RedeGN - Prefeitura de Petrolina promove Casamento Comunitário e realiza o sonho de 100 casais

Prefeitura de Petrolina promove Casamento Comunitário e realiza o sonho de 100 casais

Ansiedade e alegria eram sentimentos visíveis em todos os 100 casais que aguardavam o momento de oficializar a união matrimonial no primeiro mutirão para Casamento Comunitário a céu aberto de Petrolina. A celebração aconteceu sexta-feira (14) na Concha Acústica,centro da cidade e foi idealizada pela Prefeitura Municipal que, através da Secretaria da Mulher, tornou realidade o sonho desses casais.

No primeiro momento da cerimônia, os nubentes assinaram documentos para oficialização da união, logo em seguida, houve uma cerimônia ecumênica com a presença do Padre Augusto de Santana, Pastor Elci Ribeiro, o Juiz Edilson Moura, Prefeito Julio Lossio, Primeira Dama Andréa Lossio, Secretária da Mulher Maria dos Anjos Fonseca e a Secretária de Desenvolvimento Social e Trabalho Tereza Virgínia de Carvalho. Finalizando a cerimônia, houve sorteio de brindes e foi servido um coquetel aos noivos na Praça Dom Malan.

Juntos há 25 anos, Maria Rodrigues da Silva e Carlos Santos, que já têm filhos e netos - não desistiram do sonho de oficializar a união. “É um momento muito feliz, sempre esperei e hoje alcancei”, declarou Maria Rodrigues. Com muitos anos de vida, mas nem tanto de união, o casal Raimunda Amorim de 51 anos e Francisco Lacerda de 54 anos, juntos há três anos, mostram que o sonho de casar não tem idade. “Fiquei sabendo do casamento comunitário e aproveitei para casar, tudo está uma maravilha”, afirmou Raimunda Amorim que não escondeu a alegria.

“A iniciativa do chefe do poder executivo é muito interessante e louvável em poder promover a realização de 100 casamentos reunindo tanto a igreja católica quanto as igrejas protestantes, isso representa a união das famílias. A presença do magistrado é apenas para que se possa ter, ao mesmo tempo, o casamento sob o aspecto religioso e civil”, explicou o Juiz Edilson Moura. Feliz com o resultado da organização do Casamento Comunitário, o Prefeito Julio Lossio afirmou que espera poder realizar outros mutirões para que os casais que não têm condições financeiras possam oficializar a união. “A união civil vai garantir às pessoas o direito de ter sua partilha de bens, de formar um patrimônio, de ter e levar o nome dos filhos de maneira digna, portanto é uma ação importante, mas eu considero muito mais importante é a ação cristã e sentimental onde essas pessoas serão unidas também pela fé de Deus”, salientou o Prefeito.

Cíntia Sacramento Secom PMP Fotos: Juciana Cavalcanti