RedeGN - ESPAÇO DO LEITOR: O bárbaro, a temperança e o altruísmo