RedeGN - Ameaçado publicamente, Presidente da Câmara denuncia prefeito de Curaçá ao Ministério Público do Estado

Ameaçado publicamente, Presidente da Câmara denuncia prefeito de Curaçá ao Ministério Público do Estado

O clima que já estava pesado entre o Executivo e o Legislativo de Curaçá com a instalação de uma CPI para investigar irregularidades no programa federal Fome Zero no município, agora azedou de vez com as ameaças do prefeito Carlinhos Brandão ao vereador-presidente da Câmara, Theodomiro Mendes.

Em contato com o Blog nesta sexta-feira (23), Mendes declarou que arrolou testemunhas do fato que aconteceu ontem em plena via pública e protocolou denúncia no Ministério Público do Estado, tendo em vista que o prefeito tem foro privilegiado.

"O prefeito desceu do carro e se dirigiu ao nosso veículo com ameaças, dizendo que ia me dar uma surra, oportunidade em que foi impedido por algumas pessoas que o acompanhavam. O fato foi presenciado por inúmeras pessoas porque aconteceu em uma das avenidas da cidade", confessou Theodomiro.

"Ainda dentro do carro com o punho fechado, o prefeito fez novas ameaças. Por conta desse episódio, a cidade está num clima de pavor. Isso tudo é por conta da criação da CPI que ontem elegeu o presidente, Flamber Feitosa do PT; vice, Januário Brandão do PCdoB; Relator, Dedé de Mundo do PDT,  tendo como membros: Larte Tanuri do PPS e Junior do Esporte do PR", explicou o presidente do Legislativo Municipal.

A reportagem tentou, mas não conseguiu contato com o prefeito Carlinhos Brandão.