RedeGN - ESPAÇO DO LEITOR: CRISE NO ATENDIMENTO DA MATERNIDADE MUNICIPAL, SESAU RESPONDE