RedeGN - ESPAÇO DO LEITOR: USUÁRIO RECLAMA MELHORIA NOS TRANSPORTES COLETIVOS EM JUAZEIRO

ESPAÇO DO LEITOR: USUÁRIO RECLAMA MELHORIA NOS TRANSPORTES COLETIVOS EM JUAZEIRO

Geraldo José,

Moro no bairro D José Rodrigues, e o que vou falar pode parecer um certo "bairrismo" mas, na verdade é apenas a minha leiga visão das coisas referentes ao transporte coletivo em nossa cidade.

Na gestão de 2001 a 2004, salvo-engano, o então vereador Francisco Oliveira alardeava a "quebra" do monopólio do transporte urbano em nossa cidade, colocando inclusive outdoors em toda cidade para comemorar o feito. Não obstante a pirotecnia o resultado prático foi nenhum. A empresa alegou que tinha um "acordo" com a prefeitura até 2014. Pergunta-se: O que vale mais um "acordo" (do qual nunca se ouviu falar, pois, não se sabe quais os termos) ou uma Lei Municipal?

Como infelizmente neste país lei é letra morta, principalmente para quem tem poder econômico suficiente, a cidade continuou a mercê da tal empresa de transporte. Na gestão seguinte, aconteceu uma estranha operação, a empresa Joalina deu lugar a Joafra sem que a prefeitura ou os nobres vereadores que têm o papel de zelar pela população, pois para isso foram eleitos, ficaram calados e novamente a cidade foi burlada em seu direito primário, ou seja, o de locomover-se com o mínimo de dignidade entre seus bairros.

Nossa Lei Orgânica é bastante vaga no que diz respeito ao transporte coletivo em nossa cidade. No seu Art.120 diz “O sistema de transporte coletivo, é um serviço essencial a cujo uso todo cidadão tem direito e subordina-se à preservação da vida humana, à segurança e conforto dos cidadãos...”.

Art.121. “Caberá ao município o planejamento e o controle de transporte coletivo, e sua execução poderá ser feita mediante concessão, permissão e autorização, buscando integrar os sistemas, rodoviários, ferroviários e fluviais. Parágrafo 1º - Os planos de transporte devem priorizar o atendimento a população de baixa renda”.

Para não me alongar muito. De que forma é feita a concessão? Por que a prefeitura não tem autonomia plena sobre o transporte urbano de massa em nossa cidade? Por que a empresa manda e desmanda no setor sem que seja tomada uma providência séria que beneficie a nós pobres usuários de transporte coletivo em Juazeiro?

Nós moradores do bairro Dom José Rodrigues estamos sendo penalizados mais uma vez com atitude da empresa em estender a linha até o Residencial São Francisco (Minha Casa Minha Vida) recentemente inaugurado. Procurados, prefeitura e empresa tem um discurso pronto de que vão criar uma linha para o conjunto novo, mas, quando? Até quando a prefeitura continuará aceitando as alegações da empresa que não tem condições e atender condignamente aos usuários de transporte coletivo em nossa cidade?

Desculpe se me alonguei demais. Enquanto fico aguardando os possíveis esclarecimentos, qualquer coisa voltarei ao assunto, até obter uma resposta satisfatória. Gostaria que outros leitores do seu blog, também usuários de transporte em nossa cidade opinassem, tá na hora de darmos um basta nessa situação e, somente com a união de todos teremos força para mudar tal situação.

Um abraço

José Airton

Imagem Ilustrativa Google