RedeGN - Espaço do Leitor: Torcida Jovem Juazeirense lamenta erro do juiz que beneficiou o Vasco

Espaço do Leitor: Torcida Jovem Juazeirense lamenta erro do juiz que beneficiou o Vasco

O estudante Ícaro Gabriel da Cunha Reis, Acadêmico de Direito - UNEB CAMPUS IV, envia email para o Blog. Ele aponta que o empate entre Vasco e Juazeirense, "com a ajuda do arbitro representa o declínio de tudo aquilo que se julga moral, ético e correto".

Confiram:

"Ainda custa acreditar que não conseguimos a classificação, o time foi aguerrido, mostrou para o Brasil a força da Juazeirense, por um lado, vimos também esse sentimento de união e pertencimento no setor 3, não paramos de gritar "eu acredito", empurramos o time, mesmo sendo minoria no estádio uma vez que o nosso "Adaltão" estava rodeado de vascaínos, vida que segue, é virar a chave e buscar os nossos objetivos ao longo do ano.Juazeirense x Vasco é o retrato falado do crepúsculo dos ídolos de Nietzsche,  é o declínio de tudo aquilo que julgamos moral, ético, correto e natural das coisas.

É vergonhoso para o torcedor que mata um leão todos os dias, que lutou muito para conseguir assistir esse jogo, já que  o preço não foi nada acessível, para a chamada "geral", chegar no dia desse espetáculo futebolístico e ver o time da cidade eliminado aos 45 do segundo tempo por um erro grotesco de arbitragem, é vergonhoso demais, a única lição que a senhora CBF passou para o Brasil é que infelizmente os times do Sul e Sudeste da elite do futebol, os famosos clubes dos 13, mandam no futebol, todos os bem aventurados que entrarem no caminho serão executados como hoje. Vergonhoso!!!  Esperamos o apoio de toda cidade nos próximos confrontos do Cancão!!

Assinado pela TJJ - TORCIDA JOVEM JUAZEIRENSE 

Ícaro Gabriel da Cunha Reis

Acadêmico de Direito - UNEB CAMPUS IV

Professor do CXPJ - CLUBE DE XADREZ JOSÉ PADILHA