, enquanto Presidente do Consórcio Sustentável do Território do São Francisco (Constesf), Geo também solicitou a destinação de emenda parlamentar para asfaltamento urbano nas dez cidades do território...

Asfaltamento de áreas urbanas em 10 municípios do território é discutido por Presidente do Constesf e Senador Otto Alencar

O Presidente do Consórcio sustentável do Território do São Francisco (Constesf), o Prefeito de Canudos Genário Rabelo (Geo), esteve em Brasília em reunião com o Senador Otto Alencar, discutindo a destinação de emendas parlamentares para atender aos 10 municípios consorciados com pavimentação urbana.

O objetivo é incrementar o desenvolvimento nos municípios por meio de investimentos em infraestrutura. "Estamos aqui em Brasília buscando recursos e parcerias para melhorar a infraestrutura dos nossos municípios,. Eu e e meus colegas Prefeitos sabemos que obras como essas melhoram e muito a qualidade de vida da população. Essa já é a segunda vez que o Senador nos recebe e prontamente se coloca a disposição em nos ajudar nessa empreitada", afirmou o Presidente do Constesf...

Senadores cobram esclarecimentos a Bolsonaro e Otto Alencar atribui crises ao próprio governo

Senadores fizeram nesta terça-feira (21) duras críticas à maneira como o governo do presidente Jair Bolsonaro se relaciona com o Congresso. Além de apontar a falta de articulação, eles cobraram esclarecimentos sobre um texto compartilhado pelo presidente, segundo o qual o Brasil é “ingovernável fora de conchavos políticos”. Para os senadores, o presidente precisa apontar nomes em vez de jogar uma suspeita sobre todo o Congresso Nacional.

A discussão sobre o tema durante a ordem do dia começou quando o senador Omar Aziz (PSD-AM) manifestou a intenção de enviar um requerimento aos ministros da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, e da Secretaria de Governo, General Santos Cruz, para que esclarecessem as acusações. O senador se queixou de ataques sofridos nos meios de comunicação por aliados do presidente, que não aceitam críticas. Para ele, Bolsonaro precisa falar...

Otto Alencar (BA) e Fernando Bezerra (PE) votaram pela manutenção do COAF na pasta de Moro, mas divergiram em pautas do mesmo projeto

Por um placar de 14 votos a 11 e com votos contrários dos senadores Otto Alencar (BA) e Fernando Bezerra (PE), a Comissão Mista do Congresso aprovou, nesta quinta-feira (9), a transferência do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) do Ministério da Justiça e Segurança Pública para o Ministério da Economia.

A mudança, com voto favorável de outro baiano, o deputado federal Elmar Nascimento, prejudica às investigações contra corrupção e lavagem de dinheiro, na avaliação e juristas e membros da Operação Lava Jato. O resultado da votação, para analistas, foi mais uma derrota do Governo Federal e do Ministro Sérgio Moro no Congresso...

Sem vagas na chapa oficial, PCdoB e PSB vão disputar o quase nada que sobrou  


O anúncio oficial, que excluiu o PCdoB e o PSB da chapa do Governador Rui Costa, incluindo o descarte da Senadora Lídice da Mata, continua causando burburinho nos bastidores da base governista na Bahia.

Aliados, inclusive militantes do próprio PT, ainda não digeriram a preferência pelo Deputado estadual Ângelo Coronel, nome bancado pelo Senador Otto Alencar, do PSD, que sai muito fortalecido no processo...

“O PSD não abre mão de seu espaço na chapa”, diz Otto

Presidente do PSD na Bahia, o senador Otto Alencar criticou duramente, em entrevista exclusiva à Tribuna, o “desprestígio” que hoje a Bahia tem, segundo ele, com o governo federal. “Para fazer uma comparação do desprestígio que o governo Michel Temer teve com a Bahia, o governo dele deu quatro ministérios para Pernambuco. Alagoas tem dois. Ou seja, dois estados que somados não chegam a metade do PIB da Bahia. Os dois juntos têm seis ministérios. O governo Temer ignorou completamente o estado da Bahia. Marcou Rui Costa não passando quase nenhum recurso, mas o governador conseguiu administrar bem. Portanto, avalio como altamente positivo o governo de Rui Costa. Foi muito discriminado pelo governo Michel Temer”, disse o congressista. Ainda na entrevista, Otto disse que o secretário estadual de Desenvolvimento Econômico (SDE) e ex-governador da Bahia, Jaques Wagner, é o melhor nome do PT para ser candidato a presidente, se Lula for barrado pela Justiça. “Tem um conhecimento muito grande do Brasil. Tem uma vocação natural para fazer um governo bem voltado para as questões sociais do país. Acho que ele mostrou isso quando foi governador. É um nome que tem condições para ser presidente do Brasil”, avaliou o senador, que também refirmou o espaço do PSD na chapa majoritária de Rui. ..

Eleições 2018: Procura-se um senador...

Senadores baianos tem pouquíssima ou nenhuma presença no Vale nos últimos anos

Passados quase quatro anos da última eleição para o Senado Federal e os juazeirenses continuam abandonados à sua sorte no que diz respeito à atuação dos parlamentares da câmara alta, como é conhecido o senado federal na esfera política. Em que pese à boa votação dos atuais senadores, em Juazeiro e região, a presença de um deles no município, se aconteceu, passou despercebida da grande maioria da população.

O Blog Geraldo José interpelou algumas pessoas nas ruas de Juazeiro, sobre a atuação dos senadores no que diz respeito à região, neste mandato, e a resposta, unanime, foi no sentido de se quer conhecer um senador: ”Não conheço nenhum, sei quem é, mas nunca vi, nunca passou um na minha rua, nem sei quem é, e por ai vai...”, predominou entre as respostas.

A Bahia tem três representantes no Senado Federal, todos com atuação política mais forte em outras regiões do estado e sem nenhuma ligação mais acentuada com a região Norte. Otto Alencar e Lídice da Mata, que até tem relações partidárias na região, podem ser considerados muito ausentes, se limitando a uma visita esporádica em algum momento político, quando o interesse é pessoal, e só...

Briga por vagas na Chapa de Rui Costa promete capítulos quentes e Isaac está na lista do PCdoB

PCdoB aponta nomes, mas caciques da politica baiana querem as vagas que sobram

A briga por espaços na chapa do governador Rui Costa, que busca a reeleição para o governo do estado, promete ainda muitos embates e partidos políticos aliados já entraram na briga por espaços na majoritária. O PT, que já anunciou o desejo de manter duas vagas, a de Rui Costa e a de Wagner, que concorreria ao senado, terá uma tarefa não muito fácil: convencer aliados a continuar no palanque, abrindo mão dos seus projetos políticos. PDT, PCdoB, PSB, PP e PSD vão brigar pelas duas vagas restantes, uma para o senado e outra para vice-governador.

A conta não fecha. João Leão, o vice atual, quer manter o cargo e o senador Otto Alencar quer Ângelo Coronel na vaga para o senado. A favor deles as grandes bancadas das duas legendas e as sólidas bases eleitorais de Otto e Leão no interior. O PCdoB, aliado de todos os tempos, botou na roda os nomes de Alice Portugal, Daniel Almeida e do ex-prefeito de Juazeiro, Isaac Carvalho. O PSB, da senadora Lídice da Mata, já avisou que não aceita ser rifada.

Semana passada Daniel Almeida, Presidente do PCdoB, disse que nenhum partido da base de Rui Costa atualmente tem cacife para barganhar duas vagas na chapa majoritária, mas num congresso recente uma das tendências petistas no estado já comprou a briga, que deve ser avalizada pelas demais tendências; a de garantir também a vaga de Wagner para o senado, deixando as duas que restam para pelo menos meia dúzia de aliados disputarem.

Como as pesquisas apontam para uma eleição bastante dura, não é de se estranhar que outros nomes ainda apareçam para apimentar essa disputa.  ..

PSD, presidido por Otto Alencar, nunca apareceu tanto na mídia como nos últimos dias


O PSD baiano, que tem o senador Otto Alencar como sua maior liderança, nunca apareceu tanto na mídia como nos últimos dias, após a autorização judicial para condução coercitiva de três prefeitos da legenda, acusados de desvios de recursos públicos.

A Operação Fraternos, da Polícia Federal, investiga esquema criminoso no qual estariam envolvidos Cláudia Oliveira, prefeita de Porto Seguro, Robério de Oliveira, de Eunápolis e Agnelo Santos, de Santa Cruz Cabrália, os três filiados ao PSD.

A PF foi também ao prédio Mundo Plaza, em Salvador, onde está a sede do PSD, mas Otto Alencar rechacou a informação de que a sede do partido tenha sido visitada. Em declarações ao Bahia Notícias ele disse que “o partido não guarda nada de prefeituras, tem apenas arquivados documentos dos diretórios e de comissões provisórias. Não tinha por que ir lá”, explicou.

A Assessoria da Polícia Federal confirmou que esteve no prédio, mas não informou que escritório teria sido alvo da ação. Uma especulação seria de que o alvo no prédio foi uma empresa que aluga equipamentos como palco e iluminação. As investigações na Operação Fraternos apontam desvios de recursos públicos da ordem de R$ 200 milhões. ..

Eleições 2018: Possível Fusão entre DEM, PSB e PSD colocaria ACM Neto, Lídice e Otto no mesmo palanque.

Corre nos bastidores em Brasília que já existe uma articulação visando a união entre o DEM, PSB e PSD, que resultaria num grande partido “Liberal-Social”, com 102 cadeiras na Câmara dos Deputados, suficiente para superar a supremacia do PMDB, que tem 63. O novo partido se chamaria “Centro Democrático”, publicou Lauro Jardim na sua coluna em O GLOBO.

O articulista Josias de Souza também escreveu sobre o assunto. De acordo com a coluna “o Senador petrolinense Fernando Bezerra Coelho, do PSB, seria um dos articuladores dessa fusão”, que poderia gerar cenas inusitadas em vários estados, a exemplo da Bahia, onde Lídice da Mata, Otto Alencar e ACM Neto estariam no mesmo palanque...

Prefeito Paulo Bomfim se reúne com Senador Otto Alencar e tratam de saúde e BA-210

O prefeito de Juazeiro, Paulo Bomfim, acompanhado do assessor de Planejamento e Parcerias Estratégicas, Isaac Carvalho, e do líder na Câmara Municipal, vereador Gleidson Medrado, esteve em Salvador, na última segunda-feira, 19, reunido com o Senador Otto Alencar para tratar de temas importantes para o município e também toda a região, como mais investimentos em Saúde, além do andamento do processo para início das obras de duplicação do trecho urbano da BA-210.

Na oportunidade, Paulo Bomfim agradeceu a atenção do parlamentar com a cidade e todo o Norte da Bahia. "Agradecemos este encontro com o Senador, bem como o seu comprometimento com as pessoas do nosso Estado.  Temos um compromisso de melhorar ainda mais a saúde pública em nossa cidade e precisamos reunir forças para que possamos atrair mais recursos, investir na Atenção Básica, além de reforçar os nossos equipamentos, como os hospitais", declarou o prefeito.

No encontro, ainda foi debatido sobre o status do processo para início das obras de duplicação do trecho urbano da BA-210, que vai do Mercado do Produtor ao Contorno para Sobradinho. O senador também se comprometeu em buscar mais informações para que tão logo essa obra seja iniciada. ..

Deputado Roberto Carlos parabeniza atuação do senador Otto Alencar e solicita emendas para o município de Juazeiro

O deputado Roberto Carlos (PDT) participou de uma audiência com o senador Otto Alencar, onde parabenizou a sua atuação no senado, sobretudo, em defesa da revitalização do Rio São Francisco. Na oportunidade, o parlamentar aproveitou para apresentar a necessidade do senador indicar Emendas que beneficiem o município de Juazeiro, como a construção de uma arquibancada coberta para o Estádio Adauto Moraes.

O senador garantiu apoio irrestrito ao deputado Roberto Carlos e ao povo juazeirense. “Para a arquibancada é importante que a prefeitura de Juazeiro apresente o projeto para atender este pedido, o mais rápido possível, para que possamos dar maior agilidade ao processo de construção”, garantiu o senador Otto Alencar ao deputado Roberto Carlos...

Otto Alencar pede revitalização do São Francisco e alerta para a morte do rio

O senador Otto Alencar (PSD-BA) reforçou apelo ao governo em favor da revitalização do Rio São Francisco, afirmando que o rio"caminha para a morte se nada for feito para salvá-lo”. Ele defendeu a imediata dragagem da calha do rio, que está obstruída.

Diante da perspectiva de chuvas regulares na Bacia do São Francisco, Otto Alencar entende que esse é o momento adequado para o início dos trabalhos de dragagem.  Sem isso, mesmo com as chuvas, as águas não vão chegar à barragem de Sobradinho, alertou o senador...