RedeGN - Espaço do Leitor

Outros Destaques

Especial Coronavírus

Acompanhe o mapa do COVID-19 em tempo real em nossa página especial.

Espaço do Leitor

Espaço do Leitor: Indignação

Senhores, venho através deste importante meio de comunicação externar o meu sincero descontentamento com os gestores da gloriosa Polícia Militar do Estado da Bahia. Isto porquê, há poucos meses, a sociedade juazeirense e baiana teve o desprazer de assistir e ouvir trechos do momento em que o Sr. Oficial intermediário Cap QOPM Mendes,  lotado na 76ª CIPM/Juazeiro, agrediu física e moralmente dois dos seus subordinados utilizando-se de palavras de baixo calão, tão absurdas, que se tornam impróprias para reprodução neste momento. Considerando que esta não é a única atitude violenta por parte do Sr. Oficial, tendo em vista o fato de que o mesmo outrora agredira fisicamente outro Oficial (então Tenente)  nas dependências do 3º BPM, fato este que não foi divulgado pra imprensa mas que todos os policiais da Região Norte tomaram conhecimento.

Voltando ao caso dos dois últimos policiais que foram agredidos, a Subcomandante da 76ª CIPM, quando procurada pela imprensa, afirmou que não sabia de nada, mas que o caso seria apurado. Então hoje me pergunto, qual foi a conclusão do caso? O Oficial recebeu algum tipo de punição? Infelizmente não. E é justamente devido a esta impunidade que venho relatar o meu descontentamento e preocupação...

DENÚNCIA CONTRA OS PROCESSOS SELETIVOS DO IMIP HOSPITAL REGIONAL

Olá Geraldo José,

Venho através desta, fazer denúncia contra os processos seletivos do IMIP Hospital Regional realizei a seleção em 2011 fui aprovada meu nome está lista dos classificados aprovados, como assistente social e até o presente momento não fui convocada...

Espaço do Leitor: Praça Manoel Faustino Castelo Branco

Hoje resolvi tirar umas fotografias da praça Manoel Faustino, a qual o Senhor Prefeito fez acabar. A praça que homenageia um dos primeiros moradores do bairro, o ex-vereador de Juazeiro, Manoel Faustino, fica localizada na quadra "A" do bairro Castelo Branco, está completamente abandonada, jogada as traças, ratos e baratas da maneira mais irresponsável por parte do governo do PC do B. 
 
A referida foi inaugurada, segundo informações dos moradores, no ano de 2007 pelo ex-prefeito Misael Aguilar, que até concluir o mandato em 2008 tinha um jardineiro e a conservação era boa. Tão logo o furacão Isaac assumiu, a primeira medida foi a retirada do jadineiro, depois fechou a tomada de água para que a praça fosse molhada com carros pipa, não deu certo. Abriram um dos pontos de água e conservaram o outro fechado. Daí em diante o abandono era visível, ainda tem alguns moradores que colocam umas mangueiras para molhar a grama e não deixá-la morrer. As árvores são podadas as custas dos moradores, cada um paga pra mandar cortar a sua, uma grande falta de vergonha do governo municipal.
 
O homenageado Seu Manoel Faustino, foi vereador em Juazeiro numa época que não se recebia salário, era um contador renomado, que além de trabalhar na Prefeitura da cidade, ainda prestava assessoria à diversas prefeituras por essa Bahia afora, fazia uma prestação de contas de uma cidade em um abrir e fechar de olhos, e nunca teve uma conta rejeitada pelo TCM (segundo me informou um membro da familia). Por falar nisso, como ele faz falta a atual gestão hein?? Que diga-se de passagem, ainda não se registrou nenhuma conta aprovada pelo TCM, que incompetência, aliás não sei o que o atual governo fez com competência.
 
Seu Manoel Faustino, segundo meu pai, que teve a oportunidade de trabalhar com ele, era uma ótima pessoa, uma ser humano que um coração bondoso, não merece uma falta de respeito dessas a sua memoria, até a placa que tem sua imagem foi retirada, os bancos sumiram, as mesa quebrada, os brinquedos estão quebrados, o local serve para encontros de drogados e prostituição. Mas esse governo é assim, não respeita os vivos que pagam IPTU e outros impostos, não respeita a memória dos mortos e a história da cidade.
 
Na praça, tem moradores que ainda defedem a bandeira de Isaac, se é que ele tem "bandeira".É lamentavel que tudo isso venha ocorrendo em nossa cidade.
 
Gilberto Antonio de Moura Neto
..

Espaço do Leitor: Esgoto a céu aberto no Santo Antonio

Há dias, os moradores da rua Amazonas, no bairro Santo Antonio, ligam para o SAAE de Juazeiro na tentativa de resolver o problemas do esgoto, que corre a céu aberto, mas não recebem nenhuma solução. Cansados disso, os moradores resolveram desabafar e usar o Blog na tentativa de que alguma solução seja tomada.

Isso não é só dessa vez não, isso se prolongou durante todo o ano passado, e esse ano parece que  vai ser a mesma coisa, pois ligam, eles demoram a vir, quando tentam resolver, poucos dias depois está do mesmo jeito, a mesma poça de esgoto, provocando dores de cabeça aos moradores, devido ao grande mal cheiro. Pergunto pra onde vai aquelas taxas altas que pagamos para o Saae? Os moradores da rua não aguentam mais, isso se prolonga todos os dias do ano. O Saae tem que tomar uma providência, eles vem aqui uma semana depois que solicitamos, e no outro dia continua da mesma forma, queremos soluções para isso...

Espaço do Leitor: “Profissionais” e PROFISSIONAIS

Como em toda área de atuação, existem “profissionais” e PROFISSIONAIS, assim acontece na educação, como também na saúde. No dia 14.01 estive com minha mãe na UPAE PETROLINA, uma senhora idosa, com 64 anos, durante todo o momento no qual estive naquela unidade hospitalar, fui atendida muito bem por todos, do porteiro, até as meninas da limpeza.

Fui recomendada a procurar um CARDIOLOGISTA, fui atendida por DOUTOR BEDSON, no qual  encaminhou minha mãe com urgência para que fosse hospitalizada, pois ela teria o risco de sofrer um infarto a qualquer momento. Fui encaminhada ao hospital regional em JUAZEIRO, durante todos os dois dias no qual fiquei como acompanhante dela, ela foi atendida exemplarmente por todos que lá estavam trabalhando, a SAMU quando chegou para encaminha-la para o hospital na qual passaria pela  cirurgia cardíaca, os profissionais foram atenciosos e bastante educados. Mas dia 21.01, minha mãe não estava se sentindo bem, procurei o atendimento da UPA PETROLINA, fui surpreendida por algumas “profissionais”, na qual não fizeram a triagem de maneira correta (acredito eu), pois o médico quando a viu e que já sabia de seu problema CARDÍACO, atendeu ela  rapidamente, mas durante o acolhimento ambulatorial, vale ressaltar estava lotado, não aconteceu  triagem nenhuma, minha mãe, idosa com 64 anos, que tinha há três dias passado por cirurgia cardíaca, estava fraca, com problemas intestinais, não foi atendida da forma na qual eu esperava. Ela me chamou varias vezes para ir para casa, mas pela gravidade da situação, procurei uma funcionária, falei alto, reclamei, só aí apareceu uma cadeira adequada para ela sentar e só assim, apareceu uma enfermeira para aplicar o medicamento...

Os “rolezinhos” e um apartheid à Sociedade brasileira

"Rolezinho” demonstra o paradoxo da elite brasileira, que o Brasil conheceu desde a redemocratização, alguns brasileiros que são mais cidadãos do que outros. Alguns espaços são mais exclusivos do que outros. E o consumo, ainda que cantado em prosa e verso como motor da sociedade e suprassumo da felicidade e da realização pessoal, não é, evidentemente, para todos.

É estranhíssimo ver empresários buscando a ajuda do Estado, ainda que seja para obter uma simples liminar com o objetivo de impedir a diversificação de sua própria carteira de clientes. Afinal de contas, a elite brasileira é capitalista ou não? Essa garotada que hoje tenta frequentar os shoppings nasceu na década de 1990, quando o discurso neoliberal já era hegemônico em nosso país. Cresceram ouvindo dia e noite que política é ruim e que o sucesso é uma conquista individual. Comprados o tênis de marca, o relógio da moda, o celular de última geração, o rolezinho no shopping é o top da ostentação dos que vem de baixo, da base da pirâmide social. E ai encontram o que? As portas fechadas...

Imagem Ilustrativa da Internet

CRESCIMENTO POPULACIONAL DESGOVERNADO E A BAIXA QUALIFICAÇÃO DA EDUCAÇÃO NO NOSSO PAÍS

O crescimento populacional no Brasil há muito tempo vem me preocupando, pois o futuro do país não deve ser baseado na quantidade de pessoas, mas na qualificação de seu povo. A educação está piorando e muito.

Professores mal remunerados e que são agredidos quando cobram dos seus alunos mais empenho ou quando fazem uma avaliação onde exija mais tempo de estudo. Pais que se revoltam, quando um professor repreende o seu filho em sala de aula por está a brincar ou usar o celular. Pais estes que não controlam seus filhos nem sabe educá-los. Não têm tempo para o diálogo e quando acham tempo não sabem como conduzir e aí acham que lhe dando dinheiro é o suficiente. Os mesmos pais que elegem nossos governantes. Filhos que começam a ir às ruas cobrar mudanças, mas não sabem o que pedir nem como protestar de forma correta. Aprenderam a anarquizar e não sabem como cobrar...

AFONSO CONSELHEIRO, ARTESÃO, CARNAVALESCO E ATOR

Estamos sempre divulgando gente boa e desta vez, focalizaremos o artesão José Afonso da Cunha Martins, mais conhecido por “Matusalém", apelido que ganhou quando participou da  novela Senhora do Destino. Afonso achava um pouco constrangedor perguntar o nome das pessoas e então passou a chamá-las de "Minha pedra", apelido que também incorporou. Ele também é conhecido como Afonso Conselheiro (devido a sua extensa barba, cabelos compridos e por representar Antônio Conselheiro grande revolucionário de Canudos-Ba). Afonso é natural de  Patamuté, mais precisamente da Fazenda Boa Esperança, no interior de  Curaçá.

O artesanato é uma técnica manual utilizada para produzir objetos feitos a partir de matéria-prima natural. Normalmente Afonso faz seu artesanato em lata dentro de sua própria casa ou em uma pequena oficina. A partir da Revolução Industrial, que iniciou na Inglaterra, o artesanato foi fortemente desvalorizado, deixou de ser tão importante, já que neste período capitalista o trabalho foi dividido colocando determinadas pessoas para realizarem funções específicas, essas deixaram de participar de todo o processo de fabricação. Além disso, os artesãos eram submetidos às péssimas condições de trabalho e baixa remuneração. Hoje, o artesanato voltou a ter prestígio e importância. Continua a buscar elementos naturais para desenvolver suas peças originadas do barro, couro, pedra, folhas e ramos secos entre outros. Em todas as regiões é possível encontrar artesanatos diversificados originados a partir da natureza típica do local e de técnicas específicas...

Espaço do Leitor: Protesto do bairro Expedito Nascimento

Prezado Geraldo,

Deixo aqui o meu protesto ao descaso que a Prefeitura Municipal de Juazeiro, representada pela SAAE, sobre a água podre do esgoto acumulada em frente a minha casa há 20 dias. Para ter acesso a residência com o carro, tenho que levar o esgoto para dentro de casa, para eu sair andando tenho que fazer uma volta, por que pela frente da casa é impossível, tenho crianças dentro de casa impedidas de brincar na varanda em virtude da fedentina, e todos os dias, os moradores do Condomínio Country Clube, e moradores dos outros condomínios, passam pela água podre  acumulada há dias, piorando ainda mais a situação...

ESPAÇO DO LEITOR: SANEAMENTO BÁSICO - DESCASO COM A POPULAÇÃO

..

A CARTA... O ENVELOPE... E A ÚLTIMA CARTADA...!!!

Pois é, estava aqui pensando o que dizer juntando as palavras como digo, e me deparei com essa foto via internet... Comecei imaginando algumas situações vividas pelo homem desde os primórdios dos tempos. Nossa evolução, nossa modernidade, passando também por nossa feliz cidade. Voltei no tempo olhando sempre para essa imagem que vocês estão vendo e lendo, e cheguei a algumas conclusões e outras ficaram inconclusas, mas não parei de escrever...

Imaginei escrever uma carta, mas sem saber a quem me dirigir fui escrevendo mesmo sem destinatário específico, pois, o que importa é expor o sentimento, ainda que este não caiba dentro do envelope, ou mesmo, que não comporte nas 510/521 palavras distribuídas entre 7 a 8 parágrafos, como de costume.....

Espaço do Leitor: Esgoto no bairro João XXII, DESCASO COM A SAÚDE PÚBLICA

Rua da Caixa - Google Maps

Bom dia,  Geraldo..

ESPAÇO DO LEITOR: MINISTÉRIO PÚBLICO E O CARNAVAL DE ITABUNA

Caro Geraldo,

COERÊNCIA! É como se denomina o ato do Promotor de Justiça Patrick Pires da Costa, coisa que não se vê em Juazeiro, pois aqui o MP se preocupa é com a prisão de empresários que comercializam produtos regionais, pequenos produtores rurais (muitos aposentados) que trazem seu bode/carneiro e “duas dúzias” de ovos caipiras para comer, ou vender para comprar os demais mantimentos/medicamentos de que precisa...

EX-ALUNO EMITE NOTA DE REPÚDIO CONTRA O IFBA

Em virtude da falta de respeito, consideração e responsabilidade que o IFBA - INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA BAHIA (CAMPUS PAULO AFONSO/ NÚCLEO JUAZEIRO) tem para com os seus ex-alunos, venho através desta manifestar o nosso desapontamento e revolta devido ao descaso com que a referida instituição tem nos tratado.

Concluímos o curso técnico em segurança do trabalho no primeiro semestre do ano de 2013, com muito esforço e dedicação, almejando uma oportunidade de vida melhor para nós e nossas famílias, tendo em vista que somos os únicos provedores do sustento das mesmas...

Foto de Arquivo do Blog

ARTIGO 90 – UM CONFLITO IDEOLÓGICO?

Para todo aquele que exercita o direito de expressar o que pensa, não importa a via escolhida, se falada ou escrita, utilizando-se das benesses somente facultadas pelos regimes democráticos, nada se torna mais alentador, estimulante e compensatório, como ter um ouvinte ou leitor que ofereça um “feedback” ao trabalho elaborado. É revelador e sintomático que não se fala ou escreve ao vento, mas que uma avaliação positiva ou negativa está sempre sendo feita por alguém. Assim, como qualquer tema aqui abordado tem o objetivo de fazer uma reflexão sobre fatos político-administrativos passados ou atuais que influenciam na vida do cidadão em geral, com o devido respeito aos que pensam de forma diferente e sem ter a pretensão, em nenhum momento, de ser o dono da verdade, também é de se esperar uma atitude recíproca do leitor inteligente e coerente, e que o sectarismo político-partidário descontrolado não se sobreponha aos limites da tolerância. A agressão verbal ao cronista na semana anterior, advinda de pessoa obviamente inteligente superou a expectativa da crítica esperada ao texto, deixando evidenciar na opinião uma nítida “inversão de valores”, e onde ficou justificado que a sociedade passou a ser a culpada pela crise dos presídios e estão corretos os índios que cobram pedágio para comprar carros importados e custear a droga que consomem!

Completando nesta edição 90 artigos publicados, nenhum deles escrito com a intenção de agradar, ferir susceptibilidades ou polemizar, mas ressaltar valores, atitudes e princípios, fiel a uma linha de pensamento pessoal e sem qualquer vínculo político-partidário, permita-me a competente articulista Verônica Monteiro usar frases do seu belíssimo artigo “O QUE GANHEI. O QUE PERDI”, da última semana, no Blog do Geraldo José: “Eu decidi que vou filtrar as críticas que receber. Quando me soarem negativas e desdenhosas simplesmente serão ignoradas. As que somarem e trouxerem uma mensagem de incentivo, ou uma dica para melhorar, serão muito bem-vindas e guardadas com carinho. [...] Nunca vou conseguir agradar todas as pessoas, jamais me atreveria a isso, esse não é o meu objetivo”. Tenho dito...

Espaço do Leitor: Agradecimento

Geraldo,

Venho de publico agradecer ao atendimento concedido a minha mãe a Senhora Barbara Alencar, na UPA, no último dia 14, desde ao porteiro até a agente de limpeza, pelo pronto atendimento, rapidez e agilidade das enfermeiras, do porteiro, da atenção do médico que a atendeu,  como também as palavras de conforto e principalmente no profissionalismo e humanidade que ela e eu como sua acompanhante recebemos naquele hospital naquele dia...

Espaço do Leitor: População de Uauá indignada com reparos de trechos atingidos pelas chuvas

Quanto vale uma vida?

Foi esse o questionamento levantado nos últimos dias em Uauá, depois que algumas máquinas chegaram ao município para reparar os trechos que foram destruídos pelas chuvas, a população chegou a ficar feliz que alguma providência seria tomada com o início dos reparos, isso mesmo reparos!!! Não reavaliaram a obra mesmo depois que duas pessoas mortas, um desaparecido e várias famílias desabrigadas por erros no projeto...

Fotos: Jorge Trindade

Espaço do Leitor: Bairro Piranga pede respeito

Caro Geraldo José,..

Artigo: CARLITOS, ROLEZINHO E POLÍTICA CULTURAL

Eram três meninos, sujos, nanicos, sedentos, inquietos, “irritantes” e carentes, desses que a nossa trágica sociedade de consumo - conduzida pela cruel e patética atividade política --, faz questão de evitar, esconder ou criminalizar. 

Nesses tempos em que o “rolezinho” virou notícia temerosa aos “civilizados” de Shopping Center, nossos três “Carlitos” estavam passando pela Orla de Petrolina e se depararam com um Circo armado para exibição de filmes:  “Festival Vale Curtas”. ..

Por Gilmar Santos é professor de História e Produtor Cultural. Foto site Terra

Espaço do Leitor: Posto de atendimento do SAAE no bairro João Paulo II está de portas fechada há vários dias!

Prezado Geraldo,

Gostaria de saber do SAAE (Serviço Autônomo de Água e Esgoto) por qual motivo o posto de atendimento do referido órgão situado na avenida principal do bairro João Paulo II, encontra se fechado há vários dias?..