RedeGN - Codevasf apoia caprinovinocultura no norte da Bahia; exposição reúne produtores em Juazeiro

Codevasf apoia caprinovinocultura no norte da Bahia; exposição reúne produtores em Juazeiro

A Codevasf, por meio de sua 6ª Superintendência Regional, situada em Juazeiro (BA), está apoiando a realização da VIII Exposição de Caprinos e Ovinos do Vale do São Francisco (Expovale). O evento ocorre até domingo (18) no pátio da feira livre do bairro Alto da Maravilha, em Juazeiro. A Expovale reúne entidades do setor da caprinovinocultura baiana, empresários, técnicos ligados à atividade, pesquisadores, fabricantes de máquinas, implementos agrícolas e insumos e distribuidores de embalagens, além de instituições de fomento e criadores. A Exposição é organizada pela Associação dos Criadores de Caprinos e Ovinos do Sertão do São Francisco (Accosf), em parceria com a Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa) e com a Prefeitura Municipal de Juazeiro. Até domingo serão realizadas na Expovale exposição e ranqueamento de animais, em várias categorias. Na tarde de sábado (17) haverá um leilão especializado, com o qual a comissão organizadora espera movimentar de R$ 180 a R$ 200 mil.

A comissão organizadora espera que até domingo cerca de 20 mil pessoas tenham visitado a o evento, onde mais de 100 expositores apresentam cerca de 600 animais de diversas raças. "O objetivo principal do evento é discutir o desenvolvimento da cadeia produtiva do setor, visando a fortalecer ainda mais a atividade agropecuária como um todo, através da inserção de componentes necessários para o seu crescimento sustentável", afirma Marcos Rogério, presidente da Accosf. 

Durante a solenidade de abertura da Expovale, realizada na quinta-feira (15), o representante do Ministério da Integração Nacional (MI) no evento, Vitarque Lucas Coelho, afirmou que "um dos grandes desafios do governo federal agora é a inclusão produtiva de pessoas como os beneficiários do Bolsa Família, por exemplo, que somam mais de 40 milhões, que saíram da pobreza e da miséria e que agora precisam produzir. Nesse sentido, o MI tem trabalhado com o MDS para a inclusão dessas famílias, criando projetos como o da Rota do Cordeiro". 

O projeto Rota do Cordeiro é uma parceria do Ministério da Integração Nacional com governos estaduais, Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e da Parnaíba (Codevasf) e Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene). Inicialmente o projeto está sendo desenvolvido no estado do Ceará, com a ajuda da Embrapa Caprinos e Ovinos. O objetivo é formar profissionais que prestarão assistência técnica a integrantes da cadeia produtiva daquele estado. A expectativa é de que mais de 720 famílias sejam atendidas nessa etapa. O investimento inicial é de R$ 9 milhões. 

O superintendente regional da Codevasf em Juazeiro, Alaor Grangeon de Siqueira – que na quinta-feira esteve reunido com o presidente da Codevasf, Elmo Vaz – anunciou durante a solenidade de abertura da Exposição que "foi decidido que uma parte do perímetro de irrigação Salitre será destinada ao desenvolvimento da agropecuária, abrangendo uma área de sequeiro de 20 a 30 hectares, onde os criadores poderão desenvolver, entre as diversas atividades, esta que é a segunda maior fonte de arrecadação para o município, a caprinovinocultura. Esta ideia já existe no perímetro Pontal, em Petrolina, e nós agora queremos trazer isso para o Salitre". 

A Codevasf mantém um estande institucional na VIII Expovale, montado pelo artista plástico regional Di Cezar, que fez uma associação entre a letra da música "Ciúme", de Caetano Veloso, e algumas das principais obras e ações realizadas pela Companhia. "O local foi ornamentado com um tapete vermelho, e os painéis suspensos remetem à lembrança de 'almas esticadas no Curtume'. Neles encontramos ações da Companhia de extrema importância para a vida humana, como o programa Água para Todos, a irrigação, a revitalização do rio São Francisco, e os Arranjos Produtivos Locais. Em volta, colocamos as mesmas armações das baias onde ficam confinados os animais durante a feira, para dar um ambientação mais adequada", explicou o projetista.  

Codevasf Foto: Cássio Moreira